Monohibridismo

advertisement
Genética - Monohibridismo
1. Uma anomalia genética autossômica recessiva é condicionada por uma alteração na seqüência do DNA. Um homem
portador dessa anomalia apresenta a seqüência timina-citosina-timina enquanto sua mulher, que é normal, apresenta a
seqüência timina-adenina-timina. A análise do DNA de um filho do casal mostrou que ele é portador tanto da seqüência de
bases do pai quanto da mãe.
a) O filho terá a doença? Por que?
b) Qual a probabilidade de um outro filho do casal apresentar as duas seqüências iguais à da mãe?
2. Um homem afetado por uma doença genética muito rara, de herança dominante, casa-se com uma mulher, não
consangüínea. Imagine que o casal tenha doze descendentes, seis filhos e seis filhas. Responda, justificando sua resposta,
qual será a proporção esperada de filhas e filhos afetados pela doença do pai no caso do gene em questão estar localizado.
a) em um autossomo;
b) no cromossomo X.
3. Em ervilhas o caráter semente lisa é condicionado por um gene dominante R e semente rugosa pelo seu alelo recessivo r.
Quais são as proporções genotípica e fenotípica obtidas na autofecundação de uma variedade comprovadamente
heterozigota?
4. Em experimento feito no início do século, dois pesquisadores retiraram os ovários de uma cobaia albina e implantaramlhe um ovário obtido de uma cobaia preta. Mais tarde, o animal foi cruzado com um macho albino e deu origem a uma prole
toda preta.
a) Sabendo-se que o albinismo é característica recessiva, como você explica esse resultado?
b) Indique os genótipos da fêmea preta e da prole.
c) Se fosse possível implantar os pêlos da fêmea preta na fêmea albina, em vez de transplantar o ovário, o resultado seria o
mesmo? Justifique.
5. A talassemia é um defeito da hemoglobina em seres humanos. Ela ocorre em duas formas, (a) talassemia menor, na qual
os eritrócitos são pequenos (microcitemia) e em grande número (policitemia), mas a saúde é essencialmente normal, e (b)
talassemia maior, caracterizada por uma anemia severa, aumento do baço, microcitemia e policitemia, entre outros sintomas.
Essa última forma geralmente culmina em morte antes de atingir a idade reprodutiva. A partir do heredograma hipotético a
seguir onde os símbolos claros representam pessoas normais; os hachurados, a talassemia menor e os pretos a talassemia
maior, determine o modo de herança indicando os possíveis genótipos dos indivíduos envolvidos.
6. Considere uma certa espécie de planta que pode apresentar flores com três tipos de cor: azul, azul-claro e branca. Estas
cores são determinadas por combinações de dois alelos de um único locus. Na expressão fenotípica de tais cores não há
relação de dominância entre os alelos, sendo que a manifestação em homozigose de um dos alelos - aa, cor branca - é letal
na fase adulta.
Sabe-se que:
- a flor de cor branca nunca se abre;
- em um jardim de plantas com flores de cor azul não nascem plantas com flores de cor azul-claro.
a) Realizou-se o cruzamento entre as plantas com flores azul-claro e, a partir das sementes obtidas, formou-se um jardim.
Determine a cor das flores que têm menor possibilidade de se abrirem neste jardim. Justifique a resposta.
b) Realizaram-se os cruzamentos possíveis entre as plantas com flores das cores mencionadas, presentes em igual
quantidade. A partir das sementes obtidas, formou-se outro jardim.
Determine a cor das flores que têm maior possibilidade de se abrirem neste jardim. Justifique a resposta.
7. Em rabanetes, a forma da raiz é determinada por um par de genes alelos. Os fenótipos formados são três: arredondado,
ovalado ou alongado.
Cruzamentos entre plantas de raízes alongadas com plantas de raízes arredondadas produziram apenas indivíduos com
raízes ovaladas.
Em cruzamentos desses indivíduos ovalados entre si, foram obtidas quatrocentas sementes que foram plantadas em
sementeiras individuais. Antes que as sementes germinassem, as sementeiras foram distribuídas a diversas pessoas; você
recebeu uma delas.
a) Qual a relação de dominância entre os caracteres em questão?
b) Qual a probabilidade de que, na sua sementeira, venha a se desenvolver um rabanete de raiz ovalada? Justifique a sua
resposta.
pag.1
Genética - Monohibridismo
8. Em gado, a cor da pelagem vermelha, ruão e branca, é controlada por genes codominantes, e o cruzamento de animais
com chifres versus animais sem chifres, às vezes só origina prole sem chifres, e, em outros cruzamentos, aparecem os dois
tipos em igual número. Um fazendeiro tem uma grande boiada constituída de animais vermelhos, ruões, brancos e sem
chifres, os quais, ocasionalmente produzem prole com chifres. Utilizando apenas cruzamentos naturais, ou seja, sem
recorrer à inseminação artificial, como o fazendeiro deverá proceder para estabelecer uma linhagem pura de animais
brancos e sem chifres?
Por que ele não conseguirá resolver o problema dos chifres rapidamente?
9. Observe os cruzamentos a seguir, onde o alelo (A) condiciona a cor amarela em camundongos e é dominante sobre o
alelo (a), que condiciona a cor cinza.
CRUZAMENTO I (Aa × Aa)
240 amarelos
120 cinzas
CRUZAMENTO II (Aa × aa)
240 amarelos
240 cinzas
Analise os resultados destes cruzamentos e responda.
a) Qual cruzamento apresenta resultado de acordo com os valores esperados?
b) Como você explicaria o resultado do cruzamento em que os valores observados não estão de acordo com os valores
esperados?
10. Em ratos, a cor da pelagem é condicionada por gene autossômico, sendo o gene C, dominante, responsável pela
coloração amarela, e seu alelo c recessivo, responsável pela coloração cinza. Um geneticista observou que o cruzamento de
ratos de pelagem amarela com ratos de pelagem cinza resultou descendentes amarelos e cinzas em igual proporção; porém,
o cruzamento de ratos amarelos entre si produziu 2/3 de descendentes de pelagem amarela e 1/3 de descendentes de
pelagem cinza.
a) A partir de 20 ovos, originados do cruzamento de machos amarelos e fêmeas cinzas, quantas fêmeas amarelas adultas são
esperadas? Justifique.
b) A partir de 40 ovos, originados do cruzamento entre ratos amarelos, quantos machos cinzas deverão atingir a idade
adulta? Justifique.
11. Analisando a genealogia adiante, responda:
a) Qual a probabilidade de o indivíduo 3 ser heterozigoto?
b) Qual a probabilidade de o indivíduo 5 ser homozigoto recessivo?
c) Qual a probabilidade de o indivíduo 6 ser homozigoto dominante?
pag.2
Genética - Monohibridismo
12. No heredograma adiante o indivíduo 3 é afetado pelo albinismo. Sabendo-se que, na população, a frequência de
heterozigoto para o albinismo é de 1/50, qual é a probabilidade de que o casal 4x5 tenha uma menina albina?
13. No heredograma a seguir os símbolos cheios representam indivíduos portadores de uma anomalia genética. Qual é a
probabilidade de o indivíduo 9 ser portador dessa anomalia?
14. Na genealogia adiante, os indivíduos em escuro apresentam uma doença hereditária, enquanto os outros exibem fenótipo
normal. Os círculos representam as mulheres e os quadrados, os homens.
Analise esta genealogia e responda.
a) Esta doença hereditária é condicionada por gene dominante ou recessivo?
b) Dos dez indivíduos que compõem esta genealogia, qual o único que não pode ter seu genótipo definido? Explique por
quê.
pag.3
Genética - Monohibridismo
15. Uma determinada característica foi estudada em centenas de pares de gêmeos, tanto monozigóticos como dizigóticos. As
diferenças registradas entre os irmãos dizigóticos foram praticamente da mesma magnitude que as encontradas entre os
irmãos
monozigóticos. Discuta a importância dos fatores genéticos na manifestação dessa característica.
TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO
Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a letra (V) se a afirmativa for verdadeira ou (F) se for falsa.
16. Um pesquisador apresentou a seus alunos o heredograma a seguir, relativo a uma certa doença observada por ele em
humanos. Sabendo-se que os indivíduos afetados estão representados em negrito e os normais em branco, pode-se afirmar:
(
(
(
(
(
) a doença é causada por um alelo recessivo;
) trata-se de um caso de herança parcialmente ligada ao sexo;
) a doença é causada por um alelo dominante;
) trata-se de um caso de herança ligada ao sexo;
) é um caso de polialelia com epistasia recessiva.
17. Considere os seguintes cruzamentos para ervilha, sabendo que V representa o gene que determina cor amarela dos
cotilédones e é dominante sobre o alelo v, que determina cor verde.
I. VVx vv
II. Vv x Vv
III. Vv x vv
Um pé de ervilha, heterozigoto e que, portanto, produz vagens com sementes amarelas e com sementes verdes, pode resultar
a) apenas do cruzamento I.
b) apenas do cruzamento II.
c) apenas do cruzamento III.
d) apenas dos cruzamentos II e III.
e) dos cruzamentos I, II e III.
18. Dois grupos de mudas obtidas a partir de um mesmo clone de plantas verdes foram colocados em ambientes diferentes:
um claro e outro escuro. Depois de alguns dias, as plantas que ficaram no escuro estavam estioladas o que significa que os
dois grupos apresentam:
a) o mesmo genótipo e fenótipos diferentes.
b) o mesmo fenótipo e genótipos diferentes.
c) genótipos e fenótipos iguais.
d) genótipos e fenótipos diferentes.
e) genótipos variados em cada grupo.
19. Dizemos que um determinado gene é recessivo quando sua expressão (fenótipo):
a) só acontece em heterozigose.
b) só ocorre quando em dose dupla.
c) independe da presença de seu alelo.
d) depende de características congênitas.
e) reproduz uma característica provocada pelo ambiente.
20. Moscas de coloração acinzentada cruzadas entre si fornecem moscas de cor preta. Para determinarmos se uma mosca
cinza é homozigota ou heterozigota quanto ao par de genes que condicionam esse caráter, o procedimento correto é analisar
a prole resultante do cruzamento dessa mosca com outra de
a) cor preta.
b) cor cinza.
c) genótipo igual ao seu.
d) fenótipo igual ao seu.
e) fenótipo dominante.
pag.4
Genética - Monohibridismo
21. "Cada caráter é condicionado por um par de fatores que se separam na formação dos gametas". Mendel ao enunciar essa
lei já admitia, embora sem conhecer, a existência das seguintes estruturas e processo de divisão celular, respectivamente:
a) cromossomos, mitose.
b) núcleos, meiose.
c) núcleos, mitose.
d) genes, mitose.
e) genes, meiose.
22. "Casais de pigmentação da pele normal, que apresentam genótipo __(I)__ podem ter filhos albinos. O gene para o
albinismo é __(II)__ e não se manifesta nos indivíduos __(III)__. São albinos apenas os indivíduos de genótipo __(IV)__."
No trecho acima, as lacunas I, II, III e IV devem ser preenchidas correta e, respectivamente, por:
a) AA, dominante, homozigoto e aa.
b) AA, recessivo, homozigoto e Aa.
c) Aa, dominante, heterozigotos e aa.
d) Aa, recessivo, heterozigotos e aa.
e) aa, dominante, heterozigotos e AA.
23. Mendel cruzou duas variedades de 'Mirabilis jalapa', uma com flores vermelhas e outra com flores brancas. Na geração
F todas as flores eram rosas. Indique qual será o resultado do cruzamento da variedade de flores rosas (F‚).
a) 25% brancas : 25% vermelhas : 50% rosas
b) 25% brancas : 50% vermelhas : 25% rosas
c) 100% rosas
d) 50% vermelhas : 50% rosas
e) 50% brancas : 25% vermelhas : 25% rosas
24. A talassemia é uma doença hereditária que resulta em anemia. Indivíduos homozigotos MM apresentam a forma mais
grave, identificada como talassemia maior e os heterozigotos MN, apresentam uma forma mais branda chamada de
talassemia menor. Indivíduos homozigotos NN são normais. Sabendo-se que todos os indivíduos com talassemia maior
morrem antes da maturidade sexual, qual das alternativas a seguir representa a fração de indivíduos adultos, descendentes
do cruzamento de um homem e uma mulher portadores de talassemia menor, que serão anêmicos?
a) 1/2
b) 1/4
c) 1/3
d) 2/3
e) 1/8
25. Em aves, existe uma anomalia que se caracteriza pelo encurtamento das asas. Quando aves anômalas heterozigóticas
são cruzadas, originam uma descendência com indivíduos anômalos e normais numa proporção de 2 :1, respectivamente. A
partir desses dados, é possível deduzir que o alelo que condiciona a anomalia é
a) letal em homozigose.
b) letal recessivo.
c) pleiotrópico.
d) hipostático.
e) epistático.
26. Na espécie humana há um tipo de surdez hereditária que é determinada por um par de genes. No heredograma a seguir,
as pessoas surdas estão representadas por símbolos hachurados:
Com base nessa afirmação, assinale a opção correta quanto ao tipo de herança e os genótipos dos indivíduos 1, 2, 3 e 4,
respectivamente:
a) autossômica dominante - ss, Ss, ss e ss.
b) autossômica dominante - SS, ss, SS e SS.
c) autossômica dominante - Ss, SS, Ss e Ss.
d) autossômica recessiva - SS, ss, Ss e SS.
e) autossômica recessiva - Ss, ss, Ss e Ss.
pag.5
Genética - Monohibridismo
27. Analise o heredograma que representa a herança de um tipo de disfunção dos músculos esqueléticos e cardíaco em seres
humanos.
Com relação ao heredograma, é correto afirmar-se que
a) a herança para esse tipo de característica é recessiva e ligada ao sexo.
b) a ocorrência da característica nessa família se deve aos casamentos consangüíneos.
c) a probabilidade de mulheres descendentes de IV-1 serem afetadas é zero.
d) as mulheres afetadas apresentam fenótipos idênticos aos de suas mães.
e) o casamento de III-4 com indivíduo de fenótipo igual a II-4 tem como resultado esperado 100% de mulheres afetadas.
28. Analise o heredograma.
Em relação à característica representada no heredograma, todas as alternativas são possíveis, EXCETO
a) A herança pode ser autossômica.
b) A herança pode ser ligada ao sexo.
c) A herança pode representar uma família de hemofílicos.
d) I-1 e I-2 podem ser heterozigotos.
e) II-2, II-5 e III-1 podem ser homozigotos dominantes.
pag.6
Genética - Monohibridismo
29. Os heredogramas a seguir apresentam o padrão de herança de um mesmo caráter em cinco diferentes famílias,
identificadas por 1, 2, 3, 4 e 5. Os círculos representam as mulheres e os quadrados, os homens. Os símbolos cheios indicam
que o indivíduo é portador do caráter.
Supondo que não haja mutação, analise os heredogramas e assinale a alternativa correta.
a) A família l permite concluir que se trata de um caráter dominante ligado ao cromossomo X.
b) A família 2 permite concluir que se trata de um caráter autossômico recessivo.
c) A família 3 permite concluir que se trata de um caráter recessivo, ligado ao cromossomo X.
d) A família 4 permite concluir que se trata de um caráter recessivo, ligado ao cromossomo Y.
e) A família 5 mostra que o caráter não pode ser controlado por gene ligado ao cromossomo X.
30. O gráfico a seguir mostra a dinâmica das freqüências do gene s, o qual determina a doença chamada siclemia ou anemia
falciforme. Os homozigotos siclêmicos morrem precocemente devido à severa anemia; os heterozigotos sofrem de uma
forma branda da anemia mas, por outro lado, são mais resistentes à malária que os indivíduos normais.
O gráfico refere-se ao período posterior à erradicação da malária.
Qual a explicação para o comportamento das curvas do gráfico?
a) Diminuição da freqüência de mutação de S para s.
b) Seleção contra os portadores do gene s.
c) Aumento da freqüência de mutação de S para s.
d) Cruzamentos preferenciais entre pessoas anêmicas.
e) Cruzamentos preferenciais entre portadores de malária.
pag.7
Genética - Monohibridismo
GABARITO
1. a) Não porque a seqüência herdada do pai é recessiva em relação à materna.
b) A probabilidade de uma outra criança desse casal herdar as duas seqüências maternas é zero porque na fecundação há
união das seqüências paterna e materna.
2. a) 6 crianças
b) Nenhum dos filhos será afetado (XaY) e todas as filhas (XAXa) serão afetadas.
3. Proporção genotípica:
25% homozigoto dominante
50% heterozigoto
25% homozigoto recessivo
Proporção fenotípica:
75% sementes lisas
25% sementes rugosas
4. a) A cobaia albina recebeu um ovário de uma fêmea preta homozigota e, portanto, todos os seus óvulos terão o gene A
para cor preta.
b) A fêmea preta tem genótipo AA e a prole é 100% heterozigota (Aa).
c) Não. O animal teria somente seu fenótipo alterado (cor dos pêlos) e continuaria a transmitir aos descendentes seus genes
que não foram alterados.
5. Herança sem dominância ou Codominância sendo o gene que determina a talassemia maior (TM) letal em dose dupla.
Os genótipos dos indivíduos envolvidos são:
nŽ 1 - TMTN
nŽ 4 - TMTN
nŽ 2 - TMTN
nŽ 5 - TMTM
nŽ 3 - TNTN
nŽ 6 - TNTN
6. a) Genótipos:
Azul - AA; Azul-claro - Aa; Branca - aa;
AA - 25%
Aa - 50%
aa - 25% de plantas que não apresentam flores abertas.
Neste jardim, as flores que têm menor possibilidade de se abrirem são as de cor azul.
b) Possibilidades de cruzamentos:
1•: AA × AA - 100% de cor azul
2•: AA × Aa - 50% de cor azul e 50% de cor azul-claro
3•: Aa × Aa - aproximadamente 33,33% azul e 66,66% de cor azul-claro.
Neste jardim, as flores que têm maior possibilidade de se abrirem são as de cor azul.
7. a) Não há dominância entre os alelos que determinam a forma dos rabanetes.
b) 50% pois os pais são heterozigotos e podem produzir descendentes na seguinte proporção:
25% arredondados, 50% ovalados e 25% alongados.
8. Para obter prole 100% formada por animais brancos e sem chifres o fazendeiro deverá selecionar um casal de animais
brancos e sem chifres homozigotos para as duas características.
O problema dos chifres demora a ser resolvido porque o caráter presença de chifres é recessivo e o criador teria dificuldade
na identificação de animais sem chifres, condição dominante, homozigotos.
pag.8
Genética - Monohibridismo
9. a) O cruzamento II (Aa x aa) apresenta os resultados esperados pois resulta em 50% Aa (amarelos) e 50% aa (cinza).
b) O cruzamento II (Aa x Aa) produziu 66% amarelos e 33% cinza, ou seja, 2 amarelos : 1 cinza, proporção indicativa de
que o gene dominante (A) que determina a cor amarela é letal em homozigose.
10. a) CC - morte do embrião
Cc - pelagem amarela
cc - pelagem cinza
Do cruzamento Cc x cc espera-se:
50% dos filhotes amarelos e 50% cinza.
Dos 20 ovos fecundados espera-se 10 machos e 10 fêmeas. Entre as fêmeas são esperadas, portanto, 5 amareladas.
b) Dos 40 ovos resultantes do cruzamento entre ratos amarelos espera-se:
10 ovos CC - morte
20 ovos Cc - amarelados
10 ovos cc - cinza
Dos 10 ovos cc espera-se o nascimento de 5 machos.
11. a) P = 2/3
b) P = 0
c) P = 1/3
12. P = 1/600
13. P = 1/6
14. a) Recessivo.
b) A mulher III -1 não pode ter seu genótipo determinado com segurança porque é fenotipicamente normal e filha de pais
seguramente heterozigotos.
15. São fatores dependem fortemente da influência ambiental para se manifestar. Os fatores hereditários tem pouca
importância na expressão desta característica estudada.
16. V F F F F
17. [D]
18. [A]
19. [B] - Na herança autossômica os
genes recessivos só se expressam na ausência do alelo dominante, portanto somente em dose dupla.
20. [A]
21. [E]
22. [D]
23. [A]
24. [D]
25. [A]
26. [E]
27. [D]
28. [E]
29. [B]
30. [B]
pag.9
Download