Enviado por rcipri

Avaliação M5 Extraordinária GGF 2019-2020

Propaganda
GEOGRAFIA
Turma 10º TT - GGF
Ano Lectivo 2019-2020
Geografia M5 – Áreas Urbanas
Ficha de Trabalho de Preparação da Avaliação Extraordinária
Lê atentamente todo o enunciado antes de começares a responder.
Para responder aos itens de escolha múltipla, escreve, na folha de respostas:
• o número do item;
• a letra que identifica a única opção correcta.
As cotações dos itens encontram-se no final do enunciado da prova.
Todos os itens, de todos os grupos devem ser respondidos na folha de teste e não neste enunciado.
Para cada item, dos grupos I e II apresenta apenas uma resposta. Se deres mais do que uma resposta a
um mesmo item, apenas é classificada a resposta apresentada em primeiro lugar.
GRUPO I
1. O crescimento espacial das cidades a que se assiste atualmente, e a que o texto faz
referência, corresponde à fase que se caracteriza…
(A) pela saída de residentes das áreas centrais da cidade.
(B) pelo crescimento em altura no centro da cidade.
(C) pela ocupação de bons terrenos agrícolas à volta da cidade.
(D) pelo aumento da volumetria na periferia da cidade.
2. As “forças de desconcentração” referidas no texto são, entre outras…
(A) o preço baixo do solo na periferia e a reabilitação do parque habitacional do centro.
(B) o congestionamento do tráfego nas ligações à cidade e a falta de equipamentos no centro.
(C) o aumento de empregos no centro e a valorização do sector agrícola.
(D) o preço elevado do solo no centro e a melhoria da rede viária.
3. A localização de centros comerciais nas periferias urbanas explica-se, entre outras razões, …
(A) pelo preço mais baixo do solo e pela boa rede de vias de comunicação.
(B) pela disponibilidade de mão de obra mais qualificada e pela facilidade de estacionamento.
(C) pela concentração de fornecedores e pela existência de terrenos para se expandirem.
(D) pelo reduzido impacto ambiental e pela oferta de uma boa rede de transportes públicos.
4. A ocupação, por citadinos, de áreas com fortes características rurais tem a designação de…
(A) urbanização.
(B) rurbanização.
(C) reurbanização.
(D) suburbanização.
5. A fase de crescimento das cidades à qual corresponde a desconcentração demográfica e
funcional tem a designação de…
(A) centrípta.
(B) tentacular.
(C) centrífuga.
(D) Perímetro urbano.
GRUPO II
1. Rede urbana ou sistema urbano é…
(A) o sistema integrado de cidades, desde as mais pequenas às grandes cidades,
estabelecendo-se entre elas relações de complementaridade.
(B) o conjunto hierarquizado dos centros urbanos, sem que se estabeleçam entre eles relações
de complementaridade.
(C) a associação de cidades com vista à valorização das complementaridades existentes.
(D) o sistema integrado de centros urbanos, desde as cidades médias às grandes cidades,
esta belecendo-se entre elas relações de complementaridade.
2. Nas últimas décadas a tendência geral tem sido para a concentração da população…
(A) em lugares urbanos com dois mil ou mais habitantes.
(B) em lugares urbanos com 100 mil ou mais habitantes.
(C) em lugares urbanos entre os 20 mil e os 100 mil habitantes.
(D) em lugares urbanos com menos de 2 mil habitantes.
3. A rede urbana nacional é…
(A) hierarquizada, porque possuí um pequeno número de cidades de grande dimensão, um
número maior de cidades de média dimensão (intercaladas entre si) e um número ainda maior de
cidades de pequena dimensão.
(B) incompleta, porque carece de um número significativo de cidades de média dimensão.
(C) incompleta, porque integra cidades de diversos níveis hierárquicos, numa sequência
relativamente regular.
(D) completa, porque estabelece uma relação de complementaridade em termos funcionais.
4. Ao longo de uma extensa faixa do litoral ocidental, reconhece-se uma urbanização difusa,
onde se destacam diversos centros urbanos de maior dinamismo e dimensão, apesar de não
terem dimensão demográfica de cidade média, de acordo com os padrões europeus. Estes
estão próximos de uma rede urbana…
(A) policêntrica.
(B) bicéfala.
(C) macrocéfala.
(D) multipolar.
5. A rede urbana policêntrica é a ideal para o país, uma vez que, por exemplo…
(A) traduz uma rede urbana equilibrada e permite que se criem pólos regionais de crescimento
sustentável e harmonioso.
(B) permite a reorganização do espaço urbano vital para a coesão territorial, fulcral para o
aumento da competitividade apenas nacional.
(C) traduz uma rede urbana desequilibrada.
(D) permite uma visão estratégica ao nível do ordenamento do território nacional e do seu
reposicionamento apenas regional.
GRUPO III
Lê a seguinte afirmação
A suburbanização resulta de um conjunto variado de fatores.
1. Menciona 3 fatores responsáveis pela suburbanização.
2. A figura 1 representa a variação da população residente nos municípios das Áreas Metropolitanas
de Lisboa e do Porto, 2001-2011. Observa-a com atenção.
Figura 1
2.1. Apresenta as duas principais características das Áreas Metropolitanas do Porto e de Lisboa que
justificam a sua importância no território nacional.
2.2. Caracteriza a variação da população nas Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto
apresentando justificação para a variação ocorrida nos concelhos centrais.
GRUPO IV
Embora ofereçam condições de vida vantajosas para a população, de um modo
geral, a maioria das cidades concentra também problemas que, em alguns caos,
reduzem a qualidade de vida das populações urbanas.
1. Expõe os principais problemas das áreas urbanas referindo-te a 3 aspetos de cariz distinto.
2. A Figura 2 representa Troia, antes (A) e depois (B) de sofrer um processo de intervenção urbana.
2
2
Figura 2
2.1. Identifica e explica o processo de intervenção urbana presente na Figura 2.
GRUPO V
A área dependente da cidade é tanto maior quanto mais importante for a cidade.
1. Mobilizando os conceitos de “bens centrais”, “funções centrais” e “área de influência”, justifica
por que é que uma cidade é um lugar central.
2. Fornece 2 exemplos lugares centrais de níveis hierárquicos diferentes justificando a sua posição
tendo em conta a quantidade, diversidade e qualidade das funções que desempenham.
GRUPO VI
1. Refere o limiar demográfico que permite que um aglomerado populacional seja classificado de
cidade média em Portugal.
2. Menciona a causa que justifica que haja quem defenda que Portugal não possui cidades de
média dimensão.
3. Justifica a importância das cidades de média dimensão.
GRUPO VII
Independentemente da sua dimensão e do seu grau de desenvolvimento, a cidade
não é um espaço geográfico isolado e independente, mas cria, com o espaço
periférico (espaço rural), uma panóplia de relações.
1. Comenta a frase anterior tendo em conta:
 O tipo de relações que se estabelecem;
 A importância dessas relações;
 As trocas que se estabelecem.
Bom trabalho!
GRELHA DE COTAÇÕES POR QUESTÃO
QUESTÃO
COTAÇÃO
GRUPO
1.
2.
3.
4.
5.
I
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
1.
2.
3.
4.
5.
II
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
1.
2.1.
2.2.
III
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
1.
2.1.
IV
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
6 pontos
6 pontos
6 pontos
6 pontos
6 pontos
30 pontos
6 pontos
6 pontos
6 pontos
6 pontos
6 pontos
30 pontos
9 pontos
8 pontos
12 pontos
29 pontos
9 pontos
8 pontos
17 pontos
1.
2.
V
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
1.
2.
3.
VI
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
……………………………………………………………………………….
1.
VII
……………………………………………………………………………….
15 pontos
10 pontos
25 pontos
6 pontos
8 pontos
15 pontos
29 pontos
40 pontos
40 pontos
TOTAL 200 pontos
Download
Random flashcards
Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards