Enviado por dan1ron

MEDICINA LEGAL CURSO RENATO SARAIVA

Propaganda
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 1
Slide 4
Slide 2
Slide 5
• IDENTIFICAÇÃO LABORATORIAL
•
•
•
•
•
•
•
Slide 3
MANCHAS DE LÍQUIDOS BIOLÓGICOS
SANGUE, ESPERMA, SALIVA ETC.
GRUPO SANGUÍNEO A, B, AB e O.
GRUPO SANGUÍNEO Rh: Rh+ e RHOUTROS GRUPOS SANGUÍNEOS: HLA
IDIOGRAMA E CARIÓTIPO.
DNA GENÔMICO E MITOCONDRIAL.
Slide 6
• REAÇÕES DE PROBABILIDADE
•
•
•
•
VAN DEEN.
KASTLE-MEYER.
AMADO FERREIRA.
LUMINOL (ALFA-AMINO-FTALATO).
• ESSAS REAÇÕES LIBERAM OXIGÊNIO DA
ÁGUA OXIGENADA (H202)
GRAÇAS AO FERRO (Fe++)
DA HEMOGLOBINA...
OU DE OUTRA SUBSTÂNCIA...
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
1
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 7
Slide 10
• REAÇÕES DE CERTEZA DE QUE É SANGUE
• CRISTAIS DE TEICHMANN.
• CRISTAIS DE STRZYZOWSKY.
• COMPROVAM A PRESENÇA DE CRISTAIS DE
HEMINA OU HEMOCROMATINA.
Slide 8
Slide 11
• REAÇÃO DE HULENHUTH
• CHAMADA DE ALBUMINO-REAÇÃO.
• USA ANTICORPOS ANTI-SANGUE ANIMAL.
• QUANDO USA ANTICORPOS ANTI-SANGUE
HUMANO, O RESULTADO POSITIVO É CONCLUSIVO
PARA SANGUE HUMANO.
• ANTICORPOS REAGEM EXCLUSIVAMENTE COM SEUS
ANTÍGENOS.
Slide 9
Slide 12
• CERTEZA INDIVIDUAL
• TESTE COM DNA GENÔMICO.
• USAR LEUCÓCITOS (NUCLEADOS)
• NÃO USAR ERITRÓCITOS (ANUCLEADOS).
• NÃO USAR TROMBÓCITOS (ANUCLEADOS).
• ATENÇÃO!
• NA PELE, PARA OBTER DNA CROMOSSOMIAL,
• NÃO USAR A CAMADA CÓRNEA.
• PARA DNA MITOCONDRIAL PODE USAR ATÉ FÂNEROS.
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
2
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 13
Slide 16
• CROMATINA SEXUAL DE BARR
• CROMOSSOMO X (Nº 6)
QUE FICA ESPIRALADO,
MAIS VISÍVEL QUE OS DEMAIS,
NO PERÍODO DE INTÉRFASE.
TODOS OS CROMOSSOMOS X MENOS
UM FORMAM CORPOS DE BARR
Slide 14
Slide 17
• 46 CROMOSSOMOS
• CARIÓTIPO HUMANO NORMAL:
• 46, XY = HOMEM:
SEM CROMATINA SEXUAL DE BARR NA
MAIORIA DAS CÉLULAS. MOSAICO.
• 46, XX = MULHER:
COM UMA CROMATINA SEXUAL DE BARR
NA MAIORIA DAS CÉLULAS. MOSAICO.
Slide 15
Slide 18
ANOMALIAS CROMOSSOMIAIS
CÉLULAS NORMAIS POSSUEM XX OU XY.
• TURNER – MULHER XO.
• KLINEFELTER – HOMEM XY, X OU XY, XX
• SUPERFÊMEA – MULHER XX, X OU XX, XX
• SUPERMACHO – HOMEM XY, Y
• MONGOLÓIDE – HOMEM XY, 21
• MONGOLÓIDE – MULHER XX, 21
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
3
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 19
Slide 20
Slide 22
OVOTESTIS – ÓRGÃO COM SEXUAIS
MASCULINAS E FEMININAS.
COM TESTÍCULO DE UM LADO.
COM TESTÍCULO DOS DOIS LADOS.
COM OVÁRIO DE UM LADO.
COM OVÁRIO DOS DOIS LADOS.
FORMAS COMPLEXAS.
Slide 21
Slide 23
HERMAFRODITISMO
CÉLULAS
WOLFF X MULLER
PSEUDO-HERMAFRODITISMO
MASCULINO – 46, XY.
TESTÍCULOS ABDOMINAIS.
PRÓSTATA.
BOLSA ESCROTAL ABERTA FORMANDO GRANDES
LÁBIOS.
ABERTURA EXTERNA SIMULANDO VAGINA.
Slide 24
DUCTOS DE WOLFF DEVEM FORMAR
EPIDÍDIMO, CANAIS DEFERENTES E
VESÍCULAS SEMINAIS NO HOMEM.
DUCTOS DE MULLER DEVEM FORMAR
TROMPAS UTERINAS E ÚTERO NA
MULHER.
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
4
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 25
INTERNO X EXTERNO
Slide 28
GENITAIS ANÔMALOS EXTERNOS:
PSEUDO-HERMAFRODITISMO EXTERNO.
GENITAIS ANÔMALOS INTERNOS:
PSEUDO-HERMAFRODITISMO INTERNO.
Slide 26
Slide 27
Slide 29
PSEUDO-HERMAFRODITISMO
FEMININO – 46, XX.
ÚTERO, TROMPAS E OVÁRIOS.
VAGINA COM ABERTURA FECHADA.
CLITÓRIS AUMENTADO. SIMULANDO UM
PÊNIS.
GRANDES LÁBIOS FECHADOS SIMULANDO
BOLSA ESCROTAL.
Slide 30
ERRO ESSENCIAL QUANTO A PESSOA DO
OUTRO CÔNJUGE
ART. 1556 E 1557 DO CÓDIGO CIVIL
I–
II –
III – DEFEITO FÍSICO IRREMEDIÁVEL CAPAZ DE POR EM
RISCO A VIDA DO CÔNJUGE OU DA PROLE.
IV -
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
5
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 31
Slide 34
ALGUMAS CIRCUNTÂNCIAS QUE PERMITEM A
ANULAÇÃO DO CASAMENTO:
DOENÇA MENTAL.
IMPOTÊNCIA
COEUNDI:
AGENESIA,
ATROFIA,
SINEQUIAS OU DOENÇAS INCAPACITANTES.
ACOPULIA: AGENESIA, ATRESIA, VAGINISMO E
OUTRAS ALTERAÇÕES INCAPACITANTES.
GRAVE DOENÇA INFECTO CONTAGIOSA.
GRAVE DOENÇA HEREDITÁRIA.
Slide 32
PARECER X LAUDO
ETAPA MAIS IMPORTANTE NO LAUDO:
DESCRIÇÃO!
ETAPA MAIS IMPORTANTE NO PARECER:
DISCUSSÃO!
NO PARECER NÃO HÁ DESCRIÇÃO!
Slide 35
PROBLEMAS QUE NÃO PERMITEM A ANULAÇÃO DO
CASAMENTO.
CONFORME O INTERESSE DO CÔNJUGE PODE HAVER
SEPARAÇÃO JUDICIAL, COM OU SEM LITÍGIO.
IMPOTÊNCIA
GENERANDI: INCAPACIDADE DE O
HOMEM PROCRIAR.
IMPOTÊNCIA CONCIPIENDI: INCAPACIDADE DE A
MULHER PROCRIAR.
FRIGIDEZ .
Slide 33
Slide 36
•
•
•
•
•
•
•
•
•
• PERÍCIAS E PERITOS
RELATÓRIO MÉDICO-LEGAL (LAUDO / AUTO)
PREÂMBULO
QUESITOS
HISTÓRICO OU COMEMORATIVOS
DESCRIÇÃO – VISUM ET REPERTUM
DISCUSSÃO
CONCLUSÃO
RESPOSTA AOS QUESITOS
ASSINATURA DO PERITO (LEI 11.690/08)
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
6
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 37
Slide 40
OUTRAS ETAPAS
DISCUSSÃO – AS HIPÓTESES A RESPEITO DO
DIAGNÓSTICO E DA ETIOLOGIA DAS LESÕES.
CONCLUSÃO – MÁXIMO DE PRECISÃO OU
PROBABILIDADE A RESPEITO DO DIAGNÓSTICO E
ETIOLOGIA DAS LESÕES.
RESPOSTA AOS QUESITOS.
ASSINATURA DO(S) PERITO(S).
Slide 38
Slide 41
HISTÓRICO OU COMEMORATIVOS
LAUDO CADAVÉRICO:
HISTÓRICO FEITO PELA AUTORIDADE REQUISITANTE
DO EXAME.
LAUDO EM PERICIADO VIVO:
HISTÓRICO RELATADO PELO PRÓPRIO PERICIADO OU
REPRESENTANTE LEGAL.
Slide 39
Slide 42
ETAPA MAIS IMPORTANTE
DESCRIÇÃO = VISUM ET REPERTUM
DESCREVER AS LESÕES, SEM FAZER DIAGNÓSTICO.
LOCALIZAR, MEDIR, INDICAR FORMA, TONALIDADE,
QUANTIDADE, RELAÇÕES ENTRE AS LESÕES E AS
REGIÕES DO CORPO.
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
7
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 43
Slide 46
Slide 44
Slide 47
Slide 45
Slide 48
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
8
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 49
Slide 52
CARIÓTIPO E IDIOGRAMA
Slide 50
Slide 53
BREVES NOÇÕES DE INFANTICÍDIO, ESTADO PUERPERAL E
LOGO APÓS O PARTO.
O RECÉM-NASCIDO DA MEDICINA LEGAL É DIFERENTE DO
RECÉM-NASCIDO DO DIREITO PENAL E DA OBSTETRÍCIA.
ALGUMAS DOCIMASIAS RESPIRATÓRIAS:
1) PULMONAR DE GALENO 2) GASTRINTESTINAL DE
BRESLAU 3) AURICULAR DE WENDT-WREDEN-GELÉE 4)
MICROSCÓPICA DE BALTHAZARD
5) VISUAL DE
BOUCHUT 6) DIAFRAGMÁTICA DE PLOQUET 7) OUTRAS.
Slide 51
Slide 54
NOÇÕES ELEMENTARES
DE IDENTIFICAÇÃO
USANDO GENÉTICA
FORENSE
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
9
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 55
Slide 58
• DNA GENÔMICO PODE SER OBTIDO EM CÉLULAS
DE VIVOS E DE CADÁVERES, EM MANCHAS DE
SANGUE, SEMPRE EM GLÓBULOS BRANCOS.
• NOS VERMELHOS APENAS QUANDO JOVENS.
• ERITRÓCITOS (HEMÁCIAS) ADULTOS, SÃO
ANUCLEADOS E JÁ NÃO POSSUEM MAIS
MITOCÔNDRIAS.
• NOS CABELOS E UNHAS, MESMO CORTADOS,
AINDA PODEMOS OBTER DNA MITOCONDRIAL
Slide 56
Slide 59
Slide 57
Slide 60
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
10
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 61
Slide 64
• POLIMERASE CHAIN REACTION –
PCR
• A TÉCNICA DA PCR SERVE PARA
MULTIPLICAR MILHÕES DE VEZES
PEQUENAS QUANTIDADES DE DNA
EXISTENTES EM ALGUMA AMOSTRA
QUE SE PRETENDE INVESTIGAR.
• POLIMERASE É UMA ENZIMA QUE
ORGANIZA A ENTRADA DOS
NUCLEOTÍDEOS NA CADEIA DOS
ÁCIDOS NUCLÉICOS
Slide 62
Slide 65
Slide 63
Slide 66
FORMAS DE EMBRIAGUEZ ALCOÓLICA
1 – VOLUNTÁRIA.
2 – CULPOSA.
3 – CASO FORTUITO.
4 – FORÇA MAIOR .
5 – PREORDENADA.
6 – PATOLÓGICA.
ACTIO LIBERA IN CAUSA: VOLUNTÁRIA, CULPOSA E
PREORDENADA.
PODEM ISENTAR DE PENA: CASO FORTUITO, FORÇA
MAIOR E PATOLÓGICA (IDIOSSINCRASIA AO ÁLCOOL).
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
11
Delegado da Polícia Civil 2011
Medicina Legal
Roberto Blanco
[email protected]
Slide 67
ALGUMAS PARAFILIAS E NEUROSES PARA A PROVA
FILIA – EXCESSIVA AFINIDADE NEURÓTICA.
FOBIA – AVERSÃO NEURÓTICA.
MANIA – EXCESSIVA AFINIDADE NEURÓTICA.
PEDOFILIA, GERONTOFILIA, RIPAROFILIA, ONANISMO.
NECROFILIA, FETICHISMO, ZOOFILIA, CLEPTOMANIA,
PIROMANIA, CLAUSTROFOBIA, AGORAFOBIA,
MIXOSCOPIA, SADISMO, MASOQUISMO,
PIGMALIONISMO, FROTERISMO, TRAVESTISMO
TRANSEXUALISMO, ALGOLAGNIA, CROMOINVERSÃO,
ETNOINVERSÃO, CRONOINVERSÃO, ASFIXIOFILIA,
DIPSOMANIA, SAFISMO, LESBISMO ETC.
Complexo de Ensino Renato Saraiva | www.renatosaraiva.com.br | (81) 3035 0105
12
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards