Fazer um resumo, manuscrito, dos capítulos

Propaganda
COLÉGIO SHALOM
Ensino Médio – 2° Ano
Prof.º: Wesley – Disciplina Física
Aluno (a): _____________________________. No. _____
Trabalho de
Recuperação
Data: 03/08/2015
Valor: _________
___________Nota:_
____
Orientações:
-Responder manuscrito;
-Cópias de colegas, entrega com atraso, letra ilegível, deixar de responder alguma questão e o não
cumprimento de orientações passadas pelo professor, acarretará no desconto de nota.
-O trabalho deve conter capa com o tema: “trabalho de recuperação” e o nome do aluno.
- Fazer um resumo, manuscrito, dos capítulos:
Unidade I – Termologia
Tópico 4 – Gases Perfeitos
Tópico 5 – Termodinâmica
1-(UPE-PE-011) O diagrama PV para uma determinada amostra de gás está representado na figura a seguir. Se
o sistema é levado do estado a para o estado b, ao longo do percurso acb, fornece-se a ele uma quantidade de
calor igual a 100 cal, e ele
realiza um trabalho de 40 cal.
a) Se, por meio do percurso adb, o calor fornecido é de 72 cal, então o trabalho realizado vale em cal, vale?
b) Determine o trabalho realizado no percurso ac.
2 - (EsPCEx-012) Um gás ideal sofre uma compressão isobárica sob a pressão de 4·103 N/m2 e o seu volume
diminui 0,2 m3. Durante o
processo, o gás perde 1,8·103 J de calor. Determine a variação da energia interna do gás.
3 -(UFAL) Um gás sofre a transformação termodinâmica cíclica ABCA representada no gráfico p × V. No
trecho AB a transformação é isotérmica.
Analise as afirmações:
a) Determine a pressão no ponto A.
b) Calcule no trecho BC o trabalho é realizado pelo gás.
c) Determine no trecho CA o trabalho realizado.
4 -(UFRRJ-RJ) A figura a seguir representa o gráfico p-V de um gás, suposto ideal, que sofre primeiramente
um processo isobárico, partindo do ponto A para o ponto B, e depois um processo isovolumétrico, atingindo o
ponto C, que se situa sobre a mesma isoterma que A.
Calcule
a) o trabalho realizado pelo gás ao final do processo ABC;
b) o calor recebido pelo gás ao final do processo ABC.
5 -(UFRRJ-RJ) Certa massa gasosa, contida num reservatório, sofre uma transformação termodinâmica no
trecho AB. O gráfico mostra o comportamento da pressão P, em função do volume V.
Calcule o módulo do trabalho realizado pelo gás, na transformação do trecho AB.
6 -(Uneb-BA) Um gás ideal sofre uma expansão isobárica, variando seu volume de 2 m3 até 5 m3. Se o trabalho
realizado sobre o gás foi de 30J, calcule a pressão mantida durante a expansão, em N/m2.
7 -(UERJ-RJ) Observe o ciclo mostrado no gráfico P × V a seguir.
Considerando este ciclo completo, determine o trabalho realizado, em joules.
8 -(UFMS-MS) Sem variar sua massa, um gás ideal sofre uma transformação a volume constante. É correto
afirmar que
a) a transformação é isotérmica.
b) a transformação é isobárica.
c) o gás não realiza trabalho.
d) sua pressão diminuirá,se a temperatura do gás aumentar.
e) a variação de temperatura do gás será a mesma em qualquer escala termométrica.
9 -(Uneb-BA) Um gás ideal sofre uma expansão isobárica, variando seu volume de 2 m3até 5 m3. Se o trabalho
realizado sobre o gás foi de 30J, determine a pressão mantida durante a expansão, em N/m2.
10 -(UFRRJ-RJ) Um gás ideal sofre as transformações AB, BC, CD e DA, de acordo com o gráfico a seguir.
Através da análise do gráfico, assinale adiante a alternativa correta.
a) Na transformação CD, o trabalho é negativo.
b) A transformação AB é isotérmica.
c) Na transformação BC, o trabalho é negativo.
d) A transformação DA é isotérmica.
e) Ao completar o ciclo, a energia interna aumenta.
11-(UFRRJ-RJ) Certa massa gasosa, contida num reservatório, sofre uma transformação termodinâmica no
trecho AB. O gráfico mostra o comportamento da pressão P, em função do volume V.
Determine o módulo do trabalho realizado pelo gás, na transformação do trecho AB.
12 -(PUC-SP) Uma amostra de gás ideal sofre o processo termodinâmico cíclico representado no gráfico a
seguir.
Ao completar um ciclo, o trabalho, em joules, realizado pela força que o gás exerce nas paredes do recipiente é:
a) + 6
b) + 4
c) + 2
d) – 4
e) – 6
13 – (EsPCEx) Um gás ideal sofre uma compressão isobárica sob a pressão de 4·103 N/m2 e o seu volume
diminui 0,2 m3. Durante o processo, o gás perde 1,8·103 J de calor. Determine a variação da energia interna do
gás.
14 -(UFRS-RS) Em uma transformação termodinâmica sofrida por uma amostra de gás ideal, o volume e a
temperatura absoluta variam como indica o gráfico a seguir, enquanto a pressão se mantém igual a 20 N/m2.
Sabendo-se que nessa transformação o gás absorve 250 J de calor, calcule a variação de sua energia interna.
15 -(UFRJ-RJ) Considere certa massa de um gás ideal em equilíbrio termodinâmico. Numa primeira
experiência, faz-se o gás sofrer uma expansão isotérmica durante a qual realiza um trabalho W e recebe 150J de
calor do meio externo. Numa segunda experiência, faz-se o gás sofrer uma expansão adiabática, a partir das
mesmas condições iniciais, durante a qual ele realiza o mesmo trabalho W. Calcule a variação de energia
interna ΔU do gás nessa expansão adiabática.
16 -(UFPEL-RS) De acordo com seus conhecimentos sobre Termodinâmica, analise as afirmativas abaixo.
I – Sempre que um corpo muda de fase, sob pressão constante, ele recebe ou cede calor e a sua temperatura
varia.
II – Quando temos uma transformação isobárica, de uma certa massa de um gás perfeito, o aumento da
temperatura fará com que aconteça um aumento de volume.
III – Uma dada massa de um gás perfeito pode receber calor sem que a sua temperatura interna aumente. Isso
ocorrerá se ele realizar um trabalho igual à quantidade de calor que recebeu.
IV – Num processo de transformação isocórico a temperatura de uma certa massa de um gás permanece
constante.
Dessas afirmativas, estão CORRETAS apenas
a) I e II
b) I, II e III
c) II e III
d) II e IV
e) II, III e IV
17 -(UFRS-RS) A cada ciclo, uma máquina térmica extrai 45 kJ de calor da sua fonte quente e descarrega 36 kJ
de calor na sua fonte fria. O rendimento máximo que essa máquina pode ter é de:
18-(PUC-RJ) Uma máquina de Carnot é operada entre duas fontes, cujas temperaturas são, respectivamente,
100oC e 0oC. Admitindo-se que a máquina receba da fonte quente uma quantidade de calor igual a 1.000 cal por
ciclo, pede-se:
a) o rendimento térmico da máquina.
b) a quantidade de calor rejeitada para a fonte fria.
19-(EMC-RJ) O rendimento de uma certa máquina térmica de Carnot é de 25% e a fonte fria é a própria
atmosfera a 27oC. Calcule a temperatura da fonte quente.
20- (UFPEL-RS) Um ciclo de Carnot trabalha entre duas fontes térmicas: uma quente em temperatura de 227°C
e uma fria em temperatura -73°C. O rendimento desta máquina, em percentual, é de:
21- Uma máquina térmica cíclica recebe 5000 J de calor de uma fonte quente e realiza trabalho de 3500 J.
Calcule o rendimento dessa máquina térmica.
22 - Uma máquina térmica recebe 800 J de calor de uma fonte quente, em uma temperatura de 400 K, e rejeita
300 J para uma fonte fria. Calcule a temperatura da fonte fria e o trabalho realizado pela máquina.
23- (UNIVALI - SC) Uma máquina térmica opera segundo o ciclo de Carnot entre as temperaturas de 500K e
300K, recebendo 2 000J de calor da fonte quente. O calor rejeitado para a fonte fria e o trabalho realizado pela
máquina, em joules, são:
24- Em uma máquina térmica são fornecidos 3kJ de calor pela fonte quente para o início do ciclo e 780J passam
para a fonte fria. Qual o trabalho realizado pela máquina, se considerarmos que toda a energia que não é
transformada em calor passa a realizar trabalho? Qual o rendimento da máquina térmica do exercício anterior?
25- Uma máquina que opera em ciclo de Carnot tem a temperatura de sua fonte quente igual a 330°C e fonte
fria à 10°C. Qual é o rendimento dessa máquina?
26 - (UFPF – RS) Um ciclo de Carnot trabalha entre duas fontes térmicas: uma quente em temperatura de
227°C e uma fria em temperatura -73°C. O rendimento desta máquina, em percentual, é de:
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards