Trabalhos de 2005-2006/ME

Propaganda
Composição, Estrutura e Utilidade dos Ácidos Gordos
Conceito
Ácidos gordos são ácidos monocarboxílicos de cadeia alifática que apresentam o
grupo carboxilo ( - COOH ) ligado a um radical alquilo de cadeia saturada ou
insaturada. Como nas células vivas dos animais e vegetais os ácidos gordos são
produzidos a partir da combinação de acetilcoenzima A, a estrutura destas moléculas
contém números pares de átomos de carbono. Os ácidos gordos possuem reacções
semelhantes aos demais ácidos carboxílicos:
- Salificação: Reagem com bases formando sais orgânicos.
- Esterificação: reagem com álcoois produzindo esteres.
Estes são encontrados em lípidos e a sua solubilidade em água diminui com o
aumento da cadeia do ácido.
Estrutura e Nomenclatura
Ácidos gordos saturados:
Os ácidos gordos saturados não apresentam ligações duplas carbono-carbono e são
designados de acordo com o número de átomos de carbono e com o sufixo -óico do
ácido carboxílico correspondente. A fórmula geral é CH3-(CH2)n-COOH, em que n
varia, em geral, de 2 a 22. Por exemplo, o ácido gordo de 16 átomos de carbono
CH3(CH2)14COOH é designado por ácido hexadecanóico. Ácidos gordos saturados até
9 átomos de carbono são líquidos e acima de 9 carbonos são sólidos.
Os Ácidos gordos saturados formam cadeias rectas e, como tal, podem ser
acondicionados de forma bastante compacta, permitindo aos organismos vivos a
acumulação de energia de forma densa. Os tecidos gordos dos animais contém largas
quantidades de longas cadeias de ácidos gordos saturados.
Ácido hexanóico:
Ácido octanóico:
Ácido decanóico:
Ácido duodecanóico:
Ácido tetradecanóico:
Ácido hexadecanóico:
Ácido ocatadedanóico:
Ácido hexacosanóico:
Ácido untriacontanóico:
Ácidos gordos insaturados:
Tendo em conta o número de insaturações, estes ácidos gordos podem ser mono ou
polinsaturados. Os ácidos gordos monoinsaturados caracterizam-se por terem apenas
uma ligação dupla, variando o número de átomos de carbono entre 10 e 30. O ácido
gordo monoinsaturado mais abundante é o oleico, cuja fórmula estrutural é
CH3(CH2)7CH=CH(CH2)7COOH.
Ácido oleico (Ácido cis-0-octadenóíco):
CH3 - ( CH2 )7 - CH = CH - ( CH2 ) 7 – COOH
Os polinsaturados contêm, em geral, um número par de átomos de carbono, de duas
a sete ligações duplas, separadas por uma ponte metilénica e apresentam a configuração
cis. A título de exemplo, o ácido linoleico CH3(CH2)4(CH=CH-CH2)2(CH2)6COOH.
Ácido linoléico (Ácido 9-12-octadecadienoico):
CH3 - ( CH2 )5 - CH = CH - CH = CH - ( CH2 ) 7 - ( CH2 )7 - COOH
As diferenças geométricas entre os vários tipos de ácidos gordos insaturados, bem
como entre os insaturados e os saturados, desempenham um papel importante em vários
processos biológicos e na construção de estruturas biológicas (como as membranas
celulares).
Ácidos gordos essenciais:
Os ácidos linoleico e alfa-linolénico são chamados ácidos gordos essenciais em
virtude de não poderem ser sintetizados pelo organismo humano e serem indispensáveis
para o funcionamento e crescimento normal de todos os tecidos, para a reprodução e,
em particular, para a formação de prostaglandinas que são responsáveis pela regulação
de vários processos associados a inflamações e trombos. Os organismos animais podem
converter aqueles dois compostos noutros importantes ácidos gordos
Trabalho feito por:
André Pereira
Joana Baptista
Susana Ramalho
n.º 52346
n.º 55743
n.º 55762
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards