Slide 1 - Educacional

Propaganda
Evolução
Evolução
1) Introdução
Evolução é o processo de transformações hereditárias e adaptações que
vem ocorrendo nos seres vivos desde que surgiram no planeta Terra.
o Evolução = Fato
o Ciência que estuda a evolução = Biologia Evolutiva
“nada em Biologia faz sentido exceto à luz da evolução”.
Theodozius Dobzhansky
Evolução
2) Fixismo (Criacionismo)
 Até o século XVIII
o Todos os seres vivos foram criados por um ser supremo “Deus”.
o Uma vez criadas as espécies eram imutáveis (fixas).
O criacionismo não é científico,
pois basea-se em um conjunto de
dogmas “verdades” consideradas
inquestionáveis, que não admitem
alternativas de interpretação.
Evolução
3) Lamarckismo
 1809
o Início das idéias evolucionistas.
o Lamarck formulou uma teoria para explicar como que as
espécies se modificavam ao longo do tempo.
Sua teoria evolucionista baseava-se em duas leis
I.
II.
Jean-Baptiste Antoine de Monet
1744-1829
Lei do uso e desuso
Lei da herança dos caracteres adquiridos
Evolução
3) Lamarckismo
 Lei do uso e desuso
o Uma necessidade de adaptação ao meio pode fazer com que um órgão
seja mais utilizado (uso) e este tende a se desenvolver ao longo do
tempo.
o Ao contrário, se um órgão for pouco exigido (desuso), tende a se atrofiar.
Se analisarmos o tecido
muscular, de fato, isso corre.
O uso intenso do tecido causa
hipertrofia e o desuso
prolongado leva a atrofia.
Evolução
3) Lamarckismo
 Lei da heranças dos caracteres adquiridos
o As características adquiridas pelo uso ou perdidas pelo desuso seriam
transmitidas à descendência ao longo das gerações.
Evolução
3) Lamarckismo
 Exemplificando a teoria de Lamarck
I.
II.
III.
IV.
V.
VI.
As girafas ancestrais possuíam o pescoço curto.
Com o passar do tempo o ambiente mudou e as árvores baixas deixaram de existir.
Para alcançar as folhas as girafas esticavam constantemente o pescoço.
Devido ao uso o pescoço passou a ficar cada vez mais comprido.
E essa característica foi passada para os descendentes que nasciam com pescoço comprido.
Com o passar das gerações, surgiram as girafas atuais.
Evolução
3) Lamarckismo
 Erros de Lamarck
I.
Hoje sabemos que somente modificações a nível de gametas são
transmitidas aos descendentes.
II.
As modificações citadas por Lamarck em sua teoria ocorrem em
células somáticas.
III.
Dessa maneira, características adquiridas ou perdidas durante a vida
de um organismo não são transmitidas à descendência.
Se a teoria
fosse
verdadeira...
Mãe
Pai
Filho
Evolução
4) Darwinismo
 1859
o Charles Darwin
o Nasceu em 1809 na Inglaterra
o Publicou em 1959 o livro “A origem das espécies” que contém sua
teoria sobre a evolução, denominada seleção natural.
A teoria de Darwin causou enorme
polêmica na época e foi muito
combatida, principalmente por
membros da igreja.
Charles Darwin
Livro: A origem das
espécies
Evolução
4) Darwinismo
 Viagem de Darwin pelo mundo
Darwin partiu da Inglaterra a
bordo do navio inglês Beagle
e viajou durante 5 anos.
Darwin, durante a viagem,
realizou escavações, coletas,
anotações e analisou a
diversidade da flora e da
fauna de cada local.
As observações que levaram
Darwin a elaborar a teoria
evolucionista
ocorreram
durante sua viagem ao redor
do mundo.
Evolução
4) Darwinismo
 Teoria da seleção natural proposta por Charles Darwin
I.
II.
III.
IV.
Entre os indivíduos de uma mesma espécie existem diferenças.
O meio ambiente está em contínua mudança.
Os recursos do meio são escassos e os indivíduos competem entre si.
O meio ambiente exerce pressão que exclui aqueles indivíduos menos
adaptados e mantém os mais aptos.
Evolução
4) Darwinismo
Trabalhos que influenciaram a teoria de
Darwin
 Seleção Natural
Variabilidade
Populacional
Funil = Meio ambiente
Thomas Malthus: “As populações crescem
em progressão geométrica, enquanto que os
recursos do meio em progressão aritmética”.
Dedução de Darwin: Como não há recursos
disponíveis para todos (água, alimentos,
abrigos, etc.) os indivíduos competem entre si
e sobrevivem aqueles melhores adaptados.
Essa “luta pela vida” Darwin chamou de
seleção natural.
Charles Lyell: “A terra foi moldada
praticamente inteiramente por forças lentas
agindo por um longo período de tempo”.
Dedução de Darwin: O planeta é muito
antigo e os animais que vivem hoje, surgiram
Seleção dos mais aptos
por modificações de animais que viveram no
(Adaptação)
passado.
Evolução
4) Darwinismo
 O que Darwin não sabia...
Como surge a
variabilidade nas
Darwin...
Boa
Não
sei lhe
Oi...
populações?
pergunta!
responder..
Lyell
Wallace
Darwin
Evolução
5) Neodarwinismo (Teoria Sintética da Evolução)
 1930
o Conta com a contribuição de vários cientistas de todo o mundo.
o Agrega à seleção natural conhecimentos complementares de genética,
bioquímica e ecologia.
Mecanismos causadores da variabilidade genética (Mutação + Recombinação gênica
+Seleção natural)
Evolução
5) Neodarwinismo (Teoria Sintética da Evolução)
 Pontos básicos
o As variações nas espécies dependem de mutações nos genes.
o As mutações ocorrem ao acaso.
o São mecanismos de recombinação gênica:
 Crossing-Over (meiose).
 Segregação independente dos cromossomos homólogos (meiose).
 Fusão de gametas de sexos diferentes (Reprodução Sexuada).
o Novas espécies são formadas quando ocorre isolamento geográfico
separando populações por longo período de tempo.
Evolução
5) Neodarwinismo (Teoria Sintética da Evolução)
 Seleção artificial (Antibióticos)
Por quê a automedicação com os antibióticos não é recomendado?
I. O uso indiscriminado de antibióticos promove a seleção de bactérias que já
apresentavam a ele resistência prévia.
II. Essas bactérias sobrevivem e passam a se preproduzir.
III. Os descendentes herdam a característica genética que confere a resistência.
IV. As bactérias resistentes causam danos ao organismo.
Evolução
MUTAÇÕES
 Mutação Gênica
 Alteração do código de bases nitrogenadas do DNA que origina novas
versões de um gene;
 Ocorrem espontaneamente;
 Eliminação ou preservação de determinados fenótipo (gerados pelos
genótipo): seleção altera a composição gênica das populações;
 Acúmulo de mutações vantajosas.
 Mutação Cromossômica
1. Numérica
Aneuploidia: Altera o número de cromossomos do cariótipo
a) Síndrome de Down (Trissomia do 21 ou Mongolismo)
b) Síndrome de Klinefelter (XXY)
c) Síndrome de Turner (X0)
d) Síndrome do duplo Y (XYY) - “Super-macho”
e) Síndrome do triplo X - “Super-fêmea”
2. Estrutural
Evolução
Segregação independente dos
cromossomos
RECOMBINAÇÃO GÊNICA
 Mistura de genes provenientes de indivíduos
diferentes que ocorre na reprodução sexuada;
 Organização dos genes em novos arranjos nos
indivíduos.
Crossing-over
Evolução
SELEÇÃO NATURAL
EQUILÍBRIO GÊNICO
1. Mutação e seleção natural
2. Migração
3. Deriva gênica
Evolução
EQUILÍBRIO DE HARDY-WEINBERG
 Se nenhum fator evolutivo atuar sobre uma população que satisfaça certas
condições, as frequências de seus alelos permanecerão inalteradas ao longo
das gerações:
1. A população deve ser muito grande;
2. População deve ser pan-mítica (cruzamentos ocorrendo ao acaso);
3. Não esteja ocorrendo nenhum fator evolutivo
CÁLCULO:
p2 +
2 pq
+ q2 = 1
Ou
p+q=1
Frequência A: p
Frequência a: q
Frequência AA: p2
Frequência aa: q2
Frequência Aa: 2pq
Frequência A: 0,8 (p)
Frequência a: 0,2 (q)
p+q=1
0,8 + q = 1
q = 1 – 0,8
q = 0,2
Frequência AA: p2
AA: (0,8)2
AA: 0,64 ou 64%
Frequência aa: q2
aa: (0,2)2
aa: 0,04 ou 4%
Frequência Aa: 2pq
Aa: 2.0,2.0.8
Aa: 0,32 ou 32%
Evolução
Para descontrair...
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards