Resistência bacteriana por indisponibilidade de antibióticos no

Propaganda
Resistência bacteriana por indisponibilidade de antibióticos no
Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro de Porto Velho-RO
Nilton Sebastião G. de A. Neto2,4; Francisco Ormidiel T. de A. Augusto2,4;
Paulo Roberto F. Kern2,4; Rodrigo B. de A. Diehl3,4 ; Andrea Barbieri1
1Chefe da comissão de controle de infecção hospitalar do Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro,
76821-092 Porto Velho, RO, Brasil. Email: [email protected] 2Faculdade São Lucas,
76805-846 Porto Velho, RO, Brasil. 3Faculdades Integradas Aparício Carvalho, 78912-640 Porto
Velho, RO, Brasil. 4Liga Acadêmica de Medicina Interna de Rondônia - LAMINTRO.
Uma das principais causas da resistência bacteriana é o uso errôneo dos
antibióticos, seja por uma indicação médica ou indisponibilidade do antibiótico
ideal, causando assim a indução da mutação do DNA bacteriano. O objetivo do
trabalho foi avaliar a ocorrência de multirresistência bacteriana devido à
indisponibilidade de medicamentos e/ou a mudança do esquema terapêutico.
Foram coletados dados da colonização microbiológica de diversas áreas do
Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro situado em Porto Velho, Rondonia; dos
medicamentos mais utilizados e dos que estavam indisponíveis no período de
janeiro a abril de 2016. De acordo com culturas realizadas foram encontradas três
casos suspeitos de KPC (Kleibsiela sp.) multirresistente à carbapenêmicos, sendo
um da Oncopediatria, um da Clinica médica e um da UTI adulto, além de outras
bactérias multirresistentes como Acinetobacter sp. e Serratia marcescens. Os
principais
medicamentos
em
falta
são:
Amoxicilina+Clavulanato,
Ampicilina+sulbactam, Azitromicina, Cefalexina, Ciprofloxacina, Gentamicina,
Meropenem e Sulfametoxazol+Trimetoprima. Devido a essas faltas o tratamento
para Acinetobacter sp. é realizado com outro medicamento, uma vez que o
Meropenem está indisponível. Outro exemplo seria o tratamento para
Streptococcus sp, que seria realizado com Amoxicilina mas nesse caso será feito
com outro antibiótico. Ambos os casos demonstram a mudança na conduta
terapêutica de primeira linha que pode induzir a resistência. Assim sendo, o risco
de resistência bacteriana é aumentado, pois os medicamentos de primeira
escolha nem sempre estão disponíveis. Diante disso, faz-se necessária a
prioridade de compra de medicamentos de primeira escolha para as principais
infecções encontradas em pacientes do HBAP e a ação dos farmacêuticos na
investigação da conduta médica para a escolha da medicação para cada
infecção, sempre de acordo com a sequência de escolha definida pela Comissão
de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH).
Palavras-chave: antimicrobianos, resistência, indisponibilidade.
Apoio: Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) do Hospital de Base
Dr. Ary Pinheiro de Porto Velho-RO; Núcleo de Segurança do Paciente do
Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro de Porto Velho-RO.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Criar flashcards