Oi, Maria José e Marcia

Propaganda
Alimentação e Saúde
A alimentação é um elemento essencial na promoção da saúde e na prevenção de
doenças dos indivíduos. Esse tema tem sido intensamente discutido na literatura
médica e mais recentemente tem despertado bastante interesse dos meios de
comunicação. Diversas matérias e reportagens sobre o assunto têm sido veiculadas
em revistas, jornais e redes de televisão.
Ao refletirmos sobre alimentação e saúde devemos responder a quatro questões
centrais:
 O que eu como?
 Quanto eu como?
 Quando eu como?
 Como eu como?
Cada uma dessas perguntas está relacionada a um aspecto específico do ato de
alimentar-se, que pode atuar na direção da saúde ou ao contrário, propiciar o
desenvolvimento de doenças.
Deve-se comer alimentos adequados, em quantidades corretas, nos momentos
necessários e de forma apropriada. Nos próximos parágrafos vamos discutir com
mais detalhes cada um desses pontos.
O que eu como?
A base de uma alimentação saudável é uma composição equilibrada de nutrientes.
O ser humano necessita de diversos tipos de nutrientes para o seu funcionamento
adequado:
 proteínas
 carboidratos
 fibras
 gorduras
 vitaminas e sais minerais
 água
Esses







nutrientes estão presentes em diversos alimentos disponíveis:
frutas
verduras
legumes
cereais
laticínios
carnes
gorduras, óleos e doces
Uma dieta bem balanceada deve conter diversos grupos de alimentos em sua
composição. A ingestão de líquidos de forma regular também é extremamente
importante.
O quanto eu como?
Ao longo de sua história, a humanidade já passou por diversos momentos de
escassez de alimentos e ainda hoje a fome é um problema que atinge uma parcela
significativa da população mundial. No entanto, nos últimos anos, temos assistido a
um crescimento da incidência de problemas de excesso de peso, apontado por
algumas pessoas como uma epidemia de obesidade. O percentual de pessoas com
peso acima do considerado adequado tem aumentado de uma forma significativa.
1
Esse problema está presente em inúmeros países, e afeta homens e mulheres, e
pessoas de todas as faixas etárias.
Em pesquisa recente do IBGE os resultados obtidos indicaram que no Brasil o
excesso de peso já é um problema maior que o peso abaixo do considerado normal.
O sobrepeso e a obesidade estão associados a diversos problemas de saúde,
levando ao surgimento e ao agravamento de doenças. Deve-se ressaltar que a
obesidade está relacionada não apenas a quantidade de alimento ingerida, mas
também ao seu tipo.
Essa é uma questão bastante relevante no dia-a-dia do bancário, pois devido ao
horário de trabalho e o tempo de intervalo para refeições, é comum a substituição
do almoço por salgadinho ou sanduíche com refrigerante. O almoço tradicional
brasileiro normalmente é uma refeição balanceada, com diversos nutrientes
necessários para o funcionamento adequado do organismo. Já a dupla
sanduíche/refrigerante em geral não possui uma composição apropriada de
nutrientes, além de ter um número elevado de calorias.
Quando eu como?
Deve-se ingerir alimentos de forma regular, evitando-se longos períodos de jejum.
Idealmente o intervalo entre as refeições deve ser de cerca de três horas, não
devendo ultrapassar quatro horas. É necessário também ir ao banheiro
regularmente.
O horário de refeições deve ser resguardado, o que nem sempre ocorre na rotina
do banco. Alguns funcionários comem e trabalham ao mesmo tempo, o que nas
palavras dos funcionários se traduz em: “almoçar trabalhando ou trabalhar
almoçando".
Devemos refletir sobre alguns depoimentos de funcionários do banco:
“Este problema do cara entrar às 8 ou 9 e trabalhar ininterruptamente é um crime
que se comete contra a saúde das pessoas.”
“Nós estamos construindo uma cultura ‘sem-almoço’, na época do Fome-Zero ...
isso não é pontual, é comum ao banco todo.”
“As pessoas não almoçam no Banco há muito tempo. Sem digestão não há gestão.”
Como eu como?
A forma como a pessoa se alimenta é um elemento muito importante na promoção
da saúde. O local e o ambiente são adequados? O tempo destinado à alimentação é
suficiente?
Novamente depoimentos de funcionários do banco nos remetem a questões
importantes:
“A gente não se levanta mesmo para beber água, nem para ir ao banheiro. O
almoço é de 15 minutos, pensar em almoço é uma mentira.”
“Os funcionários de execução, todos da rede de unidade de trabalhos ... sei lá, uns
vinte ou trinta mil funcionários não tem horário de almoço. Entram às dez, às 11 e
têm 15 minutos para lanche.”
2
Fonte
ALIMENTAÇÃO e Saúde. [S.l.: s.n.].
3
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards