Mitos ainda persistem Muitos são os mitos criados em

Propaganda
Ministério da Educação
Universidade Tecnológica Federal do Paraná
Câmpus Londrina
Assessoria de Comunicação
Matéria publicada no site FolhaWeb em 05/10/2012 em:
http://www.folhaweb.com.br/?id_folha=2-1--593-20121005
Elaborada por:
( ) Assessoria de Comunicação
(x) (próprio jornal, site)
Mitos ainda persistem
Muitos são os mitos criados em torno do forno micro-ondas. Várias teses surgerem que as ondas
eletromagnéticas produzidas pelo equipamento sejam cancerígenas ou que provoquem perda de
nutrientes nos alimentos.
Segundo o farmacêutico Cláudio Takeo Ueno, docente do curso de Engenharia de Alimentos da
Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), os alimentos cozidos no forno microondas perdem as mesmas propriedades que os levados ao cozimento no fogão tradicional.
''Qualquer alimento cozido pode perder propriedades em comparação com seu estado natural,
independente da forma de cozimento'', afirma.
Em relação às suspeitas de propriedades cancerígenas presentes nas ondas eletromagnéticas, Ueno
diz que até o momento não foi publicado nenhum estudo científico comprovando essa tese. ''O
calor produzido pelo forno micro-ondas tem os mesmos princípios dos equipamentos que emitem
raios infra-vermelhos usados para fins medicinais'', argumenta.
Apesar de não considerar o forno micro-ondas nocivo, Ueno diz que prefere consumir alimentos
preparados de forma tradicional. ''As micro-ondas atuam nas camadas polares que possuem água e
têm uma ação reduzida em alimentos secos. Isso não permite um cozimento uniforme, dando a
sensação de que parte deles está crua ou menos aquecida. Acho que o sabor fica prejudicado'',
avalia. (M.R.)
Download
Random flashcards
Criar flashcards