Código de Ética: veja a integra do documento - Hospital Sírio

Propaganda
A Sociedade Beneficente de Senhoras Hospital Sírio-Libanês
é uma associação civil sem finalidades lucrativas, fundada
em 1921 pelas senhoras da comunidade sírio-libanesa, cujo
objetivo é promover assistência à saúde para todas as
pessoas, independentemente de credo, raça ou nível
sócioeconômico, bem como no desenvolvimento de
educação e pesquisa na área da saúde.
a Instituição
Atualmente a Sociedade está representada pelo Hospital
Sírio-Libanês, focado no atendimento de alta complexidade
e referência nacional em diversas especialidades, no
Instituto de Ensino e Pesquisa, que desenvolve uma série de
atividades voltadas ao ensino e a pesquisa na área da saúde,
nas Unidades Itaim e Jardins, destinadas ao atendimento de
média complexidade e diagnóstico e a Unidade Brasília,
destinada ao atendimento de pacientes oncológicos.
Além disso, a nossa Sociedade mantém também atividades
filantrópicas, em parceria com o Governo Federal, por meio
do Ministério da Saúde, voltados às atividades de ensino e
pesquisa de interesses do SUS, contribuindo para
treinamentos e formações de profissionais do SUS em
diversas regiões do Brasil, nas pesquisas para
desenvolvimento de novas técnicas para o SUS, bem como
no atendimento de pacientes em várias especialidades
médicas, especialmente cirúrgicas.
Além disso, a Sociedade mantém com outras instituições
projetos sociais destinados a atender a comunidade local,
tais como o Ambulatório de Pediatria Sociall e o programa
“Abrace seu Bairro”, que atende as crianças e os pais da Bela
Vista.
Atualmente a Instituição conta com seus
colaboradores nas diversas áreas, prestadores
de serviço, médicos do corpo clínico e
voluntários.
A Sociedade tem por preceitos a transparência,
a honestidade, a dignidade da pessoa humana,
o respeito ao semelhante, a lealdade, a
verdade, a qualidade e o desenvolvimento de
todos buscando um melhor atendimento aos
seus pacientes, à comunidade e aos seus
colaboradores.
Para tanto, é essencial que a ética seja
observada por todos que atuam nesta
Instituição.
Da Conduta Ético-profissional
I – Pessoas atendidas - Conduta
Profissional
Todas as pessoas atendidas na Sociedade deverão ser
tratadas com educação, humanismo, respeito, gentileza e
compreensão, sejam estes pacientes, acompanhantes,
familiares ou visitantes.
As respostas deverão ser claras e rápidas para atender aos
anseios do paciente quanto às informações sobre os
serviços ou tratamentos aos quais está sendo submetido.
Devem ser evitados comentários pessoais, sobre outros
membros da equipe ou sobre eventos ocorridos no
serviço ou na Instituição.
Caso o responsável pelo atendimento tenha alguma
dificuldade com determinado paciente, acompanhante
ou familiar, deverá solicitar a presença de seu superior
para auxiliá-lo na melhor conduta para aquela situação.
Os pacientes e familiares também não devem ser
incomodados por questões pessoais e desnecessárias. A
abordagem deverá sempre visar a prestação de serviço e
o relacionamento paciente e Hospital.
Questões relacionadas a relacionamento intra ou extraequipe deverão ser tratadas nas vias adequadas, jamais na
frente de pacientes, acompanhantes, familiares, outros
colegas ou médicos.
Caso você seja empregado da Instituição, poderá procurar
seu superior, o serviço de recursos humanos ou, ainda, o
sistema “portas abertas”.
Atuação profissional
O que se espera de nossos colaboradores e da Instituição
1) Transparência
Erros devem ser reconhecidos tão logo sejam identificados, comunicados e corrigidos sempre
que possível. Quanto mais rápido o erro for identificado e tratado, menor será o dano para
todos os envolvidos.
2) Agir de acordo com a ética profissional
Orientações contrárias aos valores da instituição e a ética profissional devem ser
questionados, e na impossibilidade de solução, o colaborador deverá procurar por reforço
perante seus superiores e a alta gestão.
3) Agir com profissionalismo e comprometimento.
4) Exercer suas funções com objetividade, clareza, efetividade, de acordo com a boa técnica e
qualidade preconizada pela Instituição e pelos órgãos que atuam perante a sua atividade,
sejam nacionais ou internacionais.
5) Respeitar a propriedade intelectual.
6) Respeitar o próximo
Não faça para o outro o que você não gostaria que fosse feito para você ou para alguém que
você respeita ou ama.
7) Respeite a propriedade da Instituição, do paciente, de acompanhantes e demais colegas de
trabalho. Se achar algo, entregue no setor de segurança informando o local e hora que o
objeto foi encontrado.
13) Chame a pessoa sempre pelo nome, com o devido
pronome quando necessário: Sr., Sra., Dr. Dra. etc. Evite
o uso de apelidos, gírias ou outras formas de
tratamento informais.
8) Não trate as pessoas de forma diferentes porque
você tem maior antipatia ou empatia por determinada
pessoa. Todos devem ser tratados com o mesmo
respeito e educação.
9) Proceder com o registro de todos os seus atos na
Instituição, seja por meio de prontuário ou de
documentos administrativos, de forma clara,
identificada e data.
10) Zelar pelos documentos da Instituição e dos
pacientes.
11) Importe-se com o que está errado. Questionar e
dar sugestões de forma construtiva é saudável.
12) Trabalhe em grupo e compartilhe informações com
seus colegas. Isso facilita na execução das atividades
diárias ou mais complexas.
14) Respeite a individualidade do paciente e de seus
colegas de trabalho. Não utilize as diversidades
existentes como forma de chacota, vantagem ou de
discriminação de alguém.
15) Respeite as opiniões de outros, seja quanto a
esporte, política, educação, religião ou outro assunto
que possa ser polêmico, desde que observada e
respeitada a lei. Cada um tem o direito de ter a sua
crença política ou religiosa. No entanto, tais
manifestações devem ser evitadas em ambiente de
trabalho.
16) Utilize vestimentas e sapatos adequados e seguros
para um serviço de saúde, ou seja, não utilize sapatos
abertos, roupas decotadas ou rasgadas, maquiagens
fortes ou cabelos chamativos, recorra ao uniforme ou
avental sempre que possível, e utilize o crachá em local
visível. Isso facilita o seu reconhecimento como
colaborador da Instituição.
17) Respeite a lei e as normas institucionais.
18) Respeite a natureza e o meio ambiente, evite
desperdícios e respeite seu ambiente de trabalho de
forma a mantê-lo saudável e agradável, mesmo nas
situações mais difíceis (pense positivo).
19) Não utilize equipamentos, recursos ou insumos da
Instituição para uso pessoal, mesmo que estes não
estejam sendo utilizados pela Instituição.
20) Não utilize de informações que tenha acesso em
razão de sua função na Instituição para obter qualquer
vantagem pessoal.
21) Não utilize o seu tempo de trabalho para tratar e
resolver assuntos pessoais. As horas que você deverá
estar dedicado à Instituição são para a execução de
suas funções. Deixar de fazê-las significa que alguém
está sendo prejudicado, sendo um colega seu, um
paciente ou a própria Instituição onde você trabalha.
22) Evite brincadeiras de mau gosto, acessos a internet
e jogos eletrônicos no horário de expediente. Além de
você, outras pessoas podem estar observando o que
você está fazendo, inclusive clientes da instituição.
23) Não deixe o cliente esperando ou sem
atendimento. Caso não seja possível atendê-lo
naquele momento, dê uma justificativa e o direcione
para outrem que possa fazê-lo.
24) Nunca deixe o paciente sem resposta ou sem
orientação.
Regras de contratação e negociação
1) Não receba vantagens pessoais, ou para seus
familiares, de fornecedores que você negociou ou
contratou. Brindes são permitidos, desde que acordo
com o razoável, ou seja, desde que não superem o
valor de 10% do equivalente a 10 salários mínimos e
desde que estes não estejam condicionados a alguma
contratação ou negociação que esteja realizando.
Quando possível, compartilhe com seus colegas.
2) Não suborne ou se deixe subornar.
3) Não peça e não aceite favores pessoais, seja para
você, seus amigos ou parentes, em razão de uma
relação comercial existente com a Instituição.
4) Escolha sempre a proposta que for favorável para a
Instituição e não para você ou para quem você
conhece.
5) Não utilize das informações obtidas em razão da
função que você exerce na Instituição para obter
vantagens pessoais, seja para você ou seus familiares e
amigos.
6) Mantenha seus processos de negociação e
contratação devidamente registrados de forma clara e
transparente.
7) Se o item a ser negociado envolver ou impactar em
mais de uma área de atuação, não resolva sozinho,
envolva os colegas de outras áreas para obter a melhor
negociação.
8) Observe as regras da instituição para contratação e
negociação.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

Criar flashcards