Orientação de estudo de Geografia 1° ano do Ensino Médio 1

Propaganda
Orientação de estudo de Geografia
1° ano do Ensino Médio
1° trimestre de 2012.
A avaliação trimestral terá como temas:
a)
b)
c)
d)
Geo história – unidade I (capítulos 1 e 2)
Cartografia – unidade I (capítulos 3, 4, 5 e 6);
Urbanização – unidade V (capítulos 28 e 29)
Conferências sobre meio ambiente e impactos ambientais da
sociedade moderna e desenvolvimento sustentável - unidade IV
(capítulo 23);
a) Geo história:
ESTUDAR GEOGRAFIA é a forma de compreendermos o mundo em que
vivemos. Por meio desse estudo, podemos entender melhor tanto o local
em que moramos - seja uma cidade, seja uma área rural - quanto o nosso
país, assim como os demais países da superfície terrestre. O campo de
preocupação da geografia é o espaço da sociedade humana, onde os
homens e as mulheres vivem e, ao mesmo tempo produzem modificações
que o (re) constroem permanentemente. Indústria, cidades, agricultura,
rios, solos; climas, populações: todos esses elementos - além de outros constituem o espaço geográfico, isto é, o meio ou a realidade material
onde a humanidade vive e do qual ela própria é parte integrante.
Tudo nesse espaço depende do ser humano e da natureza. Esta última é a
fonte primeira de todo o mundo real. A água, a madeira, o petróleo, o
ferro, o cimento e todas as outras coisas que existem nada mais são que
aspectos da natureza. Mas o ser humano reelabora esses elementos
naturais ao fabricar os plásticos a partir do petróleo, ao represar rios e
construir usinas hidrelétricas, ao aterrar pântanos e edificar cidades, ao
inventar velozes aviões para encurtar as distâncias. Assim, o espaço
geográfico não é apenas o local de moradia da sociedade humana. mas
principalmente uma realidade que é a cada momento (re) construída pela
atividade do ser humano.
As modificações que a sociedade humana produz em seu espaço são hoje
mais intensas que no passado. Tudo o que nos rodeia se transforma
rapidamente. Com a interligação entre todas as partes do globo, com o
desenvolvimento dos transportes e das comunicações, passa a existir um
mundo cada vez mais unitário. Pode-se dizer que, em nosso planeta, há
uma única sociedade humana, embora seja, uma sociedade plena de
desigualdades e diversidades. Os "mundos" ou sociedades isoladas, que
viviam sem manter relações como restante da humanidade, cederam lugar
ao espaço global da sociedade moderna.
Na atualidade, não existe nenhum país que não dependa dos demais, seja
para o suprimento de parte das suas necessidades materiais, seja, pela
internacionalização da tecnologia, da arte, dos valores, da cultura afinal.
Uma guerra civil, forte geadas com perdas agrícolas, a construção de um
novo tipo de computador, a descoberta de enormes jazidas petrolíferas,
enfim, um acontecimento importante que ocorra numa parte qualquer da
superfície terrestre provoca repercussões em todo o conjunto do globo.
Muito do que acontece em áreas distantes acaba nos afetando de uma
forma ou de outra, mesmo que não tenhamos consciência disso. Não
vivemos mais em aldeias relativamente independentes, como nossos
antepassados longínquos, mas num mundo interdependente e no qual as
transformações se sucedem numa velocidade acelerada.
Para nos posicionarmos inteligentemente em relação a este mundo temos
de conhecê-lo bem. Para nele vivemos de forma consciente e crítica,
devemos estudar os seus fundamentos, desvendar os seus mecanismos. Ser
cidadão pleno em nossa época significa antes de tudo estar integrado
criticamente na sociedade participando ativamente de suas
transformações. Para isso, devemos refletir sobre o nosso mundo,
compreendendo-o do âmbito local até os âmbitos nacional e planetário. E
A GEOGRAFIA É UM INSTRUMENTO INDISPENSÁVEL PARA EMPREENDERMOS
ESSA REFLEXÃO, REFLEXÃO QUE DEVE SER A BASE DE NOSSA ATUAÇÃO NO
MUNDO.
O aluno(a) deverá:
a)
b)
c)
d)
Compreender o que é a Geografia e qual a sua importância
Analisar a história da Geografia
Analisar a divisões da Geografia e o campo de atuação do geógrafo
Explicar o que é analfabetismo geográfico e suas implicações
b) Cartografia:
A cartografia é a ciência da representação gráfica da superfície terrestre,
tendo como produto final o mapa. Ou seja, é a ciência que trata da
concepção, produção, difusão, utilização e estudo dos mapas. Na
cartografia, as representações de área podem ser acompanhadas de
diversas informações, como símbolos, cores, entre outros elementos. A
cartografia é essencial para o ensino da Geografia e tornou-se muito
importante na educação contemporânea, tanto para as pessoas
atenderem às necessidades do seu cotidiano quanto para estudarem o
ambiente em que vive.
O aluno(a) deverá:
a) Identificar os tipos de escalas de um mapa;
b) Identificar e caracterizar os principais tipos de mapas
c) Calcular a escala, a distância real e a distância no mapa;
d) Identificar e caracterizar as principais projeções cartográficas
(cilíndrica, cônica e azimutal ou plana);
e) Comparar e diferenciar as projeções de Mercator e de Peters;
f) Compreender a polêmica entre as projeções de Mercator e de
Peters
g) Analisar mapas topográficos (com curvas de nível), identificando
os tipos de relevo e relacionando com o uso do solo;
h) Compreender e analisar a importância da novas tecnologias para
a localização no espaço.
c) Urbanização
Urbanização é um conceito geográfico que representa o desenvolvimento das
cidades. Neste processo, ocorre a construção de casas, prédios, redes de esgoto,
ruas, avenidas, escolas, hospitais, rede elétrica, shoppings, etc.
Este desenvolvimento urbano é acompanhado de crescimento populacional, pois
muitas pessoas passam a buscar a infra-estrutura das cidades. A urbanização
planejada apresenta significativos benefícios para os habitantes.
Porém, quando não há planejamento urbano, os problemas sociais se multiplicam
nas cidades como, por exemplo, criminalidade, desemprego, poluição, destruição
do meio ambiente e desenvolvimento de subhabitações.
A urbanização é uma das responsáveis pelo êxodo rural (saída das pessoas do meio
rural para as grandes cidades).
O aluno(a) deverá:
a) Conceituar urbanização
b) Identificar as funções das cidades
c) Compreender o que é hierarquia urbana
d) Explicar o que é conturbação e metropolização
e) Explicar o que são megacidades e cidades globais
f) Explicar o que são megalópoles
g) Analisar a relação entre o terciário e a importância da cidade na
hierarquia urbana
h) Analisar a cidade enquanto espaço de exclusão social
i) Analisar os problemas sociais e ambientais urbanos
d) Conferências sobre meio ambiente e impactos ambientais da
sociedade moderna e desenvolvimento sustentável.
Em dois momentos as Nações Unidas reuniram-se para debater
questões globais com vistas à busca de soluções para os problemas
de ordem ambiental que afligem o Planeta: a primeira vez em
Estocolmo, em 1972, e a segunda, no Rio de Janeiro, em 1992.
A partir dessas conferências surge uma nova consciência, isto é, a
busca da sustentabilidade.
Sobre as questões ambientais você deverá:
a) Analisar o conceito de desenvolvimento econômico contido no
relatório do MIT;
b) Explicar por que a posição dos países ricos de a dos países
subdesenvolvidos, na Conferência de Estocolmo, eram
antagônicas;
c) Explicar a importância do Relatório Nosso Futuro Comum ou
Relatório Brundtland para um novo modelo de desenvolvimento
econômico;
d) Explicar o que é, e compreender a importância do
desenvolvimento sustentável;
e) Analisar a importância da conferência do Rio-92
f) Analisar a importância da convenção sobre diversidade biológica,
aprovada na Rio-92, para o Brasil
g) Analisar a importância da Convenção sobre Mudanças Climáticas
para a humanidade
h) Explicar o que é a Agenda 21
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Criar flashcards