Slide 1

Propaganda
“Câncer do Colo do Útero –
aspectos morfológicos,
epidemiológicos e fatores de risco”
Vanessa Carla de Moraes Gonçalves Cirino
Orientadora: Profa. Annamaria Ravara Vago
PAD – Departamento de Morfologia - ICB – UFMG
Laboratório de Biologia das Interações Celulares
INCIDÊNCIA DO CÂNCER DO COLO DO
ÚTERO
15% DE TODAS AS CATEGORIAS DE CÂNCER FEMININO
2O TIPO DE NEOPLASIA MAIS COMUM ENTRE AS MULHERES
MAIOR INCIDÊNCIA ENTRE MULHERES DE 40 A 60 ANOS
40.000 NOVOS CASOS SÃO DIAGNOSTICADOS A CADA ANO
Estimativas para o ano 2005 das taxas brutas de incidência por
100.000 e de número de casos novos por câncer, em mulheres,
segundo localização primária.
Estimativa dos Casos Novos
Localização Primária
Neoplasia maligna
Minas Gerais
Casos
Belo Horizonte
Taxa
Bruta
Casos
Taxa
Bruta
Pele não Melanoma
5.440
55,96
840
66,43
Mama Feminina
4.220
43,46
850
66,99
Traquéia, Brônquio e Pulmão
770
7,95
130
10,41
Estômago
800
8,24
160
12,93
1.580
16,27
300
23,28
1.110
11,45
270
21,25
Esôfago
350
3,61
40
3,47
Leucemias
410
4,19
80
6,09
Cavidade Oral
330
3,38
60
4,86
Pele Melanoma
210
2,21
60
4,67
7.010
72,12
1.490
117,32
22.230
228,75
4.280
Colo do Útero
Cólon e Reto
Outras Localizações
Total
337,39
HISTOLOGIA
Stratified Squamous
Epithelium
Connective
Tissue
INCIDÊNCIA DAS NEOPLASIAS
NEOPLASIAS INTRAEPITELIAIS
CERVICAIS
COILOCITOSE
Nova Classificação Bethesda System.
NIC I » lesão escamosa intra-epitelial de
baixo grau (LSIL)
NIC II, III e carcinoma in situ » lesão
escamosa intra-epitelial de alto grau (HSIL)
Células escamosas atípicas de significado
indeterminado » ASCUS
Células glandulares atípicas de significado
indeterminado » AGUS
FATORES DE RISCO
Infecção por HPV
Paridade elevada
Início precoce da vida sexual ativa
Multiplicidade de parceiros sexuais
Tabagismo
Uso de contraceptivo oral
Casos de imunossupressão
Baixo nível socioeconômico
VIAS DE TRANSMISSÃO
Sexual
Neonatal
Através de pinças, luvas, roupas,
equipamentos, etc.
VÍRUS DO PAPILOMA HUMANO
(HPV)
baixo risco : 1, 2, 6, 11, 26, 40, 42,
53- 55, 57, 59, 66 e 68;
médio e alto risco: 5, 8, 16, 18, 31,
33, 35, 39, 45, 51, 52, 56 e 59;
1, 2, 5 e 8
16, 18, 31 e 45
Câncer de pele
Câncer de mucosas
O GENOMA DO HPV
Dupla Hélice de DNA circular,
8000 pb, 3 segmentos:
“Early-region” (E) – E1, E2, E4,
E5, E6, E7
“Late-region” (L) – L1 e L2
“Long control region” (LCR)
MÉTODOS DE DETECÇÃO
CLÍNICO - LABORATORIAIS
Citopatológico
Colposcópico
Histopatológico
MÉTODOS DE DETECÇÃO
MOLECULARES
Captura Híbrida
Hibridização com sondas
PCR – Reação em Cadeia da Polimerase
OBJETIVO
Realizar a extração do DNA e
detecção de um fragmento do genoma
viral amplificado por PCR das amostras
cervicais coletadas de pacientes na
URS – Sagrada Família.
OBRIGADA!
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards