citrato de chumbo

Propaganda
FICHA DE EMERGÊNCIA
‘
1. GERADOR
Universidade Federal de São Paulo
- UNIFESP
Endereço: Rua Botucatu, 740, 5º
andar, Vila Clementino, São Paulo.
CEP: 04023062.
2. NOME APROPRIADO PARA O
EMBARQUE
CHUMBO, COMPOSTO,
SOLÚVEL, N.E.
(CITRATO DE CHUMBO (II))
3. INFORMAÇÕES DO RESÍDUO
Nº. Risco: 60
Nº. ONU: 2291
Classe ou subclasse de risco: 6.1
Descrição da classe ou
subclasse: TÓXICO
Grupo de Embalagem: III
4. TELEFONE: (11) 5576-4988.
5. ASPECTO: Pó bege, inodoro, solúvel em água. Incompatibilidades químicas com produtos das
classes/subclasses (conforme ABNT NBR 14.619): explosivos das subclasses 1.1, 1.2, 1.3, 1.4 (exceto do grupo de
compatibilidade S), 1.5 e 1.6; substâncias autorreagentes (subclasse 4.1) que contém o rótulo de risco subsidiário de
explosivo; peróxidos orgânicos (subclasse 5.2) que contém o rótulo de risco subsidiário de explosivo.
6. EPI DE USO EXCLUSIVO DA EQUIPE DE ATENDIMENTO A EMERGÊNCIA: Proteção respiratória: Máscara
contra pós. Proteção dos olhos: Óculos de segurança. Proteção do corpo e da pele: Avental e botas de borracha. O
EPI do motorista está especificado na ABNT NBR 9735.
7. RISCOS
7.1. FOGO: Não é inflamável. Produtos perigosos de decomposição formados durante os incêndios: Monóxido de
carbono e óxidos de chumbo.
7.2. SAÚDE: Inalação: Nocivo se for inalado. Pode causar uma irritação do aparelho respiratório. Pele: Pode ser
perigoso se for absorto pela pele. Pode causar uma irritação da pele. Olhos: Pode causar uma irritação dos olhos.
Ingestão: Nocivo por ingestão. Principais alvos: Pode causar lesões nos rins, nervos, sangue. Outras informações:
Anemia, distúrbios gastrointestinais. Foi relatado que os sais de chumbo atravessam a placenta e induzem a morte
do embrião e feto. Esses sais têm também efeito teratogênico em algumas espécies animais. Não foram relatados
efeitos teratogênicos por exposição a compostos organometálicos de chumbo. Foram relatados efeitos adversos do
chumbo sobre a reprodução humana, sobre o desenvolvimento embrionário e fetal e no período pós-natal (por
exemplo, desenvolvimento mental). A exposição excessiva pode afetar o sangue e os sistemas nervoso e digestivo.
A síntese da hemoglobina é inibida e provoca anemia. Se não for feito tratamento, pode ocorrer disfunção
neuromuscular, possível paralisia e encefalopatia. Os sintomas adicionais decorrentes da exposição excessiva
incluem: dor muscular e nas articulações, fraqueza dos músculos extensores (freqüentemente da mão e do punho),
cefaléia, tontura, dor abdominal, diarréia, constipação, náusea, vômito, linha azul nas gengivas, insônia e gosto
metálico. Altos níveis no organismo provocam aumento da pressão cefalorraquiana, danos ao cérebro e estupor que
leva ao coma e, com freqüência, à morte. Pode causar lesões nos rins.
7.3. MEIO AMBIENTE: Nocivo para os organismos aquáticos, podendo causar efeitos nefastos a longo prazo no
ambiente aquático.
8. EM CASO DE ACIDENTE
8.1. VAZAMENTO: Precauções individuais: Usar equipamento de proteção individual. Evitar a formação de poeira.
Evitar respirar o pó. Assegurar ventilação adequada. Evacuar o pessoal para áreas de segurança. Precauções
ambientais: Prevenir dispersão ou derramamento ulterior se for mais seguro assim. Não permitir a entrada do
produto sistema de esgotos. A descarga no meio ambiente deve ser evitada. Métodos de limpeza: Apanhar os
resíduos sem levantar poeiras. Manter em recipientes fechados adequados, para eliminação.
8.2. FOGO: Meios adequados de extinção: Utilizar água pulverizada, espuma resistente ao álcool, produto químico
seco ou dióxido de carbono. Equipamento especial de proteção a utilizar pelo pessoal de combate a incêndio:
Equipamento de respiração autônomo para combate a incêndios, se necessário.
8.3. POLUIÇÃO: Observar todos os regulamentos ambientais federais, estaduais e locais. Entrar em contato com
um serviço profissional credenciado de descarte de lixo para descartar esse material. Dissolver ou misturar o
material um solvente combustível e queimar em incinerador químico equipado com pós-combustor e purificador de
gases. Embalagens contaminadas: Eliminar como produto.
8.4. ENVOLVIMENTO DE PESSOAS: Inalação: Levar a pessoa para o ar fresco. Se não respirar, aplicar a
respiração artificial. Consultar um médico. Contato com a pele: Lavar com sabão e muita água. Consultar um
médico. Contato com os olhos: Lavar cuidadosamente com muita água, durante pelo menos quinze minutos, e
consultar o médico. Ingestão: Nunca dar nada pela boca a uma pessoa inconsciente. Enxaguar a boca com água.
Consultar um médico.
8.5. INFORMAÇÕES AO MÉDICO: Tratamento sintomático e de suporte.
8.6. OBSERVAÇÕES: As instruções ao motorista em caso de emergência encontram-se descritas exclusivamente
no Envelope para o Transporte.
VERSO FICHA DE EMERGÊNCIA
TELEFONES EM CASO DE EMERGÊNCIA:
BOMBEIROS
193
POLICIA MILITAR
190
DEFESA CIVIL
199
CETESB
0800 11 3560
POLÍCIA RODOVIÁRIA FEDERAL
191
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards