UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE

Propaganda
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO NORTE
PROGRAMA INSTITUCIONAL DE BOLSAS DE INICIAÇÃO À DOCÊNCIA
SUBPROGRAMA PIBID/FÍSICA
MOSTRA FÍSICA CONTEXTUALIZADA EM CANÇÕES
JARDES MARTINS
(Licenciando em física / Bolsista do Pibid)
Miopia
Autoria: Lucina & Zélia Duncan
Interpretação: Zélia Duncan, no CD Zélia Duncan, 1994
Tom: D
Intro: Bm7 G7 Bm7 G7
Bm7
Da janela
G7
Vi você indo embora
Bm7
Naquele
G7
Elefante branco
Bm5+/9
Ele brilhava seu marfim
G/D#
Enquanto
G/D
F#/C# Bm7
Te levava pra longe de mim
Bm7
Enquanto minha
G7
Miopia me traia
Bm7
Não pude saber se você
G7
Olhou pra trás
G#m5-/7
G7
E me pegou não escondida
F#7
Na musica Miopia, de Lucina & Zélia
Duncan, interpretada por Zélia Duncan, faixa
integrante do cd Zélia Duncan, de 1994, o eu
lírico revela ter o problema da miopia, que
lhe impede de discernir ao longe a pessoa
desejada.
A miopia é um problema de focalização da
imagem na retina do olho, lugar onde a
imagem é captada e transformada em
impulsos elétricos que são transmitidos ao
cérebro pelo nervo óptico. Chegando ao
cérebro a imagem é lida e traduzida para a
consciência.
Quando a luz incide sobre o olho, passa pelo
cristalino (localizado após a íris) que
funciona como uma lente convergente e tem
a habilidade de mudar a focalização do olho
através da contração e relaxamento dos
músculos a ele ligados, mudando sua forma.
Com isto conseguimos ver objetos mais
distantes e mais próximos.
A lente convergente (tal como o cristalino)
tem a propriedade de mudar a direção de toda
a luz que incide sobre ela para próximo de
um único ponto. Este ponto é chamado de
foco da lente e a distância entre este e a lente
é chamada distância focal. (Fig. I) Após a
passagem de uma imagem pelo foco de uma
lente convergente, o sentido da imagem é
invertido em relação ao objeto.
Na enorme bandeira estendida
Bm7
Por meus olhos apertados
G7
Só pra te ver deslumbrante
Bm7
Indo embora
G7
Naquele elefante
G#m5-/7
E sabe
G7
Que até admito
F#7
O míope, portador da miopia, tem seu foco
do cristalino formado antes da retina e por
isto não enxerga objetos distantes de si,
mesmo que o cristalino tente focar a imagem
(Fig. II). Uma reação comum dos míopes é
“apertar os olhos” deixando-os quase
fechados na tentativa intuitiva de corrigir seu
problema de focalização da imagem.
Era tudo tão bonito
Bm7
Mas tão bonito
Bm5+/9
Orientador: Prof. Ciclamio L. Barreto – Depto. de física/UFRN
É por isto que na musica o eu lírico diz: “Por
meus olhos apertados/ Só pra te ver
deslumbrante”. Ele intuitivamente forçou sua
visão para tentar ver a pessoa que dele se
distanciava, não conseguindo ver se esta
pessoa olhava para ele, sem poder vê-la ir
deslumbrante. E mesmo com o efeito da
miopia de “embaçar” a imagem, ainda assim
admitiu achar tudo aquilo bonito.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards