Contracepção de Longo Prazo

Propaganda
Contracepção Reversível
de Longa Duração
O QUE SÃO DISPOSITIVOS
INTRAUTERINOS E QUAIS OS TIPOS
ATUALMENTE DISPONÍVEIS?
O dispositivo intrauterino consiste em um objeto sólido
de formato variável que é inserido através do colo
uterino na cavidade uterina, com o objetivo de evitar
a gestação. Os disponíveis no mercado brasileiro são:
o dispositivo intrauterino liberador de levonorgestrel
(DIU-LNG), que é um DIU com liberação hormonal, e o
dispositivo intrauterino medicado com cobre (DIU-Cu).
Federação Brasileira das Associações de
Ginecologia e Obstetrícia
Contracepção de
Longo Prazo
O QUE É DISPOSITIVO INTRAUTERINO
LIBERADOR DE LEVONORGESTREL?
É um método contraceptivo com as seguintes
características:
• Alta eficácia
• Seguro
• Independe da usuária
• Longa duração (cinco anos)
• Rapidamente reversível
• Poucos efeitos adversos
QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS BENEFÍCIOS
ADICIONAIS DO DISPOSITIVO
INTRAUTERINO LIBERADOR DE
LEVONORGESTREL, ALÉM DOS
CONTRACEPTIVOS?
• Diminuição do fluxo menstrual, podendo levar à
amenorreia (ausência de menstruação)
• Redução da dor das cólicas menstruais
• Tratamento eficaz para o sangramento menstrual
abundante
• Diminuição do risco de doença inflamatória pélvica
(DIP)
• Diminuição do risco de gravidez ectópica (fora do
útero)
Federação Brasileira das Associações de
Ginecologia e Obstetrícia
Apoio:
Marta Franco Finotti
CRM 3367/GO
Professora Adjunta da Disciplina de Ginecologia do
Departamento de Tocoginecologia da Faculdade de
Medicina da Universidade Federal de Goiás.
Doutora em Medicina pela Universidade Federal de
Goiás na área de Pesquisa Clínica com Fármacos.
Presidente da Comissão Nacional Especializada em
Anticoncepção da FEBRASGO.
Diretora Associada da Clínica Humana Medicina
Reprodutiva e do Centro Avançado de Endoscopia
Ginecológica.
O QUE SÃO MÉTODOS
CONTRACEPTIVOS REVERSÍVEIS DE
LONGA DURAÇÃO?
Os métodos contraceptivos reversíveis de longa
duração (LARC, na sigla em inglês) são métodos
contraceptivos reversíveis que, depois de indicados
e aplicados por profissionais de saúde devidamente
habilitados, não precisam de intervenção do paciente
por um longo período de tempo. São representados
pelos dispositivos intrauterinos (DIU) e implantes
contraceptivos.
ESTES MÉTODOS SÃO SEGUROS?
São métodos seguros e apropriados para a maioria
das mulheres em idade reprodutiva. Os LARCs são
muito eficazes, propiciando eficácia contraceptiva
similares a laqueadura. Apresentam as mais altas
taxas de satisfação e continuidade de uso, entre
todos os contraceptivos reversíveis. As adolescentes
têm alto risco de gravidez indesejada e podem se
beneficiar do maior acesso aos métodos LARC.
QUAIS SÃO OS MÉTODOS
CONSIDERADOS DE CURTA DURAÇÃO?
Os métodos contraceptivos de curta duração incluem
preservativos, contraceptivos orais combinados ou só
com progestagênios(pílula), adesivos anticoncepcionais,
anéis vaginais, injetáveis mensais. Ao contrário dos
métodos de longa duração, estes métodos precisam da
intervenção da usuária, o que pode proporcinar maiores
taxas de gestações indesejadas, além de apresentarem
menores taxas de continuidade e satisfação, quando
comparadas com as taxas dos métodos LARC.
QUAIS SÃO OS PRINCIPAIS MITOS E
BARREIRAS EM RELAÇÃO AO USO DOS
DISPOSITIVOS INTRAUTERINOS? E O
QUE É CONSIDERADO VERDADE?
amamentando, e a quantidade e qualidade do leite não
são afetados.
Que aumentam o risco de infecção.
As evidências atuais sugerem que o risco de se
adquirir uma doença inflamatoria pelvica aumenta
discretamente nos primeiros 20 dias após a inserção
do DIU e depois volta a se equipar ao risco das não
usuárias, porém mesmo nos 20 primeiros dias os
risco continua sendo baixo. Após o primeiro mês
de inserção, o risco de infecção é reduzido nas
pacientes com DIU-LNG, quando comparado a não
usuária.
Que podem ser abortivos.
O mecanismo de anticoncepção intrauterina não
é abortivo. Existem diferentes mecanismos de
ação para a anticoncepção intrauterina que atuam
principalmente na fase de pré-fertilização, impedindo
a fecundação.
Que não podem ser usados em mulheres que nunca
engravidaram (nulíparas) ou em adolescentes.
A paridade (número de filhos) não é um fator
determinante na escolha do método. As nulíparas, que
têm baixo risco de doenças sexualmente transmissíveis
(DSTs), também são candidatas apropriadas ao método.
Os dispositivos intrauterinos podem ser inseridos, sem
dificuldade técnica, na maioria das adolescentes e em
mulheres nulíparas.
Que podem causar infertilidade.
O uso de DIU não aumenta as taxas de infertilidade.
A fecundidade (capacidade de engravidar) retorna
rapidamente ao nível basal após a remoção do DIU.
Que interferem na amamentação.
Os DIUs são excelentes métodos para mulheres
cm acima do cotovelo, no sentido vertical, e permanece
inserido por três anos, sendo depois removido.
Todos os implantes subdérmicos para uso clínico em
humanos utilizam progestagênios. Estes métodos
oferecem uma boa opção anticoncepcional para mulheres
que têm contraindicações para métodos hormonais
combinados.
OS IMPLANTES CAUSAM MUDANÇAS DE
PADRÃO DE SANGRAMENTO MENSTRUAL?
OS DISPOSITIVOS INTRAUTERINOS
CAUSAM MUDANÇAS DE PADRÃO DE
SANGRAMENTO MENSTRUAL?
É previsível, principalmente nos primeiros meses de
uso, a ocorrência de mudanças na menstruação em
usuárias de DIU de cobre ou do dispositivo intrauterino
liberador de levonorgestrel. O DIU de cobre pode
provocar sangramento mais intenso, que é tratado
com medicação específica. As mulheres que utilizam o
dispositivo intrauterino liberador de levonorgestrel têm
a menstruação diminuída ao longo do tempo, o que pode
se manifestar como sangramento leve, sangramento de
escape ou ausência de menstruação. Os profissionais
de saúde devem orientar as usuárias, de modo que elas
compreendam, que estas mudanças são esperadas.
O QUE SÃO IMPLANTES?
O implante subcutâneo com progestagênio (etonogestrel)
é um contraceptivo hormonal de ação prolongada. Tem a
forma de um bastão, é inserido abaixo da pele (subderme),
na face interna do braço não dominante, de 6 cm a 8
É previsível a ocorrência de mudanças de padrão de
sangramento menstrual durante todo o período de uso
do implante contraceptivo. O padrão de sangramento
mais comum é o sangramento irregular, que ocorre em
aproximadamente um terço das usuárias do método,
seguido por amenorreia (ausência de menstruação).
O sangramento prolongado e o frequente são mais
raros. Os distúrbios menstruais são a principal causa de
abandono do método.
O IMPLANTE CONTRACEPTIVO TRAZ
BENEFÍCIOS SECUNDÁRIOS PARA A SAÚDE?
Os benefícios não contraceptivos do implante são a
redução da cólica menstrual e da dor pélvica crônica,
com congestão pélvica e de endometriose sintomática.
Uma vez que atuam como inibidores da ovulação,
estariam relacionados com uma menor incidência de
gravidez ectópica. O risco de doença inflamatória pélvica
também se encontra reduzido em relação a não usuária.
CONCLUINDO
Devido à grande eficácia, altos índices de
satisfação e de continuidade de uso e por
não serem de utilização diária, estes métodos
deveriam ser recomendados como primeira
opção para todas as mulheres em idade
reprodutiva que desejam anticoncepção
segura, incluindo as adolescentes.
Dispositivos intrauterinos e implantes
contraceptivos são os melhores métodos
reversíveis para prevenção de gravidez não
planejada, gravidez de repetição rápida e
aborto em mulheres jovens.
Complicações relacionadas ao uso de DIU
e de implantes contraceptivos são raras
e pouco diferem entre adolescentes e
mulheres mais velhas.
Como ocorre com todos os métodos que
não são de barreira, para diminuir o risco
de doenças sexualmente transmissíveis
(DSTs), inclusive o vírus da imunodeficiência
humana (HIV), os profissionais de saúde
devem aconselhar o uso regular de
preservativos, juntamente com os métodos
LARC.
Na ausência de contraindicações, a escolha
da paciente deve ser o principal fator de
prescrição de um método contraceptivo.
Os avanços em contracepção estão
proporcionando às mulheres a opção de
escolher o método que mais se adapte ao
seu perfil, sempre priorizando a eficácia, a
segurança e os benefícios não contraceptivos.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards