Geopolítica e Economia do Período Pós II GM

Propaganda
Geopolítica e Economia do Período Pós II GM
Entendendo o Contexto Histórico...
1945 – período pós guerra
- surgimento das grandes organizações e cooperações
- ONU, OCDE e Fundo Monetário
Fevereiro de 1945 – Conferência de Alva
- Aproximação entre os Estados Unidos e a União Soviética
Abril de 1945
- Separação e tensão entre ambas essas potências que surgiram com o fim da Segunda Guerra Mundial
O conflito entre essas duas potências durou até 1991
Entendendo o fim da II GM
 Itália se rendeu
 Alemanha se rendeu um pouco mais tarde com as tropas soviéticas invadindo
 Japão foi o último a ceder – primeiras bombas de destruição em massa com potência nuclear – Hiroshima e Nagazaky
 250.000 pessoas morreram
 Países que antes formavam o eixo – as grandes potências econômicas da época – entraram em crise
 Inglaterra e Franca que faziam parte dos aliados e eram também potências econômicas também enfraquecidas
economicamente
 6 milhões de judeus, 4 milhões e alemães e 30 milhões de soviéticos mortos
Resumindo:
Os países do eixo (Itália, Alemanha e Japão) foram derrotados no IIGM e saíram com economias em crise.
Embora a França e o Reino Unido tenham ganho o conflito, também entraram em crise devido aos ataques em sua
infra-estrutura. A Europa estava fora do contexto econômico.
Surge então em 1945 duas grandes potências mundiais:
Estados Unidos X União Soviética
Não sofreu ataque direto em seu
território alem de Pearl Harbor
Apesar de hoje não existir, deixou
grandes impactos geopolíticos e
econômicos
Capitalismo X Socialismo
 Cada um buscando expandir seu modelo político-econômico
Com o fim da guerra os soviéticos conseguiram expulsar os alemães de seu território, mas procuravam estabelecer no
território seu novo modelo socialista, adquirido através da Revolução Russa. Mas os EUA não queriam ceder o ocidente e
buscando expandir o capitalismo, não deixariam que o socialismo entrasse.
Os EUA dão iniciativa então ao:
Plano Marshall – ajuda econômica para recuperação da Europa Ocidental
 Consolidar o capitalismo na Europa Ocidental com empréstimos
 Frear avanço do comunismo
 Recuperar mercado para os capitais americanos – capital precisa andar afim de evitar crise econômica
 Vender matérias e levar empresas para reerguer a Europa pós-guerra
 Expandindo o capitalismo
Guerra Fria – conflito entre a expansão soviética do socialismo e a americana do capitalismo
- conflito não físico
- auge foi em Cuba com os mísseis
Formação territorial da União Soviética
Antes era somente a Rússia.
Enquanto os europeus estavam preocupados com sua política imperialista na África e na Ásia, a Rússia possuía um vasto
território no interior do continente para expandir.
- Czar Ivan IV - O terrível – começa a expandir na Europa Ocidental e na Sibéria – atuando lá.
Ele chegou a atravessar e chegou no Alaska.
Ele ocupou toda a região do interior da África e desse território todo, só não manteve o Alaska, que vendeu mais tarde para
os Estados Unidos.
Para manter todo esse território, foi necessário uma grande integração dos diversos grupos étnicos (mais de 200) com
grande apoio militar.
As coisas iam n Rússia com os czares controlando o país, até que o czar Nicolau II foi derrubado na Revolução Burguesa
de Fevereiro (1917) (XX). Alguns meses depois esses burgueses foram derrubados pelos operários explorados e pelos
camponeses que viviam em regime de servidão na Revolução de Outubro dos Bolcheviques– Revolução Russa.
Quando os bolcheviques liderados por Vladimir Lênin foram tomando o poder, várias transformações políticas, econômicas
e culturais foram feitas na Rússia. Com o tempo as outras regiões próximas ao país, como o Cálcavo, começaram a aderir
ao movimento, querendo formar um único país.
1917 – estruturação do país
1922 – passa a se chamar – URSS – União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (chegou a ter 15 repúblicas)
Vladimir Lênin
 Via o socialismo como uma forma de superar o antigo e autoritário regime czarista – chegando assim a um sistema
econômico moderno
 Foi preso várias vezes antes da Revolução – período que elaborou o Leninismo – com bases em Marx
Depois da Revolução a Rússia entrou em uma guerra civil entre os Bolcheviques e as minorias revolucionárias como os
Mencheviques.
Lênin estabeleceu uma economia com certos ideais capitalistas afim de evitar a crise no poder político que os bolcheviques
começavam a sofrer.
 Abertura do pequeno comércio
 Abertura para capitais estrangeiros
 Entrada de técnicos americanos
 Venda do excesso da produção – a fim de incentivar uma competitividade
O verdadeiro socialismo que veio de Marx e seria aquele da luta pela igualdade social e as melhoras nas condições de
vida, só teve uma possibilidade de continuidade do governo de 2 anos de Lênin. Mas depois que Lênin faleceu e o seu
sucessor assumiu, esse sonho socialista acabou-se.
Stálin – O homem de ferro – a mancha no socialismo de Lênin e de sua integração e desenvolvimento econômico
 Partido único (Partido Comunista)  não existe uma democracia com um só partido
 Autoritário e com governo extremamente centralizado
 Ditadura da Burocracia  controlando cada vez mais a população – dificultando seu desenvolvimento
 Economia estatizada (planificada – controlada pelo Estado)
 oposta a economia de livre-comércio do capitalismo
 O Estado determina o quanto seria produzido
 Sem competição a qualidade dos produtos cai






Socialismo com falta de liberdade – repressão da imprensa
Poder concentrado num partido
Ditadura manchada de sangue – perseguição a oposição
Grandes investimentos inicialmente na economia – indústrias de base – 2nda maior economia do mundo
Temendo uma invasão americana desenvolveu indústria bélica
Com a IIGM mundial se aproveitou para expandir o território anexando através de acordos os Balcamos
Planos Qüinqüenais
 Nova política econômica
 Consistia no planejamento da reestruturação de setores de cinco em cinco anos

Os dois primeiros planos tinham dois objetivos:
 O incentivo à indústria pesada (metalúrgicas e siderúrgicas)
 A coletivização da agricultura na qual a propriedade privada foi substituída por enormes cooperativas

O sucesso foi surpreendente:
 Produção de eletricidade subiu
 Produção de carvão subiu
 Produção de petróleo subiu
 Aumento no numero de pessoas em escolas de todos os níveis
Os primeiros panos Qüinqüenais foram ótimos, apesar de não levar muito em conta a qualidade dos produtos.
Assim, enquanto o mundo capitalista sofria com a crise de 29 e a queda na Bolsa de NY, a URSS era vista como uma ilha
de progresso – isolada e dotada de progresso. O socialismo é a solução quando o capitalismo está em crise.
Economicamente Stálin foi ótimo para a URSS, o problema era que o regime ditatorial extremamente controlado prejudicou
extremamente a população.
Após a II Guerra Mundial a URSS tornou-se a 2nda maior economia do mundo e cresceu de forma acelerada.
 Tornou-se uma superpotência nuclear e aeroespacial (1eiro homem a ser lançado no espaço e colocado em
órbita era um rusos)
 Avançou em termos tecnológicos – mísseis a longo alcance
 Fortaleceu-se militarmente
Até a II Revolução Industrial a URSS se manteve em igualdade com os países capitalistas desenvolvidos.
URSS conseguiu até a década de 70 se desenvolvermos industrialmente e assim criaram uma nova estrutura dinâmica.
A sucessão de Stálin foi muito difícil.




Começam a ocorrer acordos entre Estado e empresas privadas sobre a produção
Extrema corrupção
Economia Subterrânea crescente
Ascensão da máfia russa
A partir daí veio a crise e a decadência – pobres cada vez mais pobres e ricos crescendo cada vez mais.
Meados da década de 70:
 Parque industrial sucateado (fora a indústria bélica as outras industrias não produziam mais)
 Pois por volta de 1940 com as Bombas de Hiroshima e Nagazaky, a URSS iniciou a corrida armamentista
de competição na produção de tecnologia militar em relação aos EUA. Com tantos investimentos na
indústria bélica, caíram-se os investimentos em infra-estrutura e em tecnologia.
 Superpotência apenas militar
 Produtos de baixa e pouca qualidade – não consegue abastecer própria população
 Filas intermináveis – alimento e bebida - população ficou sem gêneros básicos como alimento e vestimentas
 Baixo dinamismo econômico
 Defasagem econômica e de tecnologia
 Quando deixam de investir em produtividade econômica a URSS começa a ser ultrapassada por outras
potências como a Alemanha e o Japão.
 Descontentamento da população
Década de 80 – a URSS não tinha mais condições de continuar a corrida armamentista com os EUA e começa a se
aproximar para estabelecer alguns acordos de paz.
1985 – Mikhai Gorbatchev assume o cargo de secretário geral do Partido Comunista. Cabia a ele recolocar o país no
mesmo patamar tecnológico do ocidente e aumentar os níveis de produtividade econômica.
Para isso eram necessários investimentos estrangeiros – acesso a novas tecnologias
 São firmadas associações com empresas ocidentais
 Introduzir entre os administradores e os trabalhadores os conceitos capitalistas de lucro, produtividade e controle
de qualidade
 Modernizar as empresas industriais e agrícolas
Gorbatchev analisou a situação e propôs reformas nos planos políticos e econômicos
Perestroika
 Reestruturação política e econômica
Para a implantação:
 Reformas no sistema político-administrativo, o pondo fim a ditadura
 Frear a corrida armamentista
 Acordos de paz com os EUA para condições econômicas e políticas mais estáveis
Primeiro passo para a Reestruturação:
 Glasnot – transparência política
Antes disso, a URSS vivia com uma imprensa controlada pelo Partido Comunista, onde todas as noticias eram controladas
para esconder a real situação dos países socialistas.
Gorbatchev com sua transparência política fez com que a população finalmente visse que a URSS estava em crise. Eles
ficaram revoltados com isso, e sua popularidade dentro da União caiu.
Ele começou com processos de democratização e abertura econômica e política para o mundo capitalista. Ele era visto
pelos capitalistas como bom, mas pelos socialistas não.
Com esses processos de democratização, as repúblicas soviéticas começaram a sentir-se na liberdade declararem suas
independências e seguir os países capitalistas. Forças nacionalistas de várias repúblicas começaram a reivindicar
autonomia em relação a Moscou. Primeiramente foram as Republicas Bálticas (Estônia, Letônia, e Lituânia) e mais tarde a
Hungria e a Tchecoslováquia (que tiveram o socialismo imposto pela URSS).
Empresas estrangeiras começam a atuar na Rússia como o Mc Donald’s e há uma corrida de Formula 1.
 Mikhail estava pressionado pela crise econômica e insucessos da Perestroika (não resolveu os problemas das
indústrias paradas e falta de abastecimento no país)
 Popularidade muito baixa em meio aos soviéticos
 Sofreu pressões separatistas
 Concedeu maior autonomia para as repúblicas – eleição de Boris Yeltsin na Rússia
 Sofreu pressão dos comunistas conservadores – quando com a democratização o Partido Comunista começou a
perder o monopólio de seu poder
 Sofreu golpe de Estado em 1991 organizado pelos conservadores com o apoio do Partido Comunista e do
exército
Esse poderia ter sido qualquer golpe de Estado se o presidente da Rússia Boris Yeltsin não tivesse se posicionado contra
o golpe militar e organizado um movimento com apoio popular para que Gorbatchev retornasse ao poder.
 Gorbatchev retorna ao poder e os militares deixam de tomar conta
Mas por trás de tudo isso, Boris estava articulando a saída da Rússia, Ucrânia e da Bielorússia da União Soviética,
sendo que essas eram as repúblicas mais influentes da URSS.
Criam o C.E.I. (Comunidade dos Estados Independentes) – acordo econômico (09/12/1991)
Hoje essa funciona mais como um articulador comercial entre as ex-repúblicas soviéticas.
 Fim da URSS com a renuncia de Mikhail do poder
Boris auxiliou o retorno de Gorbatchev pois seria muito mais fácil articular a saída da Rússia se os militares não estivessem
no poder e um grande líder reconhecido pelo mundo estivesse. Alguns reconhecem o fim da Guerra Fria como o fim da
URSS.
A Rússia foi a principal herdeira da antiga URSS ficando juntamente com a Ucrânia, Bielorússia e Kazaquistão com os
armamentos militares.
O que aconteceu na Rússia depois da URSS
 Outras republicas aderiram ao C.E.I.
 Consolida-se a democracia nos países membros do C.E.I.
 Boris Yeltsin foi eleito presidente da Rússia e mais tarde fechou o Parlamento para colocar em prática uma
grande reforma – Rússia continuava em crise!
 Convocou eleições legislativas (1993)





Conseguiu aprovar uma Constituição
Garantiu mais poderes
Foi reeleito em 1996
O estado de saúde de Yeltsin piorou (bebia muito) e a economia também
Crise Russa em 1998 – Renúncia de Yeltsin
A nova Rússia








As coisas mudam com a ascensão de Vladimir Putin (1999)
Com sua política intensa conseguiu diminuir os movimentos separatistas que ocorriam naquele território vasto
com diversas etnias
Punho Firme – não permitiu a fragmentação que se iniciava nas regiões do Cálcazo, Geórgia, Chechênia –
regiões extremamente ricas em petróleo e jazidas metálicas e passagem de gasodutos
Enfrentou terroristas sem piedade
Reergueu a economia russa e investiu para aumentar a produção de petróleo, gás natural, carvão
mineral e minérios metálicos tanto para consumo interno quanto para exportação
Conseguiu que a Rússia entrasse no G7 como grande potencia bélica
Com sua imensa popularidade fez com que Dimitri Medvedev fosse eleito e simultaneamente conseguiu um
cargo como ministro
A economia russa cresceu e a Rússia se tornou uma grande exportadora de commodities
Mas a Rússia é só isso? Uma grande exportadora de commodities?
 Apresenta hoje interesses de entrar para a União Européia
 Máfia russa ainda muito atuante na economia – comprou empresas privadas de exploração de petróleo e gás
 Índice GINI grande – ricos muito ricos e periferia pobre
 Dimitri – grandes investimentos em TECNO pólos para o desenvolvimento de tecnologia nas indústrias
 Sofreu muito com as crise de 2008 e 2009 e somente começou a crescer economicamente agora
Entendendo os Conflitos no Cálcazo
A medida que as repúblicas foram saindo da URSS as Repúblicas do Cálcazo também começaram a sair, sem querer
entrar para o C.E.I..
A 1eira a sair foi a Geórgia que negou a entrada no C.E.I. :
Com um presidente muito culto no sistema capitalista e que buscava se aproximar dos EUA.
Buscou entrar para a OTAN
Mas segundo o funcionamento da OTAN, se alguém atacar um de seus membros todos os outros seriam obrigados a ficar
contra o inimigo.
Mas nesse caso que têm atacado a Geórgia é a Rússia, que falou para a OTAN não deixar a outra entrar. E ninguém
gostaria de entrar em conflito militar com a Rússia.
 Conflito na Abkasia e na Ossétia do Sul
Querem sair da Geórgia e anexar-se a Rússia.
Estão recebendo grande financiamento por parte da Rússia, pois são regiões ricas em petróleo e suas saídas provocariam
uma instabilidade no governo da Geórgia.
Ao mesmo tempo a Chechênia
Quer sua independência da Rússia e para isso, terroristas estão organizando atentados contra Moscou. A Rússia têm
mandado uma repressão militar intensa á outra para acabar com esses terroristas. A Chechênia é uma região rica em
petróleo e passagem de gasodutos, então a Rússia não quer ceder a região.
Ao mesmo tempo...
A região do Cálcazo reúne muitas etnias, se umas delas consegue sua independência da Rússia, todas as outras vão
querer.
Essas regiões são muito importantes tanto para o mundo ocidental, com a passagem tanto militar para outra regiões
quanto a passagem de gasodutos, quanto para a Rússia que cobra impostos sobre essa passagem.
Confrontos entre Capitalismo X Socialismo
- construção do muro de Berlin
- Guerra dos Mísseis em Cuba
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

Anamnese

2 Cartões oauth2_google_3d715a2d-c2e6-4bfb-b64e-c9a45261b2b4

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Criar flashcards