título do resumo

advertisement
PRODUÇÃO DE FORRAGEM DE CAPIM CONVERT* HD364 EM
DIFERENTES ALTURAS DE PASTEJO
Antonio Loures Guerra, João Vitor da Rosa Vicente, Sandra Galbeiro, e-mail:
[email protected]
Universidade Estadual de Londrina/Departamento de Zootecnia/CCA.
Área e subárea do conhecimento: Zootecnia/Pastagem e Forragicultura.
Palavras-chave: Brachiaria; lâmina foliar; manejo de pastagem.
Resumo
Objetivou-se com o presente trabalho estudar estratégias de manejo em função
das alturas de pastejo, em pastos de capim Convert* HD364, avaliando a
produção dos componentes das plantas. A área experimental compreende 16
ha, dividida em 16 piquetes de 1,0 ha. Foram avaliadas quatro intensidades de
pastejo (15; 25; 35; e 45 cm de altura). O delineamento experimental foi em
blocos casualisados com quatro repetições. O controle da altura de pastejo dos
piquetes foi feito com medições em 100 pontos de mensurações aleatórias,
com o auxilio de uma régua graduada. Foram estimadas a cada 28 dias a
produção de lâmina foliar, colmo e material senescente. A produção de lâmina
foliar e colmo, em kg/ha de MS apresentaram diferença estatística a 5% de
probabilidade e apresentaram equação de regressão múltipla. Para a altura do
pasto linear e para período de avaliação quadrática para ambas as variáveis de
produção (lâminas foliares e colmo). O período de avaliação (meses)
influenciou a produção dos componentes das plantas. Maiores produções de
lâminas foliares foram observadas em pastos manejados mais altos.
Introdução
O capim Convert* HD364 é um novo híbrido de Brachiaria, desenvolvido pelo
Centro Internacional de Agricultura Tropical (CIAT), originário de cruzamentos
entre Brachiaria ruziziensis e Brachiaria decumbens, com adesão de Brachiaria
brizantha cv Marandu.
Na literatura, são escassos os trabalhos com esse híbrido, desta forma
as informações obtidas com relação ao conhecimento de processos de
crescimento e componentes das plantas, permite caracterizar a pastagem e
visualizar eventuais oportunidades de manipulação do processo, de forma a
1
reduzir as perdas e aperfeiçoar respostas da planta sem comprometer a
perenidade e a sustentabilidade do pasto.
Assim, objetivou-se com o presente trabalho estudar estratégias de
manejo em função das alturas de pastejo, em pastos de capim Convert*
HD364, avaliando a produção dos componentes das plantas.
Material e Métodos
O experimento foi conduzido na Fazenda Figueira e Estação Experimental
Hildegard Georgina Von Pritzelwitz, em Londrina – PR, e implantado em uma
área de 16 ha, dividida em 16 piquetes de 1 ha. As avaliações foram realizadas
de março a julho de 2016.
Os animais utilizados foram bovinos da raça Nelore, com
aproximadamente 11 meses e peso médio 233,72 kg. Foram distribuídos e
animais testadores por piquete e mais animais reguladores foram colocados e
retirados dos piquetes conforme necessário para manter as alturas dos pastos.
Foi utilizada a técnica “put-and-take” (MOTT; LUCAS, 1952) para o
ajuste da taxa de lotação à manutenção da altura dos pastos pretendida.
Foram avaliadas quatro alturas de manejo do capim Convert* HD364
(15, 25, 35 e 45 cm), sobre método de pastejo com lotação contínua com
lotação variável. Anualmente eram realizadas correções no solo, de acordo
com a análise química do solo da área experimental.
A altura do pasto era mensurada um vez por semana em 100 pontos por
piquete, com o auxílio de régua graduada. O ajuste da carga animal era
realizado a cada duas semanas.
A cada vinte e oito dias foram coletadas seis amostras de forragem por
piquete, com auxilio de quadrado de 0,5 x 0,5 m para estimar a produção de
forragem. Após a coleta de forragem o material foi separado em lâmina foliar,
colmo e material senescente e pesado e colocado em estufa de circulação de
ar a 55C até atingir peso constante, para a determinação da pré-secagem.
Com o peso de cada componente da planta foram estimadas as
produções de lâmina foliar, colmo e material senescente, em Kg/ha de matéria
seca (MS).
O delineamento experimental foi de blocos casualizados, em esquema
de parcelas subdivididas, com quatro repetições. Os dados foram testados para
normalidade pelo teste de Shapiro wilks e para homogeneidade de variâncias
pelo teste de Bartlett. Utilizou-se para avaliar o efeito dos tratamentos e dos
períodos análise de variância por meio do pacote LME para dados longitudinais
instalado no pacote computacional R. Em caso de significância foi feito o
desdobramento utilizando-se a análise de regressão. O experimento foi
aprovado pelo comitê de ética em animas, protocolo CEUA número
862.2016.28.
2
Resultados e Discussão
A produção de lâmina foliar, colmo e material senescente (kg/ha de MS) não
apresentaram interação entre altura do pasto e período de avaliação (meses).
A produção de lâmina foliar e colmo apresentaram diferença significativa
(P<0,05) para tratamento (altura do pasto) e período (meses) (Tabela 1).
Tabela 1. Produção media de lâmina foliar, colmo e material senescente
do capim Convert* HD364 em diferentes alturas de pastejo, de novembro de
2015 a março de 2016.
Produções (kg/ha de MS)
Equações de Regressão
R2
Lâmina Foliar
PLF = 1813,50 + 24,39A + 160,94P - 104,48P2 0,70
Colmo
PC = - 212,24 + 31,96A + 956,64P - 183,75P2
0,50
Material Senescente
PMM = 2831,27 - 1656,26P
0,89
R2 = Coeficiente de determinação; A = altura do pasto: 15, 25, 35 e 45 cm; P = Período:
1) março 2016, 2) abril 2016, 3) maio 2016, 4) junhoo2016 e 5) julho 2016.
Fonte: O Autor
A produção de lâmina foliar (PLF) apresentou regressão múltipla, sendo
para os tratamentos (alturas do pasto) equação linear crescente e para os
períodos de avaliação, regressão quadrática.
A produção de colmo (PC) também apresentou regressão múltipla,
sendo para os tratamentos equação de regressão linear e para os períodos
regressão quadrática.
A produção de material senescente somente apresentou efeito nos
períodos de avaliação (meses), com equação de regressão linear decrescente,
o que é condizente com a época do ano.
A grande variação na produção do capim convert* HD364 ocorreu
principalmente pelas alterações climáticas, com período de alta precipitação
pluviométrica como maio de 2016.
A redução da produção dos componentes das plantas (lâmina foliar,
colmo e material senescente) ocorreu com o avanço dos meses de avaliação
(junho e julho), pois além de diminuir a precipitação pluviométrica ocorreu a
queda da temperatura (IAPAR, 2016), o que desfavoreceu o crescimento das
plantas.
Conclusões
Pastos de capim Convert* HD364 manejados em alturas mais altas apresentam
maior produção de lâminas foliares. A produção dos componentes das plantas
são diretamente influenciada pelo período do ano.
3
Agradecimentos
À Fazenda Figueira, pela parceria e disponibilidade da área e animais. A UEL
pela bolsa de iniciação científica. A empresa Dow Agroscience pela
disponibilidade de recursos financeiros.
Referências
IAPAR - Instituto Agronômico do Paraná. Dados 2015/2016. Disponível em: <
http://www.iapar.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=1828 > Acesso em: 13
ago. 2016
MOTT, G.O.; LUCAS, H.L. The designs conduct, and interpretation of grazing trials on
cultivated and improved pastures. In: INTERNATIONAL GRASSLAND
CONGRESS, 6., 1952, Pennsylvania. Proceedings... Pennsylvania: State College Press,
p.1380-1385, 1952.
R Studio (2015). RStudio: Integrated Development for R. RStudio, Version
0.99.902. Inc., Boston, MA. 2009.
4
Download