A escala geografica na analise espacial

Propaganda
Campus de Presidente Prudente
PROGRAMA DE ENSINO
Disciplina
Código
A escala geográfica na análise espacial
Semestre
2
Ano Letivo
2015
Área de Concentração
“PRODUÇÃO DO ESPAÇO GEOGRÁFICO”
Curso: MESTRADO (x)
Número de créditos: 4
Número de turmas: 1
DOUTORADO (x)
Carga Horária: 60h
Horário: a definir
Professor Responsável: Márcio José Catelan
Departamento: Planejamento, Urbanismo e Ambiente
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:
1. Escalas Geográficas: processos, dinâmicas e lógicas na produção do espaço;
1.1. Fenômenos e processos: recortes e dimensões espaciais;
1.2. Escala de análise: objeto real e/ou objeto de conhecimento.
2. Escalas geográficas: relação espaço-tempo
2.1. Espaço relacional: o movimento temporal da produção do espaço;
2.2. As escalas geográficas como categoria geográfica: desafios na
teorização dos processos sócio-espaciais.
3. Desafios empírico-metodológicos na análise espacial escalar
3.1. Interações espaciais e Redes: complexidade dos padrões espaciais;
3.2. Paradigmas da organização espacial: hierarquia e heterarquia espaciais;
4. Perspectivas epistemológicas da escala geográfica
4.1.
4.2.
4.3.
Horizontalidade e verticalidade: interescalaridade dos processos;
Reescalonamento: aproximação entre paradigmas;
Interescalaridade e multidimensionalidade do e no espaço.
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Seção de Pós-Graduação
Rua Roberto Simonsen, 305 CEP 19060-900 Presidente Prudente SP
Tel 18 3229-5352 fax 18 3223-4519 [email protected]
Campus de Presidente Prudente
DEFINIÇÃO DOS OBJETIVOS:
- Analisar a questão da escala geográfica frente às transformações da produção do
espaço;
- Levantar questões e oferecer elementos para o debate teórico e metodológico das
escalas geográficas nas pesquisas no âmbito da Geografia;
- Articular a temática da escala geográfica aos diferentes temas de pesquisa da
Geografia.
METODOLOGIA DE ENSINO:
Os procedimentos que nortearam a metodologia de ensino serão compostos por:
- Aulas expositivas acerca das temáticas principais das disciplinas dispostas nos itens
de um a quatro do Conteúdo Programático;
- Debates dos textos selecionados para a elaboração da disciplina;
- Seleção e debates de textos de acordo com as diferentes temáticas de pesquisa
dos alunos matriculados na disciplina;
- Levando-se em consideração um ou mais itens do conteúdo programático,
elaboração de um ensaio teórico-metodológico buscando articular a questão da
escala geográfica às pesquisas desenvolvidas pelos alunos.
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:
A avaliação se dará ao longo da disciplina e no momento final, privilegiando-se a
participação dos alunos nos debates, bem como a qualidade dos trabalhos
finais.
BIBLIOGRAFIA BÁSICA:
BARRÁGAN, Federico Moralares. Los conceptos de jerarquía y heterarquía en el análisis de
desarollo local. In: ROSALES, Rocío (Org.). Desarrollo local: teoría e practicas
socioterritoriales. México: Metropolitana Istapalapa, 2007. p. 75-97.
BELLET SANFELIU, Carmen. Del concepto ciudad media al de ciudad intermedia en los
tiempos La globalización. In: BELLET SANFELIU, Carmen Bellet; SPOSITO, Maria
Encarnação Beltrão (Orgs). Las ciudades medias o intermédias en un mundo
globalizado. Lleida: Universitat de Lleida, 2009.
BENKO, Georges. Economia, Espaço e Globalização na aurora do século XXI. São
Paulo: Editora Hucitec e Annablume, 2002.
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Seção de Pós-Graduação
Rua Roberto Simonsen, 305 CEP 19060-900 Presidente Prudente SP
Tel 18 3229-5352 fax 18 3223-4519 [email protected]
Campus de Presidente Prudente
__________. A recomposição dos espaços. Interações - Revista Internacional de
Desenvolvimento Local. Campo Grande/MS, v 1, nº. 2, p. 07-12, 2001.
BERRY, Brian J.; HORTON, Frank E. Geographic Perspectives on Urban Systems.
London: Prentice-Hall. 564p.
BRANDÃO, Carlos Antônio. Território e desenvolvimento: as múltiplas escalas entre o local
e o global. Campinas: Editora UNICAMP, 2007.
BRENNER, Neil. Reestruturação, reescalonamento e a questão urbana. GEOUSP, São
Paulo, n. 33, 2013, p. 198-220.
BRUNET, R. La composition des modèles dans l'analyse spatiale. L'Espace
géographique, n. 4, 1980, p. 253-265.
CASTRO, Iná Elias de (et al). Brasil: questões atuais na reorganização do território. Rio
de Janeiro: Bertrand, 1996.
CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo Cesar da Costa. CORRÊA, Roberto Lobato.
Geografia, conceitos e temas. Rio de Janeiro: Bertrand, 1995.
CATELAN, Márcio José. Heteraquia urbana: interações espaciais interescalares e
cidades médias. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2013.
CHRISTALLER, Walter. Central Places in Southern Germany. New Jersey: Englewood
Cliffs, 1966.
CORRÊA, Roberto Lobato. Diferenciação sócio-espacial, escala e práticas espaciais.
Cidades, vol. 4, n.6, 2007, p. 61-72.
CORRÊA, Roberto Lobato. Construindo o conceito de cidade média. In: SPOSITO, Maria
Encarnação Beltrão (Org.). Cidades Médias: espaços em transição. São Paulo: Expressão
Popular, 2007. p. 23-33.
_________. A rede urbana brasileira e a sua dinâmica: algumas reflexões e questões. In:
SPOSITO, Maria Encarnação Beltrão (Org.). Urbanização e Cidades: perspectivas
geográficas. Presidente Prudente: [s.n], 2001. p. 359-368.
_________. O estudo da rede urbana: uma proposição metodológica. In: CORRÊA, Roberto
Lobato. Estudos sobre a Rede Urbana. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998, p. 15-57.
_________. Interações espaciais. In: CASTRO, Iná Elias de; GOMES, Paulo Cesar Gomes;
CORRÊA, Roberto Lobato. Explorações Geográficas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997.
________. A organização regional do espaço brasileiro. Revista Geosul, Florianópolis, nº. 8,
ano 4, p. 07-16, 1989.
DAVIDOVITCH, Fany. Escalas de urbanização: uma perspectiva geográfica do sistema
urbano brasileiro. Revista Brasileira de Geografia, n. 40, jan-mar., p. 51-82, 1977.
DOLFUSS, Olivier. L'Analyse Géographique. Paris: PUF, 1971.
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Seção de Pós-Graduação
Rua Roberto Simonsen, 305 CEP 19060-900 Presidente Prudente SP
Tel 18 3229-5352 fax 18 3223-4519 [email protected]
Campus de Presidente Prudente
GEORGE, Pierre. Os métodos de Geografia. São Paulo: DIFEL, 1972.
GUIMARÃES, Raul Borges. Produção da Escala Geográfica e a Política de Saúde. In:
Eliseu Savério Spósito; João Lima Sant'Anna neto. (Org.). Uma Geografia em Movimento.
1ed.São Paulo: Expressão Popular, 2010, v. , p. 251-261.
__________. Escala geográfica e partitura musical: considerações acerca do sistema modal
e tonal. In: Zeny Rosendahl; Roberto Lobato Corrêa. (Org.). Espaço e cultura: pluralidade
temática. 1ed.Rio de Janeiro: EDUERJ, 2008, v. 1, p. 279-296
HAESBAERT, Rogério. Regional-Global: dilemas da Região e da Regionalização na
Geografia Contemporânea. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2010.
HARVEY, David. Os limites do Capital. São Paulo: Boitempo, 2013.
KOSIK, Karel. Dialética do Concreto. São Paulo: Paz e Terra, 2002.
LEFEBVRE, Henri. La Production de l'space. Paris: Anthropos, 1974.
MELAZZO, Everaldo Santos; CASTRO, C. A.. A escala geográfica: noção, conceito ou
teoria?. Terra Livre, v. 2, p. 133-142, 2008.
ROCHEFORT, Michel. Redes e Sistemas: ensinando sobre o urbano e a região. São Paulo:
Editora Hucitec, 1998.
SANTOS, Milton. A natureza do espaço. São Paulo: EDUSP, 2008.
__________. Da Totalidade ao Lugar. São Paulo: EDUSP, 2008.
SILVEIRA, María Laura. O espaço banal e técnica contemporânea: além das demandas do
príncipe. Aula inaugural no Programa de Pós-Graduação em Geografia. Universidade
Estadual Paulista/Faculdade de Ciências e Tecnologia/Câmpus de Presidente Prudente. 15
de março de 2010. Audio (102 min.), MP3, gravação própria.
_________. O espaço geográfico: da perspectiva geométrica à perspectiva existencial.
Revista GEOUSP – Espaço e Tempo, São Paulo, n. 19, p. 81-91, 2006.
_________. Uma situação geográfica: do método à metodologia. Revista Território, Rio
de Janeiro, ano IV, n. 6, p. 21-28, jan. a jun. de 1999.
SOUSA, Marcelo Lopes de. Os conceitos fundamentais da Pesquia Socio-espacial. Rio
de Janeiro: Bertrand, 2013.
_________. Mudar a cidade: uma introdução crítica ao Planejamento e à Gestão
Urbanos. Rio de Janeiro: Bertrand, 2003.
SPOSITO, Eliseu Savério. Redes e Cidades. São Paulo: Editora da UNESP, 2008.
SPOSITO, M. Encarnação Beltrão. O desafio metodológico da abordagem interescalar no
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Seção de Pós-Graduação
Rua Roberto Simonsen, 305 CEP 19060-900 Presidente Prudente SP
Tel 18 3229-5352 fax 18 3223-4519 [email protected]
Campus de Presidente Prudente
estudo das cidades médias no mundo contemporâneo. Cidades (Presidente Prudente), v.
3, p. 143-157, 2006.
_________. O local, o nacional e o global na Geografia e as práticas escolares. Geosul
(UFSC), UFSC, v. 17, n.133, p. 117-142, 2002
_________. A gestão do território e as diferentes escalas de centralidade urbana.
Território, Rio de Janeiro, v. 3, p. 27-37, 1998.
ULLMAN, Edward L.. Geography as Spatial Interaction. Seatle and London: University of
Washington Press, 1980.
Faculdade de Ciências e Tecnologia
Seção de Pós-Graduação
Rua Roberto Simonsen, 305 CEP 19060-900 Presidente Prudente SP
Tel 18 3229-5352 fax 18 3223-4519 [email protected]
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards