CENTRO EDUCACIONAL PEREIRA ROCHA

Propaganda
CENTRO EDUCACIONAL PEREIRA ROCHA
Uma nova realidade na educação
Data
Curso
18/03/2013
Ensino Médio Pré-vestibular
Série
2001
Professor(a)
Disciplina
Cezar Araujo
Filosofia
Aluno(a)
Nota:
Nº
Lista de Exercícios – 1ºBimestre
1. Sobre a definição filosófica do termo política, assinale a alternativa correta.
a) O estudo da política é fundamentalmente compreender os elementos intrínsecos e epistemológicos dos
partidos políticos.
b) Estudar política é conhecer os cargos e funções políticos oficialmente instituídos.
c) O estudo filosófico da política se isenta da compreensão dos processos de organização partidária, e se
preocupa apenas com a política em si.
d) No campo das preocupações com a política, a temática central gira em torno de como se instituem as relações
de poder que permeiam e organizam a sociedade.
e) Estudar política é elaborar uma análise isenta da realidade, de forma a criticar o governo sem tomar posição
em favor de alguma postura.
2. Durante a idade moderna, o advento da expansão comercial ultramarina e da Revolução Industrial foi responsável
por uma reestruturação da condição de individualidade no mundo capitalista. Qual das alternativas a seguir define
corretamente essa questão.
a) A produção e a circulação de mercadorias emanciparam os indivíduos de sua dependência das normas
coletivas.
b) No processo de monetarização das relações de produção, o trabalho se torna mercadoria e o indivíduo se
torna alienado no processo produtivo.
c) Os confrontos no campo da economia política levaram à criação de subsistemas produtivos que resgatam a
dignidade individual e moral.
d) A descoberta de novas culturas possibilitou a diversificação das formas de trabalho, ampliando o acesso e a
igualdade entre os indivíduos.
e) A mercantilização da economia representou a valorização da produção cultural individual e coletiva, por meio
do reconhecimento legítimo dos custos do trabalho.
3. Michel Foucault estudou as relações de poder e os mecanismos de controle social. Sobre suas conclusões, assinale
a alternativa correta.
a) O corpo humano é controlado por diversos mecanismos de controle social. O poder social sobre o corpo faz
com que o indivíduo perca sua relação de identidade e proximidade com seu próprio corpo.
b) O tempo é determinado pelos indivíduos, por isso as pessoas controlam o próprio tempo, pois ele é
determinado por diversas instâncias sociais com as quais ele se relaciona.
c) No campo da imaginação, as possibilidades humanas são ilimitadas, pois o exercício do poder não interfere na
constituição das opções, gostos e ideias dos indivíduos.
d) No poder judiciário o indivíduo é julgado por outros e as atitudes individuais respeitam determinadas regras
de condutas, pois estão submetidas a um poder moral não escrito.
e) No campo do conhecimento não existe relação de poder, pois o estudo e o saber servem para superar as
lógicas de controle social.
____________________________________________________________________________________
CEPRO
4. Uma força que vai além da capacidade física e consiste na possibilidade de influenciar a vida de outra pessoa de
forma positiva ou negativa. Esta é construída nas relações sociais e culturais, muitas vezes instituída de forma oficial
ou adquirida por meio de lutas e conflitos. Tal definição aplica-se ao conceito de
a) Força social.
b) Mobilização.
c) Ditadura.
d) Desigualdade social.
e) Poder.
5. Sobre diversas formas e concepções de governo e organização social surgidas ao longo da história, considere as
seguintes definições.
I. Timocracia é o governo pautado pela honra e tem como característica principal a busca pela glória.
II. O pensamento anarquista prevê a ausência de governo e hierarquias, de forma que a sociedade não possua
instituições e mecanismo de coerção social.
III. Nas oligarquias, indivíduos que acumulam maior poder material terminam por se sobrepor ao restante da
sociedade, tomando a frente nas decisões políticas.
IV. Nas tiranias, um governante se coloca num patamar superior e passa a governar conforme seus desejos e
ambições, tomando decisões por conta própria.
V. Democracia é o governo em que cidadãos são considerados iguais e as medidas são tomadas com base em
decisões coletivas diretas ou por representação.
Assinale a seguir a alternativa que contempla todas as afirmativas verdadeiras.
a) I, II, III e IV.
b) I, II, III, IV e V.
c) I, III, IV e V.
d) II, III, IV e V.
e) I, II, IV e V.
6. O conceito de democracia não se trata apenas de uma forma de governo. Na verdade, é um conceito fundamental
no campo das preocupações da filosofia política. Com relação ao tema da democracia, assinale a afirmativa
incorreta:
a) A democracia não é algo que se apresente de forma pronta, é preciso conquistá-la e manter sua essência
frente às políticas autoritárias e de cooptação.
b) O governo democrático ideal é aquele que se impõe sobre as diferenças, padronizando a sociedade elevando
todos à plena igualdade.
c) Nos governos democráticos corre-se o risco da demagogia, quando um governante exerce seu poder com fins
particulares, mas proclama-se representante dos interesses geral e do bem comum.
d) Numa sociedade desigual, a democracia gera conflitos, no sentido dos interesses de determinados grupos
divergem daqueles que prevalecem como a escolha da maioria.
e) Um grave risco da democracia é a vontade da maioria sufocar direitos e individualidades das minorias.
7. UFBA
Na teoria geral do estado distinguem-se, embora nem sempre com uma clara linha demarcatória, as formas de
governo dos tipos de estado. Na tipologia das formas de governo, leva-se mais em conta a estrutura de poder e as
relações entre os vários órgãos dos quais a constituição solicita o exercício do poder; na tipologia dos tipos de estado,
____________________________________________________________________________________
CEPRO
mais as relações de classe, a relação entre o sistema de poder e a sociedade subjacente, as ideologias e os fins, as
características históricas e sociológicas. As tipologias clássicas das formas de governo são três: a de Aristóteles, a de
Maquiavel e a de Montesquieu.
BOBBIO, 1987. p. 104.
(SOMA 15)
De acordo com o texto e com os conhecimentos sobre formas de governo e estruturas de poder político, são
verdadeiras as proposições
(01) Monarquia, aristocracia e democracia são formas de governo definidas por Aristóteles, com base no
conhecimento da diversidade política existente nas cidades-estado da antiga Grécia.
(02) A divisão de poderes fundamentou a organização da primeira constituição republicana brasileira, promulgada em
1891, demonstrando a influência da teoria política de Montesquieu.
(04) O pensamento político de Montesquieu opunha-se à estrutura do estado absolutista e propiciou as bases do
estado liberal.
(08) As “razões de estado”, concebidas como valor político acima de qualquer outro ideal, foi um princípio defendido
por Maquiavel, considerado o fundador da moderna ciência política.
(16) O modelo de república liberal idealizado por Maquiavel é reconhecível nas formas de governo dos países que, na
contemporaneidade, constituem o denominado Grupo G8.
(32) Aristóteles elaborou o projeto político responsável pela unificação política da Grécia dentro do modelo de tirania
temporária.
(64) Montesquieu privilegiava o Poder Executivo, em detrimento dos demais poderes, razão do seu distanciamento do
pensamento político e filosófico de Maquiavel.
8. UEL-PR – Leia o texto a seguir.
Que seja portanto ele a considerar-se a si mesmo, que quando empreende uma viagem se arma e procura ir bem
acompanhado; que quando vai dormir fecha suas portas; que mesmo quando está em casa tranca seus cofres; e isso
mesmo sabendo que existem leis e funcionários públicos armados, prontos a vingar qualquer injúria que lhe possa ser
feita.
HOBBES. Leviatã. Tradução de: MONTEIRO, J. P.;SILVA, M. B. N. da. São Paulo: Abril Cultural, 1974. p. 80.
O texto de Hobbes diverge de uma ideia central da filosofia política de Aristóteles. Assinale a alternativa que
identifica essa ideia aristotélica.
a) É inerente à condição humana viver segundo as condições adversas do estado de natureza.
b) A sociabilidade se configura como natural aos seres humanos.
c) Os homens, no estado civil, perdem a bondade originária do homem natural.
d) A insociável sociabilidade é característica imanente às ações humanas.
e) O estado é incapaz de prover a segurança dos súditos.
9. Na história da Filosofia, encontra-se a expressão de diferentes tipos de debate que discutem a relação entre saber
e poder. Sobre essa relação de conceitos, assinale o que for correto.
(SOMA 21)
01) Na obra O príncipe, Maquiavel critica os “profetas desarmados”, isto é, os homens que, sem nenhum poder e
conhecimento da realidade política, imaginam formas ideais de governo.
02) Michel Foucault considera que o poder como dominação exercida pelos homens, nas relações sociais, é
consequência da ignorância e que o saber adquirido pela educação é o meio capaz de libertar os homens da opressão
mútua.
____________________________________________________________________________________
CEPRO
04) Francis Bacon critica a Filosofia clássica grega porque ela desenvolveu um saber meramente contemplativo. Para
Francis Bacon, o saber deve traduzir-se em poder sobre a natureza, além de trazer aos homens bens úteis, capazes
de melhorar a existência.
08) Friedrich Nietzsche segue a tradição socrática e considera o homem bom e nobre aquele que for capaz de
dominar a vontade de potência, submetendo-a, com sabedoria, às exigências da razão.
16) Para Karl Marx, o saber da burguesia é uma Ideologia, pois sua função é ocultar a realidade com o intuito de
exercer e conservar um poder classista.
10. Com relação ao exercício da liberdade e suas implicações políticas e sociais no mundo capitalista contemporâneo,
assinale a alternativa correta:
a) A liberdade econômica gerou, nos últimos dois séculos, a melhoria do bem-estar da população e das
condições de igualdade social.
b) A competição e a exploração dos trabalhadores que geraram, na visão de Marx, uma sociedade em que as
pessoas naturalmente exercem sua liberdade econômica, uma vez que seu acesso aos bens de produção é
restringido.
c) A liberdade ética é a possibilidade de o indivíduo criar seus próprios parâmetros, decidir qual a melhor forma
de agir socialmente, e não pode ser corrompida por sujeitos que agem mal-intencionados, segundo preceitos
egoístas.
d) A liberdade de opinião, numa sociedade democrática, pode gerar discordâncias e conflitos, por isso deve-se
respeitar o direito do estado censurar e controlar os meios de comunicação.
e) A partir do momento em que todos exercem sua liberdade política numa sociedade democrática, interesses
coletivos devem ficar acima dos pessoais, ou então surgem impasses e retrocessos que podem atentar contra
esse direito historicamente conquistado.
____________________________________________________________________________________
CEPRO
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards