Parasito- Bactérias – 2009-2013 1. (Ufpa 2013) Problemas

Propaganda
PARASITO- BACTÉRIAS – 2009-2013
1. (UFPA 2013) Problemas ambientais como desmatamento e mudanças climáticas (com longos períodos de seca e
enchentes) podem levar à redistribuição de doenças endêmicas. Os fatores mencionados relacionam-se,
respectivamente, às seguintes doenças:
a) dengue e raiva.
b) cólera e hepatite C.
c) febre amarela e doença de Chagas.
d) leishmaniose e febre amarela.
e) malária e leptospirose.
2. (UNICAMP 2013) Um caso de morte por febre maculosa em Piracicaba resultou no fechamento temporário de um
parque da cidade, para que os elementos envolvidos na transmissão fossem eliminados. O agente etiológico dessa
doença e os elementos necessários para sua transmissão são:
a) vírus, gato e mosca.
b) bactéria, capivara e mosca.
c) vírus, cão e carrapato.
d) bactéria, capivara e carrapato.
3. (UERJ 2013) A toxina produzida pela bactéria anaeróbica Clostridium botulinum pode produzir a doença
denominada botulismo, por impedir a liberação do mediador químico acetilcolina nas sinapses nervosas colinérgicas.
Sob o nome comercial de Botox, é usada para minimizar, temporariamente, a formação de rugas faciais.
Explique por que o uso de pequenas doses injetáveis dessa toxina propicia essa minimização de rugas.
Explique, ainda, por que latas estufadas podem indicar a contaminação do alimento nelas contido por Clostridium
botulinum.
4. (UEG 2013) As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são consideradas como um dos problemas de saúde
pública mais comum em todo o mundo. Em ambos os sexos, tornam o organismo mais vulnerável a outras doenças,
inclusive à Aids, além de terem relação com a mortalidade materna e infantil. No Brasil, as estimativas da
Organização Mundial de Saúde (OMS) de infecções de transmissão sexual na população sexualmente ativa, a cada
ano, estão representadas no gráfico a seguir:
Após a análise do gráfico e do conhecimento acerca das
possíveis formas de contágio das DSTs apresentadas, pode-se
afirmar:
a) a frequência similar de herpes genital e de HPV está
relacionada ao fato de ambas serem bacterianas e de serem
transmitidas pelo contato sexual direto com pessoas
contaminadas.
b) a gonorreia, com frequência maior em relação à sífilis, HPV
e herpes genital, é causada por uma bactéria cujo doente pode
ser tratado com o uso de antibióticos.
c) a maior frequência de clamídia na população está relacionada às diversas mutações que ocorrem no vírus
transmissor, o que dificulta o tratamento da doença e possibilita maior contágio.
d) a menor frequência de sífilis em relação à gonorreia e à clamídia pode ser explicada pelo fato de a população
humana utilizar frequentemente espermicidas e anticoncepcionais.
5. (ENEM 2012) Medidas de saneamento básico são fundamentais no processo de promoção de saúde e qualidade
de vida da população. Muitas vezes, a falta de saneamento está relacionada com o aparecimento de várias doenças.
Nesse contexto, um paciente dá entrada em um pronto atendimento relatando que há 30 dias teve contato com águas
de enchente. Ainda informa que nesta localidade não há rede de esgoto e drenagem de águas pluviais e que a coleta
de lixo é inadequada. Ele apresenta os seguintes sintomas: febre, dor de cabeça e dores musculares.
Disponível em: http://portal.saude.gov.br. Acesso em: 27 fev. 2012 (adaptado).
Relacionando os sintomas apresentados com as condições sanitárias da localidade, há indicações de que o
paciente apresenta um caso de
a) difteria.
b) botulismo.
c) tuberculose.
d) leptospirose.
e) meningite meningocócica.
Página 1 de 5
PARASITO- BACTÉRIAS – 2009-2013
6. (UFPR 2012) Considere o quadro abaixo, que apresenta
dados sobre saneamento básico no ano de 2000 em duas
cidades do Paraná:
A partir dos dados apresentados, é correto afirmar que, em
relação à população de Curitiba, a população do município
de Adrianópolis está mais exposta a adquirir:
a) ascaridíase e sífilis.
b) cólera e cisticercose.
c) dengue e tétano.
d) esquistossomose e malária.
e) febre amarela e doença de Chagas.
7. (FATEC 2012) Os alimentos mal preparados ou conservados de forma inadequada podem estar contaminados
pela bactéria anaeróbia obrigatória denominada Clostridium botulinum. Essa bactéria é produtora da neurotoxina
botulínica, que pode acumular-se nos alimentos mal conservados e causar a doença botulismo.
Essa doença é grave, não muito frequente e provoca paralisia flácida (fraqueza dos músculos), dificuldade de
engolir, vômito, fala ininteligível, retenção de urina, podendo evoluir para paralisia respiratória, se não for tratada
rapidamente.
Com relação a essa doença, assinale a alternativa correta.
a) O botulismo é uma doença contagiosa.
b) As bactérias causadoras do botulismo são autótrofas.
c) As bactérias Clostridium botulinum somente se desenvolvem na ausência de oxigênio.
d) As latas que possuem alimentos contaminados pela bactéria Clostridium botulinum podem ficar estufadas devido
ao acúmulo de nitrogênio.
e) As bactérias causadoras do botulismo obtêm a energia necessária ao seu metabolismo, a partir da quebra de
compostos orgânicos na presença de oxigênio.
8. (UFTM 2012) O botox®, ou toxina botulínica, é um composto produzido por uma bactéria anaeróbia e utilizado em
tratamentos estéticos, em pequenas doses, para suavizar as marcas causadas pelas contrações musculares na face
ao longo do tempo. Ao ser aplicada no rosto, a toxina bloqueia a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor que
leva mensagens elétricas do cérebro aos músculos faciais.
(www.bbc.co.uk/portuguese)
a) Botulismo é a doença causada pela bactéria de onde foi retirada a toxina botulínica para produzir o botox® e ela
é adquirida normalmente por ingestão de alimento. O alimento contaminado geralmente é o enlatado. Por que esse é
um dos ambientes em que se pode encontrar a bactéria botulínica?
b) Explique o que ocorreria no interior da fibra muscular caso houvesse a liberação de acetilcolina.
9. (UERJ 2011) O Brasil é o segundo país do mundo em número de casos de hanseníase, perdendo apenas para a
Índia. Cite o nome científico do agente patogênico responsável pela hanseníase, indicando se é um vírus ou uma
bactéria. Em seguida, identifique seu mecanismo de transmissão e apresente o nome da vacina que pode induzir
alguma proteção contra essa doença.
10. (UNICAMP 2011) Doenças graves como o botulismo, a lepra, a meningite, o tétano e a febre maculosa são
causadas por bactérias. As bactérias, no entanto, podem ser uteis em tecnologias que empregam a manipulação de
DNA, funcionando como verdadeiras “fábricas” de medicamentos como a insulina.
a) Explique como a bactéria pode ser utilizada para a produção de medicamentos.
b) O botulismo e o tétano decorrem da ação de toxinas produzidas por bactérias que são adquiridas de diferentes
formas pelos seres humanos. Como pode ocorrer a contaminação por essas bactérias?
11. (M ACKENZIE 2010) As chuvas abundantes do último verão causaram inundações em várias cidades do estado
de São Paulo, incluindo a capital. Devido a essas enchentes, os habitantes das cidades atingidas correram o risco de
contrair várias doenças bacterianas, entre elas
a) a febre amarela, a dengue, a tuberculose e a poliomielite.
b) a pneumonia, o botulismo, a candidíase e a cólera.
c) a raiva, o sarampo, a hepatite B e a varíola.
d) o tétano, a febre tifoide, a leptospirose e a cólera.
Página 2 de 5
PARASITO- BACTÉRIAS – 2009-2013
e) a hepatite A, a disenteria, a coqueluche e a caxumba.
12. (UFU 2010) Nos dias atuais, nota-se que a liberdade sexual é algo comum e que vem sendo disseminada em
várias culturas. É importante ressaltar que, além de uma gravidez indesejada, o risco de se adquirir doenças
sexualmente transmissíveis (DSTs) aumenta quando a prática sexual acontece de maneira desprotegida. Tendo em
vista que as DSTs são tratadas de diferentes maneiras, analise as tabelas a seguir e assinale a opção que,
corretamente, as correlaciona.
a) C – 3 – I
b) A – 2 – II
c) B – 1 – III
d) A – 3 – I
13. (UNESP 2009) Considere os dois textos seguintes.
Confirmadas mais mortes por febre maculosa no Estado de São Paulo. O
IBAMA autorizou pesquisadores a capturar e abater capivaras. Esses
animais serão utilizados em estudos sobre a febre maculosa. A capivara é
um dos principais hospedeiros do carrapato-estrela, transmissor da doença.
Os pesquisadores querem descobrir por que as capivaras não morrem ao
serem picadas pelo inseto.
Na região nordeste dos Estados Unidos, o carrapato dos cervos transmite
a doença de Lyme ao homem. Depois que o minúsculo carrapato Ixodes
suga o sangue de um animal infectado, a bactéria se aloja
permanentemente no corpo do inseto. Quando o carrapato mais tarde pica
outro animal ou uma pessoa, ele pode transmitir a bactéria para a corrente sanguínea da vítima. O principal
reservatório local da bactéria causadora dessa doença é um rato silvestre (Peromyscus leucopus). O roedor também
é hospedeiro de carrapatos.
Sobre essas doenças e quanto às informações apresentadas nos textos, pode-se afirmar que:
a) o agente causador de ambas as doenças é uma bactéria que pode se alojar em roedores silvestres, no caso
brasileiro, a capivara.
b) os agentes causadores de ambas as doenças são os carrapatos, corretamente classificados nos textos como
insetos.
c) os agentes causadores de ambas as doenças são os carrapatos, erroneamente classificados nos textos como
insetos.
d) o agente causador da febre maculosa é um vírus e o da doença de Lyme, uma bactéria, ambos transmitidos ao
homem por carrapatos.
e) os agentes causadores de ambas as doenças são vírus, o que indica uma informação incorreta apresentada no
segundo texto.
Página 3 de 5
PARASITO- BACTÉRIAS – 2009-2013
Gabarito:
Resposta da questão 1:
[E]
O desmatamento causa aumento do número de casos de malária por conta do maior contato do homem com o vetor
(mosquito Anopheles fêmea). As enchentes causam aumento no número de casos de leptospirose pelo contato da
pele humana com a água contaminada com a urina do rato, roedor hospedeiro da bactéria Leptospira sp.
Resposta da questão 2:
[D]
A febre maculosa é causada por bactéria e transmitida pela picada do carrapato-estrela. As capivaras são
reservatórios do micro-organismo patogênico.
Resposta da questão 3:
A ausência de acetilcolina bloqueia, temporariamente, a transmissão neuromuscular do impulso nervoso nos
músculos da face, relaxando-os.
Nas condições de baixa concentração de oxigênio encontradas no interior das latas, a bactéria produz CO 2 por
fermentação.
Resposta da questão 4:
[B]
A gonorreia é uma DST causada pela bactéria Neisseria gonorrhoeae, cujo combate é feito com antibióticos.
Resposta da questão 5:
[D]
O acúmulo de lixo em ambientes urbanos atrai os ratos que são os reservatórios da bactéria causadora da
leptospirose. As enchentes agravam o problema por espalhar a urina dos roedores com bactérias do gênero
Leptospira.
Resposta da questão 6:
[B]
Os dados apresentados na tabela revelam que os habitantes de Adrianópolis estão mais expostos a adquirir
doenças transmitidas pela água contaminada com fezes humanas, tais como o cólera e a cisticercose.
Resposta da questão 7:
[C]
A bactéria Clostridium botulinum é um micro-organismo anaeróbico obrigatório e, consequentemente, somente pode
sobreviver e proliferar em ambientes onde não há oxigênio livre (O 2).
Resposta da questão 8:
a) A bactéria causadora do botulismo é um microrganismo anaeróbico estrito. Ele se desenvolve bem em alimentos
enlatados a vácuo.
b) A liberação de acetilcolina estimula a contração da fibra muscular estriada. O neurotransmissor determina o
deslizamento dos miofilamentos proteicos de actina sobre os miofilamentos de miosina, na presença de cálcio, com
consumo de ATP.
Resposta da questão 9:
Mycobacterium leprae; bactéria.
Contato com secreções das vias aéreas de doentes não tratados. Vacina BCG.
A vacina BCG (Bacilo Calmette – Guérin) protege contra bactérias do gênero Mycobacterium, como o bacilo
causador da tuberculose (Mycobacterium tuberculosis)
Página 4 de 5
PARASITO- BACTÉRIAS – 2009-2013
Resposta da questão 10:
a) Bactérias são microrganismos que podem produzir naturalmente antibióticos. A biotecnologia do DNA
recombinante pode ainda modificar bactérias para que passem a fabricar substâncias com efeito terapêutico.
b) O botulismo é uma infecção adquirida por meio da ingestão de alimentos contaminados com a bactéria
Clostridium botulinum. O tétano é adquirido quando ferimentos são infectados por esporos da bactéria Clostridium
tetani.
Resposta da questão 11:
[D]
São doenças bacterianas: tuberculose, pneumonia, botulismo, cólera, tétano, febre tifoide, leptospirose, cólera e
disenteria bacteriana. Febre amarela, dengue, poliomielite, hepatite A, hepatite B e varíola são viroses. Candidíase é
causada por fungo.
Resposta da questão 12:
[C]
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST) causada por uma bactéria (Reino Monera), e pode ser
tratada com antibióticos. AIDS e herpes genital são DSTs causadas por vírus.
Resposta da questão 13:
[A]
A febre maculosa é causada pela bactéria Rickettsia rickettsii e o agente etiológico da doença de Lyme é a bactéria
Borrelia burgdorferi. As duas infecções são transmitidas por carrapatos. Os carrapatos são animais pertencentes ao
filo Arthropoda e à classe Arachnida.
Página 5 de 5
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards