Anexo da Nota Técnica nº. 2/08/CGPNI/DEVEP/SVS/MS

Propaganda
Ministério da Saúde
Secretaria de Vigilância em Saúde
Departamento de Vigilância Epidemiológica
Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações
SCS, Quadra 04, Bloco A, 4º andar, Ed. Principal.
Brasília/DF, CEP: 70.304-000
Tel. (061) 3213 8296
Anexo da Nota Técnica nº. 2/08/CGPNI/DEVEP/SVS/MS
Referência: Secretarias Estaduais de Saúde
Assunto: instruções sobre o uso da vacina contra febre amarela para orientar os
profissionais das salas de vacina, segundo informações do fabricante Sanofi Pasteur.
Stamaril® - Vacina Contra Febre Amarela (Vírus Atenuados)
Aspecto físico:
Esta vacina consiste de um pó liofilizado injetável a ser reconstituído pelo seu
respectivo diluente (solução de NaCl a 0,9%).
Características organolépticas:
O pó liofilizado deve apresentar-se homogêneo de coloração bege a bege-alaranjado. A
vacina reconstituída deve apresentar-se como uma solução mais ou menos opalescente
de coloração bege a bege-rosado.
Dosagem:
A vacinação contra febre amarela consiste de apenas uma aplicação de 0,5 mL da
vacina reconstituída.
O esquema de vacinação é o mesmo em crianças e adultos.
É recomendada a aplicação de uma dose de reforço a cada 10 anos.
Modo de reconstituição:
Reconstitua a suspensão injetando uma pequena quantidade de diluente no frascoampola do liofilizado. Agite até que o pó tenha se dissolvido completamente e adicione
a suspensão obtida na quantidade restante de diluente. O volume total de diluente deve
1
ser utilizado para a reconstituição do liofilizado. A vacina reconstituída deve ser agitada
vigorosamente antes de aspirar e administrar cada dose imunizante de 0,5 mL.
Observação: O frasco de diluente tem no mínimo 5 mL. Um volume adicional de
segurança que pode variar entre 0,1 a 0,6mL está presente em todos os frascos. Esse
volume tem como objetivo garantir que após a reconstituição seja possível extrair 10
doses de 0,5mL com a quantidade mínima de antígeno necessária.
Método de administração:
A vacina deve ser administrada preferencialmente por via subcutânea, podendo ser
administrada por via intramuscular. Não utilizar a via intravascular ou intradérmica.
Ao introduzir a agulha, deve-se aspirar o êmbolo da seringa para se certificar de que
nenhum vaso sangüíneo foi atingido.
Modo de conservação:
A vacina contra febre amarela (vírus atenuados) deve ser armazenada entre 2ºC e 8ºC.
Não deve ser colocada no congelador ou "freezer". O congelamento é estritamente
contra-indicado.
Depois de reconstituídas, as apresentações contendo 10 doses devem ser conservadas
entre 2ºC e 8ºC e ser utilizadas dentro de 6 horas.
Prazo de validade:
Desde que mantida sob refrigeração, o prazo de validade da vacina contra febre amarela
(vírus atenuados) é de 3 anos, a partir da data de fabricação. Verifique na embalagem
externa a data de validade da vacina. Não utilize a vacina com o prazo de validade
vencido, pois ela pode não produzir os efeitos desejados.
Brasília, 29 de janeiro de 2008.
Luiza de Marilac Meireles Barbosa
Coordenadora Geral do Programa Nacional de Imunizações
2
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards