histologia geral

Propaganda
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
PRÓ-REITORIA PARA ASSUNTOS ACADÊMICOS
DIRETORIA DE DESENVOLVIMENTO DO ENSINO
PROGRAMA DE COMPONENTE CURRICULAR
TIPO DE COMPONENTE (Marque um X na opção)
X
Disciplina
Atividade complementar
Monografia
X
X
Prática de Ensino
Módulo
Trabalho de Graduação
STATUS DO COMPONENTE (Marque um X na opção)
X
OBRIGATÓRIO
ELETIVO
OPTATIVO
DADOS DO COMPONENTE
Código
HE0
11 –
3M
Pré-requisitos
Carga Horária Semanal
Nome
HISTOLOGIA GERAL
Teórica
Prática
2hs
4hs
Co-Requisitos
Nº. de Créditos
C. H. Global
Período
75hs
2o
Requisitos C.H.
EMENTA
(Plano de Ensino da Disciplina Histologia Geral, oferecida para o 2o Período
do Curso de Farmácia, e seus Componentes)
O referido Plano de Ensino serve de marco de referência para as atividades
de ensino-aprendizagem que ocorrerão durante o período de 2013.1 e
2013.2, vindo a ser modificado após este período, se necessário, pelo
Departamento de Histologia e Embriologia, tendo em vista a natural
evolução das intenções educativas estabelecidas.
Dos Conteúdos:
1. Epitélio de Revestimento;
2. Epitélio Glandular;
3. Tecido Conjuntivo;
4. Tecido Cartilaginoso;
5. Tecido Ósseo;
6. Ossificação (=Osteogênese);
7. Sangue;
8. Tecido Muscular; e
9. Tecido Nervoso
OBJETIVO (S) DO COMPONENTE
A referida Disciplina tem como Objetivo Geral a transmissão de
conhecimentos sobre os diferentes tecidos, do ser humano, que compõem os
Sistemas e, consequentemente, a formação do organismo.
Esta prática ensino-aprendizagem estará vinculada à HISTOCLÍNICA, ou
seja, a relação dos tecidos com suas funções e visão preliminar de
diferentes patologias relacionadas aos referidos tecidos.
Daí a necessidade de inclusão dos Objetivos Específicos que serão
apresentados abaixo, na Metodologia (Procedimentos), onde serão
incluídos
dois
Programas
Práticos,
previamente
aprovados
no
Departamento de Histologia e Embriologia, denominados: Conhecimento
Virtual (CV) e DALI Histologia (DH).
METODOLOGIA
Dos Procedimentos (A Metodologia):
As referidas turmas terão 02 (duas) sub-turmas. As aulas teóricas serão realizadas no Auditório SH1 do
Departamento de Histologia e Embriologia, nas quintas-feiras (de 10:00 às 12:00). As aulas práticas
terão 02 (duas) horas semanais para cada sub-turma, portanto, num total de 04 (quatro) horas semanais,
constituídas por 02 (dois) Programas, devidamente aprovados no Pleno do referido Departamento,
denominados Conhecimento Virtual (CV) e DALI Histologia (DH). O CV é um
Programa de debates via Internet, realizado desde 2001, com o corpo discente, correlacionando os
diferentes tecidos com visão preliminar de Clínica Médica e Patologia Clínica. É o professor extra-salade-aula. Esta interdisciplinaridade condiciona de imediato uma autonomia e reflexão crítica do corpo
discente para a futura prática profissional eficiente (HistoClínica). Este Programa vem sendo
desenvolvido desde 2001, com auspiciosos resultados, e tem a flexibilidade de se adequar ao tipo de
clientela, e, portanto, aos maiores interesses relacionados ao tipo de Curso, em questão, na Área da
Saúde. Cada Turma, a ser representada, tem acesso ao CV após a criação do e-mail CV do corpo
discente e é fornecido o e-mail da Coordenadora do CV e da referida Disciplina, e o horário específico
das discussões, debates e do material a ser disponibilizado via internet e em sala de aula.
O Programa CV está disponibilizado em Anexo, deverá ser lido para pleno entendimento desta
EMENTA, e será abaixo discriminado os temas dos debates para o Curso de Farmácia – Turmas 2013.1
e 2013.2, respectivamente, onde será acordado com o corpo discente, das 2 sub-turmas, o melhor
horário para todos extra-sala de aula, como o realizado com o Curso Médico UFPE. O aluno que não
tem computador, deverá acompanhar os debates via relator (xerox), a ser escolhido pela turma, e deverá
se pronunciar por escrito.
TEMAS para o CV (Curso de Farmácia – 2013)
Epitélio de Revestimento
1. Esquematização do tipo de epitélio de revestimento e sua função primordial;
2. Papel da cavidade oca do aparelho digestivo na absorção dos medicamentos administrados via oral
(VO);
3. Transporte dos medicamentos (VO) a partir do epitélio cilíndrico simples do intestino delgado;
4. Ulceração do epitélio cilíndrico simples do estômago e sua progressão para o tecido conjuntivo (e
consequente sangramento);
5. Visão preliminar da conduta terapêutica frente sangramentos mecânicos e sangramentos por
alteração das hemostasias primária e secundária;
6. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
7. Papel da cavidade oca do aparelho urinário na absorção do útil e eliminação do inútil;
8. Consequência do aumento da ureia e creatinina, no sangue, por insuficiência renal aguda e/ou
crônica, ou seja, comprometimento do epitélio plano simples do glomérulo;
9. Cavidade oca genital masculina e feminina. A infertilidade;
10. Papel do sistema respiratório no suporte à geração de energia vital;
11. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados
ao Epitélio de Revestimento, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Epitélio Glandular
1. Patologias infecciosas das glândulas do sistema digestivo;
2. Visão preliminar de microorganismos versus antibioticoterapia;
3. Visão preliminar da Ciência Imunologia (defesa natural e memória);
4. Correlação glândula exócrina versus glândula endócrina;
5. Correlação de órgão oco e órgão maciço;
6. Os corticosteroides, anti-inflamatórios naturais, produzidos pela zona fasciculada da glândula
adrenal;
7. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
8. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados ao
Epitélio Glandular, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Tecido Conjuntivo
1. Visão preliminar do uso terapêutico do colágeno e consequência do uso abusivo da automedicação
nas farmácias;
2. Papel da vascularização do tecido conjuntivo no transporte de medicação via oral (VO),
intramuscular (IM) e intravenosa (IV);
3. A dor e o tecido conjuntivo;
4. Os novos Especialistas na Medicina na “Capacitação da Dor”;
5. O que são doenças do colágeno, como o lúpus e a artrite reumatoide? E qual a relação, ou não, com o
tecido conjuntivo?;
6. O que são doenças autoimunes?;
7. Mecanismo de ação dos anti-inflamatórios não hormonais e hormonais, respectivamente;
8. Tecido conjuntivo e cicatrização;
9. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
10. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados
ao Tecido Conjuntivo, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Tecido cartilaginoso
1. A ausência de dor das cartilagens;
2. Gravidade das lesões da coluna vertebral, do menisco e do contato do osso com tendões por ausência
do pericôndrio;
3. As cartilagens e as doenças auto-imunes;
4. Cartilagem infecta?
5. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
6. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados ao
Tecido Cartilaginoso, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Tecido Ósseo e Ossificação
1. O fígado e o baço na gênese de sangue;
2. Metaplasia mielóide agnogênica (o fígado e o baço voltando a produzir sangue na vida adulta).
Sangue eficiente ou ineficiente, e por quê?;
3. Locais de medula óssea ativa no adulto;
4. Células tronco;
5. Célula tronco embrionária e o Comitê de Ética;
6. Inseticidas e tecido ósseo;
7. Estrógenos, tecido ósseo e osteopenia;
8. Fraturas, anti-inflamatórios e calo ósseo;
9. Tecido ósseo e dor;
10. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
11. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados
ao Tecido Ósseo, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
SANGUE
1. Anemias e visão preliminar terapêutica das diferentes anemias;
2. Leucócitos e major hiscompatibility complex;
3. MHC classe I em todo o organismo e MHC classe II apenas nos tecidos do sistema linfático;
4. Citocinas=Interleucinas (proteínas pró-inflamatórias naturais);
5. Doenças do tipo Th1 ou do tipo Th2;
6. Discrasias sanguíneas;
7. Lise autoimune das plaquetas (púrpura trombocitopênica idiopática);
8. Plaquetas versus fatores da coagulação;
9. Visão preliminar dos anti-trombóticos;
10. Visão preliminar dos coagulantes;
11. Interpretação do Hemograma;
12. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
13. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados
ao Sangue, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Tecido Muscular e Tecido Nervoso
1. Temas sugeridos pelo corpo discente (voz do corpo discente);
2. Resposta de questionários após leitura prévia de referências bibliográficas, de temas relacionados aos
Tecidos Muscular e Nervoso, sugeridas pelo corpo docente ou pelo corpo discente.
Concomitante ao CV será disponibilizado um CD-R, a todos os alunos, contendo imagens de todos os
Sistemas do Corpo, imagens obtidas com microscópio invertido, com boa qualidade. É um ATLAS
DIGITAL. Este atlas contém os seguintes Sistemas: Cardiovascular, Respiratório, Digestivo,
Urinário, Reprodutor, Endócrino e Linfático, que também é utilizado para o Curso Médico. A
vantagem da inclusão de um Atlas dos Sistemas, para o Curso de Farmácia, como o utilizado para o
Curso Médico, é que a Histologia dos Sistemas fornece ao corpo discente uma visão ampla e integrada,
e não de tecidos isolados que não se interconectam para uma função geral orgânica. Após a aquisição
do referido ATLAS DIGITAL, o corpo discente será avaliado progressivamente na construção digital,
de uma imagem sugerida pelo corpo docente, e esta construção digital será pontuada para a nota final.
Dois pontos aqui devem ser considerados: O “ver” da Ontologia da Realidade de Maturana é variável
“a cada olhar”. O importante para pontuação, desde a construção e realização deste Programa a partir
de 2001, não é ser uma “bela imagem”, mas uma imagem correta que reproduza fielmente a morfologia
em questão. Claro, está, que a beleza sempre é bem-vinda, valorizada e respeitada. O DALI Histologia,
que é este programa, ressalta também a geração humana atual informatizada, na falta desta competência
específica, o aluno tem amplo direito de desenhar, escanear e enviar para o relator de turma na data a
ser combinada. No curso médico, desde 2001, com 4 Módulos, com uma média de 70 alunos por
período, temos catalogado em nossos arquivos, desde 2001, 280 imagens DALI por período / curso
médico. A denominação DALI deste Programa está referendado à flexibilidade surrealista de Salvador
Dali.
AVALIAÇÃO
Histologia Geral para o Curso de Farmácia tem 02 avaliações (que incluem cada: prova escrita, DALI e
CV, com diferentes pontuações entre os três atividades).
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Dos Conteúdos:
1. Epitélio de Revestimento;
2. Epitélio Glandular;
3. Tecido Conjuntivo;
4. Tecido Cartilaginoso;
5. Tecido Ósseo;
6. Ossificação (=Osteogênese);
7. Sangue;
8. Tecido Muscular; e
9. Tecido Nervoso
BIBLIOGRAFIA BÁSICA
Livros
1. Histologia Básica (Junqueira) – Texto e Atlas;
2. Histologia Clínica (Ham Cormack);
3. Histologia e Embriologia Humanas (Eynard, Valentich e
Rovasio);
4. Histologia (Texto e Atlas) – Ross e Pawlina;
5. Fundamentos de Histologia – David Cormack.
Atlas
1. Atlas de Histologia – Sobotta;
2. Atlas online diversos (Nacionais e Internacionais):
UFPEL (pelotas), UFMG, UERJ, etc.
BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR
1. Atlas Digital de Histologia (UFPE);
2. Referências Bibliográficas;
3. Resumos de Clínica Médica e Patologia Clínica
oferecidos ao corpo discente como parte do
Programa Conhecimento Virtual=CV)
DEPARTAMENTO A QUE PERTENCE O COMPONENTE
HOMOLOGADO PELO COLEGIADO DE CURSO
Histologia e Embriologia - CCB
_________________________________________
ASSINATURA DO CHEFE DO DEPARTAMENTO
________________________________________________
ASSINATURA DO COORDENADOR DO CURSO OU ÁREA
Download
Random flashcards
teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards