Esta prova contém

advertisement
4
H23
Esta prova contém 10
M
A
06/11/2007
questões.
PF – INSTRUÇÕES:

Verifique se sua prova está completa.

Preencha corretamente todos os dados solicitados no cartão de respostas.

Cartões com rasuras ou incompletos serão invalidados.

Em caso de dúvida, chame o responsável pela sala.

Utilize os espaços em branco para rascunho.

Duração da prova: 50 minutos.

Guarde esta prova. Ela poderá ser utilizada como material de aula.

Questões com crédito de vestibular podem ter sido alteradas em sua redação ou dados.

Boa prova!
1- Sobre a Comuna de Paris de 1871, assinale a alternativa correta:
a) Ela foi resultado direto da chamada Guerra Franco-Prussiana.
b) Pode-se considerá-la como a primeira revolução anarquista bem sucedida da História
Ocidental.
c) Não houve participação significativa de mulheres no movimento
d) O movimento, apesar de derrotado, durou mais do que se imaginava: um ano e dois
meses.
e) Não se pode relacionar a política exterior francesa com este movimento, já que suas raízes
são absolutamente intestinas.
2- Sobre o século XIX na Europa, assinale a alternativa correta:
a) o continente foi marcado por profundas revoluções do início até a metade do século. Após
isso, observam-se problemas vinculados à desestruturação do chamado equilíbrio de forças,
devido, em especial, à unificação da Itália.
b) Este foi o século, sobretudo, da hegemonia britânica. A Era Vitoriana – marcada pela
estabilidade política e por profundo desenvolvimento econômico – destacou-se como a mais
importante da história inglesa nos Oitocentos. Lembra-se, no tanto, que essa hegemonia foi
exercida mediante uso da violência fora da Europa. Exemplo máximo disso foi a maneira pela
qual os ingleses exerceram domínio sobre a Índia, conquistada definitivamente só no final do
século XIX, com ajuda da Companhia das Índias Ocidentais.
c) A história da França foi marcada, da metade para o final do século XIX, pela expansão
econômica do Segundo Império, por sérias derrotas militares para a Áustria e, principalmente,
para a Prússia e pela paz social da Terceira República.
d) As unificações italiana e alemã aconteceram em razão do enfraquecimento dos dois
estados que mais desejavam, naquele momento, impedir tais uniões: Áustria e Baviera,
respectivamente.
e) Um dos fatores que impeliu o reino de Piemonte-Sardenha para o interior dos Estados
Papais, em 1861, foi a maneira pela qual os republicanos ganharam hegemonia no Reino das
Duas Sicílias, mediante as ações, em especial, de Garibaldi, que partira nesse período de
Gênova com vários adeptos a fim de auxiliar as revoltas no sul.
3 – (FGV) – O governo de Mussolini na Itália resolveu importante questão territorial e
política ao assinar o Tratado de Latrão em 1929. Sobre esse tratado pode-se afirmar:
a) representou o reconhecimento da soberania italiana na Etiópia.
b) foi o resultado da Marcha sobre Roma, quando ao final Mussolini foi encarregado pelo rei
Vitor Emanuel III de preparar um novo ministério.
c) deu início ao regime de trabalho corporativo, no qual o Estado era o árbitro supremo das
divergências entre patrões e empregados.
d) resolveu a questão romana, reconhecendo a soberania da Igreja Católica sobre o Vaticano.
e) constituiu o documento básico selando a aliança militar entre Itália, Alemanha e Japão.
4 – (FGV) – A transformação da Alemanha de um conglomerado de estados leigos e
eclesiásticos num império sob a égide da Prússia, no início do século XIX, teve como
principal artífice:
a) Metternich
b) Bismarck
c) Castlreagh
d) Talleyrand
e) Moltke
5 – (VUNESP) – A partir da Segunda metade do século XIX, a conquista da Ásia e da África
pelas potências imperialistas:
a)
b)
c)
d)
e)
foi acelerada pelo desenvolvimento do capitalismo comercial e do mercantilismo.
objetivava a busca de metais preciosos e produtos tropicais, como o tabaco e o açúcar.
baseou-se no ideal de expansão da fé católica, contra o avanço do protestantismo.
levou à integração harmoniosa entre os povos colonizadores e as novas culturas.
provocou conflitos entre os países europeus, gerando um dos motivos da Primeira Guerra
Mundial.
6- “Na década de 20, constituiu-se um movimento mais ou menos articulado de jovens
oficiais, sobretudo ____________ (...), que criticam a máquina político-administrativa
montada ao longo dos vários anos da República Velha” (Apostila 3) O espaço em branco deve
ser preenchido com:
a)
b)
c)
d)
e)
coronéis
comunistas
integralistas
tenentes
capitães
7- A Coluna Prestes-Miguel Costa foi:
a) uma organização de esquerda radical que atuou para fazer uma revolução comunista
no Brasil dos anos de 1920.
b) uma marcha de jovens oficiais descontentes com a situação política na década de
1920.
c) a revolução que levou Getúlio Vargas ao poder, mais conhecida como Revolução de
1930.
d) uma guerra que opôs coronéis e tenentes, contando ainda com a participação de
cangaceiros.
e) a participação do Brasil em alguns combates europeus na I Guerra Mundial.
8- O intervalo de 1934 a 1937, em que Vargas se tornou presidente constitucional,
caracterizou-se:
a) Pela consolidação do regime liberal-democrático;
b) Pelo ressurgimento das manifestações tenentistas;
c) Pela radicalização das tendências políticas e ideológicas;
d) Pelas vinculações de Vargas com os grupos da esquerda;
e) Pelas vinculações de Vargas com os grupos da direita;
9- (PUC) A implantação do Estado Novo e da Constituição de 1937:
a) Extinguiu o excesso de regionalismo, com a apresentação de duas listas tríplices pelo
Legislativo ao Governo Federal, para a escolha dos governadores dos estados e dos
prefeitos das respectivas capitais.
b) Determinou o fechamento da Câmara dos Deputados e do Senado, pois, segundo o
governo, ambos tentavam solapar o federalismo que por quase meio século resistira a
tantas lutas civis.
c) Teve como justificativa a descoberta do chamado Plano Cohen que, entre outras
medidas, pretendia levar o país ao regime comunista.
d) Manteve, ainda, a exploração das riquezas e fontes de energia em mãos de empresas
estrangeiras, mas sob a vigilância do Estado.
e) Consolidaram a democracia no país, rompendo com as instituições da República
Velha.
10- A participação do Brasil na II Guerra Mundial:
a) foi resultado da aproximação de Getúlio Vargas e os ditadores da Alemanha e da
Itália, numa luta comum contra as democracias liberais.
b) foi resultado de uma negociação com o governo dos EUA, que prometeram ajuda
financeira em troca do apoio aos aliados contra as ditaduras de direita.
c) não teve a mesma expressão que na I Guerra, quando o Brasil enviou forças militares
em apoio ao Império alemão.
d) foi desastrosa, pois a FEB não cumpriu com sua missão e o Brasil acabou derrotado
junto com os países do Eixo.
e) foi insignificante, pois tratava-se de um país dependente e absolutamente atrasado em
termos de tecnologia militar.
Download