6º Anos - Colégio Alexander Fleming

Propaganda
6º Anos
RESUMOS DOS TEMAS 1 AO 4 DA UNIDADE 2 – A TERRA DESCOBERTA
Unidade 2 - A Terra descoberta
Conhecer a constituição e a história do planeta é fundamental para que possamos viver em harmonia
com ele
Um geólogo estuda a formação de rochas e minerais
Tema 1 – A superfície da Terra
A Terra não é plana
 Antigamente, o homem acredita que a Terra era plana, mas algumas evidências (como o modo
como o barco se afastava e as constelações que não eram visíveis em todos os locais do planeta).
 Hoje, o homem sabe que a Terra não é plana e sim esférica, na verdade ele denomina seu formato
de geóide.
A Terra nem sempre foi assim
 A superfície da Terra é irregular e sofre modificações desde que se formou há 4,6 bilhões de anos
atrás.
 As modificações podem ocorrer tanto no seu interior, quanto na sua superfície e ainda causadas
pelos seres vivos.
 Essas modificações podem ser:
Modificações Lentas
 A maior parte das mudanças na superfície do planeta, ocorre lentamente, como por exemplo, a
formação de cadeias de montanhas, de dunas, do solo.
Modificações Rápidas
 Esse tipo de modificação provocam modificações bruscas nas paisagens. Exemplos: terremotos,
erupções vulcânicas, furacões.
Tema 2 – O interior da Terra
A estrutura da Terra
A Terra possui três camadas principais: crosta, manto e núcleo.
 Crosta terrestre – é a camada mais externa e a mais fina, sua espessura varia de 5 a 90 km,
dependendo da região. As regiões mais rasas são as do fundo dos mares e oceanos e as de maior
espessura estão nas cadeias de montanhas.
 Manto – é a camada intermediária e se subdivide em manto superior e inferior; tem 2900 km de
espessura, aproximadamente. O manto é sólido, mas em locais onde ocorre alívio de pressão, o
material pode fundir-se (derreter-se), assim como ocorre nos vulcões.
 Núcleo – é a camada mais interna; possui 3500 km de espessura, aproximadamente; é formado por
ferro e níquel, principalmente e atinge 6000 ºC
O estudo do interior da Terra
 O estudo do interior da Terra não pode ser feito diretamente devido à grande pressão, temperatura,
e diferenças de estados físicos das camadas da Terra.
 O estudo, então, é feito pela análise de ondas sísmicas, materiais das erupções vulcânicas e
meteoritos.
 Sismógrafos são instrumentos que registram a hora, a duração, a amplitude e que permitem
localizar a origem do tremor.
 O Brasil não é um país assísmico, pois após 1970, ocorreram atividades sísmicas no país.
Tema 3 – A Composição da crosta terrestre
As rochas e os minerais
 As rochas são formadas por diversos minerais. Exemplo de rocha: granito, calcário, gnaisse,
ardósia. Exemplo de minerais: quartzo, mica, feldspato.
Propriedades dos minerais
 Desde a antiguidade o homem faz uso dos minerais para realizar suas atividades.
 Os primeiros instrumentos fabricados com as pedras polidas foram as armas e utensílios, como
enxadas, pilões e machados.
 O domínio do fogo permitiu a fabricação de ferramentas e armas mais eficientes.
 As propriedades dos minerais são: cor, brilho e dureza
 O mineral mais raro e duro que existe é o diamante
 Quando um mineral passa a ter valor comercial é denominado minério.
 Um depósito natural de minérios é denominado jazida
 Quando o depósito já possui autorização do governo para ser explorado passa a ser denominado
mina.
 Os recursos naturais renováveis são aqueles que podem ser renovados frequentemente. Como
madeira, couro, leite.
 Os recursos naturais não-renováveis são aqueles que não são renovados ou que demorariam
milhares ou milhões de anos para se renovarem como o petróleo, minerais.
Tema 4 – As Rochas
Tipos de rocha
Rochas Ígneas (ou magmáticas)
 São as rochas formadas pelo resfriamento e solidificação do magma. Elas se subdividem em
vulcânicas e plutônicas.
- Vulcânicas – são as rochas ígneas que se formam na superfície da Terra, quando a lava dos vulcões
extravasa e se solidifica rapidamente. Exemplos: andesito e pedra-pomes.
- Plutônicas – são as rochas ígneas formadas quando o magma se solidifica lentamente abaixo da
superfície, a muitos quilômetros de profundidade. Exemplo: granito.
Rochas Sedimentares
 São as rochas formadas pela acumulação de fragmentos (que serão os sedimentos) provenientes de
outras rochas. Os sedimentos vão se acumulando continamente, o material concentra-se em camadas e
sob pressão cada vez maior, a parte inferior acaba se compactando e endurecendo.
 As rochas sedimentares pode conter fósseis.
Rochas Metamórficas
 São as rochas formadas pela transformação de todos os tipos de rochas – ígneas, sedimentares e as
próprias metamórficas – que estiveram sob alta pressão e temperatura nas partes profundas da crosta.

Cada tipo de rocha pode se transformar em outros tipo de rocha ao longo do tempo.
 acumulação de fragmentos (que serão os sedimentos) provenientes de outras rochas. Os sedimentos
vão se acumulando continamente, o material concentra-se em camadas e sob pressão cada vez maior, a
parte inferior acaba se compactando e endurecendo.
 As rochas sedimentares pode conter fósseis.
As aplicações das rochas
 As rochas ígneas são amplamente utilizadas na construção civil (pisos, revestimento de paredes,
tampos de pias, calçamento de ruas); pode ser usado como ornamento; a pedra-pomes é usada para
amaciar a pele e polir objetos.
 As rochas sedimentares – arenitos: usados em revestimento de calçadas, pisos e paresdes; argilitos:
constituídos de argila, utilizada na confecção de vasos, potes, panelas, moringas, fabricação de telhas,
peças de automóveis e computadores; calcários – utilizados na agricultura e na construção civil
(fabricando o cal e o cimento).
 As rochas metamórficas – também usadas na construção civil (revestimento de pisos, paredes,
bancadas de pias, tampo de mesa e esculturas)
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Criar flashcards