Classic Brochure

Propaganda
Geografia
prof. Evandro
EXERCÍCIOS DE APLICAÇÃO
GEOMORFOLOGIA
DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS BRASILEIROS
1. A dinâmica interna e a externa da Terra provocam
modificações no relevo terrestre. São considerados,
respectivamente,
agentes
modeladores
internos
(endógenos) e externos (exógenos) da Terra:
a) Erosão e intemperismo.
b) Águas correntes e vulcanismo.
c) Geleiras e vento.
Adaptação: ROSS, J. L. S. Geografia do Brasil. São Paulo: Edusp,
2005.
Quais as unidades do relevo brasileiro que, de acordo com
a gênese, segundo Ross, são resultantes de deposição de
sedimentos recentes de origem marinha, lacustre ou
fluvial?
a) Planícies.
b) Depressões.
d) Vulcanismo e tectonismo.
e) Tectonismo e intemperismo.
2. Observe na imagem uma feição de relevo em escarpa,
área de desnível acentuado de altitude, encontrada
geralmente nas bordas de planalto, como os trechos da
Serra do Mar no estado do Rio de Janeiro.
c) Planaltos cristalinos.
d) Planaltos orogenéticos.
4. As formas de relevo da superfície terrestre são resultantes
da interação de duas grandes forças: a endógena (interna)
e a exógena (externa).
Utilizando a técnica das curvas de nível, uma
representação aproximada dessa imagem em uma carta
topográfica está indicada em:
Disponível em: . Acesso em: 07 setembro de 2013.
a)
b)
Baseando-se na proposta de classificação do relevo do
território brasileiro assinalada no mapa acima e em seus
conhecimentos sobre o assunto, é correto afirmar que
I. no mapa, as porções do território mais escuras
correspondem às depressões, estruturas geológicas
que remontam à era Pré-Cambriana.
c)
d)
3. Para a atual proposta de identificação das macro-unidades
do relevo brasileiro, elaborada por Ross (1989), foram
fundamentais os trabalhos de Ab’Saber e os relatórios e
mapas produzidos pelo Projeto Radambrasil. Ross passou
a considerar para o relevo brasileiro, conforme as suas
origens, as unidades de planaltos, depressões e planícies.
Colégio Rodin
II. no mapa, as porções do território mais escuras
correspondem às planícies e aos dobramentos
modernos, estruturas geológicas que remontam à era
Pré-Cambriana.
III. classificação do relevo assinalada no mapa foi
proposta por Aziz Ab´Sáber, como resultado do
levantamento do território nacional realizado pelo
1
Projeto Radambrasil e nos estudos anteriores sobre o
relevo, sobretudo do professor Aroldo de Azevedo.
IV. classificação do relevo assinalada no mapa foi
proposta por Aroldo de Azevedo, como resultado do
levantamento do território nacional realizado pelo
Projeto Radambrasil e nos estudos anteriores sobre o
relevo, sobretudo do professor Aziz Ab´Sáber.
V. a classificação de relevo assinalada no mapa foi
apresentada por Jurandyr Ross, sendo considerada a
mais completa proposta de relevo contando com 28
unidades entre planaltos, planícies e depressões.
formando desníveis de profundidade variável que
chegam a atingir 3 mil metros.
Assinale a alternativa correta.
a. (
) Somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.
b. (
) Somente as afirmativas I, II e V são verdadeiras.
c. (
) Somente as afirmativas I e III são verdadeiras.
d. (
) Somente a afirmativa V é verdadeira.
e. (
) Todas as afirmativas são verdadeiras.
7. Observe a figura abaixo.
As proposições corretas dizem respeito apenas às
alternativas
a) I e III.
b) II e III.
c) III e IV.
d) Apenas III.
e) Apenas V.
5. Do ponto de vista tectônico, núcleos rochosos mais
antigos, em áreas continentais mais interiorizadas, tendem
a ser os mais estáveis, ou seja, menos sujeitos a abalos
sísmicos e deformações. Em termos geomorfológicos, a
maior estabilidade tectônica dessas áreas faz com que
elas apresentem uma forte tendência à ocorrência, ao
longo do tempo geológico, de um processo de
a) aplainamento das formas de relevo, decorrente do intemperismo e da erosão.
b) formação de depressões absolutas, gerada por acomodação de blocos rochosos.
c) formação de canyons, decorrente de intensa erosão eólica.
d) produção de desníveis topográficos acentuados, resultante da contínua sedimentação dos rios.
e) geração de relevo serrano, associada a fatores climáticos ligados à glaciação.
6. O relevo corresponde às formas do terreno que foram
moldadas pelos agentes internos e externos sobre a crosta
terrestre. Cada forma de relevo corresponde a um estado
da atuação desses agentes. Analise as proposições
referentes ao relevo.
A figura ilustra o relevo característico da região da Serra
da Mantiqueira, que abrange os Estados de Minas Gerais,
São Paulo e Rio de Janeiro. Sobre esse relevo é
CORRETO afirmar que ele se constitui de
a) dobramentos modernos originados
geológicos recentes nos quais
intemperismo físico.
de processos
predomina o
b) rocha desgastada fundamentalmente pelo intemperismo
físico resultante da ação dos ventos.
c) morros arredondados — denominados mares de morros
— e bastante intemperizados.
d) montanhas nas quais os processos erosivos impedem a
sedimentação da planície
8. No trecho compreendido entre os pontos A e B, na figura,
verificam-se as seguintes formas de relevo: planície,
planalto em bacia sedimentar, depressão, depressão,
planalto em bacia sedimentar e depressão. De acordo com
a classificação de Ross (1990), tais formas de relevo
correspondem, respectivamente, às unidades do relevo
brasileiro indicadas em uma das opções abaixo. Marque-a.
I. Planalto é um compartimento do relevo com superfície
irregular e altitude superior a 300 metros, onde
predominam processos erosivos.
II. Planície é uma parte do relevo com superfície plana e
altitude igual ou inferior a 100 metros, onde
predominam os acúmulos recentes de sedimentos.
III. Depressão é uma fração do relevo mais plano que o
planalto, onde predominam processos erosivos, com
suave inclinação e altitude entre 100 e 500 metros.
IV. No Brasil predominam planaltos e depressões.
V. Talude é a parte do relevo submarino, onde há o
encontro da crosta continental com a crosta oceânica,
Colégio Rodin
a) Pantanal do rio Guaporé; planalto e chapada dos Parecis; depressão Sul - Amazônica; depressão periférica da
borda leste do rio Paraná; planaltos e chapadas da bacia do Parnaíba e depressão Sertaneja - São Francisco.
2
b) Pantanal Mato-Grossense; planaltos e chapadas da bacia do Paraná, depressão do Araguaia - Tocantins; depressão do Tocantins; planaltos e chapadas da bacia do
Parnaíba e depressão Sertaneja - São Francisco.
c) Pantanal Mato-Grossense; planaltos e chapadas da bacia do Paraná; depressão Cuiabana; depressão Araguaia - Tocantins; planaltos e chapadas do Parnaíba e
depressão do rio Miranda.
Gabarito
1E
2A
3A
4E
5A
6E
7C
8B
9D
d) Pantanal do rio Guaporé; planaltos e chapadas da bacia
do Paraná; depressão Cuiabana; depressão do Tocantins; planaltos e chapadas da bacia do Parnaíba e depressão Sertaneja - São Francisco.
e) Pantanal Mato-Grossense; planalto e chapadas dos Parecis; depressão do Araguaia - Tocantins; depressão do
Tocantins; planaltos e chapadas da bacia do Parnaíba e
depressão do rio Miranda.
9. No Brasil, em regiões tropicais úmidas com relevo de
encostas íngremes, ocorrem rápidos movimentos de
massa, os quais desencadeiam problemas sociais e
econômicos, particularmente nas áreas urbanas. Esse
fenômeno é mais comum no verão, quando as chuvas são
abundantes, tornando o solo mais saturado. De acordo
com o exposto, considere as afirmativas abaixo.
I - A topografia, o regime pluviométrico, a estrutura e a
espessura do manto de alteração, as atividades
humanas e a retirada da vegetação original são alguns
dos fatores que influenciam movimentos rápidos de
massa.
II - Os movimentos de massa fazem parte da dinâmica
externa da crosta terrestre e são agentes que
participam
da
modelagem
do
relevo,
independentemente da intervenção humana.
III - Em algumas grandes cidades e regiões metropolitanas
brasileiras, é comum a ocupação das encostas de
morros pela população de baixa renda, a mais
prejudicada pelos efeitos socioambientais negativos
dos movimentos rápidos de massa.
IV
- os movimentos de massa são analisados
considerando-se basicamente a natureza do material
transportado (solo, detritos ou rocha) e a velocidade
do movimento, que varia desde alguns centímetros por
ano até mais de 5km por hora.
V - o deslizamento e corrida de lama são classificados
como movimentos rápidos de massa, desencadeados
principalmente pela declividade do terreno, a água e a
gravidade.
Assim, assinale a alternativa CORRETA.
a) Estão corretas as alternativas I, III e V.
b) Estão corretas as alternativas II, III, IV e V.
c) Está correta apenas a alternativa I.
d) Estão corretas todas as alternativas.
e) Estão corretas as alternativas I, II e IV.
Colégio Rodin
3
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards