mundo árabe - portifolioescolaangelina

Propaganda
O MUNDO ARABE
• ALISSON
E
LUCAS.R.G
PROF; LUIS RIBEIRO
O MUNDO ARABI
O mundo árabe (em árabe: ‫العالم العربي‬, transl. al-'Alam al'Arabi), ou arabofonia, referem-se ao conjunto de países
que falam o árabe e se distribuem, geograficamente, do
oceano Atlântico, a oeste, até o mar Arábico, a leste, e do
mar Mediterrâneo, a norte do Corno de África, até o nordeste
do oceano Índico. É constituído por 22 países e territórios
com uma população combinada de 360 milhões de pessoas
abrangendo o Norte de África e a Ásia Ocidental.
O SENTIMENTO
DE
NACIONALISMO
• O sentimento de nacionalismo árabe surgiu na
segunda metade do século XIX, juntamente com
outros nacionalismos dentro do Império Otomano. A
Liga Árabe foi formada em 1945 para representar os
interesses dos árabes e, especialmente, para o
exercício da unificação política do mundo árabe, um
projeto conhecido como o pan-arabismo.[1][2] Hoje,
os Estados árabes se caracterizam pelos seus
governos autocráticos e falta de controle
democrático. Os protestos populares em todo o
mundo árabe no final de 2010 e início de 2011 são
direcionados contra os governos autoritários e a
corrupção política, combinada com a exigência de
mais direitos democráticos.
DEFINIÇAO
• Definição
• A denotação linguística e política inerente ao termo
"árabe" é geralmente dominante sobre as considerações
genealógicas. Assim, os indivíduos com pouca ou
nenhuma ascendência direta da Península Arábica
poderiam identificar-se ou serem considerados como
árabes, em parte por força da sua língua de origem.
Essa identidade no entanto, é contestada por muitos
povos de origem não-árabe; A Liga Árabe, uma
organização regional de países destinada a enquadrar o
mundo árabe, define um árabe como:
• Um árabe é uma pessoa cuja língua é o árabe, que vive
em um país de língua árabe e que tem simpatia com as
aspirações dos povos de língua árabe
MUNDO ARABE
MUNDO ARABE
AGITAÇAO NO
MUNDO ARABE
• A mídia está cheia de notícias sobre a agitação
no mundo árabe, que poderá ter conseqüências
graves para Israel. Durante décadas, Israel, o
Ocidente, e especialmente os Estados Unidos,
confiaram no Egito, ou seja, em seu presidente
Hosni Mubarak. Mas a Bíblia já advertiu que o
Egito é uma cana quebrada, e que todos que
confiam nele seriam confundidos (veja 2 Rs
18.21; Ez 29.6-7). Isto tornou-se realidade
agora.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards