Enviado por Do utilizador2289

Especialidade de Peixes

Propaganda
Especialidade de Peixes
1. Aproximadamente, quantas espécies de peixes existem ao
redor do mundo?
Existem 24 mil espécies de peixes, sendo 350 espécies na Mata Atlântica, 50 em
Pampa, 325 no Pantanal, 239 na Caatinga, 1,2 mil no Cerrado e 3 mil espécies na
Amazônia.
2. Por que os peixes são considerados animais pecilotérmicos?
Porque a temperatura do seu corpo varia de acordo com a do ambiente. A
temperatura do corpo dos peixes em geral mantém-se mais ou menos próxima à
temperatura ambiental.
3. Quais as principais diferenças entre peixes condrictes e peixes
osteíctes?
Citar
5
exemplos
de
cada
um.
Primeiramente podemos diferenciar os dois grupos pelo esqueleto. Os peixes
cartilaginosos possuem esqueleto constituído totalmente por cartilagem, enquanto os
peixes ósseos possuem esqueleto constituído basicamente por ossos. Outra diferença
marcante diz respeito às brânquias. Os peixes ósseos possuem uma membrana que
recobre as fendas branquiais, enquanto os peixes cartilaginosos possuem suas
brânquias expostas, sem nenhuma proteção.
As escamas também podem ser usadas na diferenciação desses dois grupos. Enquanto
os peixes cartilaginosos possuem escamas placoides e de origem dérmica e
epidérmica, os peixes ósseos apresentam escamas de origem exclusivamente dérmica.
Observando a boca, também é possível verificar uma diferença. Enquanto os peixes
cartilaginosos possuem uma boca ventral, os peixes ósseos apresentam sua boca na
região anterior do corpo.
Exemplos de peixes condrictes: Arraia, Tubarão e Torpedo.
Exemplos de peixes osteíctes: Robalo, Manjuba e Tainha.
4. Dar
o
nome
de
10
famílias
de
peixes.
Toxotídeos, Helostomatídeos, Quetodontídeos, Triglídeos, Cienídeos, Apogonídeos,
Acanturídeos, Siganídeos, Gobiídeos e Policentrídeos.
5. Identificar, por meio de desenho ou fotografia, 15 peixes típicos
de seu país. Mencionar seu habitat, alimentação e tipo procriação.
6. Descobrir o que são peixes diádromos e dê, ao menos, 5
exemplos.
Os peixes que ao longo do seu ciclo de vida migram do mar para o rio, ou vice-versa.
Ex.: Salmão-do-Atlântico, Sável, Lampreia-de-rio, Enguia-europeia e Tainha-fataça.
7. Qual o maior peixe do mundo? A que tamanho pode chegar?
Onde ele vive? Do que se alimenta? Qual sua relação com o
homem?
Tubarão-Baleia. Esse animal pode atingir até 20 metros de comprimento e pesar mais
de 12 toneladas. Vive em ambiente marinho, nas águas tropicas e quentes
temperadas. Ele alimenta-se de pequenos organismos, tais como pequenos crustáceos
que formam o chamado plâncton. Eles também comem alguns peixes e moluscos,
como as lulas.
Por frequentarem sempre as mesmas regiões, esses pontos são geralmente fonte de
muita exploração turística. Na Austrália, por exemplo, existem pontos em que é
possível nadar tranquilamente com esses animais. Apesar do nome tubarão ser
bastante assustador, os tubarões-baleia são animais muito dóceis, por isso, nadar com
eles não gera muitos riscos.
8. Definir
as
seguintes
partes
de
um
peixe:
a) Barbatana dorsal.
Nadadeira situada nas costas do peixe, conhecida como dorso.
b) Barbatana peitoral.
Nadadeiras que auxiliam no impulso do peixe e mudança de direção.
c) Barbatana pélvica.
Nadadeira situada na pélvis dos peixes.
d) Barbatana anal.
Nadadeira situada próxima ao ânus.
e) Barbatana caudal.
Nadadeira principal, que dá a direção ao peixe, como um leme.
f) Linha lateral.
Linha com ausência de musculatura, formando uma linha de gordura e cartilagem.
g) Opérculo.
Dobra cutânea que recobre lateralmente a cavidade branquial dos peixes ósseos.
h) Barbilhos.
Filamento olfativo ou gustativo de cada lado boca de certos peixes.
i) Guelras.
Aparelho respiratórios dos peixes.
9. O que é e qual
a
utilidade
da
bolsa
olfatória?
São formadas por células localizadas nas narinas e associadas à percepção de cheiros
das substâncias dissolvidas na água. O sentido do olfato dos peixes é geralmente muito
aguçado. O tubarão, por exemplo, pode "farejar" sangue fresco a dezenas de metros de
distância.
10. O
que
é
e
como
funciona
a
bexiga
natatória?
Propicia a sustentação necessária para que atinjam a flutuabilidade neutra. O fato de
um determinado peixe possuir uma bexiga natatória está mais relacionado aos seus
hábitos de vida do que a sua posição taxonômica.
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards