Enviado por Do utilizador7920

PORTUGUES-GENERO ROMANCE

Propaganda
DISCIPLINA: LÍNGUA PORTUGUESA
PROFESSOR (A) ______________________
ALUNO(A)_____________________________________ Nº:_____ TURMA:
ROMANCE E FRAGMENTOS DO ROMANCE
ROMANCE: GÊNERO LITERÁRIO QUE DESCREVE AÇÕES E SENTIMENTOS DOS PERSONAGENS GÊNERO ROMANCE. É UM TEXTO FICCIONAL, ESCRITO EM
PROSA, DE EXTENSÃO LONGA, COM VÁRIOS PERSONAGENS, VARIAÇÃO DE ESPAÇO E TEMPO CUJA HISTÓRIA É CONTADA POR UM NARRADOR.
ROMANCE É A FORMA LITERÁRIA PERTENCENTE AO GÊNERO NARRATIVO E QUE APRESENTA UMA HISTÓRIA COMPLETA COMPOSTA POR ENREDO,
TEMPORALIDADE, AMBIENTAÇÃO E PERSONAGENS DEFINIDOS DE MANEIRA CLARA. É ORIUNDO DOS CONTOS ÉPICOS E REVELA AÇÕES EM CONJUNTO
COM A DISTRIBUIÇÃO DE PERSONAGENS AO LONGO DA TRAMA.
ELEMENTOS NARRATIVOS DO ROMANCE SÃO:
HISTÓRIA DO ROMANCE- PODE-SE
DIZER QUE O ROMANCE DERIVA DA
ÉPOCA DO ROMANTISMO, QUANDO O
FOLHETIM E O ROMANCE ERAM
CONSIDERADOS SINÔNIMOS. A
PARTIR DO SÉCULO XVIII ELE
PASSOU A SER CONSIDERADO UM
GÊNERO LITERÁRIO.
CARACTERÍSTICAS DO ROMANCE : POR SER CONSTRUÍDO EM PROSA, O ROMANCE PERMITE EXPLORAR
DIVERSOS TÓPICOS QUE OUTROS GÊNEROS MAIS CURTOS NÃO PERMITEM. ISSO PORQUE ELE POSSUI UMA
GAMA MAIOR DE TEXTOS E A POSSIBILIDADE DE CONTAR UMA HISTÓRIA DE FORMA MAIS EXTENSA. DIFERENTE
DE UM CONTO, POR EXEMPLO, QUE É UMA CONSTRUÇÃO MAIS CURTA. NO ROMANCE PODE-SE CONTAR
HISTÓRIAS REAIS OU FICTÍCIAS, OU MISTURAR AS DUAS POSSIBILIDADES. A OBRA DOM QUIXOTE DE LA
MANCHA, DE MIGUEL DE CERVANTES, ESCRITO EM 1600, É CONSIDERADA PRECURSORA DO ROMANCE
MODERNO. ELA É UM ROMANCE DE CAVALARIA E CONTA DIVERSAS AVENTURAS DO PERSONAGEM PRINCIPAL.
OS ROMANCES SÃO MARCADOS POR UM SEQUÊNCIA TEMPORAL DE FATOS PARA SE CHEGAR A IDEIA
PRINCIPAL QUE ESTÁ SENDO APRESENTADA.
ESTRUTURA DOS ROMANCE :PODEMOS DESTACAR QUATRO CARACTERÍSTICAS QUE FAZEM PARTE DA ESTRUTURA DESSE TIPO DE OBRA, SÃO ELAS:
• NARRADOR: É A PESSOA QUE • PERSONAGENS:
SÃO
AS • ENREDO:
• TEMPO: ORGANIZAÇÃO DOS FATOS QUE
CONTA A HISTÓRIA. ELE PODE SER FIGURAS/PESSOAS QUE FAZEM PARTE DA CORRESPONDE
A OCORRERÃO NA HISTÓRIA. ELE PODE SER
UM DOS PERSONAGENS, QUE OBRA. ELAS SÃO REPRESENTADAS DE SEQUÊNCIA DOS FATOS CRONOLÓGICO
OU
PSICOLÓGICO.
O
NESSE CASO, É CONSIDERADO UM FORMA QUE O LEITOR CONHEÇA AS SUAS QUE SERÃO CONTADOS. É PRIMEIRO É MARCADO PELA PASSAGEM
NARRADOR EM PRIMEIRA PESSOA; HISTÓRIAS
ATRAVÉS
DE A PARTIR DO ENREDO DE HORAS, DIAS, ANOS ETC. JÁ O
OU
APENAS
UMA
FIGURA REPRESENTAÇÕES FICTÍCIAS. NO CASO DO QUE SE DESENVOLVE A SEGUNDO É MAIS SUBJETIVO, POIS
RESPONSÁVEL PELA
ROMANCE, O PERSONAGEM PRINCIPAL É HISTÓRIA E É POSSÍVEL REFERE-SE AO TEMPO INTERIOR DOS
NARRAÇÃO DA HISTÓRIA.
CONSIDERADO O PROTAGONISTA.
ATINGIR O TEMA CENTRAL PERSONAGENS
DO TEXTO.
ROMANCE NO BRASIL- MUITOS AUTORES REPRESENTARAM O ROMANCE NO BRASIL, PRINCIPALMENTE NOS ANOS 1950. DENTRE AS PRINCIPAIS
OBRAS TEMOS
GABRIELA, CRAVO E CANELA, DE JORGE AMADO; DORAMUNDO, DE GERALDO FERRAZ; GRANDE SERTÃO: VEREDAS, DE GUIMARÃES
ROSA; E O ENCONTRO MARCADO, DE FERNANDO SABINO.
ATIVIDADES:
1- COM BASE NA EXPLICAÇÃO ESTRUTURA DOS ROMANCE ACIMA : ENUMERE A PRIMEIRA COLUNA COM A SEGUNDA COLUNA :
(
) É a pessoa que conta a história. Ele pode ser um dos personagens, que nesse caso, é considerado um
( 1 ) PERSONAGEN
narrador em primeira pessoa; ou apenas uma figura responsável pela narração da história.
(
)são as figuras/pessoas que fazem parte da obra. Elas são representadas de forma que o leitor conheça
( 2 ) ENREDO
as suas histórias através de representações fictícias. No caso do romance, o personagem principal é
considerado o protagonista.
( ) corresponde a sequência dos fatos que serão contados. É a partir do enredo que se desenvolve a história
( 3 ) TEMPO
e é possível atingir o tema central do texto.
(
) organização dos fatos que ocorrerão na história. Ele pode ser cronológico ou psicológico. O primeiro é
( 4 ) NARRADOR:
marcado pela passagem de horas, dias, anos etc. Já o segundo é mais subjetivo, pois refere-se ao tempo
interior dos personagens.
2- LIGUE O NOME DOS TIPOS DE ROMANCES AO TEXTO CORRESPONDENTEM:
• ROMANCE NATURALISTA:
• Esse tipo representa os heróis, o cavalheirismo, o amor a figura feminina ou a pátria. Alguns autores
que representam esse tipo de romance são: Joaquim Manuel de Macedo que escreveu a moreninha,
e José de Alencar que escreveu senhora.
• ROMANCE REALISTA:
• Possui basicamente as mesmas características do realista. O seu foco principal é a análise social a
partir do coletivo. Uma das obras conhecidas desse tipo de romance é o Cortiço, de Aluísio Azevedo.
• ROMANCE ROMÂNTICO:
• ROMANCE MODERNISTA:
• Foi marcado pelo movimento romance 30. Faz também uma crítica social e anticapitalista. Os
principais nomes desta época foram: Raquel de Queiroz com o livro o quinze; Jorge Amado com os
livros Capitães de Areia e o País do Carnaval; e Graciliano Ramos com o Livro São Bernardo.
• É representado pelas obras que fazem críticas a sociais, polícias, religiosas. O principal
representante desse tipo de romance foi Machado de Assis.
3 - COMO É GÊNERO TEXTUAL: ROMANCE?
4- ESCREVA ABAIXO AS CARACTERÍSTICAS DO GÊNERO TEXTUAL: ROMANCE
O TEXTO ABAIXO É UM FRAGMENTO DO ROMANCE JUVENIL “MEU PÉ DE LARANJA LIMA”, de José Mauro de Vasconcellos, foi um
escritor brasileiro, nasceu de família nordestina, que migrara para São Paulo. Os pais tinham tão poucos recursos que ele, ainda criança,
teve de se transferir para o Nordeste, onde foi criado pelos tios em Natal. O livro narra a história de Zezé, um menino de cinco anos que
pertencia a uma família monetariamente muito pobre de classe baixa e muito numerosa. No quintal de sua casa, Zezé, conheceu seu amigo
que a partir dali seria um grande companheiro: O Pé de Laranja Lima. O trecho que se segue apresenta um diálogo entre o protagonista e
seu irmão mais novo Luís . Fragmento do texto “O Meu Pé de Laranja Lima”. Gênero: Drama e romance juvenil. Temas: Amizade, simplicidade,
sentimentos. Categoria: Literatura Infanto-juvenil .Ano de lançamento: 1968
MEU PÉ DE LARANJA LIMA
LÁ EM CASA CADA IRMÃO MAIS VELHO CRIAVA UM MAIS MOÇO. JANDIRA TOMARA CONTA DE GLÓRIA E DE OUTRA IRMÃ QUE FORA DADA PARA SER
GENTE NO NORTE. ANTÔNIO ERA O QUINDIM DELA. DEPOIS LALÁ TOMARA CONTA DE MIM ATÉ BEM POUCO TEMPO. ATÉ ELA GOSTAVA DE MIM, DEPOIS
PARECE QUE ENJOOU OU FICOU MUITO APAIXONADA PELO NAMORADO DELA QUE ERA UM ALMOFADINHA IGUALZINHO AO DA MÚSICA: DE CALÇA LARGA E PALETÓ CURTINHO.
QUANDO A GENTE IA AOS DOMINGOS FAZER O “FOOTING” (O NAMORADO DELA FALAVA ASSIM) NA ESTAÇÃO, ELE COMPRAVA BALA PRA MIM QUE DAVA GOSTO. ERA PARA EU
NÃO FALAR NADA EM CASA. NEM TAMBÉM PODIA PERGUNTAR A TIO EDMUNDO O QUE ERA AQUILO, SENÃO DESCOBRIAM.
MEUS OUTROS DOIS IRMÃOZINHOS MORRERAM PEQUENOS E EU SÓ OUVI FALAR DELES. CONTAVAM QUE ERAM DOIS BUGREZINHOS PINAGÉS. BEM QUEIMADINHOS E DE CABELOS
NEGROS E LISOS. POR ISSO QUE A MENINA SE CHAMOU ARACY E O MENINO JURANDYR.
DEPOIS ENTÃO VINHA O MEU IRMÃOZINHO LUÍS. ESSE QUEM TOMAVA MAIS CONTA. DELE ERA GLÓRIA E DEPOIS EU. NINGUÉM PRECISAVA TOMAR CONTA DELE, PORQUE
MENININHO MAIS LINDO, BONZINHO E QUIETINHO NÃO EXISTIA. FOI POR ISSO QUE QUANDO ELE FALOU COM AQUELA FALINHA TODA SEM ERRAR, E EU QUE JÁ IA GANHAR O MUNDO
DA RUA, MUDEI DE IDEIA.
— ZEZÉ, VOCÊ VAI ME LEVAR AO JARDIM ZOOLÓGICO?
HOJE NÃO ESTÁ AMEAÇANDO CHUVA, NÃO É? MAS QUE GRACINHA, COMO ELE FALAVA TUDO DIREITINHO. AQUELE MENINO IA SER GENTE, IRIA LONGE.OLHEI O DIA LINDO TODO
DE AZUL NO CÉU. FIQUEI SEM CORAGEM DE MENTIR. PORQUE ÀS VEZES EU NÃO ESTAVA COM VONTADE E DIZIA: — TÁ DOIDO, LUÍS. VEJA SÓ O TEMPORAL QUE VEM!
DESSA VEZ AGARREI A MÃOZINHA DE LUISINHO E SAÍMOS PARA A AVENTURA DO QUINTAL. NO QUINTAL SE DIVIDIAMOS EM TRÊS BRINQUEDEIRAS, O JARDIM, O ZOOLÓGICO, A
EUROPA QUE FICAVA PERTO DA CERCA BEM FEITINHA DA CASA DE SEU JULINHO. POR QUE EUROPA? NEM MEU PASSARINHO SABIA.
LÁ QUE A GENTE BRINCAVA DE BONDINHO DE PÃO DE AÇÚCAR.
PEGAVA A CAIXA DE BOTÃO E ENFIAVA TODOS ELES NUM BARBANTE. (TIO EDMUNDO FALAVA CORDEL). EU PENSEI QUE CORDEL FOSSE CAVALO. E ELE EXPLICOU QUE ERA PARECIDO,
MAS CAVALO ERA CORCEL. DEPOIS A GENTE AMARRAVA UMA PONTA NA CERCA E A OUTRA NA PONTADOS DEDOS DE LUÍS. SUBIA TODOS OS BOTÕES E SOLTAVA DEVAGARZINHO UM
POR UM. CADA BONDE VINHA CHEIO DE GENTE CONHECIDA. TINHA UM BEM PRETÃO QUE ERA O BONDE DO NEGRO BIRIQUINHO. NÃO RARO OUVIA UMA VOZ DO OUTRO QUINTAL ERA
A VIZINHA DONA DIMERINDA:
— VOCÊ NÃO ESTÁ ESTRAGANDO A MINHA CERCA, ZEZÉ?
— NÃO SENHORA, DONA DIMERINDA. PODE VER.
“VOCÊ SABE DE ONDE EU VENHO “ENTRE AS PALMEIRAS BIZARRAS
— É ASSIM QUE EU GOSTO. BRINCANDO BONITINHO COM O IRMÃO. NÃO É MELHOR ASSIM? (pg 13)
É DE UMA CASINHA QUE TENHO
CANTAM TODAS AS CIGARRAS
MAS SEU IRMÃO JÁ ESTAVA SE CANSANDO DAS BRINCADEIRAS E PEDE:
— ZEZÉ, CANTE PRA MIM A MÚSICA CASINHA PEQUENINA.
FICA JUNTO DE UM POMAR...
AO PÔR DE OIRO DO SOL.
— AQUI NO JARDIM ZOOLÓGICO? TEM MUITA GENTE.
É UMA CASA PEQUENINA
DO BEIRAL VÊ-SE O HORIZONTE.
— NÃO. A GENTE JÁ VEIO S'IMBORA...
LÁ NO ALTO DA COLINA
NO JARDIM CANTA UMA FONTE
— É MUITO GRANDE A LETRA. VOU CANTAR SÓ O PEDAÇO QUE VOCÊ GOSTA. SABIA QUE ERA ONDE
E SE VÊ AO LONGE, O MAR...”
E NA FONTE UM ROUXINOL...”
FALAVA DE CIGARRAS. ABRI O PEITO.
PULEI UMA PORÇÃO DE VERSOS . LOGO PAREI DE CANTAR . (PG 17
INTERPRETAÇÃO DE TEXTUAL
5- MARQUE A ALTERNATIVA CORRETA:
A.
JANDIRA ERA:
a) A Madrinha b) Vendedora
c) Irmã de Zezé.
B.
QUAL ERA O TRABALHO ZEZÉ, DURANTE TODA
A NARRAÇÃO, ERA
a) Ajudar o pai.
b) Varrer a casa.
c) Cuidar de seu irmão Luís.
C.
O QUE ZEZÉ FEZ AO CANTAR A MÚSICA CASINHA
PEQUENINA.
a) Inventou mais partes
b)Dançou enquanto cantava
c) Cantou as partes de Luís mais gostava
D.
COMO ERA O NOME DOS IRMÃOS DE ZEZÉ QUE
MORRERAM
a) menina se chamou Ana e o menino Andy
b) menina se chamou Tânia e o menino Jair
c) menina se chamou Aracy e o menino Jurandyr
E.
a)
b)
c)
d)
6) RESPONDA AS QUESTÕES ABAIXO:
a)
Quem é o autor do livro o Meu Pé de Laranja Lima?
b)
Em que ano foi publicado o livro o Meu Pé de Laranja Lima?
c)
De onde é o autor do livro o Meu Pé de Laranja Lima veio morar?
d)
Qual é o gênero do livro o Meu Pé de Laranja Lima?
e)
Quais os principais temas livro o Meu Pé de Laranja Lima, destaca?
f)
Quais os principal personagens desta parte do texto?
g)
Família de Zezé era de que classe social e monetária?
h)
Como os meninos chamavam o que os o botão pretão?
JOSÉ MAURO DE VASCONCELLOS ERA:
Brasileiro.
Africano.
Japonês.
Português
4. SEGUNDO O TEXTO , CLASSIFICA AS SEGUINTES AFIRMAÇÕES COMO
VERDADEIRAS (V) OU FALSAS (F):
(
) Cada irmão mais velho criava um mais moço.
(
) Jandira tomara conta de Maria e de outra irmã que fora dada para ser gente no norte.
F. ESSE LIVRO CONTA A HISTÓRIA DE CONTA A (
AMIZADE ENTRE:
(
a) um pássaro e uma árvore
(
b) um menino é o pássaro
(
c) um menino e o pé de laranja lima
) Meus outros dois irmãozinhos morreram pequenos e eu só ouvi falar deles.
) Meu irmãozinho Luís, esse quem tomava mais conta dele era Glória e depois eu.
) O quintal se dividia em três brinquedos, o jardim , o zoológico e a Europa.
) Casinha Pequenina era o nome da música que Zezé cantou .
6- OBSERVE ESTE TRECHO DO TEXTO DO “LIVRO O MEU PÉ DE LARANJA LIMA”
5- ORTOGRAFANDO
a) Copie os cinco verbos que contêm no primeiro parágrafo :
E COLOQUE A PONTUAÇÃO CORRETAMENTE :
Mas seu irmão já estava se cansando das brincadeiras e pede
Zezé, cante pra mim a casinha pequenina
Aqui no Jardim Zoológico tem muita gente
b) Encontre as rimas na música que Zezé cantou para o irmão e copie
Não.
A gente já veio s'imbora
aqui:
É muito grande a letra. Vou cantar só o pedaço que você gosta Sabia que
era onde falava de cigarras Abri o peito
Pulei uma porção de versos Logo parei de cantar
c) Copie o sujeito que contêm nas frases abaixo:
- Lala está apaixonada.
7-PROCURE NO CAÇA PALAVRAS AS PALAVRAS AO LADO:
-Luís era menininho mais lindo.
-Nós saímos para a aventura do quintal.
-Zezé, você vai me levar ao jardim zoológico?
a) Copie as palavras que contenham os dígrafos abaixo:
LH - NH - CH
RR - SS
GU - QU
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

jndghm

2 Cartões jescola001

Criar flashcards