VESTIBULAR COMENTADO – FÍSICA – UECE 2008.1 – 1ª FASE
Professor: Célio Normando
37. Na figura abaixo, C é um anteparo, e S0, S1 e S2 são fendas nos obstáculos A e B.
Assinale a alternativa que contém os fenômenos ópticos esquematizados na figura.
a) Reflexão e difração
b) Difração e interferência
c) Polarização e interferência
d) Reflexão e interferência
ASSUNTO: ONDULATÓRIA
SOLUÇÃO
Difração é o fenômeno que ocorre quando uma onda contorna obstáculos. É o fenômeno observado quando a onda passa
pela fenda S0.
Interferência é a superposição de ondas. Ela pode ser construtiva ou destrutiva. Você observa esse fenômeno após as
ondas passarem pelas fendas S1 e S2.
OPÇÃO (B)
38. Um capacitor tem uma capacitância de 8,0x10 –11 F. Se o potencial elétrico entre suas placas for 12V, o número de elétrons
em excesso na sua placa negativa é:
a) 9,6x1014.
b) 8,0x1020.
c) 6,0x109.
d) 5,0x108.
ASSUNTO: CAPACITORES
SOLUÇÃO
 Cálculo da carga nas placas
Considerando-se que a diferença de potencial entre as placas é V = 12V e sabendo-se que:
Q
C=
 Q = C. V  Q = 8 x 10–11 x 12  Q = 96 x 10–11C
V
 Cálculo do número de elétrons em excesso
Como Q = n . e  n =
96 x 10 11
Q
n=
 n = 6,0 x 109
e
1,6 x 10 19
OPÇÃO (C)
39. Uma corda de 90cm é presa por suas extremidades, em suportes fixos, como mostra a figura.
VESTIBULAR COMENTADO – FÍSICA – UECE 2008.1
Assinale a alternativa que contém os três comprimentos de onda mais longos possíveis para as ondas estacionárias nessa
corda, em centímetros.
a) 90, 60 e 30
b) 180, 90 e 60
c) 120, 90 e 60
d) 120, 60 e 30
ASSUNTO: ONDAS ESTACIONÁRIAS
SOLUÇÃO
Numa corda fixa nas duas extremidades, os comprimentos de ondas maiores são para os harmônicos menores:

2L
L=n
=
2
n
1º HARMÔNICO OU FUNDAMENTAL
L=1
1
 1 = 2L  1 = 2 x 90 
2
1 = 180cm
2º HARMÔNICO
L=2
2
 2 = L 
2
2 = 90cm
3º HARMÔNICO
L=3
2L
3
 3 =

3
2
3 =
2 x 90
3
3 = 60cm
OPÇÃO (B)
2
OSG 0873/08
VESTIBULAR COMENTADO – FÍSICA – UECE 2008.1
40. Suponha que a Terra se mova em torno do Sol em uma órbita circular de raio r = 1,5x1011m. Considerando a constante da
gravitação universal G = 6,8 x 10–11 Nm2/kg2 e um ano (período de revolução da Terra em torno do Sol) T = 3,0x107s,
assinale a alternativa que contém a ordem de grandeza da massa do Sol (em kg).
a) 1044
b) 1033
c) 1036
d) 1030
ASSUNTO: GRAVITAÇÃO UNIVERSAL – ORDEM DE GRANDEZA
SOLUÇÃO
Quando a Terra gira em torno do Sol, a força gravitacional é a própria força centrípeta.
M T . v2
r
MS . MT
FG  G
r2
FC 
FC  FG 
M T . v2
r

G MS . M T
r
2
 v2 
GM S
r
2r
4 2 r 2
 T2 

v
v2
4 2 . r 3
4 2 . r 3
T2 
 MS 
GM S
GT2
O período T 
MS 
4 x (3,14)2 x (1,5 x 1011)3
 M S  2,17 x 1030 kg
6,8 x 10 11 x (3 x 107 )2
Como 2,17 <
10 = 3,16 
OG(MS )  1030 kg
OPÇÃO (D)
41. Assinale a alternativa que, de acordo com a física newtoniana, contém apenas grandezas (físicas) que não dependem do
referencial inercial adotado.
a) Trabalho e energia cinética
b) Força, massa e aceleração
c) Massa, energia cinética e aceleração
d) Temperatura e velocidade
ASSUNTO: REFERENCIAIS INERCIAIS
SOLUÇÃO
A massa é uma invariante, ou seja, não depende do referencial. A grandeza velocidade, no entanto, depende do
referencial, e, como conseqüência, a energia cinética também depende.
Embora a velocidade dependa do referencial, observe que a variação da velocidade não depende, isto é, é uma invariante.
v : velocidade de uma partícula em relação a um referencial fixo


Sejam v1 : velocidade do referencial móvel em relação ao referencial fixo


u : velocidade da partícula em relação ao referencial móvel
Desse modo, v = v1 + u .
Caso a partícula mude de velocidade, tem-se: v 0 = v1 + u0 .
OSG 0873/08
3
VESTIBULAR COMENTADO – FÍSICA – UECE 2008.1
VARIAÇÃO DA VELOCIDADE NO FIXO:
 v = v  v0
VARIAÇÃO DA VELOCIDADE NO REFERENCIAL MÓVEL:
u  u  u0  u  v  v1  (v0  v1)  u  v  v1  v0  v1
u  v  v 0
v
t
A aceleração de uma partícula é sempre a mesma em relação a qualquer referencial inercial, logo a força também será,
pois, pela 2ª Lei de Newton, FR  m . a .
Assim, a aceleração é uma invariante a 
OPÇÃO (B)
42. Um sistema massa-mola é preso ao teto. A partir do ponto de equilíbrio, faz-se a massa oscilar com pequena amplitude.
Quadruplicando-se o valor da massa, repete-se o mesmo procedimento. Nesse caso, podemos afirmar corretamente que a
freqüência de oscilação:
a) é reduzida à metade.
b) dobra.
c) permanece a mesma.
d) quadruplica.
ASSUNTO: M.H.S. – SISTEMA MASSA-MOLA
SOLUÇÃO
SITUAÇÃO I
Como T1 = 2
então f1 =
1
2
m
,
K
K
m
SITUAÇÃO II
1
K
f2 =
2 4m
f2 =
1
.
2
1
2
K
m
4m
f1
f2 =
f1
2
OPÇÃO (A)
Say230208/rev.:Filipe
4
OSG 0873/08
Download

VESTIBULAR COMENTADO – FÍSICA – UECE 2008.1 37. Na figura