Enviado por Do utilizador7325

Durkheim texto e atividades

Propaganda
Os Clássicos da Sociologia
Colégio Eunice Borges da Rocha - Ensino Médio
Trabalho Valor 1 ,5
Professor Emanuel
As Principais Vertentes de Análise
Sociológica dos Fenômenos Sociais
Émile Durkheim é considerado
o primeiro grande teórico da
sociologia. Durkheim procurou dar
estatuto de ciência para a nova
disciplina. Para tanto, elaborou o
método para sua utilização. Este
esquema
foi
demonstrado
principalmente no livro "As regras
do método sociológico", no qual
Émile
definir, com precisão, o
Durkheim 1 858 procurou
objeto
(alvo)
e as aplicações da
- 1 91 7
sociologia.
Durkheim acreditava que os acontecimentos
sociais poderiam ser observados como coisas
(objetos), pois assim, seria mais fácil de estudálos. Então, o que ele fez? Criou as regras que
identificariam que tipo de fenômeno poderia ser
estudado pela sociologia. A esses fenômenos
que poderiam ser estudados por uma ciência da
sociologia ele denominou de Fatos Sociais.
E as características dos fatos sociais são:
* Generealidade - significa que todo o fato
social é geral, portanto deve ocorrer em
qualquer sociedade humana, como por exemplo
a divisão do trabalho, o matrimônio e as leis.
* Exterioridade - significa que todo o fato
social é externo ao indivíduo, ou seja, está além
da sua consciência particular ou individual.
* Coercitividade - É a qualidade de imposição
que todo o fato social deve exercer sobre os
indivíduos. A capacidade de coerção de um fato
social deve-se ao fato de este fenônomeno
existir antes de nós chegarmos ao mundo. Por
exemplo, as regras e normas diversas existem e,
se não as acatarmos, somos passiveis das
respectivas punições.
Então, podemos dizer que o casamento é um
fato coletivo ou geral, pois existe pela vontade
da maioria de um grupo ou de uma sociedade.
Toda a teoria sociológica de Durkheim
pretendeu demonstrar que os fatos sociais têm
existência própria e independe daquilo que
pensa e faz cada indivíduo em particular.
Embora todos tenham uma "consciência
individual", as formas padronizadas de conduta
e de pensamento formam uma "consciência
coletiva". A consciência coletiva não se baseia
na consciência dos indivíduos singulares ou
grupos específicos, mas está espalhada por toda
a sociedade, impondo o que pode ser
considerado "imoral", "reprovável", "criminoso",
"normal" ou "patológico".
Para os estudos jurídicos, a principal
importância do método durheiminiano reside na
sua concdeituação de Fato Social:
(...) é fato social toda a maneira de agir, fica ou
nao, suscetível de exercer sobre o indivíduo
uma coerção exterior, que é geral na extensão
de uma sociedade dada, apresnetando uma
existência
própria,
independente
das
manifestações individuais que possa ter.
Sendo assim, então podemos entender que
Durkheim entende que o fato social é a
representação coletiva, ou seja, não se reduz ao
individual. Para Durkheim o âmbito social é
diferente do indivídual e do orgânico.
O Fato Social sempre será algo que exerce
uma limitação aos interesses do indivíduo, se
estes vão contra os interesses da sociedade. Por
ser exterior, independe dos desejos e das
vontades dos indivíduos, e por ser geral, aplicase a todos, independentemente de sua condição
social ou cultural. O exemplo mais fácil de se
perceber como Fato Social é a LEI. Já que
qualquer lei deve ser obedecida por todos, ela
não é feita para um grupo específico de
indivíduos e ninguém deveria descumprir
porque contraria seus interesses pessoais.
Dessa forma os Fatos Sociais estão em todas
as ações coletivas. Para Durkheim, os Fatos
Morais, que são indivduais, compelmentam os
Fatos Sociais, pois tem uma autoridade que
implica a noção de dever, aparecendo-nos como
desejáveis,
apesar
de
que
para
seu
cumprimento devamos fazer algum esforço.
Como se reconhece um Fato Social? Pelo
poder de coerção que exerce ou que pode
exercer sobre os indivíduos. Ele ainda é
identificado pelas sanções ou resistências a
alguma atitude individual contrária e quando é
exterior a ele. Ex: se um aluno(a) chega ao
colégio em roupas de banho, ele estará em
desacordo com a regra vigente e sofrerá sanção
por isso, que pode ser a de voltar para casa ou
ganhar uma advertência por escrito.
Tipos de suicídio
Durkheim procurou desvendar os principais
problemas da sociedade de seu tempo, para
tentar evitar que os indivíduos destruíssem essa
mesma sociedade. Entre seus campos de estudo
estão:
a. alcolismo
b. violência familiar
c. suicídio.
Neste útlimo estudo, ele procurou analisar
não os casos particulares da sociedade de seu
tempo, mas de diferentes sociedades, ao
longo de vários periódicos históricos, por
meio das estatísticas de suicídios. Do estudo
desses dados ele pôde distinguir os seguintes
tipos de sucídio:
Anômico - seria causado pela ausência de
valores e normas (anomia) que manteriam a
coesão social; típico de sociedades em crise.
Egoísta - o suicída comete o ato por sentir
que a sociedade não consegue exercer uma
coerção suficiente pra inibir o seu ato, ele não
aceita as regras da sociedade.
Altruísta - o suicidio ocorre em nome de
valores sociais e culturais, como o caso dos
homens-bomba em atentados terroristas.
Os Kamikazes e homens
bombas são bons exemplos
de suidídio altruísta.
parentesco, mas a interesses econômicos, por
exemplo.
Exercício Proposto
Pesquise sobre os tipos de suicídio a
que se refere Durkheim. Texto de no
mínimo uma página (frente e verso),
manuscrito em letra legivel, sem colar de
forma idêntica o conteúdo da internet e
com análises pessoais. Pode usar o livro
didático de Sociologia, usar a internet ou a
biblioteca.
Questionário do texto 3
1) Pesquise sobre a vida de Durkheim.
Conte um pouco da vida dele. (mínimo 8
linhas)
2) Por que ele pode ser considerado o
pai da sociologia? Qual elaboração
importante para sociologia que lhe
rendeu este título?
3) Para Durkheim, como os
deveriam ser estudados? Por que?
Divisão social do Trabalho
A forma de produção introduzida pela
Revolução Industrial trouxe consigo a Divisão
Social do Trabalho. Nela surge a mais bem
acabada forma de consciência: a coletiva.
Para Durkheim o trabalho só se divide
espontâneamente se a sociedade está
constituída
de
tal
maneira
que
as
desigualdades sociais expressam exatamente
as desigualdades naturais.
Durkheim acha injustas as ascusações de
que a divisão do trabalho reduziu o
trabalhador a uma máquina que repete
rotineiramente os mesmos movimentos e que
não relaciona as operações que lhe são
exigidas a nenhum fim. Isso porque, para ele,
a Divisão Social do Trabalho introduz também
uma
nova
solidariedade,
que
é
a
Solidariedade Orgânica, em substituição à
primitiva, denominada de Solidariedade
Mecânica.
Solidariedade Mecânica - É fruto de
sociedades pouco desenvolvidas, geralmente
agrárias, nas quais todas as pessoas que têm
algum tipo de relacionamento pautam sua
conduta por relações de parentesco.
Solidariedade Orgânica - É fruto de
sociedades desenvolvidas e industriais. As
pessoas devem aprender a se relacionar com
os demais por questões não relacionadas ao
fatos
4) O que são os fatos sociais? (mínimo 8
linhas)
5) Quais são as caracteristicas dos fatos
sociais? Descreva cada uma.
6) O que é solidariedade Mecânica? E a
solidariedade orgânica? Pense no mundo
que você conhece a tua volta e responda
em qual destas solidariedades o Brasil se
encaixa melhor.
Trabalho para entregar no dia 19/11,
contendo as respostas do questionário e o
trabalho de pesquisa sobre os tipos de
suicídio.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards