LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS

Propaganda
LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS 1. (Unicamp 2013) Observe a imagem abaixo: a) A imagem representa a disputa entre calvinistas e católicos. Como estão representados os calvinistas na obra do artista holandês? b) Explique a importância econômica da Holanda como potência marítima no contexto europeu do século XVII. 2. (Espcex (Aman) 2013) A Reforma protestante foi um movimento ocorrido no século XVI que causou uma grande ruptura no mundo cristão e deu origem a novas doutrinas religiosas. Dentre os fatores que levaram a esse movimento, está(estão) o(a)(s): a) apoio da Igreja católica à prática da usura e ao lucro. b) críticas de alguns membros da Igreja a práticas promovidas pela instituição, como a venda de indulgências (perdão dos pecados). c) reação à decisão da Igreja de restabelecer e reorganizar a Inquisição. d) valorização do racionalismo e do cientificismo, além dos ideais iluministas. e) estímulo à leitura e à livre interpretação da Bíblia, promovido pelo Vaticano. 3. (Upe 2013) No início da Idade Moderna, a Europa Ocidental experimentou uma profunda mudança na vivência religiosa do cristianismo. Sobre a Reforma Religiosa do século XVI, analise as afirmativas seguintes: I. O pensamento de Jan Huss influenciou as ideias de Lutero. II. Sobre a questão da salvação dos fiéis, Calvino e Lutero consideravam a teoria da predestinação. III. Muitos franceses se converteram ao calvinismo, tornando-­‐
se conhecidos como huguenotes. IV. A reforma anglicana teve início por meio das ações do monarca britânico Henrique VIII. V. A Rússia converteu-­‐se ao luteranismo durante o reinado de Pedro Romanov. Estão CORRETAS a) I, III e IV. b) I, II e V. c) I, II e III. d) II, IV e V. e) III, IV e V. http://historiaonline.com.br Prof. Rodolfo 4. (Ueg 2012) A Reforma Protestante marcou o grande cisma do cristianismo no Ocidente. Acerca desse acontecimento, a) cite duas diferenças teológicas entre o protestantismo luterano e o catolicismo romano; b) cite os principais desdobramentos políticos da Reforma Protestante na Suíça e na Inglaterra. 5. (Ufrn 2012) Ao comentar a Reforma Protestante do século XVI, Márcio Ferrari afirma: O nascimento do protestantismo teve profundas implicações sociais, econômicas e políticas. Na educação, o pensamento de Lutero produziu uma reforma global do sistema de ensino alemão, que inaugurou a escola moderna. [...] A ideia da escola pública e para todos, organizada em três grandes ciclos (fundamental, médio e superior) e voltada para o saber útil nasce do projeto educacional de Lutero. FERRARI, Márcio. Martinho Lutero: o criador do conceito de educação útil. Nova escola. n. 187, nov. 2005. p. 30. A proposta educacional de Lutero, referida no comentário acima, está diretamente relacionada a) à defesa, por parte dos reformadores, da liberdade de interpretar a Bíblia, de modo que qualquer fiel tivesse acesso às fontes da doutrina. b) ao desejo de facilitar para os fiéis a leitura da Vulgata, tradução da Bíblia em latim, aceita como versão oficial da Igreja Luterana. c) ao projeto de melhoria da instrução do povo para que este pudesse compreender a doutrina luterana, cujo ensino era de competência exclusiva dos sacerdotes. d) à proposta de difusão da leitura entre o povo, para que este conhecesse os catecismos produzidos no Concílio de Trento. 6. (Ufpe 2011) A Reforma não foi, apenas, um movimento de renovação de ideias religiosas que abalaram a Igreja Católica. Sua dimensão atingiu a cultura e a política, contribuindo para a modernidade e renovação de costumes sociais. De fato, a Reforma atingiu: ( ) o regime das monarquias e favoreceu a libertação de algumas da tutela dos poderes papais. ( ) a organização econômica com muitas das suas ideias vinculadas aos anseios da burguesia europeia. ( ) a formação da democracia política moderna, sendo solidária com a nobreza e defensora da teoria do justo preço. ( ) a colonização das terras americanas com sua rigidez e sua luta contra o capitalismo e suas práticas. ( ) a liberdade dos indivíduos, pois exaltava a obediência absoluta aos princípios calvinistas e as práticas da economia burguesa. 7. (Ufjf 2010) Os Tribunais da Inquisição foram criados pela Igreja no século XIII, para investigar e punir os crimes contra a fé. No século XVI a Inquisição foi reativada em vários países europeus, inicialmente para fazer frente ao avanço do LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS Prof. Rodolfo c) manutenção dos sacramentos, para fortalecer a palavra de Deus, enaltecendo poder do clero mais simples. d) extinção do celibato, além de manter a necessidade de consolidar a hierarquia papal e sua relação com os bispos. e) conflito contra o poder dos reis, negando a importância do pecado e do batismo. 10. (Uerj 2009) Relações entre a pregação protestante e as estruturas políticas então existentes foram muitas vezes decisivas tanto para os destinos da pregação em si quanto para os rumos afinal tomados pela organização das novas Igrejas. protestantismo. Portugal foi um dos países que não só reativou essa instituição, como estendeu sua atuação também para seus domínios ultramarinos, inclusive para o Brasil. FRANCISCO JOSÉ CALAZANS FALCON In: RODRIGUES, Antonio Edmilson M. e Falcon, Francisco José C. "Tempos modernos: ensaios de história cultural". Rio de Janeiro: civilização Brasileira, 2000. Com base nas afirmações anteriores, na imagem e em seus conhecimentos, cite e analise: a) uma característica da Inquisição na Europa Moderna: b) uma característica da atuação da Inquisição no Brasil colonial: 8. (Ufrj 2009) "Quando o amor-­‐próprio [egoísmo] começou a crescer na terra, então começou o Homem a decair. Quando a humanidade começou a brigar sobre a terra, e alguns quiseram ter tudo e excluir os demais, forçando-­‐os a serem seus servos: foi essa a Queda de Adão". (Adaptado de HILL, Christopher. "O mundo de ponta-­‐
cabeça". São Paulo: Companhia das Letras, 1987, p. 169) a) Explique por que podemos associar o texto acima às correntes mais radicais que atuaram na Revolução Inglesa de 1640. b) O texto acima pretende, à luz da Bíblia, discutir algumas tensões próprias da sociedade inglesa do século XVII. Cem anos antes, o mesmo procedimento esteve presente nas rebeliões dos camponeses anabatistas alemães. Analise uma diferença entre o ideário anabatista e o luterano no que se refere à autoridade dos príncipes. 9. (Upe 2009) O predomínio do Catolicismo fez parte de um grande período da história da Europa. Com o surgimento e a expansão da Reforma, novas ideias surgiram, abalando um poder secular. Lutero, um dos líderes da Reforma, defendia o(a) a) fim do clero católico, com uma crítica ao que diziam as Sagradas Escrituras, duvidando das suas verdades. b) afirmação do pensamento de santo Agostinho, valorizando o papel da fé na salvação do indivíduo. http://historiaonline.com.br O texto acima se refere a processos da Reforma Religiosa ocorridos na Europa. O movimento reformista, entretanto, conheceu diferentes reações em distintas áreas. Indique duas causas para a Reforma Religiosa na Inglaterra e uma consequência econômica desse movimento. 11. (Unifesp 2008) Com a Reforma e a Contra-­‐Reforma, os dois protagonistas principais de uma e de outra foram Calvino e Inácio de Loyola. Comente o papel e a importância de a) Calvino para o protestantismo. b) Inácio de Loyola para o catolicismo. 12. (Ufu 2007) O chamado "cisma protestante" foi um dos fenômenos que teve importantes consequências na Europa Moderna entre os séculos XVI e XVII. Desse fenômeno surgiram várias Igrejas separadas do catolicismo romano, destacando-­‐se aquelas de base teológica Luterana e outras de base teológica Calvinista. Sobre este assunto, responda: a) Quais são as principais características comuns entre as Igrejas Luterana e Calvinista, que surgiram do chamado "cisma protestante"? b) Quais as principais diferenças entre as Igrejas Luterana e Calvinista? 13. (Ufpr 2007) Considerado um dos mais famosos e copiados pintores dos primórdios do Barroco, Michelangelo Merisi de Caravaggio foi bastante requisitado durante a Contra-­‐
Reforma. Observe a imagem a seguir, do quadro "Jantar em Emmaus", pintado por ele em 1596. LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS a) A partir da observação da imagem, comente duas características presentes no Barroco. b) Estabeleça uma relação entre o Barroco e a Contra-­‐
Reforma. 14. (Ufc 2006) As reformas religiosas tiveram seus reflexos no Brasil. A atuação de diversas ordens religiosas na colônia e a forte presença da Igreja Católica na estrutura administrativa montada por Portugal exemplificam essas influências. a) Cite qual foi a principal ordem religiosa a se instalar no Brasil, a partir do século XVI, e identifique dois de seus objetivos na colônia, considerando sua relação com as reformas religiosas. b) Por que a ação da Igreja Católica no Brasil foi importante para a consolidação do poder do Estado português na colônia? 15. (Ufpr 2006) Leia o seguinte texto: "As colônias inglesas na América foram criadas por grupos de colonos inspirados por motivos religiosos, políticos e econômicos. Como os colonos gregos, os ingleses quiseram fundar comunidades à imagem e semelhança das que existiam na mãe pátria; diferentes dos gregos, muitos desses colonos eram dissidentes religiosos. (...) Entre os espanhóis aparecem também os motivos religiosos, mas enquanto os ingleses fundaram suas comunidades para escapar de uma ortodoxia, os espanhóis a estabeleceram para estendê-­‐la." (PAZ, Otávio. "Sóror Juana Inês de la Cruz. As armadilhas da fé". São Paulo: Mandarim, 1998, p. 32-­‐33.) Com apoio nesta síntese de Otávio Paz a respeito dos diferentes processos de colonização das Américas, descreva de que forma as questões religiosas se incluem entre as motivações da expansão marítima europeia e como essas mesmas questões marcaram a atuação dos colonizadores portugueses e espanhóis. http://historiaonline.com.br Prof. Rodolfo LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS Resposta da questão 1: a) No primeiro plano, a disciplina e organização, rigor religioso típicos da burguesia calvinista e o livro representa o uso e a valorização Bíblia uma crítica aos desvios da Igreja Católica. b) Praticando o mercantilismo (comercialismo) a Holanda se tornou hegemônica através dos negócios com o açúcar brasileiro (financiamento, transporte e refino), criação de companhias comerciais levando os flamengos a uma disputa com a Espanha, Inglaterra e Portugal. Prof. Rodolfo Lutero propões 95 reformas na Igreja, que pela sua postura tradicionalista não aceitou, havendo então uma ruptura que ocasionou a reforma Protestante. Dentre as reformas propostas por Lutero estavam a livre interpretação da bíblia, assim como o combate a infalibilidade papal, ao celibato clerical, a hagiolatria e iconolatria e ao culto a Maria. Houve também a defesa da nacionalização do culto e da salvação pela fé. Ao defender a nacionalização do culto, Lutero esperava que a bíblia e as missas fossem realizadas em alemão, o que contribuiu para que as pessoas aprendessem a ler e escrever nesta língua. Por isso, muitos o consideram pai da língua alemã. Resposta da questão 2: [B] A Igreja Católica criava regras para o lucro e condenava a usura (emprestar dinheiro com a cobrança de juros), descontentando os setores urbanos da sociedade europeia, e exercia rígido controle sobre a doutrina e organização eclesiástica, no entanto ainda eram comuns práticas como a simonia e a venda de indulgências, contra a qual se levantou Martinho Lutero, iniciador da Reforma. Somente com a Contra Reforma a Igreja Católica reativou a Inquisição. Apesar de características ligadas ao racionalismo renascentista, a reforma protestante foi anterior ao movimento iluminista. Resposta da questão 6: V – V – F – F – F. A monarquia inglesa e dos escandinavos se libertaram da tutela do Papa, mas a Igreja e a religião continuaram importantes em todos os países, vinculadas diretamente ao poder. As Igrejas Reformadas estimularam o individualismo e, no caso do Calvinismo, a ideia de que o homem que progride é o escolhido de Deus. Os movimentos reformistas não eram democráticos, nem anti-­‐
colonialistas. A reforma representa a formação de novas religiões e não apenas do calvinismo. Resposta da questão 3: [A] A reforma religiosa iniciada na região atual da Alemanha é conhecida como o segundo Cisma do Ocidente, propagado pelo padre Martinho Lutero que afirmava que a Salvação é pela fé, e não pelas obras. O padre radical João Calvino inicia a Reforma Calvinista na França e depois em Genebra, na Suíça, se diferenciando de Lutero na salvação pela Predestinação. Os calvinistas podem ser tratados por: Huguenotes, na França, Puritanos, na Inglaterra, e Presbiterianos, nos Países Baixos e Brasil. Resposta da questão 7: a) A Inquisição na Europa Moderna está inserida no contexto da Contrarreforma, uma vez que visava combater o avanço protestante através da perseguição e punição aos que se recusavam aceitar o catolicismo como doutrina-­‐mor. b) A Inquisição no Brasil colonial funcionou apenas como visitação. Tinha como característica a perseguição aos cristãos-­‐novos, além da defesa constante das práticas católicas. Ao ser observado pelo inquisidor, ou simplesmente ser denunciado por algum desafeto, o réu era levado a julgamento. Caso condenado, poderia ser punido até com a morte. Resposta da questão 4: a) Espera-­‐se que o/a estudante possa identificar ao menos duas das seguintes especificidades do Protestantismo Luterano em relação ao Católico: salvação pela fé, interpretação livre das escrituras bíblicas, negação da autoridade do Papa, reconhecimento de apenas dois sacramentos: batismo e eucaristia, dentre outras. b) Espera-­‐se que o/a estudante possa apontar o controle de João Calvino por meio do Consistório do governo de Genebra e a criação, por motivações políticas, da Igreja Anglicana na Inglaterra, por Henrique VIII. Resposta da questão 8: a) O crescimento do amor-­‐próprio [egoísmo], entendido como avanço da propriedade privada e/ou de diferenças socioeconômicas, gerou conflitos na sociedade. Gabarito: Resposta da questão 5: [A] Matinho Lutero, não foi a primeira pessoa a propor reformas à Igreja católica, mas, sem dúvida foi o mais importante. Ao escrever o documento chamado confissões de Agsburgo, http://historiaonline.com.br b) Os luteranos criticavam a Igreja Católica, no entanto respeitavam a ordem temporal, pois a entendiam como resultado da vontade de Deus, já os Anabatistas, além de criticarem a Igreja Católica Romana, consideravam que o príncipe era passível de críticas. Resposta da questão 9: [B] O movimento reformista aproveitou-­‐se da ampliação da crise interna à Igreja Católica, devido à venda de indulgências e, ao mesmo tempo, refletia as mudanças que ocorriam na sociedade, marcada pela expansão da cultura renascentista, que valoriza o indivíduo. Nesse sentido, a discussão sobre a LISTA DE REVISÃO 1º SEMESTRE – REFORMAR RELIGIOSAS “salvação” tonou-­‐se o eixo da problemática reformista e Lutero valorizou o livre arbítrio, a fé individual, como elemento determinante para a obtenção da salvação. Resposta da questão 10: Duas das causas: -­‐ interesse do rei Henrique VIII nas terras da Igreja -­‐ interesse da burguesia na queda de taxas e impostos -­‐ interesse da burguesia em ampliar o seu poder no Parlamento -­‐ interesse do rei em fortalecer sua autoridade a partir da criação de uma Igreja subordinada diretamente a ele -­‐ não concessão da anulação do casamento do rei com Catarina de Aragão pelo Papa e consequente interdição de seu casamento com Ana Bolena Uma das consequências: -­‐ aceleração do processo de cercamento dos campos -­‐ início da projeção da Inglaterra como potência econômica e naval na Europa -­‐ confisco e leilão das terras da Igreja Católica, ampliando os recursos disponíveis à monarquia Resposta da questão 11: a) João Calvino, ao estabelecer a Teoria da Predestinação, em que a salvação eterna estaria condicionada ao sucesso material, criou uma ética religiosa estimuladora das práticas capitalistas e portanto, sintonizada às transformações econômicas e sociais que se verificavam no início da Idade Moderna, contribuindo significativamente para a ruptura da unidade cristã em torno da Igreja Católica. Prof. Rodolfo ou a eterna danação, previamente determinado por Deus, ressaltando que o progresso material resultante do trabalho e um comportamento ascético e legal, são indícios da escolha de Deus. Resposta da questão 13: a) Observa-­‐se na obra a intensidade da luz que procura dar dinamismo e evidência aos personagens e a composição em diagonal que não é característica fundamental do barroco, mas é um recurso utilizado com alguma frequência no estilo. Acrescenta-­‐se ainda, a rigidez do contraste claro-­‐escuro. b) A arte barroca foi colocada a serviço da Contra-­‐Reforma, na medida em que a pintura e a escultura, incorporadas à arquitetura nas igrejas do período, tinham finalidade didática, ou seja, a evangelização através da imagem, contribuindo, assim, para incutir nos fiéis os valores do catolicismo. Resposta da questão 14: a) A Companhia de Jesus foi fundada em 1534 e em 1549 os primeiros jesuítas chegaram ao Brasil. Suas atividades eram orientadas basicamente por dois objetivos: a catequese dos indígenas e a educação dos nativos. Essas ações visavam conquistar para a Igreja Católica as populações indígenas ainda não atingidas pela expansão protestante. b) A Igreja Católica estava presente no cotidiano e na vida dos habitantes da colônia. Tal proximidade garantiu que a Igreja pudesse veicular e consolidar a ideia de obediência, mais precisamente, de obediência ao poder do Estado. b) Inácio de Loyola organizou a Companhia de Jesus, em reação às críticas que as ordens religiosas católicas vinham recebendo no contexto das reformas religiosas. Os jesuítas tiveram por função, resgatar a credibilidade da Igreja, organizar a educação europeia e a catequização dos indígenas no Novo Mundo. Resposta da questão 15: O processo de conquista e colonização da América, coincide com os conflitos religiosos na Europa, decorrentes da Reforma Protestante no século XVI. Nesse contexto, a colonização inglesa, ocorreu basicamente por grupos de puritanos fugitivos de perseguições desencadeadas pelo governo anglicano, fazendo das colônias um local de refúgio e de livre prática de sua fé. Resposta da questão 12: a) Tanto o luteranismo quanto o calvinismo surgiram num contexto de contestação à Igreja Católica Romana no início do século XVI, devido ao luxo e ostentação do alto clero, à prática da simonia, ao distanciamento do clero em relação aos anseios dos fiéis e sobretudo à cobrança de indulgências. Ambas as doutrinas defendiam a livre interpretação da Bíblia, a supressão dos cultos aos santos e às imagens e da maioria dos Nos domínios portugueses e espanhóis, como as metrópoles se mantiveram fiéis ao catolicismo, o processo de conquista e colonização era imbuído de um espírito cruzadista para a expansão da fé católica, sobretudo por parte dos missionários e em particular dos jesuítas que se prestavam ao papel de "conversão dos gentios" ao catolicismo. A atuação dos jesuítas também na educação entre os colonos, foi fundamental para a preservação e expansão do catolicismo no Brasil e nas colônias espanholas. sacramentos, exceto o batismo, a eucaristia e o casamento. Defendiam ainda, o uso dos idiomas nacionais nas celebrações e no exame da Bíblia. b) Lutero defendia a tese de que a salvação depende da fé em Deus. Calvino estabeleceu a Teoria da Predestinação em que sustentava ser o destino de todos homens, ou a vida eterna http://historiaonline.com.br 
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards