sociologia

Propaganda
SOCIOLOGIA
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
26 E 31/10/2011
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Considerações iniciais
• A violência caracteriza as ações humanas não somente no
plano das interações entre os indivíduos, mas também nas
relações entre grupos;
• Pode se dar de forma direta, por meio de agressões
propriamente ditas que geram danos físicos, ou por outros
meios que não necessariamente afetam o corpo da pessoa,
mas a prejudicam do ponto de vista moral e psicológico, ou
ofendem suas crenças e seus costumes.
• Além disso, os efeitos da violência podem não ser sentidos
ou percebidos imediatamente à sua consecução, mas após
algum tempo ou ainda perdurar por muitos anos, como é o
caso de pessoas que sofrem seqüelas ou ficam
traumatizadas após terem sido vítimas de atos violentos.
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Violência física.
• Dimensão mais imediatamente perceptível da
violência contra outro ser humano, que gera
danos – permanentes ou não – à sua
integridade física.
• Exemplos: tapas, empurrões, chutes,
mordidas, queimaduras, tentativas de asfixia,
de afogamento, de homicídio etc.
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Violência física tipificada como lesão corporal: forma de
violência, podendo ser leve ou grave, que ofende a
integridade e a saúde corporal de outra pessoa que:
• corre perigo de vida;
• passa a sofrer debilidade permanente de membro, sentido ou
função;
• perde ou fica com um dos membros, sentidos ou funções
inutilizados;
• fica incapacitada para o trabalho;
• fica deformada;
• aborta ou é levada ao parto prematuro.
• leva à morte da vítima (homicídio).
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Violência física tipificada como Sexual:
quando a pessoa é constrangida a manter
relações sexuais contra sua vontade
(estupro), consistindo também em uma forma
de violência que afeta profundamente as
pessoas em sua personalidade,
desrespeitando os direitos humanos, ao ferir a
integridade pessoal e o controle do próprio
corpo.
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Violência psicológica: forma de violência que causa
transtornos de natureza psicológica ao constranger a
vítima a adotar comportamentos contra sua vontade
ou, ao contrário, privam-na de sua liberdade.
Exemplos: humilhações, ameaças de agressão, danos
propositais ou ameaças de dano a objetos, animais de
estimação ou pessoas queridas, privação de liberdade,
assédio sexual, entre outros.
O uso constante de palavrões, expressões
depreciativas, manifestações de preconceito, por
exemplo, podem levar a tal degradação da autoestima
que a pessoa passa a acreditar que ELA é a
responsável pela violência da qual é vítima.
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Violência simbólica: ocorre quando as relações de
dominação entre grupos sociais encontram-se tão enraizadas
e naturalizadas que a violência exercida de uns sobre os
outros é vista como uma parte “natural” da ordem social
estabelecida.
Tanto o grupo social dominado como o dominante (uma vez
que compartilham os mesmos instrumentos de conhecimento
social da realidade) pensam e se relacionam de modo
semelhante, aceitando padrões de comportamento que
tendem a reproduzir a dominação e, conseqüentemente, a
violência de uns sobre outros.
Exemplo: Nas relações entre homens e mulheres, os
comportamentos violentos seriam uma característica “natural”
do homem.
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Dificuldades para uma definição precisa do conceito de
violência
– A concepção de violência, e a percepção que uma
população tem a respeito dela, varia com o tempo,
conforme a sociedade, o Estado e as instituições
responsáveis pela segurança que se organizam para
controlá-la.
– As leis (normas e regras que regulam as relações entre os
indivíduos no interior de uma sociedade), também se
modificam histórica e culturalmente.
– O que é considerado uma forma de violência contra a
pessoa, em um determinado país ou cultura, pode não ser
em outra, e vice-versa
FORMAS E DIMENSÕES DA
VIOLÊNCIA
Dificuldades para uma definição precisa do conceito de
violência
– Exemplo é o caso da pena de morte.
– Em uma mesma sociedade, diferenças regionais, sociais,
econômicas e culturais contribuem para modificar as
percepções sobre a violência.
– Nada pode ser considerado “normal” ou “natural”
– É preciso sempre adotar um olhar de distanciamento em
relação ao fenômeno social da violência e uma postura
reflexiva e crítica quanto aos seus efeitos e conseqüências
para a sociedade como um todo.
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards