Enviado por Do utilizador2150

Previsão de Cargas da Instalação Elétrica

Propaganda
Previsão de Cargas da
Instalação Elétrica
Grupo: 3
Integrantes: André de Oliveira Kaizer, Filipe Freitas Alves Rosa, Lael Barboza Moraes
Disciplina: Projetos Elétricos Prediais (PEP)
Professor: Dorival Rosa Brito
Vitória, 2 de Julho de 2019
Introdução
 Cada aparelho de utilização (lâmpadas, aparelhos de
aquecimento de água, aparelhos eletrodomésticos, motores
para máquinas diversas) solicita de rede elétrica uma
determinada potência.
 O objetivo da Previsão de Cargas é a de terminação de
todos os pontos de utilização de energia elétrica (pontos de
consumo ou cargas) que farão parte da instalação. Ao final
da Previsão de Cargas, estarão definidas a potência , a
quantidade e a localização de todos os pontos de consumo
de energia elétrica da instalação.
Estimativa Premiada
 Considere em um dado preliminar que poderá ser utilizado
para consultas prévias às Concessionárias e também para
subsidiar anteprojetos e orçamentos preliminares para definir
a viabilidade da obra.
 A Estimativa Preliminar de Carga é feita com base na
utilização da instalação (residual, comercial ou industrial) e
na densidade de carga (W/m²).
Tabela de Densidade de Carga de
pontos de Luz (iluminação e
tomadas)
Os valores apresentados nas
tabelas são estatísticos e
referem-se às cargas de
iluminação e tomadas de uso
geral.
Previsão de Carga Conforme a
NBR-541-10/90
 A Norma Brasileira NBR-5410/90 estabelece as condições
mínimas que devem ser adotadas para a quantificação,
localização e determinação das potências dos pontos de
iluminação e tomadas em habitações.
 Nota: A NBR-5410/90 não estabelece critérios para
iluminação de áreas externas em residências. Aí, a definição
caberá ao projetista e ao cliente.
Iluminação
A) Condições para se estabelecer a
quantidade mínima de pontos de luz:
 Prever pelo menos um ponto de luz no teto
para cada recinto, comandado por
interruptor de parede;
 Arandelas no banheiro devem estar
distantes, no mínimo, 60 cm do limite do
boxe.
 B) Condições para se estabelecer a potência mínima de
iluminação
 Para recintos com área superior ou igual a 6 m2: Atribuir um
mínimo de 100VA
 Para recintos com área superior a 6 m2: : Atribuir um mínimo
de 100VA, acrescidos de 60VA para cada aumento de 4 m2
inteiros
 NOTA: A NBR 5410/90 não estabelece critérios para
iluminação de áreas externas.
Tomadas
 A) Condições para se estabelecer a quantidade
mínima de TUG’s :
 Cômodos ou dependências com área igual ou inferior
a 6 m 2 : no mínimo uma tomada;
 Cômodos ou dependências com área superior a 6 m 2:
no mínimo uma tomada para cada 5m ou fração de
perímetro, espaçadas tão uniformemente quanto
possível;
 Cozinhas, copas e copas-cozinhas: uma tomada para
cada 3,5 m ou fração de perímetro, independente da
área
 Banheiros: no mínimo uma tomada junto ao lavatório, com uma
distância mínima de 60 cm do boxe, independente da área;
 Subsolos, varandas, garagens ou sótãos: no mínimo uma
tomada, independente da área.
 B) Condições para se estabelecer a potência mínima de
TUG’s:
 Banheiros, copas, copas-cozinhas, áreas de serviço,
lavanderias e locais semelhantes: Atribuir 600 VA por tomada,
para as três primeiras tomadas, e 100 VA para cada uma das
excedentes;
 Demais cômodos ou dependências: Atribuir 100 VA por tomada
 C) Condições para se estabelecer a quantidade de TUE’S:
 A quantidade de TUE’s é estabelecida de acordo com o
número de aparelhos de utilização
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards