Boletim 23

Propaganda
No meio do caminho havia uma(s)
pedra(s)... e dores renais!
A urolitíase, ou comumente
chamada de pedras nos rins, ocorre
com na formação de cristais a partir da
concentração excessiva de sais na
urina, como: ácido úrico, cistina, cálcio e
oxalatos. Estes, aderem-se entre si e
fixam-se nos rins, podendo migrar para
o ureter e na bexiga, sendo de
tamanhos ínfimos até ao de um caroço
de azeitona.
O diagnóstico pode ser feito
tanto de forma clínica como por meio de
exames laboratoriais. As manifestações
sintomáticas caracterizam-se pelas
fortes dores nas costas (unilateral) e
que irradia para os flancos (laterais do
abdômen). As dores intensas ocorrem
porque os cálculos se movem e irritam o
sistema urinário ou por obstruírem o
fluxo da urina.
As formas mais comuns de eliminar as
“pedras” nos rins são: espontaneamente
pela urina; pela técnica de litotripsia
(ondas de choque que destroem as
“pedras”); procedimentos endoscópicos
e, em último caso, por vias cirúrgicas.
No que tange ao aspecto nutricional,
algumas medidas são importantes para
evitar a supersaturação de sais na
urina, assim como para evitar a
recorrência, o que é comum no prazo de
5 anos em pacientes que já passaram
por litíase renal. Desse modo,
recomenda-se evitar:
- o consumo excessivo de alimentos ou
bebidas ricos em oxalatos: beterraba,
cacau, espinafre, morango, chás: verde,
mate, branco, preto, oolong); nozes e
bebidas à base de cola.
- o uso em altas doses de
suplementação de vitaminas C e D.
- o consumo excessivo de sal e de
proteína (principalmente as de origem
animal).
Por outro lado,
adequado aporte de:
deve-se
fazer
- ingesta de líquidos de, no mínimo,
2L/dia.
- alimentos ricos em potássio: melão,
melancia, laranja, banana, tomate, etc...
- alimentos ricos em cálcio: frutas,
hortaliças e lácteos(com moderação).
As causas mais comuns à litíase
renal estão associadas a: herança
genética, fatores alimentares e aos
distúrbios metabólicos como a
obesidade.
Quanto à sua incidência, é três
vezes mais comum em homens
(vingaça, mulherada!!!) Porém, começa
a crescer o número de casos em
crianças, principalmente pelo consumo
excessivo de alimentos industrializados
ricos em sal, além da baixa ingestão
hídrica.
Seguindo tais cuidados, mesmo na
presença de outros fatores promotores
para
a
litíase,
você
reduzirá
significativamente os riscos de sofrer as
crises provocadas pelas pedras nos
rins, assim como reduzirá as chances
para outras patologias renais que são
de difícil tratamento e de grande
desgaste físico, emocional e financeiro
para o paciente.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards