Resumo: Relevo,Clima e Vegetação

Propaganda
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet
Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br
Resumo: Relevo / Clima / Vegetação
Relevo:
1) Planícies: As planícies são limitadas por aclives, e o fenômeno da
sedimentação supera o da erosão
2) Planaltos: Os planaltos são limitados por declives e o fenômeno da
erosão supera o da sedimentação
3) Depressão: As depressões são áreas mais baixas em relação as Terras
próximas. Podem ser relativas(quando acima do nível do mar) ou
absolutas (quando abaixo do nível do mar) Ex: Mar Morto (depressão
absoluta)
4) Montanhas: As montanhas formam - se por intermédio de movimentos
conhecidos por orgânicos, quando materiais são comprimidos, do brados
e soerguidos, dando origem as montanhas.
Os terrenos plásticos ao serem pressionados moldam – se a direção das
forças, originando as dobras – sinclical (parte mais funda) e anticlical (parte mais
alta) – enquanto os terrenos rígidos, ao serem pressionados fraturam – se
podendo ocorrer ou não o seu desnivelamento (falhas)
Terreno Normal
Terreno Dobrado
Terreno Fraturado
Terreno Falhado
Oceanos e Mares:
 Os oceanos: são grandes reservatórios de água da Terra, fornecem
alimento e produtos minerais tais como o sal e o petróleo. Exercem grande
influência no clima, além de ter papel importante nos meios de transporte.
São ótimos reguladores térmicos pois armazenam calor
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet
Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br
 Os mares: são porções de água salgada situada nas áreas costeiras ou no
interior dos continentes. Possuem características próprias como:
 Abertos ou costeiros  comunicam-se com os oceanos (ou mares) através
de grandes aberturas. Ex: Mar do Norte
 Mediterrâneos  comunicam – se com os oceanos (ou mares) através de
pequenas aberturas. Ex: Mar Mediterrâneo
 Fechados ou isolados  não se comunicam com os oceanos. Ex: Cáspio
 O relevo submarino: o relevo submarino não é uniforme, apresenta grande
diversidade morfológica. Suas porções principais são: plataforma
continental, Talude, Região pelágica e região abissal.
 Correntes marítimas: são “rios” que correm nos oceanos, seguindo
determinada direção, e apresentando características próprias, como,
salinidade, temperatura...
As correntes frias dificultam a evaporação influindo na diminuição das chuvas
locais, mas em compensação facilitam a multiplicação de microorganismos, o que
explica sua riqueza pesqueira.
As correntes quentes, ao contrário das frias, facilitam a evaporação, influindo
assim no aumento do número de chuvas locais e da umidade local.
Existem várias correntes, entre ela destacamos:
1) Nova equatorial, que vem da África em direção à América Central, e é
quente.
2) Do Golfo, parte da América Central em direção à América do Norte, é
quente.
3) Das Canárias, vem da Europa em direção à África, é fria.
4) Sul Equatorial, vem da África em direção à América do Sul, quente
5) Do Brasil, quase que um prolongamento da Sul equatorial, passa
exatamente no Brasil e é quente.
6) De Benguela, é uma corrente fria que contorna parte do litoral oeste a
África.
7) Kuro – Shivo ou do Japão, é uma corrente fria que parte do Japão e vai de
encontro ao oeste da América do Norte.
8) De Humbolat ou do Peru, contorna quase todo o litoral oeste da América do
Sul, é uma corrente fria.
9) Do Labrador, corrente fria que passa entre a Groenlândia e a América do
Norte.
10) Ova – Shivo ou Kurilas, passa entre a costa leste da Ásia (indo em direção
ao Japão) e a costa oeste da América do Norte.
11) Groenlândia, corrente fria que acompanha o litoral leste da Groenlândia, é
fria.
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet
Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br
12)
13)
14)
15)
16)
Das Guianas, vai do nordeste brasileiro em direção as Guianas e é uma
corrente Quente.
Califórnia, corrente que desce pelo litoral da Califórnia, é fria.
Agulhas, passa entre Madagascar e o litoral sudeste da África.
Austrália, proveniente do oceano pacífico, indo até o litoral leste da
Austrália, é uma corrente quente.
Falklands, corrente que sobe do extremo sul da América do Sul e atinge
parte do litoral sudeste da mesma.
Clima e Vegetação
 Clima: São variações da atmosfera durante determinado período (1 ano)
 Tempo: É a observação momentânea da atmosfera
A temperatura pode variar de acordo com:
- Estações do ano
- Altitude
- Latitude
- Maior ou menor proximidade do mar
- Vegetação
- Correntes marítimas
Os ventos contra – alísios descendentes secos são um dos fatores
responsáveis pelos climas secos nas latitudes médias.
Tipos de Chuvas



Convencção – são aquelas que ocorrem pela ascensão das massas de ar,
sendo típicas nas áreas equatoriais.
Frontais ou de frente – Ocorrem pelo encontro de massas de ar com
temperaturas diferentes, sendo típicas das latitudes médias.
Orográficas ou de relevo – os ventos úmidos, provenientes do oceano são
obrigados a elevarem – se para ultrapassarem uma serra paralela a costa,
deixando aí parte de sua umidade.
Massas de Ar
Equatorial Continental
Equatorial Atlântica
Tropical Continental
Tropical Atlântica
Polar Atlântica
EC
EA
TC
TA
PA
Vestibular1 – A melhor ajuda ao vestibulando na Internet
Acesse Agora ! www.vestibular1.com.br
Climas
Polar
Frio
Temperado
Subtropical
Tropical
Equatorial
Tropical
Subtropical
Temperado
Frio
Polar
Climas do Brasil
-
Equatorial  Floresta Amazônica
Tropical úmido  Florestas
Tropical semi – úmido  Cerrado
Tropical semi – árido  Caatinga
Tropical de altitude  Florestas e campos
Subtropical  Florestas e campos
A massa de ar polar que invade o Brasil de outono para inverno, provoca
quedas de temperatura, chuvas neve e geada nas partes altas do planalto,
quedas de temperatura na Amazônia Ocidental (friagem) além de influir nas
chuvas de inverno no litoral nordestino.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards