População de Rio Preto bate 414 mil e aumenta consumo

Propaganda
Relatório
População de Rio Preto bate 414 mil e aumenta consumo
São José do Rio Preto, 15 de agosto de 2009
Arquivo
Carlos Eduardo de Souza
O lançamento ontem do relatório Conjuntura Econômica
2009 revelou que a população de Rio Preto ultrapassou
a casa de 414 mil habitantes e tornou-se mais velha.
Segundo o secretário de Planejamento e Gestão
Estratégica, Orlando Bolçone, na próxima década o
crescimento vegetativo (nascimentos menos óbitos)
deve ser inferior a 1%. A estratificação da população
rio-pretense mudou bastante entre o censo de 1980 e a
projeção para 1º de julho deste ano. Em 1980, a maior
parte concentrava-se nas faixas etárias de 15 a 19 anos
Mudança do perfil populacional promove
e de 20 a 24 anos (41,5 mil pessoas) e o maior bloco
alterações no planejamento da cidade
estava na base da pirâmide, entre 0 e 24 anos. Já em
2009, a concentração acontece nas faixas entre 25 a 29 anos e 30 a 34 anos (75,5 mil
pessoas) e o maior bloco reúne a população entre 20 e 44 anos.
A modificação nas faixas etárias da população implicam, segundo Bolçone, em uma nova
maneira de planejar o município. As pessoas idosas têm outras necessidades de saúde, lazer e
vestuário. “Se a pessoa tem uma fábrica de fraldas, talvez tenha que produzir menos fraldas
para bebês e mais fraldas geriátricas”, exemplificou. Bolçone destacou que o município tem um
Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 8 bilhões e um dos mais elevados potenciais de consumo
dos municípios brasileiros, de R$ 5,77 bilhões. permanecendo como 11º município do Estado
de São Paulo e passando para a 42ª posição em nível nacional. Em 2007 e 2008, Rio Preto
ocupava a 40ª colocação do Brasil.
O município também registrou um pequeno aumento no número de empresas, com 25.011
estabelecimentos comerciais e industriais em 2009 contra 24.925 do total apresentado na
conjuntura do ano passado. O relatório “Conjuntura Ecnmômica” traz indicadores de
desenvolvimento socioeconômi-co-financeiro e científico, além de aspectos históricos, políticos
e demográficos de Rio Preto. O relatório é publicado desde 1985. As informações nele contidas
estão disponibilizadas no Portal Rio Preto (www.riopreto.sp.gov.br). Na página, basta clicar em
“Conjuntura Econômica”, no menu à esquerda do vídeo, e depois em “2009”.
Nova Castilho é 5º menor município
Um município do Noroeste paulista está entre os de menor população do País, segundo dados
publicados no Diário Oficial da União e divulgados ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia
e Estatística (IBGE). Nova Castilho, com 1.112 habitantes, é a quinta menor população entre
os municípios brasileiros. A população brasileira chegou a 191,5 milhões de pessoas em julho
deste ano, das quais 18% – aproximadamente um entre cinco – vivem nos dez municípios mais
populosos. O total superou o de 2008 em 1,9 milhão.
Segundo as estimativas populacionais para os municípios em 2009, São Paulo continua sendo
a cidade mais populosa do Brasil, com 11,04 milhões de habitantes, seguida pelo Rio de
Janeiro, com 6,19 milhões, Salvador, com 3 milhões, Brasília, com 2,61 milhões, e Fortaleza,
com 2,51 milhões. O município menos populoso do país é Borá (SP), com 837 habitantes.
Seguem-se a mineira Serra da Saudade, com 890 pessoas, a goiana Anhanguera, com 1.018 e
a mato-grossense Araguainha, com 1.115.
Fonte: Agência Brasi
Download
Random flashcards
Criar flashcards