06_Evolução [Modo de Compatibilidade]

Propaganda
Fundamentos da Evolução Biológica
As Teorias Evolutivas
Várias teorias evolutivas surgiram, mas destacamdestacam-se
as teorias de Lamarck e de Darwin..
O EVOLUCIONISMO, OU TEORIA DA
EVOLUÇÃO, É A EXPLICAÇÃO CIENTÍFICA
Atualmente a comunidade cientifica aceita a Teoria
Sintética da Evolução ou Neodarwinismo,, que
PARA A ORIGEM DA ENORME
D I V E R S ID A D E D A V I D A N A T E R R A .
incorpora os conceitos modernos da genética às ideias
de Darwin sobre seleção natural.
Ideias Evolucionistas - Lamarckismo
Jean Baptiste Lamarck (17441744-1829)
1829)
Propôs
a
consistente
primeira
para
teoria
explicar
a
evolução das espécies.
espécies.
“O ambiente provoca mudanças nos
indivíduos tornandotornando-os mais
adaptados.”
Princípios da Teoria de Lamarck
1) Lei do Uso e Desuso
2) Lei dos Caracteres Adquiridos
Adaptações surgiam por força do ambiente em função
do uso ou do desuso das estruturas corporais.
Essas características adquiridas seriam transmitidas
aos descendentes.
Importância da Adaptação dos Seres Vivos
Exemplo da Teoria de Lamarck
Evolução causada pela resposta dos organismos às
condições ambientais.
Aves aquáticas tornaramtornaram-se
pernaltas devido ao esforço
que faziam esticando as
As mudanças ocorridas no meio trariam a
pernas para evitar molhar as
necessidade de adaptação, e para isso, os seres
penas durante a procura de
sofreriam alterações que levariam à evolução.
Exemplo da Teoria de Lamarck
alimentos na água.
Exemplo da Teoria de Lamarck
A língua comprida do
A girafa tinha pescoço curto e
tamanduá teria se desenvolvido
alimentavaalimentava-se de vegetação
em resposta às necessidades
alimentares desse animal: o
rasteira. Uma alteração
ambiental reduziu esse tipo de
vegetação, forçando o animal a
tamanduá usa a língua para
procurar alimento nas árvores.
capturar formigas,
Isso provocou o progressivo
introduzindointroduzindo-as nas estreitas
alongamento do pescoço. O
galerias dos formigueiros.
aumento do pescoço foi
transmitido aos descendentes.
Problemas do lamarckismo
Alterações em células somáticas não alteram as
informações genéticas das células germinativas –
gametas – e, portanto, não são hereditárias.
ERRO BÁSICO DA TEORIA: As características
adquiridas pelo uso e ou perdidas pelo desuso não são
hereditárias.
Darwin e o Evolucionismo
Em 1831 – Charles Darwin (18091809-1882)
1882) viajou à bordo do
navio Beagle e pôde estudar a fauna, a flora e a geologia
de vários lugares.
lugares.
Conclusões de Darwin
1) Existem variações dentro da espécie:
variações positivas – indivíduos mais adaptados ao meio.
variações negativas – indivíduos menos adaptados ao meio.
2) Seleção natural
o meio seleciona indivíduos mais adaptados.
Variações positivas proporcionam mais chances de
sobrevivência e de reprodução, podendo transmitir aos
descendentes as características que os tornam mais
adaptados.
Os tentilhões de Galápagos
Darwinismo – Explicação para o pescoço da girafa
A partir de um ancestral
comum os indivíduos se
adaptam ao meio onde vivem.
O arquipélago de Galápagos inclui 16
Ambiente
seleciona as
transformações!
ilhas e numerosas ilhotas, localizadas no
Oceano Pacífico. As ilhas Galápagos
emergiram como vulcões há cerca de 10
milhões de anos e nunca estiveram
ligadas ao continente.
Darwin – A Origem das Espécies (1859)
Teoria Sintética da Evolução –
Neodarwinismo
Teoria evolucionista mais abrangente e consistente,
pois incorpora ao conceito de seleção natural, proposto por
Darwin, os mecanismos genéticos que explicam a
origem das características adaptativas.
Mutação e Recombinação Gênica
Mutação gênica: alteração hereditária na sequência
Exemplos
Resistência de insetos a
inseticidas
Resistência de bactérias a
antibióticos
de DNA que origina novas versões genéticas.
Recombinação gênica: mistura de informação
genética de indivíduos diferentes.
Documentário Fóssil
Evidências da Evolução Biológica
Vestígios de seres vivos que viveram no
passado (fósseis) documentam que
O DOCUMENTO FÓSSIL, A ADAPTAÇÃO E
nosso planeta foi habitado por seres
AS SEMELHANÇAS ANATÔMICAS,
diferentes dos atuais.
atuais.
FISIOLÓGICAS E BIOQUÍMICAS ENTRE
AS ESPÉCIES FORNECEM EVIDÊNCIAS
DA EVOLUÇÃO BIOLÓGICA.
Adaptação
Anatomia Comparada
Indivíduos de uma população biológica apresentam
Divergência Evolutiva
Órgãos homólogos
Convergência Evolutiva
Órgãos análogos
características adequadas ao ambiente em que vivem.
Organismos que vivem em
ambientes diferentes podem
apresentar estruturas corporais
com a mesma origem
embrionária , mas anatômica
ou funcional distintas.
Organismos que vivem em
ambientes semelhantes podem
apresentar estruturas
corporais com origens
embrionárias distintas, mas
anatômica ou funcionalmente
semelhantes.
Camuflagem
Mimetismo
BichoBicho-pau
FalsaFalsa-coral
(Phibalosoma phyllinum))
(Erythrolamprus aesculapii))
Anatomia Comparada
Estruturas Vestigiais
Evidências moleculares
Composição química semelhante
Código genético
Estruturas pouco
desenvolvidas e sem papel
significativo, mas que no
passado podem ter
desempenhado importantes
funções em suas espécies.
Quanto maior a semelhança
entre biomoléculas, de espécies
diferentes, maior o grau de
parentesco entre elas.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards