Eutrofização - Eventos IFC

Propaganda
Título: Eutrofização.
Integrantes do grupo: Daniéli Broilo (1AGRO3), Gabrielle C. de Oliveira (1AGRO3), Laís
Becker (1AGRO1), Maria Luiza Ritzmann (1AGRO3), Milena C. da Maia (1AGRO3).
Orientador: Cristiane V. Tagliari Corrêa.
Colaborador(es): Adolfo Jatobá, Alceu Kunze, Fernanda G. de Carvalho.
Disciplinas integradas: Agricultura, Biologia, Química, Zootecnia.
Resumo: A eutrofização pode ter causas naturais ou ser provocado por uma ação humana negativa
nas águas (causas artificiais). Atualmente, tem se tornado um problema ambiental grave, causando a
destruição da fauna e da flora de muitos ecossistemas aquáticos, transformando-os em esgotos a céu
aberto. Esse cenário permite a proliferação de inúmeras doenças causadas por bactérias, vírus e
vermes. Este fenômeno ocorre devido ao excesso de nutrientes, minerais (nitrato e fosfato) na água,
provocando o acúmulo de matéria orgânica em decomposição. Por conta disso, forma-se uma
camada de algas na superfície da água, promovendo a turbidez do corpo aquático, impossibilitando
a realização da fotossíntese. O problema se agrava ainda mais quando as algas começam a morrer,
pois desta forma, a população de bactérias decompositoras aumenta, consequentemente, reduzindo a
concentração de oxigênio dissolvido significativamente, causando a morte da fauna aquática. Há
diversas formas para prevenir a eutrofização, sendo a aquaponia uma possível alternativa. A
aquaponia é basicamente a junção da hidroponia (cultivo de plantas com as raízes submersas na
água) e da aquicultura (cultivo de peixes). Esse sistema resolve um problema da aquicultura e, ao
mesmo tempo, da hidroponia. É necessário apenas fornecer alimento aos peixes que o ciclo se
fecha, pois as fezes dos peixes contém muitos nutrientes, que alimentarão as plantas, que por sua
vez filtram a água para os peixes, evitando o problema em questão (eutrofização). Ambos os
sistemas são separados fisicamente, sendo interligados por um sistema de bombeamento que
transporta a água com excremento dos peixes para o sistema de hidroponia, onde a mesma é filtrada
e devolvida limpa ao tanque com os peixes. Sendo a água de drenagem do cultivo de peixes, repleta
de M.O., quando como de costume é descartada na natureza gera problemas ambientais. Nesse
sistema de aquaponia, a água é reaproveitada, solucionando o cultivo hidropônico de hortaliças. A
água com M.O. do tanque passa pelo canal hidropônico (hortaliças) onde tem os nutrientes
absorvidos para o seu crescimento, e devolve a água limpa aos peixes. As matérias integradas no
estudo destes processos são: zootecnia (piscicultura), devido à criação de peixes no local onde
ocorreria a eutrofização, agricultura, pela cultura de alguma planta que poderá ser usada para
absorver os nutrientes da água, biologia e química pelos processos químicos e biológicos que
ocorrem nesse sistema integrado.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards