Enviado por Do utilizador4303

A benção da obediência

Propaganda
Tema: A benção da obediência
Vers. Base 1Rs 17.14
Int.: Um momento de crise na história de Israel, seqüência de reis que
fizeram o que era mal aos olhos do Senhor, especificamente no cap 17,
nenhum rei tinha tanta coragem de pecar como Acabe. Fez que era mal aos
olhos do Senhor, mais do que todos os reis que foram antes dele, porque era
um rei ímpio, era casado com Jezabel, que servia a Baal e que trouxe essa
idolatria para Israel. Elias e seu ministério, sua história começa de forma
abrupta, sem que fosse informada sua ascendência, tribo, pais, mas era um
homem sujeito as mesmas paixões que nós, com a firmeza de um homem
que reprovou de forma tão dura o pecado, o poder e a autoridade desse
profeta marcou a nação. Somente ele teve a honra de ser trasladado como
Enoque, e não ver a morte como Moisés, além de estar presente na
transfiguração com o Senhor Jesus representando à confirmação de Deus a
obediência. Tem uma característica interessante, profetizou e não escreveu,
agiu para despertar a nação. Deus está interessado em quem o homem é.
I. Prediz fome sobre a terra – não haverá chuva sobre a terra, segundo a
oração do profeta. Trazendo prejuízo e uma crise intensa.
- Acabe ficou sabendo que o Senhor Jeová é o Deus de Israel, que Ele é um
Deus vivo, que Elias era servo de Deus e que apesar da prosperidade Deus
iria punir a nação pela idolatria e ainda que o profeta de Deus tem poder em
suas palavras.
- Deus esconde o profeta enviando para o ribeiro de querite Deus usa de
diversas circunstâncias para ficar a sós conosco. Onde iremos depender
unicamente dele. Querite no original, significa "cortar e colocar no tamanho
certo". Deus queria colocar Elias no molde correto, o da sua vontade. Mas
Deus retirar as nossas muletas os nossos apoios humanos, para que
aprendamos a depender unicamente dele.
- Tinha a provisão de Deus – será que qualquer dos profetas que não haviam
se curvado a Baal não o acolheria? Deus queria provar seu comando por
tudo na natureza. Deus cuida do seu povo no período de crise. Sl.78.19- E
falaram contra Deus e disseram: Poderá Deus, porventura, preparar-nos uma
mesa no deserto? Sl.37.25.
- Deus envia Elias para Sarepta, fora das fronteiras de Israel, porque Deus
tinha o compromisso de abençoar aquela viúva. Porque Sidom, porque de lá
tinha vindo Jezabel.
Deus viu a situação da pobre viúva e se importou com ela. Deus enviou o
profeta Elias naquela casa para a socorrer.
- Elias desafia a viúva, com o pouco que você tem faz um bolo pra mim... A
mulher disse que não tinha. Tinha apenas um punhado de farinha e um
pouco de azeite. O profeta Elias disse a ela: Faze primeiro um bolo pequeno
e traz para mim; depois farás para ti e para teu filho. Olha aqui a grande
lição: Primeiro separe aquilo que é de Deus, depois o seu. A viúva passa a
conhecer a Jeová. Coloque Deus em primeiro lugar na sua vida. Deus usou o
profeta Elias para profetizar a viúva: A farinha da panela não se acabará, e o
azeite da botija não faltará. Deus opera o milagre com aquilo que nós temos.
Deus fará o milagre na sua vida com aquilo que você tem. Nunca diga que
não tem nada.
- Deus multiplica quando eu tenho coragem de servir e hospedar. Entrarei
em sua casa, cearei...
A benção da obediência a multiplicação da Farinha que representa a
Palavra de Deus e do Azeite que é o símbolo do Espírito Santo. A Palavra
de Deus nos alimenta. Somos instruídos, edificados, renovados, restaurados
e iluminados pela Palavra de Deus.
- A vasilha do desejo de receber, a vasilha da fé, a vasilha da obediência.
- Deus ainda provará a sua fé como fez com a viúva, porém fará a obra
completa.
Conclusão: Quando oramos estamos colocando azeite em nossa botija. Para
esse azeite se multiplicar precisamos buscar a Deus continuamente,
consagrando a nossa vida ao Senhor.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Criar flashcards