Brasil - voltar

Propaganda
RSE – Plano da Coleção do Ens. Fund. 5ª a 8ª séries – GEOGRAFIA
Título da coleção- Brasil: território e cotidiano
Uma preocupação que tivemos enquanto autores dessa coleção para o Ensino
Fundamental – 5ª a 8ª séries é a de contribuir para o projeto escolar de ensino da Rede
Salesiana, de forma que o ensino de Geografia possa ser organizado com base em
conceitos e competências relevantes para a compreensão do espaço geográfico como
uma construção social, destacando aprendizagens voltadas para a formação da cidadania
e dos valores humanistas.
Na leitura geográfica da realidade em que vivem, os alunos devem ser
estimulados a considerar as diferentes ações sociais e culturais, sua dinâmica social e
espacial, os impactos naturais que transformam o mundo e as marcas que identificam os
diferentes lugares. Conhecimentos originados de sua experiência pessoal, do senso
comum, da produção de especialistas ou da pesquisa sobre tecnologia e ciência
contribuem para que aconteçam diferentes leituras do espaço geográfico e das relações
nele existentes. É fundamental que esses saberes sejam valorizados, debatidos,
analisados, confrontados e re-significados de forma constante a partir de novos
referenciais, propiciando a elaboração e a ampliação dos conhecimentos geográficos.
Como educadores, temos um papel importante no acompanhamento dos alunos, de
orientá-los nesse processo de reflexão sobre o espaço geográfico que envolve conceitos
básicos da Geografia, como: paisagem, lugar, região e território e também as diferentes
possibilidades de representação desse espaço. Essa perspectiva busca favorecer um
conjunto de reflexões e de pensar sobre o conjunto de relações e interações que se
estabelecem entre a sociedade e a natureza e a compreensão de como as diferentes
ações humanas e os processos naturais interferem no lugar onde vivem. A convivência
com as diferenças e as relações que se estabelecem com diversas experiências de vida
das pessoas em diferentes lugares propiciam uma reflexão que contribui para perceber e
valorizar a riqueza da diversidade das ações humanas nos diferentes lugares.
Além disso, a proposta dessa obra incorpora algumas reflexões sobre como se
processa o repensar da ciência geográfica em diferentes universidades, nos congressos,
em diferentes encontros de professores, porém o foco principal é a aprendizagem dos
alunos e os diversos processos envolvidos na elaboração de sua leitura da realidade, de
mundo. A leitura da espacialidade integrada com a perspectiva de uma reflexão mais
ampla dos valores
humanos fundamentais inclui as percepções, as vivências e a
memória dos indivíduos e grupos sociais, uma vez que estas impulsionam a construção
de projetos individuais e coletivos que transformam os diferentes espaços em diferentes
épocas. Através da leitura e das representações do espaço geográfico pretendemos que
o aluno:

explore seu espaço mais próximo de vivência;

perceba relações, interferências, transformações;

amplie seu conhecimento sobre outros lugares de sua cidade, de seu estado, do
nosso país e do mundo.
O ponto de referência para a estruturação dos temas e os conteúdos geográficos
presentes ao longo da obra é, sem dúvida, um conjunto de conceitos necessários para
desvendar geograficamente a realidade. Organizamos e selecionamos recursos ou
estratégias de ensino que ajudam os alunos a fazerem uma leitura do mundo e de suas
contradições, que os auxiliam a ampliar suas noções, construir e reconstruir conceitos.
Essa leitura não pode basear-se apenas em informações que descrevem paisagens,
representando a realidade como se ela constituísse um inventário. Para isso se tornar
mais concreto buscamos selecionar estratégias diversificadas – textos, imagens,
representações gráficas e cartográficas, ou mesmo estudo do meio – de modo que os
alunos construam competências para ler e escrever nas diferentes linguagens utilizadas
pelos geógrafos nos dias atuais.
A obra tem como referência os Parâmetros Curriculares Nacionais editada pelo
MEC, entendendo que a Geografia é uma área do conhecimento comprometida em tornar
o mundo compreensível para os alunos diante de sua dinâmica de funcionamento, de sua
diversidade, de sua lógica de organização e de suas contradições. As temáticas com as
quais a Geografia trabalha na atualidade e que propusemos ao longo desta coleção
colaboram para que os alunos desenvolvam essa compreensão mais ampla sobre o
mundo e sobre o lugar em que vivem. Os PCN de Geografia também nos orientam a
refletir continuamente sobre os espaços vivenciados pelos alunos, que esses espaços
continuem sendo problematizados e enfocados de forma a ajudar o aluno a compreender
as diversas relações e articulações com o local, o regional, o nacional e o global, fazendo
uso da chamada escala geográfica.
Estrutura das unidades e seções
Organização das unidades
Todos os livros da obra são organizados e divididos em três grandes unidades de
estudo. Essas unidades são subdivididas em capítulos, as duas primeiras unidades
apresentam dois capítulos, a terceira e última unidade três capítulos. Essa forma de
organização e divisão foi pensada levando em consideração o número médio de aulas de
Geografia vigente no Ensino Fundamental II das Escolas Salesianas (média nacional – 2
aulas semanais). Nessas unidades enfocamos as diversas dimensões dos conceitos e
temas, são diversificados e vão sendo ligados entre si, formando uma rede temática, ou
seja, um conjunto articulado de conceitos que se interrelacionam. A rede temática
sugerida, além de apropriada para
Fundamental II, contribuem também
os jovens dessas faixas de idade do Ensino
para que eles construam
um conjunto de
significados em Geografia. Cada unidade contêm basicamente as seguintes seções:
Introdução
Cada unidade e capítulo inicia-se com esta seção de abertura. Ela pode trazer
um texto, um depoimento, um mapa ou uma imagem (figura, foto, pintura, entre outros).
Apresenta uma situação-problema que favorece a reflexão e o levantamento do saber
inicial dos alunos sobre o tema em estudo.
Textos para leitura e estudo
Além de simplesmente ler um texto, os alunos deverão também aprender a
estudá-los e a estudar através deles. Para isso, ao longo das unidades e capítulos foram
selecionados e adaptados diferentes tipos de texto: narrativos, informativos, poéticos,
entre outros, que auxiliam o aluno nesse processo de estudo.
O texto principal é dos autores. Através deles procurou-se construir os principais
conceitos de cada capítulo.
Box
Alguns boxes encontram-se distribuídos ao longo do volume com objetivos
diversos, tais como: informar, ampliar o conceito que está em análise, fornecer novos
elementos para reflexão.
Brincando e aprendendo
Esta seção aparece com bastante freqüência ao longo dos capítulos e envolve
um conjunto diversificado de ações e uso de diferentes linguagens, fazendo com que os
alunos ampliem os conceitos estudados, chegando num produto pedagógico (painel,
maquete, dramatização etc). Um dos objetivos desta seção é, ao apresentar uma
diversidade de ações, criar a possibilidade dos alunos exercitarem sua criatividade e
imaginação ao construírem conhecimentos geográficos específicos.
Representação Cartográfica
A representação cartográfica é proposta continuamente para a sistematização
dos alunos, uma vez que concebemos o mapa como recurso didático que permite
desenvolver estudos e aprendizagens significativas. Como a Geografia é uma área do
conhecimento que trabalha com diferentes recortes de espaço e de tempo, com diferentes
possibilidades e níveis de interesse e aprofundamento dos elementos que formam ou
atuam sobre o espaço geográfico, o uso dos mapas enquanto recurso, enquanto
linguagem e comunicação de informações geográficas relevantes é de grande
importância. A representação cartográfica aparece continuamente em todas as unidades
e capítulos da obra e está sempre articulada e contextualizada com o tema abordado. Os
alunos serão estimulados a interpretar e também a construir diferentes representações do
espaço geográfico. As representações cartográficas, constituem importante linguagem na
Geografia colaborando para que os alunos possam ampliar sua leitura do mundo e da
realidade, além de contribuir para o desenvolvimento de inúmeras habilidades cognitivas.
Ponto de Vista
Contrapor idéias, perceber diferentes formas de analisar um mesmo fenômeno
geográfico, de representar o que diz e o que se pensa é o que procuramos destacar nesta
seção. Estimula-se a comparação não só relacionada ao texto em si, mas também sua
relação com modos de vida de diversos grupos sociais e suas representações.
Sintetizando o que vimos
Todos os capítulos possuem esta seção. É um momento de fechamento e de
retomar o que foi estudado e aprendido pelos alunos, de analisar com eles os conceitos
que foram destacados, as habilidades envolvidas. É uma forma de aprender a organizar,
sistematizar e registrar os temas e conceitos geográficos que subsidiaram cada unidade e
capítulo.
ESTRUTURA GERAL DA OBRA
Título do volume 1: Brasil, um país e muitos cenários geográficos
ESTRUTURA DO VOLUME DE 5ª SÉRIE:
Volume/
Unidade
5ª série
1
As crianças, as cidades e
o campo
2
Campo e Cidades:
Espaços que se
relacionam e se
transformam
Cap.1 Viver nas cidades
 Introdução

Lembranças de cidades
 Caracterizando minha cidade
 Pontos de referência em minha cidade
 Diferentes maneiras de perceber as cidades
 As atividades realizadas nas cidades
 A organização das cidades – as moradias e as vias de circulação
 Modos de vida na cidade
 Modos de vida e diversão nas cidades
 Conhecendo mais sobre as cidades
 Sobre cidades e metrópoles
 Sintetizando o que foi estudado
Capítulo 2: Viver no campo
 Introdução –

Lembranças – Caracterizando o campo
 Diferentes maneiras de perceber o campo
 As atividades realizadas no campo
 Conhecendo mais sobre as atividades rurais
 A moradia e os agrupamentos humanos no campo:
Povoado; Vila; Aldeia; Remanescentes de Quilombos
 Os modos de vida no campo – o uso da terra
 Aqui a terra é de alguns
 Aqui a terra é de todos
 Sintetizando o que foi estudado
Capítulo 3: Campo e cidades - espaços que se relacionam
 Introdução
 Diferentes modos de vida no campo e suas relações com as cidades
 Nem tudo o que o campo produz chega nas cidades
 Relações campo e cidades: o caso de um assentamento rural
 Campo e cidades: espaços que se relacionam
 Campo influenciando as cidades: manifestações culturais dos migrantes rurais
 As cidades influenciando manifestações culturais rurais
 Sintetizando o que foi estudado
Capítulo 4:Campo e Cidade – espaços que se transformam
 Introdução
 Transformações urbanas: o caso de um bairro no Rio de Janeiro a partir de 1840
 Algumas informações sobre o bairro da Lapa
 Transformações do campo: o caso do Pantanal
 Localizando e caracterizando o Pantanal
 Transformações nas paisagens do Pantanal nos últimos 30 anos
 Sintetizando o que foi estudado neste capítulo
3
As sociedades, a natureza
e as paisagens
Capítulo 5: As sociedades, a natureza e as paisagens
 Introdução
 Crianças, modos de vida e natureza
 As pessoas modificam as paisagens
 Comparando imagens de satélite
 As variações do tempo atmosférico e as pessoas
 Os processos naturais e a dinâmica das paisagens
 Semi- árido: um ambiente imenso e diferenciado
 As paisagens e as pessoas
 Compreendendo o tempo geológico
 Sintetizando o que foi estudado
Capítulo 6: Paisagens: representações e memórias
 Introdução
 Marcas de um povo nas paisagens urbanas e rurais
 Marcas numa paisagem rural a partir de 1910
 Transformações numa paisagem rural nos últimos 30 anos
 Como as paisagens fazem parte das memórias das pessoas
 Sintetizando o que foi estudado neste capítulo
Capítulo 7: O que precisamos para viver com dignidade
 Espaços de vida adequados no campo e cidades
 A valorização e o respeito às diferenças culturais
 A valorização e o respeito à natureza e à paisagem
UNIDADE I: As crianças, as cidades e o campo
Quadro Conceitual
Proposta de trabalho
1. As crianças, as cidades e o campo
- Viver nas cidades
- Viver no campo
Noções e conceitos
Espaço: espaços públicos, privados, coletivos e
individuais; metrópole. minifúndios, latifúndios;
espaços de moradia e trabalho
Tempo: tempo histórico
Representação cartográfica: croqui, mapa
político, mapa temático, escalas geográficas,
maquete, orientação
Cultura: modos de vida urbanos e rurais,
pluralidade cultural
Unidade II: Campo e cidades – Espaços que se relacionam e se transformam
Quadro Conceitual
Espaço: interações entre espaços geográficos,
2. Campo e cidades – espaços que se relacionam e se
formas de organização do trabalho no campo,
transformam
migração, transformações em espaços
Campo e cidades – espaços que se relacionam
Campo e cidades – espaços que se transformam geográficos
Tempo: mudanças e permanências no espaço,
tempo histórico
Representação cartográfica: escala gráfica,
esquema e gráfico de barras
Cultura: práticas solidárias, cidadania e
preservação do patrimônio histórico
Unidade III: As sociedades, a natureza e as paisagens
Quadro Conceitual
3. As sociedades, a natureza e as paisagens
As sociedades, a natureza e as as e as paisagens
Paisagens: representações e memórias
Viver com dignidade nas cidades e no campo
Espaço: migração, transformações em espaços
geográficos, paisagem
Tempo: tempo geológico, tempo da memória
Representação cartográfica: escala gráfica,
escalas geográficas, esquema e gráfico de barras
Cultura: cidadania, preservação do patrimônio
natural e desenvolvimento sustentável
Título do volume 2: Brasil, um país em construção
ESTRUTURA DO VOLUME 2 GEOGRAFIA – 6ª SÉRIE - ABRIL 2004
Volume/
Unidade
6ª série
1
Diversidades no Brasil e
no mundo
Capítulo 1: Diversidades no mundo
 Introdução
 Sobre continentes, países e localização no mundo
 Diversidades entre os grupos humanos nos continentes e países
 Refletindo sobre músicas de jovens, globalização: identidades e diversidades
 Sintetizando o que foi estudado
Capítulo 2: Diversidades no Brasil
 Diversidades regionais: aspectos culturais
 Diversidades regionais: elementos naturais
 As regiões brasileiras: diferentes pontos de vista
 Sintetizando o que foi estudado
2
Cap.3: Aspectos sócio-econômicos das regiões brasileiras
 as regiões brasileiras e a distribuição de renda
 as regiões brasileiras e a produção econômica
 a qualidade de vida e as desigualdades sociais nas regiões
 Sintetizando o que foi estudado
Diversidades
sócio-
econômicas no Brasil
Cap.4: Ser criança e jovem no Brasil
 Distribuição populacional brasileira
 Diferenças sociais-culturais regionais e locais
 Ser cidadão num lugar: condições de moradia e escolaridade; entre o consumo e
o desperdício
 Migrações internas no passado e no presente
 As diferentes versões de uma realidade: os dados estatísticos
 Sintetizando o que foi estudado
Cap. 5: Fronteiras móveis
 como estabelecer limites de território?
 conceito de território
 fronteiras móveis: os desafios neste momento de globalização
3
 a globalização: um mundo sem fronteiras?
 Brasileiros no mundo: o que os identifica.
Cap. 6: Brasil: formação e organização do território
Produção e organização  Brasil: divisão territorial no início do século XIX e atualmente
 A articulação do território brasileiro em épocas distintas: diferentes visões da
do território brasileiro
Geografia
 A sobreposição de territórios: nacional, indígenas e de negros
 o conceito de rede em diferentes contextos geográficos
 a produção e organização do território e articulação regional com a
industrialização e urbanização brasileira
 região concentrada
Cap. 7: Espaços de vida adequados nas diferentes regiões
 a valorização e o respeito às diferenças culturais
 igualdade nas condições de vida e nos serviços básicos
Unidade I: Diversidades no Brasil e no mundo
Quadro Conceitual
Proposta de trabalho
Diversidades no Brasil e no mundo
- Capítulo 1: Diversidades no mundo
- Capítulo 2: Diversidades no Brasil
Noções e conceitos
Espaço: Espaço mundial: continentes, países
e fronteiras; densidade demográfica;
Globalização; Região; Território
Tempo: Tempo histórico; Mudanças e
permanências do espaço
Representação cartográfica: Croqui; Mapa
político; Mapa temático; Escalas geográficas:
nacional e mundial; Fronteiras; Coordenadas
geográficas
Cultura: Diversidade cultural
Unidade II: Diversidades sócio-econômicas no Brasil
Quadro Conceitual
Proposta de trabalho
Diversidades sócio-econômicas no Brasil
-
Cap.3: Aspectos sócio-econômicos das regiões
brasileiras
Cap.4: Ser criança e jovem no Brasil
Noções e conceitos
Espaço: Distribuição populacional; Região;
Território; Diversidades sócio - econômicas
regionais; Migrações internas, Fluxos
populacionais
Tempo: Tempo histórico; Mudanças e
permanências do espaço
Representação cartográfica: Esquema;;
Gráficos de barras e de pirâmide etária;
Mapas temáticos
Cultura: Cultura juvenil; Cidadania;
Consumismo e Sustentabilidade
Unidade III – Produção e organização do território brasileiro
Quadro Conceitual
Proposta de trabalho
Produção e organização do território brasileiro
-
Cap. 5: Fronteiras móveis
Cap. 6: Brasil: formação e organização do
território
Cap. 7: Espaços de vida adequados nas
diferentes regiões
Noções e conceitos
Espaço: Globalização; Fronteiras e limites;
Território; Rede; Região concentrada;
Urbanização e industrialização
Tempo: Tempo histórico; Mudanças e
permanências do espaço
Representação cartográfica: Gráficos;
Mapas temáticos; Mapas políticos; Mapas
históricos
Cultura: Modos de vida; Identidade;
Pluralidade cultural
Título do volume 3: Brasil, um espaço geográfico de relações
ESTRUTURA DO VOLUME 3 GEOGRAFIA – 7ª SÉRIE
Volume/
Unidade
7ª série
1
Os
meios


de 
relação sociedade e natureza mediada pelas inovações tecnológicas
os meios de comunicação: telecomunicações, mídia, informatização etc
os meios de comunicação e a organização do espaço geográfico: a informação e
o conhecimento do território; a velocidade e a eficiência das informações e a
comunicação no Brasil e
no mundo
2
Um mundo em mudança








aproximação dos lugares
meios de comunicação e modos de vida
os meios de transporte e território

a globalização e a reorganização dos territórios
o patrimônio cultural como fator de integração
as novas fronteiras e a formação dos blocos econômicos
a economia e a política como fatores de integração
a divisão internacional do trabalho e o espaço geográfico
as desigualdades sócio-espaciais no Brasil e no mundo e a mobilidade da
população
a mobilidade da população e o encontro de diferentes culturas




a natureza e as relações entre os lugares
a circulação do ar atmosférico, massas de ar e as alterações climáticas
os modos de vida, o processo de modernização e seus impactos no ambiente
os progressos técnicos, econômicos e científicos e os problemas ambientais
3
Sociedades e
questões ambientais
Título do volume 4: Brasil e mundo: espaços geográficos e cidadania
ESTRUTURA DO VOLUME 4 GEOGRAFIA – 8ª SÉRIE
Volume/
Unidade
8ª série
1

Uma nova organização 
do espaço geográfico e 
das
sociedades:
movimento sociais

os 
Mundo em mudança: a industrialização e a integração da economia mundial
Industrialização e capitalismo
Mobilização das fronteiras e conflitos internacionais: a ordem mundial atual
Os espaços das minorias nacionais, étnicas e culturais e a cidadania
Os movimentos jovens pela paz mundial
2

Um planeta melhor: O 
Brasil e o mundo diante

das questões ambientais 

3
Espaço
cidadania
Geográfico




e 

Principais questões ambientais
Os recursos ambientais: esgotabilidade e reversibilidade
Modelos alternativos de utilização dos recursos naturais hoje: energia, água,
produção de alimentos etc
Poluição e qualidade de vida nas cidades e no campo
Os jovens e os movimentos ambientalistas
Espaço geográfico e as desigualdades sociais e econômicas
Justiça social , trabalho, renda e cidadania
Alternativas para ser cidadão em diferentes espaços geográficos
Repensando a ordem mundial e a globalização
Políticas e estratégias internacionais para o desenvolvimento sustentável
As organizações não-governamentais e a cidadania
Quadro síntese de habilidades e competências desenvolvidas e
trabalhadas ao longo da obra.
Habilidades e competências
-
Leitura e interpretação de textos: didático, literário, jornalístico, depoimento, letra de
música e poema
Leitura e interpretação de croquis, mapas políticos, mapas temáticos, mapas históricos
-
esquema, gráfico de barras e plantas
Leitura e interpretação de imagens: fotos, desenhos, obras artísticas
Produção de textos, desenhos, croquis e maquetes.
Seleção e organização de informações e imagens
Observação, descrição, localização, comparação, classificação, identificação, previsão,
estimativa, sistematização.
Download
Random flashcards
Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards