Enviado por mickaellyalencar10

A importância da Geografia na atualidade

Propaganda
A importância da Geografia na atualidade
Filipe Conceição da Silva*
Resumo
Esse ensaio acadêmico visa mostra e contribuir teoricamente para a relação homemnatureza e como esse sujeito se situa nesse meio ao qual está inserido. O presente
trabalho também trás a torna a fragmentação da geografia causada em grande parte pela
linha de pensamento positivista e como essa ciência foi se desenvolvendo ao longo da
história.
Palavras chaves: natureza, homem, positivismo, geografia, ciência.
Summary
This academic essay aims to show and contribute theoretically to the relationship
between man and nature and how this subject is situated in this environment. The
present work also makes it the fragmentation of geography caused largely by the
positivist line of thought and how this science has developed throughout history.
Keywords: nature, man, positivism, geography, science
.
INTRODUÇÃO
No século XIX quando a Geografia se torna ciência e uma disciplina autônoma,
ocorrem grandes transformações e a divisão da geografia em várias áreas do saber e
nesse mesmo período se ver eclodir com tamanha força a Ciência. Esse período
histórico é marcado em grande parte com a cosmovisão positivista, ao qual via na
ciência uma progressão do ser humano. Essa nova forma de ver o mundo, privilegiava
mais a ciência em detrimento da religião que até então tinha grande predominância no
mundo ocidental. Assim diz João Ribeiro
O positivismo é, portanto, uma filosofia determinista que professa, de
um lado, o experimentalismo sistemático e, de outro, considera
anticientífico todo estudo das causas finais. Assim, admite que o
espírito humano é capaz de atingir verdades positivas ou da ordem
experimental, mas não resolve as questões metafisicas, não verificadas
pela observação e pela experiência
_______________________________
*Graduando do curso de Licenciatura
[email protected]
em
Ciências
Humanas
(LCH)
-
UFMA
O positivismo teve grande influência na fragmentação tanto das ciências humanas
como nas ciências naturais e essa fragmentação teve grande impacto na geográfica,
trazendo para a geografia um grande dilema em que a mesma trata tanto da natureza
como da sociedade que inserida nesse meio natural.
Dirce Maria Antunes Suertegaray fala que
Este paradoxo acompanha a Geografia, ainda que hoje possa ser seu
privilégio. Constitui um paradoxo, porque, na medida em que na
Modernidade se expandiu a racionalidade e se constituiu a ciência
moderna, o caminho foi a disjunção, a separação, a compartimentação
do conhecimento; a divisão entre as ciências naturais e as ciências
sociais.
A divisão da Geografia como Natural e Geografia Social esta relacionada à
relação ao qual o homem desde a sua existência aqui na terra tem manifestado ao meio a
que está inserido. Essa relação homem e ambiente é tanto meio complexa porque o
homem faz parte da natureza, mas esse homem é distinto da mesma.
Dirce Maria Antunes Suertegaray destaca que
Estas diferentes formas de tratar a relação da natureza com a
sociedade configuraram ao longo do século XX diferentes formas de
pensar geografia. Não obstante, na prática a geografia foi muito mais
dual, ou melhor fragmentou-se não só em Geografia Física e
Geografia Humana, mas também fragmentou-se a Geografia Física e a
Geografia Humana.
Os métodos utilizados pela Geografia foram os mesmo métodos das ciências
naturais. A utilização ao qual se propunha as áreas do saber eram formas que
eliminassem toda prenoçao tanto do senso comum como da cosmovisão religiosa. Era
uma visão neutra que tal cientista deveria ter. E a geografia como ciência trata no seu
campo de atuação a relação-homem natureza. Dentro desse espaço de estudo a
Geografia se depara com o dilema de existe nesse meio dinâmico qual o homem como
sujeito está inserido. A relação homem e espaço foram sendo construídas ao longo da
história da humanidade e assim surgindo correntes de pensamentos teóricos para se
tratar da relação do homem com esse meio. Assim surgem as escolas de pensamento
determinista, possibilista e dialética.
Dentro do campo teórico da Geografia surge a interdisciplinaridade por conta da relação
homem-natureza. Dentro do ambiente natural está situado um sujeito que pode
modificar tanto o meio como surgem às relações dinâmicas e transformações.
Referências Bibliográficas
RIBEIRO, J. O que é Positivismo. São Paulo. Brasiliense
SUETEGARAY. D .M. A Geografia e interdisciplinaridade.
Espaço geográfico: interface natureza e sociedade, 2003
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards