PR – trabalho – 3º colegial

Propaganda
COLÉGIO RESSURREIÇÃO NOSSA SENHORA
Data:
Série/Turma:
29/06/2016
3ª série – E.M.
Disciplina:
Professor(a):
Biologia
Mauro Rezende Tavares
Avaliação:
Período:
Valor:
Trabalho recuperação
2o. Bimestre
2,5
Nota:
Vista de prova:
Aluno(a): ___________________________________________
Questão 01
Em um lago, três populações formam um sistema
estável: microcrustáceos que comem fitoplâncton e são
alimento para pequenos peixes. O número de indivíduos
desse sistema não varia significativamente ao longo dos
anos, mas, em um determinado momento, foi
introduzido no lago um grande número de predadores
dos peixes pequenos.
Identifique os níveis tróficos de cada população do
sistema estável inicial e apresente as consequências da
introdução do predador para a população de
fitoplâncton.
Questão 02
Considere o seguinte diálogo entre Charles Darwin e
sua pequena filha, Annie:
– Quantas abelhas viu hoje?
– Acho que nenhuma.
– Ví uma ou duas. As madressilvas estão florindo e as
abelhas gostam dessa flor. Por que não há mais
abelhas em nosso jardim?
– Não sei.
– É por que os ratos que vivem debaixo das cercas
saem à noite e destroem os seus ninhos. Sabe por que
existem tantos ratos silvestres?
– Não. Mas você vai me dizer, não, papai?
– É porque a família Darwin tem um cachorro, e não um
gato.
– Você está brincando!
– Não, não estou. Cães não caçam ratos como os
gatos. Daí os ratos destroem os ninhos das abelhas.
Por isso existem tão poucas.
– Por que tudo é tão cruel?
– Sinto muito, mas não sei.
(In A viagem de Charles Darwin, produzida pela BBC,
Londres, 1978.)
_________________________
Com base nos dados apresentados,
a) identifique os níveis tróficos ocupados pelas
espécies nesse ecossistema;
b) estruture uma pirâmide ecológica de números nessa
comunidade.
Questão 04
Num estudo, a população do inseto Caliothrips phaseoli
(espécie A) permaneceu isolada de outros insetos; o
gráfico 1 abaixo mostra o número médio de indivíduos
por planta, registrado ao longo de seis semanas.
Em outra situação do estudo, os insetos da espécie
Caliothrips phaseoli (espécie A) foram mantidos na
presença de insetos da espécie Orius insidiosus
(espécie B). O gráfico 2 mostra o número médio de
insetos da espécie A por planta.
No diálogo, podem ser identificadas algumas relações
ecológicas
interespecíficas,
assim
como
uma
determinada cadeia alimentar. Identifique uma dessas
relações interespecíficas, indicando as espécies
envolvidas e a relação que estabelecem entre si, e
descreva a cadeia alimentar implícita no diálogo,
indicando o nível trófico que ocupa cada uma das
espécies dessa cadeia.
Questão 03
As cadeias alimentares identificam as relações dos
diferentes níveis tróficos de cada ecossistema, podendo
ser representadas graficamente por meio das pirâmides
ecológicas. Considere uma comunidade hipotética
estável em um determinado ecossistema e as diferentes
espécies que a compõem, conforme apresentado no
quadro abaixo.
a) Cite um tipo de interação ecológica que possa ter
ocorrido entre as espécies A e B. Que informação
fornecida nos gráficos apoia sua resposta?
b) Cite um tipo de interação ecológica entre as espécies
A e B, que não seja compatível com os dados
apresentados nos gráficos.
Questão 05
No esquema abaixo, estão representados os níveis
tróficos (A - D) de uma cadeia alimentar.
a) Explique o que acontece com a energia transferida a
partir do produtor em cada nível trófico e o que
representa o calor indicado no esquema.
b) Explique o que E representa e qual a sua função.
Questão 06 - (Mackenzie SP)
Há espécies de insetos, como por exemplo, o Aedes
aegypti em que machos e fêmeas vivem no mesmo
esconderijo, porém na hora de se alimentar, a fêmea
busca o sangue de outros animais, enquanto que o
macho se alimenta de frutas ou outros vegetais
adocicados. Assim, podemos afirmar que o macho e a
fêmea
a) ocupam nichos ecológicos diferentes, porém o
mesmo habitat.
b) ocupam o mesmo nicho ecológico, porém com
habitats diferentes.
c) ambos ocupam o mesmo nicho ecológico e o mesmo
habitat.
d) são consumidores de primeira ordem.
e) são consumidores de segunda ordem.
Questão 07 - (UNIFOR CE)
Um milharal sofreu a ação de lagartas que se
alimentavam das espigas novas, de um vírus que
provocou a formação de manchas negras nas folhas, de
uma ventania que derrubou parte das plantas e da seca,
que matou a parte aérea dos pés de milho.
O número de fatores abióticos e o número de fatores
bióticos que agiram sobre essa plantação foram,
respectivamente,
a) 1 e 2
b) 1 e 3
c) 2 e 1
d) 2 e 2
e) 3 e 1
Questão 08
Em 1910, cerca de 50 indivíduos de uma espécie de
mamíferos foram introduzidos numa determinada
região. O gráfico abaixo mostra quantos indivíduos
dessa população foram registrados a cada ano, desde
1910 até 1950.
Esse gráfico mostra que,
a) desde 1910 até 1940, a taxa de natalidade superou a
de mortalidade em todos os anos.
b) a partir de 1938, a queda do número de indivíduos foi
devida à emigração.
c) no período de 1920 a 1930, o número de
nascimentos mais o de imigrantes foi equivalente ao
número de mortes mais o de emigrantes.
d) no período de 1935 a 1940, o número de
nascimentos mais o de imigrantes superou o número de
mortes mais o de emigrantes.
e) no período de 1910 a 1950, o número de
nascimentos mais o de imigrantes superou o número de
mortes mais o de emigrantes.
Questão 09
Os parasitoides são insetos diminutos, que têm hábitos
bastante peculiares: suas larvas se desenvolvem dentro
do corpo de outros animais. Em geral, cada parasitoide
ataca hospedeiros de determinada espécie e, por isso,
esses organismos vêm sendo amplamente usados para
o controle biológico de pragas agrícolas.
SANTO, M. M. E. et al. Parasitoides: insetos benéficos e
cruéis.
Ciência Hoje, n. 291, abr. 2012 (adaptado).
O uso desses insetos na agricultura traz benefícios
ambientais, pois diminui o(a)
a)
b)
c)
d)
e)
tempo de produção agrícola.
diversidade de insetos-praga.
aplicação de inseticidas tóxicos.
emprego de fertilizantes agrícolas.
necessidade de combate a ervas daninhas.
Questão 10
A energia luminosa do Sol é transformada, por alguns
organismos, em energia química. Nas cadeias
alimentares, o fluxo dessa energia é unidirecional. Por
outro lado, a matéria que compõe os seres vivos se
mantém em quantidades praticamente constantes.
Essas duas afirmações se justificam porque
a) cada nível trófico capta energia luminosa que é
acumulada, assim como a matéria, na passagem dos
níveis tróficos, desde os produtores até os
decompositores.
b) a energia aumenta na passagem de um nível trófico
para outro e a matéria reciclada é acumulada.
c) a energia flui do último nível trófico para o primeiro
por reciclagem, juntamente com a matéria orgânica.
d) a energia captada pelos produtores é transferida de
um nível trófico para outro, sempre em menor
quantidade, até os decompositores, enquanto que a
matéria é reciclada.
e) a energia dissipa-se apenas pela ação dos
decompositores, que reciclam a matéria orgânica.
Questão 11 - (FUVEST SP)
Em relação ao fluxo de energia na biosfera, considere
que
 A representa a energia captada pelos produtores;
 B representa a energia liberada (perdida) pelos seres
vivos;
 C representa a energia retida (incorporada) pelos
seres vivos.
Fonte: http://1bp.blogspot.com/_mrJBJmeCvOI/.
Acessado em: 30/09/2014.
A relação entre A, B e C na biosfera está representada
em:
Considerando todas as possibilidades de uma teia
alimentar, certamente o primeiro peixinho da figura não
poderia nunca ser considerado como:
a)
b)
c)
d)
e)
A < B < C.
A < C < B.
A = B = C.
A = B + C.
A + C = B.
Questão 12 - (UDESC SC)
A figura abaixo é um exemplo divertido de uma cadeia
alimentar. Esta, no entanto, não retrata todas as
complexas redes alimentares em um ecossistema, que
são mais bem representadas pelas teias alimentares.
a)
b)
c)
d)
e)
onívoro.
produtor.
consumidor secundário.
consumidor primário.
consumidor terciário.
Questão 13 - (UFSCar SP)
No intestino grosso humano, existem bactérias que
produzem vitaminas B12 e K. Essas vitaminas são
fundamentais para o metabolismo humano, e as
bactérias ganham proteção e nutrientes no interior do
intestino. A relação ecológica que ocorre entre esses
micro-organismos intestinais e o homem é chamada:
a)
b)
c)
d)
e)
comensalismo.
predatismo.
parasitismo.
mutualismo.
amensalismo.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards