Zika – Atualização Epidemiológica – 7 de julho de 2016

Propaganda
Zika – Atualização Epidemiológica – 7 de julho de 2016
Apresentação
Zika – Atualização Epidemiológica – 7 de julho de 2016
[email protected]
www.paho.org/bra
www.paho.org/bra/salazika
Vírus Zika (ZIKV) – Incidência e
Tendências
Até o momento, 40 países e territórios confirmaram a
transmissão local vetorial do vírus zika na Região das Américas desde 2015 (Figura 1). Além disso, cinco países nas
Américas notificaram casos de transmissão sexual do vírus
zika (Argentina, Canadá, Chile, Peru e Estados Unidos da
América). Desde a última Atualização Epidemiológica sobre
Zika (30 de junho de 2016) da Organização Pan-Americana
da Saúde/ Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS),
nenhum outro país ou território confirmou a transmissão
autóctone vetorial do vírus zika. A partir de uma revisão
dos dados notificados nas últimas quatro semanas, observou-se uma tendência crescente nos casos na Costa Rica,
Guadalupe, Guiana Francesa, Jamaica, México, Porto Rico,
São Bartolomeu e São Martinho.
Figura 1. Países e territórios nas Américas com casos autóctones
(vetoriais) confirmados do vírus zika, 2015-2016
Brasil
Segundo o Ministério da Saúde do Brasil, entre 22 de outubro 2015 e 2 de julho de 2016, foi notificado um total de
8.301 casos suspeitos de microcefalia e outras malformações do sistema nervoso central (SNC) em recém-nascidos.
Destes, 1.656 casos foram notificados em conformidade
com o Protocolo Brasileiro de Vigilância e Reposta2 (255
foram confirmados por critérios laboratoriais). Do total de
casos notificados, 3.515 casos foram descartados porque se
deviam a causas não infecciosas ou não se enquadravam
na definição de caso, e 3.130 continuam sendo investigados. Do total de casos notificados, 4% (334 casos)
correspondem a natimortos ou óbitos neonatais; 92 foram
confirmados segundo critérios laboratoriais.3
Tabela 1. Países e territórios nas Américas com notificação de
síndrome congênita associada à infecção pelo vírus zika
Países notificando síndromes
congênitas associadas ao vírus zika
Brasil
Número de casos
confirmados até o momento
1656
Colômbia
4
El Salvador
Estados Unidos5
13
1
12
Martinica6
6
Panamá
5
Porto Rico7
1
Fonte: Dados fornecidos à OPAS/OMS pelas autoridades nacionais de saúde dos países / territórios,
ou publicados nos sites dos seus Ministérios ou Departamentos de Saúde
Síndrome congênita associada à infecção
pelo vírus zika1
Desde a última Atualização Epidemiológica sobre Zika
(30 de junho de 2016) da OPAS/OMS até 7 de julho de
2016, apenas o Brasil e a Colômbia atualizaram o número
de casos notificados conforme apresentados na Tabela 1.
1 Definição de casos disponível em: http://bit.ly/1TpcVIS
4
5
6
7
Leia a matéria na íntegra.
Leia a matéria na íntegra.
Leia a matéria na íntegra.
Leia a matéria na íntegra.
Síndrome de Guillain-Barré (SGB) e outros
distúrbios neurológicos
Até o momento, 11 países e territórios na Região notificaram um aumento nos casos de síndrome de Guillain-Barré
(SGB). Outros quatro países e territórios identificaram
casos de SGB associados ao vírus zika sem porém notificar
um aumento nos casos de SGB (Tabela 2).
2 Protocolo de Vigilância e Resposta. Acesse o Protocolo.
3Informações publicadas no site no Ministério da Saúde do Brasil e disponíveis em: Leia a
matéria na íntegra.
Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS)
1
Apresentação
Zika – Atualização Epidemiológica – 7 de julho de 2016
Confirmação
laboratorial do
vírus zika em pelo
menos um caso
de SGB
Aumento de SGB,
sem confirmação
laboratorial do vírus
zika em qualquer
caso de SGB
Brasil
Guadalupe
Paraguai
Colômbia
Haiti
El Salvador
Panamá
Guiana Francesa
Porto Rico
350
14000
Casos de SGB
13000
Casos de vírus Zika
300
12000
11000
250
10000
9000
200
8000
7000
150
6000
5000
100
4000
3000
50
2000
1000
0
Honduras
32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24
0
Semana epidemiológica
Fonte: Dados fornecidos à OPAS/OMS pelo Ministério da Saúde e Proteção Social da Colômbia,
e pelos Ministérios da Saúde de El Salvador, Honduras, Suriname e Venezuela. Os dados da
República Dominicana foram publicados pelo Ministério da Saúde da República Dominicana e
reproduzidos pela OPAS/OMS.
Martinica
Suriname
República Dominicana
Texto original em inglês
Venezuela
Apresentada abaixo está a curva epidemiológica dos casos
suspeitos e confirmados de zika e de SGB na Colômbia, na
República Dominicana, em El Salvador, Honduras, Suriname e Venezuela (Figura 2); observa-se uma correlação
temporal entre o aumento nos casos da doença do vírus
zika e nos casos de SGB.
2
15000
Casos de SGB
Aumento de SGB, com
confirmação laboratorial do vírus zika em
pelo menos um caso
de SGB
Figura 2. Casos suspeitos e confirmados de zika e SGB na
Colômbia, na República Dominicana, em El Salvador,
Honduras, Suriname e Venezuela. SE 32 de 2015 a SE 24
de 2016
Casos de enfermedades por vírus Zika
Tabela 2. Países e territórios nas Américas com SGB no contexto
da circulação do vírus zika
Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS). Zika Epidemiological Update
– 7 julho 2016. Washington, D.C.: PAHO/WHO; 2016
Pan American Health Organization • www.paho.org • ©
PAHO/WHO, 2016
Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS)
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards