ESCOLA ESTADUAL “DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA” PLANO

Propaganda
(
U
N
I
R
I
O
)
ANO
PROFESSOR (a)
DISCIPLINA
ALUNO (a)
SÉRIE
1. OBJETIVO
ESCOLA ESTADUAL “DR JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA”
PLANO INDIVIDUAL DE ESTUDO PARA ATENDIMENTO DA PROGRESSÃO PARCIAL
ESTUDOS INDEPENDENTES - 2º SEMESTRE
RESOLUÇÃO SEE Nº 2.197, DE 26 DE OUTUBRO DE 2012
2013
Química
2° Ano e Eja


Orientar os alunos que não conseguiram alcançar média durante o ano
letivo nos seus estudos individuais, possibilitando-os ter
conhecimento dos conteúdos básicos para o prosseguimento de seus
estudos.
Propiciar maior interação do aluno com os conteúdos trabalhados
durante o ano letivo.
2. CONTEUDOS A SEREM ESTUDADOS
Reconhecer transformações química de neutralização
Reconhecer o padrão de massa atômica Como 1/12 do
C12
Relacionar mol com o número de Avogadro
Relacionar teoria cinética dos gases e suas propriedades.
Compreender e aplicar em cálculos as leis isotérmica,
isobárica e isovolumétrica.
Conhecer e aplicar em cálculos a Equação de Clapeyron
Realizar cálculos simples envolvendo massas e volumes
de soluto e solvente
Reconhecer que o rearranjo atômico ocorrido numa TQ
envolve trocas de calor.
Distinguir TQ endotérmica e TQ exotérmica pela
quantidade de calor gerada ou absorvida.
Compreender as emissões alfa, beta e gama dos núcleos
atômicos instáveis.
Relacionar meia-vida como tempo decorrido para que
metade da amostra sofra transformação
3. RECURSOS PEDAGÓGICOS PREVISTOS (Trabalhos, atividades, prova escrita) - Atendimento Individual
. ATIVIDADES
Valor: 30 Pontos
. AVALIAÇÃO FINAL
Valor: 70 Pontos
SUPERVISOR PEDAGÓGICO
RESPONSÁVEL PELO
ACOMPANHAMENTO
Prova e Entrega do
trabalho:(Conforme
cronograma)
"
40 (quarenta) questões objetivas e subjetivas
20 (vinte) questões objetivas e subjetivas
Claudia Parra Blanco
04 a 08 de Novembro
ESCOLA ESTADUAL “DR. JOSÉ MARQUES DE OLIVEIRA - ANO 2013
TRABALHO DE ESTUDOS INDEPENDENTES DE RECUPERAÇÃO – 2 ° SEMESTRE
Nome
Disciplina
Nº
QUIMICA
Turma
2º
ANOS
Data
Prof.
Nota
Valor
Questões:
1. O resultado da reação entre um ácido e uma base, numa reação de dupla- troca é
chamada salificação ou ainda neutralização. Colocando em prática o que aprendeu
complete as reações apresentadas:
A)NaOH + HCl 
B)NaOH + H2SO4 
C)H3PO4 + KOH 
2. Bromato de potássio, sulfito de amônio, iodeto de sódio e nitrito de bário são
representados, respectivamente, pelas seguintes fórmulas:
a) KBrO3, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO2)2
b) KBrO4, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO2)2
c) KBrO3, (NH4)2SO3, NaI, Ba(NO3)2
d) KBrO3, (NH4)2SO3, NaIO3, Ba(NO2)2
e) KBrO3, (NH4)2SO4, NaI, Ba(NO2)2
3. Acetato de chumbo (II), sulfato de alumínio, cloreto de amônio e nitrato de sódio são
alguns dos sais usados na preparação de soluções saturadas para banho-maria. As
fórmulas desses sais, são respectivamente:
a) PbAc; AlS, NH2Cl e NaNO4
b) Pb2(CH3COO)3 ; Al2S3 ; NH4Cl e Na3N
c) Pb2CH3COO; Al2(SO3)3 ; NH3Cl2 e NaNO2
d) CH3CO2Pb2+ ; Al2SO3 ; NH3Cl2 e NaNO2
e) Pb(CH3COO)2 ; Al2(SO4)3 ; NH4Cl e NaNO3
4.Mol, deve ser entendido como quantidade de matéria ligada a um número de
partículas, onde corresponde a 6,0.1023 entidades elementares, ou seja, 1 mol
corresponde a esse numero de moléculas ou átomos, etc. Usando deste conceito, se
em um recipiente contém 2,0 mols de cloro gasoso (Cl2). O número de moléculas do
gás é:
A)2,4 .1023
B)1,2 .1023
C)1,2 .1024
D)4,0
E)2,0
5.Os químicos precisavam de um padrão para medir quantidade de átomos,
moléculas, íons numa amostra de matéria. Surge, então o mol ou constante de
Avogadro, que compara a massa do elemento com o valor constante de 6,0.1023.
Então se sua assinatura, escrita com grafite do lápis, pesa 1mg, o número de átomos
de carbono em sua assinatura é: C=12g/mol
A)6,0 .1023
B)72,24 .1023
C)12
D)5,0 .1019
30
PONTOS
E)1,2 .1022
6.A massa molar é a massa em gramas de um mol de entidades elementares –
átomos, moléculas, íons, elétrons, outras partículas ou outros grupos específicos de
tais partículas. É representada pela letra "M" e expressa na unidade g/mol. Assim
sendo, qual é a massa de três mols de benzeno(C6H6).(Dados: C=12; H=1)
7.A massa molar de um elemento químico ou de uma substância é numericamente
igual à massa atômica desse elemento ou do total das massas atômicas componentes
da substância em unidades de massa atômica. Desta forma, conhecendo-se a massa
atômica de um elemento (expressa em unidades de massa atômica, u.m.a.) ou dos
elementos constituintes da substância, sabe-se também a sua massa molar –expressa
em g/mol. Pensando nisso, quanto pesa um átomo de chumbo? Pb=207g/mol,
constante de Avogadro=6,0 .1023
8. O comportamento de um gás real aproxima-se do de um gás ideal quando:
a) submetido a baixas temperaturas.
b) submetido a baixas temperaturas e baixas pressões.
c) submetido a altas temperaturas e altas pressões.
d) submetido a altas temperaturas e baixas pressões.
e) submetido a baixas temperaturas e altas pressões.
9.O inseticida DDT (massa molar = 354,5 g/mol) é fabricado a partir de clorobenzeno
(massa molar = 112,5 g/mol) e cloral, de acordo com equação:
2 C6H5Cl +
C2HCl3O → C14H9Cl5 + H2O
clorobenzeno
cloral
DDT
Partindo-se de uma tonelada (1 t) de clorobenzeno e admitindo-se rendimento de 80%,
a massa de DDT produzida é igual a:
a) 1,575 t.
b) 1,260 t.
c) 800,0 kg.
d) 354,5 kg.
e) 160,0 kg..
10.Numa reação exotérmica, há [1] de calor, a entalpia final (produtos) é [2] que a
entalpia inicial (reagentes) e a variação de entalpia é [3] que zero. Completa-se
corretamente essa frase substituindo-se [1], [2] e [3], respectivamente, por:
a) liberação, maior, maior.
b) absorção , maior, menor.
c) liberação, menor, menor.
d) absorção, menor, maior.
e) liberação, maior, menor
11.O endurecimento do gesso ocorre devido à reação química representada por:
CaSO4 . 1/2H2O(s) + 3/2H2O(l )→ CaSO4 . 2H2O(s) . Quando 1,45 kg de gesso
endurecem, o aumento de massa verificado é, em gramas, igual a:
(A)360.
(B)270.
(C)150.
(D)90.
(E)45.
12.O hidróxido de sódio é, preparado comercialmente pela reação de carbonato
de sódio com hidróxido de cálcio, representada pela equação química abaixo, a
qual não se encontra balanceada. Quantos gramas,aproximadamente , de
hidróxido de sódio podem ser obtidos tratando-se 1kg de carbonato de sódio com
hidróxido de cálcio?
Na 2 CO3 + Ca(OH)2 → NaOH + CaCO3
A) 705 g
B)75,5 g
C)755g.
D)0,755 g
E)377,5 g.
13.(UFSM-RS) O ácido fosfórico muito usado nos refrigerantes do tipo “cola” e
possível causador da osteoporose, pode ser formado a partir da equação nãobalanceada:
Ca3(PO4)2 + H2SO4→ H3PO4 + CaSO4
Partindo-se de 62g de Ca3(PO4) e usando-se quantidades suficientes de H2SO4, qual a
massa aproximada de H3PO4 obtida? (Dados: Ca=40;S=32;P=31;O=16;H=1)
(A) 19g
(B) 25g
(C) 39g
(D) 45g
(E) 51g
14(Fatec-SP) Uma das reações que pode ocorrer entre Fe2O3 e o CO é representada
pela equação: Fe2O3 + CO → Fe + CO2. A massa de CO consumida na obtenção de
37 g de ferro será aproximadamente, igual a:(Dados: Fe=56; C=12; O=16 [g/mol])
(A) 28g
(B) 56g
(C)42g
(D) 70g
(E) 84g
15.Utilizando 148g de hidróxido de cálcio Ca(HO)2, qual a massa obtida de cloreto de
cálcio (CaCl2 ), segundo a equação balanceada? 2HCl + Ca(OH)2 --> CaCl2 + 2H2O
16.(Mackenzie-SP) O volume de CO2, medido a 27°C e 1 atm, produzido na
combustão de 960g de metano,é ; (Dados:C=12; O=16; H=1; R=0,082 atm.L.mol-1.K1)
CH4(g) + 2O2(g) → CO2(g) + 2H2O(g)
17.Dada a equação química não balanceada: Na2CO3 + HCl → NaCl + CO2 + H2O.
A massa de carbonato de sódio que reage completamente com 0,25 mol de ácido
clorídrico é:
(A) 6,62g
(B) 26,5g
(C) 13,25g
(D) 10,37g
(E) 20,75g
18. O fósforo elementar é industrialmente obtido pelo aquecimento de rocha fosfática
com coque, na presença de sílica. Considere a reação:
2 Ca3(PO4)2 + 6 SiO2 + 10 C → P4 + 6CaSiO3 + 10 CO e determine quantos
gramas de fósforo elementar são produzidos a partir de 31,0 g de fosfato de cálcio.
a) 3,10 g
b) 6,20 g
c) 12,40 g
d) 32,00 g
e) 62,00 g
19. (UFSM-RS) Os CFCs, gases clorofluorcarbonetos, propelentes de sprays, ao
atingirem 40 km de altitude, são decompostos pela radiação ultravioleta. Em
conseqüência, átomos de cloro são liberados, destruindo a camada de ozônio,
conforme a reação:
Cl + O3(g)  ClO(g) + O2(g).
Atendendo a essa equação balanceada e considerando volume molar 22,7 L e CNPT,
pode-se afirmar que 0,71 g de Cl, nesse processo, fornecerá:
a) 0,454 L de O2 b) 4,54 L de O2 c) 45,4 L de O2 d) 22,7 L de O2 e) 11,4 L de O2
20.Dada a equação química não-balanceada: Na2CO3 + HCl  NaCl + CO2 + H2O. A
massa de carbono de sódio que reage completamente com 0,5 mols de ácido
clorídrico é?
21.No processo exotérmico, o calor é cedida ao meio ambiente, enquanto no processo
endotérmico o calor é absorvido do ambiente. Quando um atleta sofre uma contusão,
é necessário resfriar, imediatamente, o local com emprego de éter; quando o gelo é
exposto à temperatura ambiente, liquefaz-se. A evaporação do éter e a fusão do gelo
são, respectivamente, processos:
a) endotérmico e endotérmico.
b) exotérmico e exotérmico.
c) endotérmico e exotérmico.
d) exotérmico e endotérmico.
e) isotérmico e endotérmico.
22. A “cal extinta” [Ca(OH)2] pode ser obtida pela reação entre óxido de cálcio (CaO) e
a água, com conseqüente liberação de energia. O óxido de cálcio, ou “cal viva”, por
sua vez, é obtido por forte aquecimento de carbonato de cálcio (CaCO3). As equações
referentes às reações são:
I. CaO + H2O Ca(OH)2 + calor
II. CaCO3 + calor 
2
Identifique a afirmativa incorreta:
a) A reação II é endotérmica.
b) A reação II é uma reação de decomposição.
c) A reação I é uma reação endotérmica.
d) A reação total entre “a cal extinta” e o ácido sulfúrico (H2SO4) produz CaSO4 e água.
e) A reação entre a “cal viva” e o ácido clorídrico (HCl) produz CaCl2 e água.
23.Observe o esquema.
870 kJ →
1000 kJ
Hi
Hf
De acordo com o esquema apresentado, podemos dizer que esse processo deverá
ser:
a) exotérmico, com variação de entalpia de + 1870 kJ
b) exotérmico e absorver 1870 kJ
c) endotérmico, com variação de entalpia de – 1870 kJ
d) endotérmico e absorver 130 kJ
e) exotérmico e liberar 130 kJ
24.(Covest-2002) O metano é um poluente atmosférico e sua combustão completa é
descrita pela equação química balanceada e pode ser esquematizada pelo diagrama
abaixo.
CH4(g) + 2 O2(g)  CO2(g) + 2 H2O(g)
Sobre este processo químico, podemos afirmar que:
a) a variação de entalpia é – 890 kJ/mol, e, portanto é exotérmico.
b) a entalpia de ativação é – 1140 kJ/mol.
c) a variação de entalpia é – 1140 kJ/mol, e, portanto é endotérmico.
d) a entalpia de ativação é 890 kJ/mol.
e) a entalpia de ativação é – 890 kJ/mol.
25(UEL-PR) Considerem as seguintes entalpias de formação:
Al2O3(s) – 1670 kj/mol
MgO(s) – 604 kj/mol
Com essas informações, pode-se calcular a variação de entalpia da reação
representada por: 3 MgO(s) + 2 Al(s)  3 Mg(s) + Al2O3(s) Seu valor será igual a:
a) – 1006 kj.
b) – 142 kj.
c) + 142 kj.
d) + 1066 kj.
e) + 2274 kj.
26.(Unirio) O gás cloro (Cl2) amarelo-esverdeado é altamente tóxico. Ao ser inalado,
reage com a água existente nos pulmões, formando ácido clorídrico (HCl), um ácido
forte, capaz de causar graves lesões internas, conforme a seguinte reação:
Cl – Cl
+ H – O – H → H – Cl + H – O – Cl
Ligação
Energia de ligação (Kj/mol, 25°C, 1 atm)
Cl – Cl
243
H–O
464
H – Cl
431
Cl – O
205
Calcule a entalpia de ligação da reação:
27.A figura abaixo representa a mudança de estado físico da água.
Analise-a e com os seus conhecimentos, classifique cada mudança em endotérmica e
exotérmica
28.(ITA) O que acontece com o número de massa e com o número atômico de um
núcleo instável se ele emite uma partícula beta?
Número de Massa
Número Atômico
a) sem alteração
b) sem alteração
c) diminui de 1 unidade
d) aumenta de 1 unidade
e) diminui de 1 unidade
aumenta de 1 unidade
diminui de 1 unidade
sem alteração
sem alteração
aumenta de 1 unidade
29.(UFSC) Responda com relação às afirmações:
I. Uma reação química ocorre na eletrosfera do átomo.
II. As partículas β têm massa igual a 4.
III. As reações nucleares ocorrem na eletrosfera do átomo.
IV. Os raios γ não são defletidos num campo elétrico.
V. As partículas α têm a carga igual a +2.
As afirmações corretas são:
a) I, II e IV
b) III, IV e V
c) II, III e V
d) I, IV e V
e) II, IV e V
30.A fissão nuclear e a fusão nuclear são reações extremamente exotérmicas: a fissão
consiste na quebra de núcleos atômicos transformando-se em núcleos mais leves; a
fusão consiste na união de núcleos atômicos produzindo núcleos mais pesados.
Assinale a alternativa incorreta. Quando um elemento radioativo emite um raio:
a)α, seu número atômico diminui de duas unidades;
b)β, seu número atômico aumenta de uma unidade;
c)γ, ocorre emissão de onda eletromagnética;
d) α, seu número atômico diminui de quatro unidades;
e) β, seu número atômico aumenta de duas unidades;
31.A Mecânica Quântica explica ou permite previsões de todas, exceto de uma das
seguintes características dos átomos. Identifique a exceção:
a) a probabilidade de um elétron estar em uma dada região em certo instante.
b) os níveis de energia que o elétron pode ocupar.
c) a simetria geral dos orbitais eletrônicos.
d) as freqüências de luz absorvidas ou emitidas por átomos gasosos.
e) o caminho ou trajetória dos elétrons.
32..(UNIRIO) " Na usina coreana de Wolsung, cerca de 50litros de água pesada
vazaram (...), e poderão ser recuperados sem maiores danos logo após o incidente.
"JB", 06/10/99)A água pesada (H2O) é constituída por deutério e oxigênio, e é um
subproduto das usinas nucleares, sendo obtida através do bombardeamento do núcleo
de hidrogênio. 1H1 + X → 1H2 De acordo com a reação acima, X é um:
a) Elétron.
b) Nêutron.
c)Partícula α
d) Partícula β
e) Partícula γ
33.A fissão consiste na quebra de núcleos atômicos transformando-se em núcleos
mais leves. A equação nuclear abaixo é representativa de um processo de fissão
nuclear. 92U235+ n → 36Kr98 + 56Ba 144+ 3 X . Na equação, X representa:
a) Partícula alfa.
b) Partícula beta.
c) Próton. d) Elétron.
e) Nêutron.
34.(PUC-RIO) Para a reação nuclear a seguir:7N14+ X → 6C14+1H1. Assinale a
alternativa que representa X
a) Partícula α
b) Partícula β
c) Pósitron.
d) Nêutron. e) Átomo de He
35.(USFC) A fissão nuclear do urânio (U-235) ocorre após bombardeamento do
mesmo, por nêutrons, segundo a reação em cadeia:
235
U +
92
1
n
0

140
y
1
Ba +
K + 2 n
x
36
0
É CORRETO afirmar, então, que:
01) O valor de y, que torna a equação verdadeira, é 94.
02) A formação de duas partículas n assegura a propagação da reação em cadeia.
04) Um dos produtos formado possui número atômico superior ao do urânio.
08)n é uma partícula atômica.
16) O valor de x, que torna a equação verdadeira, é 58
36.As partículas alfa são constituídas por 2 prótons e 2 nêutrons, isto é, o núcleo de
um átomo de hélio. Quando um núcleo as emite, perde 2 prótons e 2 nêutrons.Assim,
ao emitir uma partícula β, o núcleo tem a diminuição de um nêutron e o aumento de
um próton . Ao contrário das radiações α e β que são constituídas por partículas, a
radiação γ é formada por ondas eletromagnéticas emitidas por núcleos instáveis logo
em seguida à emissão de uma partícula α e β. Escreva a equação nuclear balanceada
de cada um dos decaimentos a seguir:
a. Decaimento β-do actínio – 228;
b. Decaimento α do radônio – 212;
c. Decaimento α do frâncio – 221;
37.(FEI-SP).A meia-vida é a quantidade de tempo característica de um decaimento
exponencial. Se a quantidade que decai possui um valor no início do processo, na
meia-vida a quantidade terá metade deste valor. Ao estudar a desintegração radioativa
de um elemento, obteve-se uma meia-vida de 4h. Se a massa inicial do elemento é
40g, depois de 12h, teremos (em gramas):
a) 10
b) 5
c) 8
d) 16
e) 20
38.Nos processos radioativos meia-vida ou período desemidesintegração de um
radioisótopo é o tempo necessário para desintegrar a metade da massa deste isótopo,
que pode ocorrer em segundos ou em bilhões de anos, dependendo do grau de
instabilidade do radioisótopo. Ou seja, se tivermos 100 kg de um material, cuja meiavida é de 100 anos; depois desses 100 anos, teremos 50 kg deste material. Mais 100
anos e teremos 25 kg e assim sucessivamente. Têm-se 40g do isótopo Na 24.
Sabendo-se que a meia-vida deste isótopo é igual a 15 horas, depois de 75 horas,
qual o percentual de massa radioativa restante?
a) 1,25%
b) 12,5%
c) 0,3125%
d) 31,25%
e) 3,125%
(UGF-RJ) Utilize o texto abaixo para responder aos enunciados 39 e 40.
Com a poluição do meio ambiente, os organismos vivos, às vezes, concentram
em seus corpos elementos químicos nocivos que os rodeiam. Uma forma de poluição
ambiental é aquela ocasionada pelo estrôncio-90, é uma das maneiras em que se dá a
sua contaminação é pelo leite de vaca, segundo a rota:Capim  vaca leite
homem. Se a forma radioativa do estrôncio-90 entrar no organismo animal, este
será quase que totalmente fixado e aí permanecerá emitindo radiações capazes de
matar o tecido vivo ou produzir mutações, incluindo danos cromossômicos.
39 Considere que um certo organismo vivo fixou 0,08 mg de estrôncio-90, e que a sua
meia-vida é igual a 28 anos. O tempo necessário, em anos para reduzir essa
quantidade de isótopo radioativo a 0,02 mg é:
a) 112
b) 56
c) 28
d) 14
e) 7
40.O fenômeno da fixação do radioisótopo citado no texto é devido ao seu
comportamento químico, que é semelhante ao do elemento químico, presente no leite,
que é:
a) césio.
b) selênio.
c) potássio.
d) chumbo.
e) cálcio
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards