TEXTO BASE: INDEPENDÊNCIA DAS 13 COLONIAS (E.U.A.)

Propaganda
3º BIMESTRE - 2016
Disciplina: História
Série: 2º Ano
Professor: Otto Terra (Aula de 01/08/16)
TEXTO BASE: INDEPENDÊNCIA DAS 13 COLONIAS (E.U.A.)
ANTECEDENTES:
 A partir do governo de Elizabeth I (1584) inicia-se a Colonização de Exploração em região mais ao sul da América do Norte: Fundação da
colônia de Virgínia a partir do povoado de JamesTown– destacando-se o modelo de exploração denominado de Plantations (monoculturas
de algodão e tabaco e utilização de mão de obra escrava, além da dependência da colônia em relação à metrópole e hierarquização
social a partir dos ideais de nobreza europeu);
Religião ligada à classe burguesa (valores/acumulação de capital)
 Perseguição sobre os Calvinistas (Puritanos) a partir do reinado de Jaime I (Stuart): Intensificaram o processo de Colonização de
Povoamento com a fundação de Plymouth (1620) - Ocupação da costa leste da América do Norte (Nova Inglaterra) com utilização de uma
modelo política econômica/fiscal com relativa autonomia em relação à Inglaterra;
 A influência religiosa do Calvinismo apoiando a resistência sobre as imposições do monarca e colaborando para a concepção da ideia do
DESTINO MANIFESTO – que buscava justificar a ocupação da América a partir da perspectiva da PREDESTINAÇÃO;
DESTINÇÃO RACIAL
SOBRE OS NATIVOS
 Vida pública e privada dos Puritanos marcada por forte moralidade: A prática religiosa alinhada com a dedicação ao trabalho fortaleciam
a acumulação de bens;
 Negligência Salutar – Relativo abandono da Inglaterra sobre as colônias devido à questões internas: trocas de dinastias e eclosões de
processos revolucionários, além de guerras com outras nações europeias e do fim do absolutismo inglês;
1
3º BIMESTRE - 2016
Disciplina: História
Série: 2º Ano
Professor: Otto Terra (Aula de 01/08/16)
 Crescimento da economia das Treze Colônias a partir da quebra do Pacto Colonial: Comércio Triangular (autônomo) com as Antilhas
(Rum, melaço e outros produtos) e África (escravos) além do desenvolvimento de manufaturas;
 Processo de Revolução Industrial na Inglaterra (1760) desperta o interesse sobre novos mercados consumidores e fornecedores
– busca controlar suas colônias a partir da perspectiva da imposição de monopólios;
 Guerra dos Sete Anos (1756-1763) entre França e Inglaterra por territórios na Ásia (Índia) e ao que hoje é parte do Canadá: controle
francês sobre a extensão do Rio Mississipi até sua foz impediam a interiorização das colônias inglesas, cercando-as (fundação de Louisiana
pelos franceses): Forte resposta por parte dos colonos com apoio da metrópole inglesa – destacando-se a ação de um oficial da colônia: George
Washington;
 Vitória inglesa sobre a França faz com que passe a aumentar o domínio sobre o Canadá e a índia, mas a custas de endividamentos necessidade de cobrança de novos impostos sobre os colonos, contrariando-os: O “arroxo” colonial (1764-1767) – que buscava não somente
sanar o déficit após a Guerra dos Sete Anos, como também, controlar o comércio das Colônias de Povoamento através de uma política fiscal;
 Considerar que para a Inglaterra a economia colonial deveria complementar à da metrópole e o pagamento de impostos pelas Colônias seria
consequência natural do Pacto Colonial. No entanto, para os colonos entendiam que somente suas assembleias poderiam autorizar a cobrança
de impostos uma vez que não possuíam representantes no Parlamento inglês:
No taxation without representattion!;
 1764 – Sugar Act (Lei do Açúcar) – Atingia o Comércio Triangular ao sobretaxar os derivados de cana de açúcar;
 1765 – Stamp Act (Lei do Selo) – Lei que buscava exigir que todos os documentos/livros/anúncios que circulassem na colônia deveriam
possuir o selo da metrópole e que tal providencia seria taxada – A Lei buscava também censurar as publicações iluministas que se propagavam
2
3º BIMESTRE - 2016
Disciplina: História
Série: 2º Ano
Professor: Otto Terra (Aula de 01/08/16)
na colônia – Tal Lei levantou protestos por parte dos colonos que ameaçavam boicotar a economia inglesa caso fosse mantida – o que leva a
sua revogação pelo Parlamento inglês em 1776;
 1765 – (Lei dos Alojamentos) – obrigava os colonos a fornecerem alojamentos e alimentação às tropas inglesas;
 1767/1773 – Avalanche de Impostos - formação de milícias de colonos em Boston contra a cobrança de novos impostos por parte da
Inglaterra – enfrentamento sobre os Red Coats (casacas vermelhas) – tropas inglesas enviadas para combater o levante dos colonos – que
provocaria o “Massacre de Boston” – temor de uma guerra civil, houve a revogação da maioria dos impostos;
 1773 – Tea Act (Lei do Chá) – Concedia o monopólio da venda do chá nas colônias inglesas à Companhia Inglesa das Índias Orientais –
buscando coibir o contrabando do produto comercializado pelos colonos – o que fez ocorrer em dezembro do mesmo ano o que foi chamado de
The Boston Tea Party (Festa do Chá de Boston ou Festa do Porto de Boston) – em que colonos invadiram três navios das Companhias
das Índias Orientais e lançaram na baía de Boston toda sua carga de chá – o que desencadearia uma reação do governo inglês;
 1774 – Intolerable Acts ou Coercive Acts (Leis intoleráveis) – restrição da liberdades dos colonos como: fechamento do porto de Boston
(exercício do monopólio de navios ingleses sobre o porto), indenização à Cia das Índias Orientais por parte dos colonos sobre o chá destruído,
limitação da utilização de territórios (restrição quano ao oeste), exigência da desmilitarização dos colonos, julgamento dos colonos na Inglaterra.
 1774 – Formação do 1º Congresso Continental da Philadelphia – tentativa de negociação com a Inglaterra levariam ao boicote comercial
por parte dos colonos e à exigência de revogação sobre as Leis intoleráveis – novos conflitos geraram a novos massacres das forças inglesas
sobre os colonos;
 1775 – 2º Congresso Continental da Philadelphia - A ideia de luta armada contra a Inglaterra pela independência as Treze Colônias
converteu-se em única saída possível para os colonos – conclamando George Washington comandante das tropas coloniais;
3
3º BIMESTRE - 2016
Disciplina: História
Série: 2º Ano
Professor: Otto Terra (Aula de 01/08/16)
 04/07/1776 – Publicação da Declaração de Independência dos Estados Unidos da América – claros valores iluministas sob a autoria de
Thomas Jefferson além da participação de Benjamin Franklin e John Adams – a Inglaterra ignora tal documento e inicia-se uma guerra
civil – A Guerra de Independência;
 As Treze Colônias buscam apoio com países inimigos da Inglaterra (França e Espanha) as quais passam a financiar os colonos além de
oferecer tropas à independência em troca de territórios na América – influência de Benjamin Franklin (embaixador americano na Europa): A
Inglaterra sairia derrotada em Yorktown – com a capitulação em 1781;
 Tratado de Paris (1783) – reconhecimento da Inglaterra sobre a Independência dos Estados Unidos da América e ganho de territórios
pela França e Espanha;
 Congresso Constitucional de 1787 – Formação de uma República Federativa Presidencialista em que houve o reconhecimento de um poder
central sem que os estados federados perdessem uma ampla autonomia – Direitos inalienáveis e universais como: Liberdade de expressão
(Voltaire), propriedade privada (John Locke), Divisão dos poderes (Montesquieu) – embora mantivesse a escravidão.
4
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards