DOUGLAS DOS SANTOS VASCO UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA

Propaganda
DOUGLAS DOS SANTOS VASCO
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA – UnB
CURSO: SAÚDE COLETIVA
VER-SUS GOIÂNIA E APARECIDA DE GOIÂNIA/GO
21/02/2016
Pela manha, fizemos uma visita ao acampamento do MST.
Ir ao assentamento foi uma experiência incrível, que nos fez repensar nosso próprio
ser. Conhecer uma realidade da qual só via por televisão, onde as informações são
manipuladas sem veracidade. Isso nos faz pensar que nós nos temos problemas fúteis,
medíocre, que tem gente que está em uma situação pior e ao invés de se abater, reúne mais
força para lutar.
A luta do Movimento Sem Teto do Brasil é admirável. Pessoas que não tem um direito
básico, que é o direito a moradia. Tantas pessoas sem um lugar para dormir a noite, para se
abrigar da chuva, enquanto outros com grandes quantidades de terra só para sanar um
egoísmo do capitalismo. São nítidas as desigualdades e para combater isso devemos lutar por
um país igual, por um país equânime. Conhecer essas pessoas me fez valorizar ainda mais
todas as pessoas, cada luta, e me deu forças para lutar por isso.
À noite discutimos saúde. Iniciamos uma roda de conversa sobre a Saúde Pública no
Brasil. O palestrante da inicio falando sobre sua trajetória de vida desde a infância passando
por quando decidiram fazer medicina, todas as dificuldades que enfrentou, e após toda sua
luta contra a ditadura durante sua militância por saúde e por liberdade de expressão.
Participou da formulação e consolidação da reforma sanitária na 8ª Conferencia Nacional de
Saúde ao lado de grandes nomes da Saúde Pública como Arouca.
A partir das discussões vimos que o Sistema Único de Saúde não está totalmente
consolidado e sua consolidação é algo muito difícil de ser alcançado, pois a população sempre
está mudando e o SUS tem que se adaptar a isso. As mudanças iniciais da saúde se deram a
partir das lutas dos trabalhadores, que insatisfeitos faziam greves reivindicando mais saúde.
A participação social teve grande importância na década de 80 durante a construção
do SUS, mas ao longo do tempo essa participação foi diminuindo, mesmo com aquisição de
espaços dentro do sistema. Isso se deve a intelectualização do sistema, onde o conhecimento
popular é deixado de lado, ferindo um principio básico do SUS da Participação social.
Outros problemas que interferem na consolidação do SUS são os problemas de
financiamento e gestão, desrespeito da equidade por parte dos profissionais.
Mas isso vem mudando, os universitários ja tem o SUS como foco na graduação e a
partir das Práticas Integradas em Cuidados de Saúde, a humanização e controle social estão
sendo valorizados, agregando os conhecimentos populares.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards