projeto para criacão do curso de zootecnia organica

Propaganda
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
CENTRO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS
DEPARTAMENTO DE ZOOTECNIA E DESENVOLVIMENTO RURAL
PLANO DE ENSINO
FASE: 2a
SEMESTRE : 2011/2
CÓDIGO
ZOT7102
I. IDENTIFICAÇÃO DA DISCIPLINA:
NOME DA DISCIPLINA
NO DE HORAS-AULA
Morfofisiologia na Zootecnia
SEMANAIS
TEÓRICO
PRÁTICA
56
16
Fase: 2a
Módulo:
Créditos: 4
TOTAL DE HORASAULA SEMESTRAIS
72
Caráter:
Departamento: DZR
I.I.HORÁRIO
TURMAS TEÓRICAS
4a feira – 16:20 – 18:00 h
6a feira- 16:20 – 18:00 h
1. Prof. Dra. Shirley Kuhnen –
CÓDIGO
ZOT7801
ZOT7802
TURMAS PRÁTICAS
4a feira – 16:20 – 18:00 h
6a feira- 13:30 – 15:10 h
II. PROFESSOR (ES) MINISTRANTE (S)
e-mail [email protected]
III. PRÉ-REQUISITO (S)
NOME DA DISCIPLINA
Introdução a Zootecnia
Práticas Zootécnicas
IV CURSO(S) PARA O(S) QUAL(IS) A DISCIPLINA É OFERECIDA
Curso de Graduação em Zootecnia
V. EMENTA
Tecido epitelial, ósseo, muscular etc. Sistemas: endócrino, reprodutivo, digestivo, circulatório, respiratório e urinário.
Órgãos hematopoiéticos. Gametogênese. Fecundação, segmentação e desenvolvimento do embrião. Anexos embrionários.
VI. OBJETIVOS
1. Geral:
Conhecer a célula animal e os tecidos animais estabelecendo um paralelo entre morfologia e função bem como o
desenvolvimento embrionário dos animais zootécnicos.
2. Específicos:
a) Identificar a ultra-estrutura, estrutura e funções da célula animal;
b) Caracterizar os processos de divisão celular: mitose e meiose;
c) Reconhecer e descrever a estrutura microscópica dos tecidos e órgãos que compõem os sistemas do corpo do animal;
d) Reconhecer os diferentes tecidos em fotomicrografias e ao microscópio óptico;
e) Caracterizar os processos de formação dos gametas;
f) Descrever os processos de fecundação, implantação e desenvolvimento embrionário e anexos embrionários de animais
zootécnicos.
VII. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
1. CONTEÚDO TEÓRICO:
O organismo animal; níveis de organização
A célula animal: morfologia e fisiologia
Divisão celular mitose e meiose
Os tecidos animais: morfologia, classificação, funções
- tecido epitelial, pele e anexos
- tecidos conjuntivos e tecido adiposo
- tecido nervoso
- tecido ósseo e tecido muscular
Embriologia:
- gametogênese
- fertilização
- segmentação e desenvolvimento do embrião
- anexos embrionários
2. CONTEÚDO PRÁTICO:
Demonstração prática de tecidos em microscopia de luz e discussões sobre a aplicabilidade do conteúdo na Zootecnia.
VIII. METODOLOGIA DE ENSINO / DESENVOLVIMENTO DO PROGRAMA
O conteúdo teórico-prático listado acima será desenvolvido em aulas teóricas expositivas dialogadas com utilização de
quadro, giz e auxílio de recursos multimídia e os segmentos práticos serão executados pelo aluno no laboratório
multidisciplinar do CCA. Serão fornecidos aos estudantes roteiros de aulas práticas bem como pranchas com esquemas
didáticos referentes aos conteúdos práticos da disciplina. Estudos dirigidos de tópicos do conteúdo programático serão
utilizados como estratégia didático-pedagógica de suporte ao aprendizado.
IX. METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO
A avaliação dos conteúdos teóricos e práticos consistirá de quatro provas escritas, obrigatórias e de mesmo peso. A média
final será obtida pela média aritmética das quatro provas previstas.
“A RESOLUÇÃO N0 17/CUn/97 de 30 de setembro de 1997. (Com as alterações introduzidas pelas Resoluções 07/Cun/1998,
10/Cun/2000, 08/Cun/2001 e 18/Cun/2004) regulamenta o processo de realização de provas de segunda chamada. Segundo esta
resolução, o aluno que deixar de comparacer a qualquer das avaliações nas datas fixadas pelos professores, poderá solicitar segunda
chamada de provas na Secretaria do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural através de Requerimento por ele assinado
com os respectivos comprovantes, n prazo de 3 (três) dias úteis, contados a partir da data de realização de cada prova, sendo avaliados
os pedidos, devidamente comprovados conforme Capítulo IV – Do Rendimento Escolar – Seção I – Da Frequência e do Aproveitamento:
Art. 74 – O aluno, que por motivo de força maior e plenamente justificado, deixar de realizar avaliações previstas no plano de ensino,
deverá formalizar pedido de avaliação à Chefia do Departamento de Ensino ao qual a disciplina pertence, dentro do prazo de 3 (três
dias) úteis, recebendo provisoriamente menção I. § 1 0 – Cessado o motivo que o impediu a realização da avaliação, o aluno, se
autorizado pelo Departamento de Ensino, deverá fazê-la quando, então, tratando-se de nota final, será encaminhada ao Departamento de
Administração Escolar- DAE, pelo Departamento de Ensino. § 20 – Se a nota final da disciplina não for enviada ao Departamento de
Administração Escolar- DAE até o final do período letivo seguinte, será atribuída ao aluno, automaticamente, nota 0 (zero) na disciplina,
com todas as sua simplicações. § 30 – Enquanto o aluno não obtiver o resultado final da avaliação da disciplian, não terá direito à
matrícula em disciplina que a tiver como pré-requisito.”
X. a CRONOGRAMA AULAS TEORICAS
DATA
10/08
12/08
17/08
19/08
24/08
26/08
ASSUNTO
Introdução à morfofisiologia. Métodos de estudo em morfofisiologia
Célula: Membrana plasmática
Membrana Plasmática; Tipos de transporte
Organelas
Organelas
Citoplasma
31/08
02/09
09/09
14/09
16/09
21/09
23/09
28/09
30/09
05/10
07/10
14/10
19/10
21/10
26/10
28/10
04/11
09/11
11/11
16/11
18/11
23/11
25/11
30/11
02/12
09/12
Aula Prática 1
Prova 1
Núcleo; Apoptose
Célula Procarionte
Mitose
Meiose
Meiose
Gametogênese
Prova 2
Tipos de ovos e Segmentação
Desenvolvimento embrionário
Anexos embrionários
Tecido epitelial
Tecido conjuntivo
Aula Prática 2
Tecido adiposo
Prova 3
Tecido cartilaginoso
Tecido Ósseo
Tecido Muscular
Tecido Muscular
Tecido Nervoso
Tecido Sanguíneo
Aula Prática 3
Prova 4
Recuperação
X b.CRONOGRAMA DE AULAS PRATICAS
31/08
26/10
28/10
25/11
30/11
Microscopia óptica
Tecido epitelial, conjuntivo e adiposo
Tecido epitelial, conjuntivo e adiposo
Tecido nervoso, cartilaginoso, ósseo e muscular
Tecido nervoso, cartilaginoso, ósseo e muscular
XI. BIBLIOGRAFIA
Básica:
1. Biologia Molecular da Célula. B. ALBERTS et al. 4ª edição. Editora Artmed. 2004.
2. Histologia Básica. L. C. U. JUNQUEIRA, J. CARNEIRO. 10ª edição. Guanabara Koogan. 2004.
3. Embriologia Básica. K. L. Moore & T. V. N. Persaud. 5ª ed., Guanabara-Koogan, Rio de Janeiro. 2000.
Complementar:
1. Tratado de Fisiologia Veterinária. J. G. CUNNINGHAM. 4ª Edição. 2008.
2. Anatomia e Fisiologia dos Animais da Fazenda. R. D. FRANDSON, W. LEE WILKE, ANNA DEE FAILS. 6ª Edição.
2005.
INTERNET:
http://www.merckvetmanual.com/mvm/index.jsp
................................................................
Ass. do Professor Responsável
Aprovado na Reunião do Colegiado do Departamento de Zootecnia e Desenvolvimento Rural em
___/___/___
........................................................
Ass. Chefe do Departamento
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards