números pontos -sobre

Propaganda
A EMPRESA
A Le Print é uma empresa nacional, fundada em 19 de dezembro de
2003, coincidentemente, data do aniversário de sua diretora, Taisa Gheller.
A empresa produz etiquetas e rótulos auto-adesivos, tags para
confecções e insumos para balanças, além de comercializar toda linha de
ribbons e equipamentos para impressão de dados variáveis, como
impressoras e leitores de códigos de barras.
Possui uma equipe altamente qualificada e constantemente treinada
para oferecer excelente qualidade em seu atendimento e suprir todas as
necessidades de seus clientes.
Desenvolve parcerias com seus fornecedores, oferecendo soluções
com qualidade, agilidade e preços competitivos.
Com procedimentos de controle de qualidade que se iniciam na
aquisição da matéria-prima, pode garantir a rastreabilidade total de seus
produtos até a entrega em seus clientes.
Os produtos desenvolvidos pela Le Print são tratados de forma
cuidadosa e individual, com atenção em cada detalhe de todo o processo,
para proporcionar e garantir a plena satisfação e fidelização de seus clientes.
A Le Print busca melhorias contínuas em seu processo produtivo,
tecnológico e em seu atendimento, para estar sempre atualizada com as
novidades do mercado e exigências de seus clientes.
Uma característica marcante desta empresa é que sua direção é
exercida pela proprietária e todos os cargos administrativos de comando,
como gerência de vendas, financeira e planejamento e controle da produção
(PCP) são ocupados por mulheres.
Apesar de a empresa ter apenas cinco anos de existência a experiência
de sua diretora no ramo de etiquetas adesivas é de mais de dez anos.
Em 1998 com um sócio, a empresa se iniciou, na época com o nome
de MT Print.
No início, a atividade se resumia a impressão de dados variáveis de
etiquetas para confecções, que forneciam para grandes redes, como C&A e
Pernambucanas.
Com o sucesso da empreitada, adquiriram equipamentos para que as
etiquetas brancas fossem produzidas na própria empresa, melhorando a
lucratividade.
Empreendedores e determinados, os sócios reinvestiam tudo o que
ganhavam, crescendo e contratando mais funcionários, buscando prédios
maiores e mais adequados.
No final de 2002, mesmo com o sucesso da empresa, os sócios
resolveram se separar, sendo que Taisa Gheller continuou com a posse
integral da empresa e seus equipamentos.
Então, criou a Le Print e deu continuidade aos negócios com os
mesmos equipamentos, clientes, fornecedores e, principalmente, funcionários.
Atualmente, a empresa emprega 38 funcionários e 11 máquinas, sendo
duas de última geração, adquiridas em 2007 e 2008.
Conta hoje com quatro carros disponíveis para entregas em toda a
grande São Paulo e região de Jundiaí, Campinas e Sorocaba.
Todos os processos internos são sistematizados através de uma rede
integrada de computadores.
A comunicação interna e externa é formal, feita preferencialmente via email.
Em 2008, menos de um ano depois de ingressar no ramo de rótulos
auto-adesivos, recebeu dois prêmios internacionais de qualidade oferecidos
por um fabricante de máquinas e um de âmbito nacional, proporcionado pela
ABFLEXO – Associação Brasileira da Indústria de Flexografia.
A Le Print é uma empresa jovem, formada por jovens em todos os seus
departamentos; A média de idade é de apenas 27 anos, porém, todos com
vasta experiência no setor.
Este detalhe faz com que a empresa seja dinâmica, criativa e ágil em
suas tomadas de decisões.
A estrutura sem burocracias, a disponibilidade e o comprometimento de
seus colaboradores para horas extras, inversão de turnos ou execução de
quaisquer trabalhos, faz com que a empresa seja ágil no atendimento às
necessidades de seus clientes.
A empresa mantém um rígido padrão de qualidade, garantido por
processos que garantem a repetibilidade e a reastreabilidade de todos os
seus produtos.
Na Le Print, toda matéria-prima é adquirida de fornecedores
previamente avaliados e qualificados. Além disso, são submetidos a uma nova
avaliação pelo setor de recebimento e controle de qualidade a cada entrega
realizada.
Todo material recebido é identificado e armazenado de forma
apropriada antes de ser liberado para a produção.
FAMÍLIA DE PRODUTOS
Os produtos fabricados pela Le Print são personalizados, feitos sob
encomenda, de acordo com a necessidade de cada cliente.
A seguir, uma descrição de cada um dos itens fabricados ou
comercializados pela empresa:
ETIQUETAS - DEFINIÇÃO
Etiquetas auto-adesivas são indicadas para codificação, identificação,
precificação, rotulagem e pesagem de produtos. Sem impressão ou coloridas,
são usualmente utilizadas em impressoras de termo transferência.
Podem ser utilizadas por todos os setores da indústria, comércio ou por
prestadores de serviço, além do setor de entretenimento.
Os materiais mais comuns para confecção de etiquetas são: papel
couche, branco fosco, transtherm, térmico ou termo sensível, fluorescentes,
laminados, BOPP, poliéster, vinil, tyvek, entre outros.
Também são consideradas etiquetas os Tag´s, que podem ter ou não
adesivo e são muito utilizados na indústria têxtil e de confecções.
Etiquetas sem impressão
As etiquetas auto-adesivas sem impressão são fornecidas em rolos
para aplicação manual ou automática.
Geralmente são utilizadas para impressões de dados variáveis e
códigos de barras em impressoras de termo transferência.
Etiquetas personalizadas
As etiquetas também podem ser personalizadas, com impressão de
logomarcas, textos, desenhos, instruções, enfim, uma infinidade de dados.
Tags
O Tag é um material muito utilizado por indústrias têxteis, de
confecções e calçados. Pode ser com adesivo, sem adesivo ou em material
duplo uso.
Os tags podem ser confeccionados em materiais de diversas
gramaturas, inclusive com frontal BOPP para dificultar a violação nas lojas de
varejo.
Normalmente é afixado às roupas ou calçados com o uso de um fix pin,
um fio plástico de grande resistência.
Rótulos
Os rótulos são etiquetas mais elaboradas, cuja finalidade é agregar
valor ao produto final, tornando-o mais atrativo ao consumidor, além de
fornecer todas as informações necessárias sobre o produto.
Na Le Print os rótulos auto-adesivos podem ser impressos em até sete
cores, contando ainda com processos como: aplicação de verniz UV, hot
stamping, cold stamping, plastificação, impressão no verso e impressão na
cola. São fornecidos em rolos para aplicação manual ou automática.
Ribbons
Ribbons são finas películas ou fitas, utilizadas em impressoras de
termo transferência. Dividem-se em três categorias básicas: cera, misto e
resina.
Normalmente pretos, também podem ser produzidos coloridos para
aplicações especiais.
Cera: Indicado para impressão em etiquetas de papel como o couche e
o transtherm. Proporciona uma impressão de alta qualidade e fácil leitura de
dados.
Misto: Bastante utilizado para impressão em materiais sintéticos como
o BOPP fosco. Sua fórmula equilibra o baixo custo da cera com a resistência
da resina.
Por ser mais resistente, também é indicado para impressão de
etiquetas de papel que sofrem atrito, especialmente no transporte.
Resina: Ribbon indicado para impressão de etiquetas que suportam
situações extremas como congelamento, atrito, umidade, calor e contato com
substâncias ácidas, gordurosas ou materiais de limpeza. Ideal para uso em
etiquetas de BOPP, polietileno, vinil e poliéster.
Equipamentos
A Le Print comercializa impressoras, leitores de códigos de barra,
rebobinadores e coletores de dados.
Presta assistência técnica preventiva gratuitamente a todos os seus
clientes da Grande São Paulo.
A Le Print trabalha com diversas marcas de impressoras de termo
transferência, entre elas Zebra, Argox e Datamax, as mais conhecidas no
mercado.
Ao adquirir produtos Le Print, os clientes da Grande São Paulo,
recebem gratuitamente, instalação, manutenção preventiva e assistência
técnica de seus equipamentos.
O atendimento é imediato, totalmente personalizado e garantido por
profissional altamente qualificado que leva soluções para as mais diversas
situações.
DIRETRIZES ORGANIZACIONAIS – MISSÃO, VISÃO E VALORES
A empresa analisada não possui diretrizes definidas; abaixo
apresentamos uma sugestão, baseada na análise e diagnóstico do
ambiente interno e externo, buscando assegurar que a Le Print não
persiga propósitos conflitantes e auxiliar a concentrar os esforços dos
recursos aplicados para uma direção comum, deixando explícitos os
principais alvos que a organização está tentando atingir e auxiliando na
tomada de decisão e no aumento da eficiência organizacional.
MISSÃO

Oferecer soluções inovadoras e confiáveis, valorizando os produtos
de nossos clientes, tornando-os mais competitivos no mercado.
VISÃO

Ser uma empresa de excelência em serviços gráficos, reconhecida
pela confiança e qualidade de seus produtos.
VALORES

Agir com simplicidade, idoneidade e transparência.

Respeitar
e
desenvolver
pessoas,
criando
iniciativas
e
oportunidades de evolução pessoal e profissional a todos os
colaboradores.

Direcionar
as
decisões
para
a
modernidade
e
inovação,
proporcionando soluções com qualidade e respeito ao meio
ambiente.

Visar satisfação, superando as expectativas dos clientes e
fornecedores, proporcionando tranqüilidade e confiança.
ORGANOGRAMA
GESTÃO DE PESSOAS
Aqui apresentamos um breve descritivo das atividades desenvolvidas
por cada colaborador junto ao processo produtivo ou que interfira na cadeia
logística dos produtos fabricados.
DIRETORIA
Administração Geral da Empresa
Define estratégias e objetivos para cada departamento. Analisa os
resultados, direciona ou autoriza investimentos.
GERÊNCIA FINANCEIRA
Diretamente ligada à diretoria. Faz a cobrança dos títulos, contas a
pagar, fluxo de caixa, bancos e interface com escritório terceirizado nos
assuntos de departamento pessoal.
GERÊNCIA DE PCP
Planejamento e Controle da Produção e Demanda
Determina onde cada trabalho será executado, necessidades de
compras de todo tipo de suprimento produtivo, confecção de facas, cilindros e
cyrel, horas extras, contratação de serviços terceirizados, gestão do
departamento de compras e custos (orçamentos), além da otimização dos
transportes.
COMPRAS
Compra de matéria prima e insumos, negociação com fornecedores.
Recebe as requisições de matéria prima do PCP e demais insumos do
almoxarifado ou outros setores da empresa.
Faz cotações, negocia e emite pedidos de compras.
As compras são executadas conforme necessidade apresentada pela
demanda nas vendas, ou seja, o estoque é mínimo e a geração de pedidos de
compras é feita automaticamente pelo sistema, que verifica a necessidade de
materiais para a produção de cada pedido.
CUSTOS / ORÇAMENTOS
Elaboração das cotações de preço e pós cálculo.
Recebe um check list do departamento comercial, insere os dados
variáveis no sistema e gera uma planilha de custos (orçamento) que será
analisado pela gerência comercial, se necessário.
Após confirmação do pedido pelo cliente, lança esses dados no
sistema, gerando as Ordens de Produção que são encaminhadas ao
responsável pelo PCP e alimentando o banco de dados das vendas da
empresa. Após execução do trabalho pela produção, a ordem retorna com os
dados reais de tempo e consumo de material para lançamento do pós cálculo.
GERÊNCIA COMERCIAL
Coordenação e administração do departamento comercial.
Definição das metas da empresa e metas individuais de cada vendedor,
análise dos orçamentos, descontos, concessões, negociações com grandes
clientes, gestão da equipe comercial interna e externa e do técnico
responsável
pelo
atendimento
a
clientes,
elaboração
de
relatórios,
identificação de necessidades de ações de marketing.
VENDAS
Os vendedores apresentam a empresa e seus produtos aos clientes,
negociam preços e concretizam vendas.
As vendedoras internas e os vendedores externos são responsáveis
pela prospecção dos clientes que desejam atender; essa prospecção é feita
através de internet, cadastros fornecidos pela empresa, indicação de outros
clientes ou por afinidade de negócio.
A vendedora entra em contato, apresenta a empresa, envia e-mail ou
amostras pelo correio. Quando solicitado pelo cliente, apresenta orçamento
dos produtos.
O orçamento, mediante preenchimento de um check list é encaminhado
ao setor de custos/orçamentos que o retorna em até 24 horas. A proposta é
apresentada ao cliente por e-mail.
A vendedora tem autonomia para conceder descontos ou prazos de
pagamento até um limite pré determinado; se superar esse limite, a
negociação é conduzida pela gerencia comercial.
Se o cliente aprovar o pedido, formalmente, por escrito, a vendedora
abre uma pasta de trabalho e encaminha para lançamento.
Após a entrega do material ao cliente, a pasta de trabalho volta para a
vendedora para que visualize o trabalho e faça um pós venda junto ao cliente.
A vendedora faz o arquivo das pastas.
Se o cliente pede uma repetição do trabalho, a vendedora pega essa
mesma pasta, solicita uma atualização de preços e repete o processo de
envio de orçamento e aprovação; todos os pedidos daquele item são lançados
na mesma pasta.
ASSISTÊNCIA TÉCNICA
Demonstração, instalação e manutenção de equipamentos.
A empresa oferece, gratuitamente, assistência técnica preventiva para
as impressoras de seus clientes.
Mediante solicitação dos clientes, uma visita é agendada e o técnico vai
até a empresa; faz limpeza do equipamento, verifica necessidade de troca de
peças ou eventuais problemas nos insumos utilizados (etiquetas ou ribbons);
se for necessária a troca de peças, encaminha uma solicitação ao
departamento comercial que envia um orçamento ao cliente; após aprovado o
custo, o técnico volta à empresa e faz a substituição da peça.
O técnico também acompanha, quando necessário, as vendedoras em
visitas para demonstrar o funcionamento de uma impressora, vantagens na
impressão por termo transferência (para clientes que não utilizam o sistema) e
faz testes de impressão dos produtos para avaliação do cliente.
Esse serviço é gratuito e é uma das principais vantagens competitivas
em relação aos concorrentes junto às pequenas empresas.
GERÊNCIA DE PRODUÇÃO
Coordenação e administração da linha de produção e expedição.
Responsável pela linha de produção, formada por impressores e
auxiliares, orienta na execução de cada trabalho, além de fazer o controle de
qualidade.
Gestão do designer gráfico responsável pelas artes finais que darão
origem às matrizes de impressão (cyrel), almoxarifado, pelo faturamento,
expedição e motoristas.
ARTE FINAL
Desenvolvimento gráfico de novos produtos.
Para produção das etiquetas e rótulos é necessária a confecção da arte
final, um prévia de como será o trabalho para aprovação formal do cliente.
Ao receber a pasta de trabalho o arte finalista, através das instruções
nela contidas e arquivos digitais enviados por e-mail, cria um arquivo digital
que é encaminhado ao departamento comercial que se encarrega de
encaminhar ao cliente.
Com a aprovação do cliente, o departamento
comercial devolve ao arte finalista que providencia a fabricação do cyrel, uma
espécie de carimbo flexível, que é utilizado no sistema de impressão das
etiquetas e rótulos.
O setor de arte final também cria, a pedido da gerência comercial,
material para divulgação da empresa, especialmente para envio por e-mail
marketing.
EMBALAGEM / EXPEDIÇÃO
Embalagem, identificação e expedição de mercadorias.
Recebe os materiais produzidos pelos impressores, embala, identifica e
encaminha documentos para o faturamento. Após emissão da nota fiscal, faz
a expedição dos materiais através dos motoristas da empresa ou retirada de
transportadoras.
ALMOXARIFADO
Recebimento de mercadorias e separação de matéria prima para
produção.
Confere as mercadorias com os pedidos enviados por compras; faz o
recebimento e dá entrada no almoxarifado. Libera matéria prima e outros
insumos para a fábrica de acordo com as ordens de serviço emitidas pelo
PCP. É responsável pelo inventário mensal do estoque.
Somente insumos destinados à produção ou revenda dão entrada no
almoxarifado; materiais de limpeza, escritório e cozinha são recebidos pelo
almoxarife, mas ficam armazenados em seus respectivos departamentos e
seu consumo não é controlado.
No almoxarifado os materiais existentes sempre estão comprometidos para o
atendimento de pedidos em carteira, ocorrendo eventualmente um intervalo de
apenas algumas horas para entrega de um novo lote de matéria prima. Todos os
lotes de material são identificados e registrados, o que garante a rastreabilidade de
todos os insumos utilizados, sejam eles papéis, tintas ou equipamentos.
PRODUÇÃO (IMPRESSORES)
Operadores de máquinas para produção dos pedidos.
Recebem as ordens de serviço do gerente de produção com todas as
informações necessárias para o trabalho; recebe do almoxarifado o material
necessário para execução do serviço; anotam dia e hora na ordem de serviço;
preparam as tintas e ferramentas necessárias. Iniciam a produção e mediante
aprovação do gerente executam o trabalho integralmente. Ao concluírem a
tarefa, anotam dia e hora e encaminham a produção ao setor de embalagem.
Guardam as ferramentas, lavam equipamentos, devolvem material excedente
ao almoxarifado. Iniciam a produção de novo item, repetindo todo o
procedimento.
FATURAMENTO
Emissão de notas fiscais, cartas de correção, arquivo de documentos,
chamada de transportadoras para coletas, formação de itinerário dos
motoristas e motoboy.
O setor financeiro da empresa demonstrou organização e controle, tornandose eficaz em suas atividades diárias.
As duplicatas geradas pelo faturamento são automaticamente enviadas para
cobrança bancária; as quitações são baixadas da mesma forma no sistema e o
pagamento das duplicatas é gerado automaticamente pelas entradas das notas
fiscais.
A empresa não necessita buscar recursos no mercado financeiro para manter
suas atividades, ou seja, não desconta duplicatas ou tem qualquer financiamento
junto às instituições financeiras para captação de recursos.
O pagamento dos funcionários é creditado em conta corrente, sendo a folha
de pagamento e contabilidade feita por escritório terceirizado.
TRANSPORTES
Entrega ou retirada de mercadorias.
Motoristas e motoboy recebem do faturamento as notas fiscais e o
itinerário a ser seguido para as entregas; eventualmente, recebem ordens
para retirada de mercadorias em fornecedores ou de amostras em clientes,
tudo devidamente documentado. Ao retornarem, entregam os canhotos das
notas fiscais ou outros comprovantes ao faturamento; eventuais alterações de
itinerário ou entregas não realizadas são comunicadas também ao PCP.
A expedição dos materiais é feita com a utilização de dois veículos de cargas
e dependendo da necessidade existe uma moto para entrega e retirada rápida.
ANÁLISE DO AMBIENTE INTERNO
Visita as instalações
Para melhor entender os processos deste ramo de atuação e validar nosso
conhecimento
de
ambiente
físico,
visitamos
as
instalações
da
empresa.
Conhecemos todos os processos e instalações da empresa, interagimos com
diversos colaboradores e tivemos o livre acesso a todas as informações que
desejamos obter.
A empresa apresenta uma grande expertise na impressão/fabricação de
etiquetas auto-adesivas e rótulos.
Seu pátio fabril e instalações são adequados às suas atividades e seus
funcionários capacitados para exercer suas funções.
As instalações são mantidas de forma organizada, tendo como procedimento
e controle a rastreabilidade de todos os processos na empresa.
Existe, porém, limitação para aquisição de novas máquinas, visto que a área
destinada à produção esta tomada por equipamentos, não permitindo neste
momento a aquisição de novos equipamentos ou ampliação de outras áreas
relacionadas à produção.
Na administração, o espaço é amplo e permite instalar novos postos de
trabalho para ampliação da área administrativa. E todos os colaboradores desta área
estão bem instalados, com mesas e computadores individuais. O ambiente é
silencioso e a comunicação interna é feita, preferencialmente por e-mail, no sentido
de agilizar decisões comerciais.
QUESTIONÁRIO
1) A empresa possui um planejamento estratégico?
Não. A empresa não possui planejamento estratégico.
2) De que forma são tomadas as decisões sobre investimentos ou crescimento
na empresa?
Ficamos atentos às novidades do mercado e necessidades de nossos
clientes.
3) A crise mundial que se iniciou no segundo semestre de 2008 afetou a
empresa? De que forma?
A crise afetou nossa empresa no início do ano de 2009. Muitos de nossos
clientes deixaram de comprar, outros reduziram a quantidade de pedidos. Isso
diminuiu nossas vendas e consequentemente nosso faturamento.
4) Em caso positivo, quais foram as ações tomadas?
A empresa decidiu imediatamente cortar custos começando pelo corte de
funcionários, horas extras foram transformadas em banco de horas, prêmios
de vendedores foram suspensos e benefícios aos funcionários, como por
exemplo café da manhã e almoço, foram cortados.
5) Nos últimos meses, a inadimplência aumentou em sua empresa?
Muitos de nossos clientes tiveram problemas de recebimento com seus
próprios clientes, outros não conseguiram crédito bancário com facilidade.
Esses fatores fizeram com que a inadimplência aumentasse.
6) Em caso positivo, isto afetou a saúde financeira da empresa? Comente.
Não. A Le Print é uma empresa extremamente saudável, nunca trocamos
duplicatas e temos nosso próprio capital de giro. As reservas da empresa
garantiram a estabilidade no momento de crise.
7) O ano de 2009 se mostra oportuno para novos investimentos em seu setor?
Estamos um pouco mais cautelosos este ano. Grandes investimentos em
máquinas não serão feitos. Preferimos investir em pessoal aumentando e
qualificando nossa equipe de vendas.
8) Quantos clientes sua empresa atende atualmente?
A empresa já atendeu mais de 2.600 clientes em sua existência, mas a média
mensal de atendimento é de cerca de 300 clientes.
9) Qual é o perfil dos clientes atendidos por sua empresa?
Atendemos clientes de pequeno e médio porte. O ramo de atividade é muito
pulverizado. Atendemos clientes na área de autopeças, alimentos, bebidas,
indústria química, cosméticos, higiene e limpeza, laboratórios, entre outros.
10) Para que possamos entender melhor o seu negócio, cite alguns de seus
principais clientes.
Atendemos clientes que atuam nas mais diversas áreas. Destacamos: Cacau
Show, Davene, Muriel, Ciba, Tabacow, Alcântara Machado Feiras e
Promoções, Universal Music, A Rela (Palitos Gina), Wickbold, Basf,
Montevergine, Dixie Toga,
11) Qual o perfil dos seus fornecedores? Pequenas, médias ou grandes
empresas?
Nossos fornecedores são empresas de médio e grande porte. Alguns deles
são multinacionais e possuem certificados de qualidade.
12) Em relação aos seus fornecedores, houve mudanças de condições de
pagamento ou aumento de preços em função da crise?
No final de 2008 praticamente todos os nossos fornecedores aumentaram
seus preços e reduziram os prazos de pagamento. Pagamentos acima do
prazo previsto seriam acrescidos juros.
13) Quais são seus principais concorrentes hoje?
Segundo levantamento da ABIEA (Associação Brasileira das Indústrias de
Etiquetas Adesivas), existe, só no estado de São Paulo, mais de 600
empresas que atuam nesta atividade. Citamos apenas algumas com as quais
costumamos competir pelos mesmos clientes: Mackcolor, Indemetal Gráficos,
Scan Brasil, Imprima, Gold Label.
14) Qual o maior diferencial de sua empresa com relação aos seus concorrentes?
Nossa empresa fornece o mesmo material especificado por nosso cliente o
que não acontece na maioria da concorrência; cumprimos com os prazos de
entrega; temos profissionais treinados e qualificados para atender nossos
clientes; a empresa possui procedimentos que garantem a rastreabilidade e a
repetibilidade de todos os produtos, entre outros.
15) Do ponto de vista administrativo, quais os pontos fortes da empresa?
Por sermos uma empresa pequena, organizada e saudável, temos agilidade
na tomada de decisões e flexibilidade em muitos departamentos. A estrutura
enxuta e sem burocracias simplifica qualquer processo.
16) E os fracos?
Da mesma forma, por sermos uma empresa pequena, muitas atividades são
acumuladas
pelos
mesmos
profissionais.
Por
exemplo,
não
temos
departamento de marketing e recursos humanos, o que, em alguns
momentos, interfere no desempenho da empresa.
17) Qual o prazo médio de entrega dos produtos fornecidos por sua empresa?
No primeiro pedido damos um prazo de até 10 dias úteis para o cliente devido
à necessidade de produção de ferramental. A partir do segundo pedido
conseguimos atender o cliente num prazo de até 5 dias úteis.
18) Do ponto de vista comercial, quais são as maiores barreiras que sua empresa
tem que superar?
Manter a satisfação, empenho e comprometimento do vendedor é uma tarefa
difícil. Muitas vezes o que o vendedor vende está bom para ele e não para a
empresa. Essa busca de superação e crescimento é o que estamos tentando
alcançar.
19) Sua empresa teve crescimento nos últimos anos? É possível informar as
taxas de crescimento anual acumuladas?
Nossa empresa apresentou crescimento até outubro de 2008. No mês de
novembro de 2008 tivemos algumas mudanças tributárias como o acréscimo
do ICMS que junto à “crise” diminuíram nossas vendas.
20) Em relação às cotações, qual o percentual de pedidos fechados?
Este número varia muito, mas a média é de que fechamos cerca de 30% dos
orçamentos feitos para clientes novos.
21) De que forma a empresa divulga seus produtos e serviços?
Não investimos em propaganda; a divulgação é feita apenas através de
nossas vendedoras, via telefone e com anúncios pagos no site de busca
Google.
22) Qual a estratégia para desenvolvimento de novos clientes?
A equipe de vendas faz prospecção através de pesquisas na internet,
baseadas na curva ABC, identificando os nichos de mercado que devem ser
trabalhados.
23) Qual a estratégia para fidelização dos clientes?
Procuramos dar um excelente atendimento com pessoal qualificado e
treinado. O pós venda bem feito também é uma maneira de mostrar ao cliente
que a empresa não está só interessada na venda, mas sim na conquista do
cliente. Para completar a parceria a empresa procura sempre cumprir com a
qualidade do produto e agilidade na entrega.
24) Como é o pós venda de sua empresa?
Cada vendedora cuida de forma cuidadosa e individual cada um de seus
clientes e através de um sistema interno da empresa, conseguem identificar
quando a mercadoria foi entregue para que a mesma possa fazer o pós venda
o mais breve possível.
25) Sua empresa é filiada a alguma entidade de classe ou sindicato? Qual?
Somos filiados a ABIEA – Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas
Adesivas e ABFLEXO.
26) A empresa participa das atividades dessa entidade? Recebe informações que
ajudam a direcionar seus negócios?
Colaboramos mensalmente com estas entidades para que possamos receber
as notícias e tendências de nosso mercado. Costumamos participar de
eventos e concursos de qualidade promovidos por estas entidades.
27) Que tipo de ferramentas a empresa utiliza para fazer análise de mercado e
concorrência?
Infelizmente, não dispomos de ferramentas ou profissionais especificamente
para essa análise; a avaliação é feita de forma intuitiva.
28) Existem projetos de ampliação ou modernização da empresa a curto, médio e
longo prazo?
Como estamos no ramo de flexografia pretendemos estar investindo em
equipamentos deste segmento. No ano de 2008 adquirimos uma nova
máquina que ainda está com capacidade ociosa. A política da empresa é dar
o próximo passo no momento em que conseguimos pelo menos em um turno
ocupar a capacidade total da máquina. Hoje trabalhamos com máquinas
modelo tambor central. O próximo passo será investirmos em máquinas
modelo modular. Este equipamento possui mais precisão, rapidez e
qualidade.
29) Em que departamentos ou setores a empresa priorizou seus investimentos
nos últimos anos?
Priorizamos
os
investimentos
no
parque
fabril
adquirindo
novos
equipamentos.
30) Sua empresa não possui um departamento de Recursos Humanos. Como é
feito o processo seletivo para contratações?
Por se tratar de uma empresa pequena, não possuímos departamento de RH.
Nossa contabilidade (que é terceirizada) faz toda a parte de documentação de
nossos funcionários. Quando precisamos fazer uma nova contratação
normalmente colocamos anúncios em jornais ou no site Cato. Os gerentes de
cada departamento são encarregados de entrevistar, avaliar e fazer a
contratação.
31) A empresa prioriza a contratação de funcionários qualificados na área pelo
mercado ou dá preferência ao treinamento interno?
Quando se trata da parte administrativa ou vendas damos preferência a
pessoas que já entendem ou são do segmento. Quando se trata de
contratação para a produção preferimos contratar pessoas que não são do
segmento e treiná-las de acordo com o modo que nossa empresa trabalha.
32) Ainda considerando a inexistência de um RH, como são feitos os
treinamentos na empresa? Quem determina as necessidades?
Não temos uma pessoa que cuida disso no momento. Quando temos
funcionários novos os gerentes analisam a necessidade do tipo de
treinamento que é preciso ser dado tanto no escritório como na produção.
Normalmente esses treinamentos são dados por nossos fornecedores.
33) A empresa tem uma política de aproveitamento de seus talentos internos?
Sim. Já houve casos de pessoas que trabalhavam em uma área serem
transferidas para outras devido a uma maior experiência naquela área ou
abertura de vaga.
34) A preocupação com o meio ambiente é uma realidade em todas as empresas.
Qual o destino dado aos resíduos de sua produção?
A Le Print hoje não é uma empresa que tem desenvolvimento sustentável.
Apesar disso nos preocupamos com o meio ambiente. Cada resíduo é
separado corretamente e uma empresa contratada os leva para um aterro
apropriado. O lixo reciclável a empresa acumula e depois vende. O dinheiro é
utilizado por nosso grêmio que promove eventos esportivos e festas para a
integração dos funcionários.
A ENTREVISTA
A visita do grupo para a entrevista com a diretora da empresa LE PRINT,
Taisa Gheller, ocorreu no dia 14/04/09.
Para otimizar o tempo, visto que programamos muitas perguntas, o
questionário foi enviado no dia anterior, por e-mail.
Assim, ao chegarmos à empresa, recebemos cópias do questionário já
respondido e focamos nas perguntas complementares, com o objetivo de
aproveitamento do tempo da empresária e nas explicações sobre as respostas que
haviam sido dadas.
Fomos informados de que existem planos de expansão futura, com a
ocupação do prédio ao lado da empresa, pertencente ao mesmo proprietário do
imóvel ocupado pela empresa.
Durante a entrevista, notamos que os funcionários da área administrativa,
mais preparados, estão sobrecarregados pelo fato de ter ocorrido uma redução de
quadro de pessoal, impactando diretamente nas atividades rotineiras dos setores,
que ficaram sobre responsabilidade dos gestores de cada área. Tal situação não
permite que os gestores desenvolvam atividades focadas em suas atribuições
específicas, perdendo assim qualidade e oportunidades de melhorias.
Todas as atividades estão focadas na redução de custos, no aumento das
vendas, no atendimento pontual dos pedidos, na qualidade do produto e no
cumprimento de metas de faturamento.
A empresa trabalha de acordo com as necessidades geradas no dia-a-dia,
não tendo projetos de desenvolvimento a curto, médio e longo prazo, que envolvam
pesquisas de mercado, tendência, investimentos etc. Estas decisões são tomadas
de acordo com o “feeling” da proprietária da empresa.
A empresa não investe em propaganda de seus produtos, tendo como único
meio de divulgação a figuração entre os primeiros no site de buscas Google, dando
acesso ao site e aos telefones da empresa. Este meio de divulgação, apresenta
segundo a direção da empresa, um ótimo retorno sobre o investimento e garante
geração de um bom lucro sobre os resultados obtidos.
Com esse sistema de trabalho, segundo a diretora da empresa, o
investimento em estoque e espaço físico para a estocagem é mínimo, o que reduz
de maneira sensível os custos da empresa, mantendo também um fluxo de caixa
baixo na compra de matérias primas.
Departamentos como marketing, qualidade e RH não fazem parte do
organograma da empresa e mesmo sem estas áreas, existe um comprometimento
dos profissionais com a qualidade do produto final, tornando-a flexível no
atendimento das necessidades dos clientes.
A direção exige retorno sobre tudo o que faz, ou seja, é uma empresa que
está voltada à lucratividade nos negócios. Neste formato de Administração, qualquer
tipo de investimento no atual momento é considerado como despesa, por exemplo:
investir em propaganda seria uma maneira de divulgar a marca e gerar mais vendas,
porém, na percepção da Executiva (proprietária) este tipo de investimento é
considerado como despesa, o que pode dificultar a implementação de mudanças.
Esta visita foi extremamente enriquecedora e fundamental para que
pudéssemos apresentar nossas conclusões e propostas.
ANÁLISE DO AMBIENTE EXTERNO
Em pesquisas divulgadas pela ABIGRAF em março/2009, temos a
extraordinária marca de 19.000 gráficas de todos os tipos (plana, rotativa, off set e
serigrafia) instaladas no Brasil. Destas, 6.840 (36%) estão no estado de São Paulo,
sendo 61,4% instaladas na capital.
Fonte: Revista Graphiprint (2009)
Das gráficas instaladas no mercado brasileiro cerca de 96,8% destas são de
micro e pequeno porte.
Segundo a ABIEA (Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas
Adesivas), existem cerca de 600 empresas atuando exatamente no mesmo
segmento de mercado que a LE PRINT que atua somente no estado de São Paulo.
A indústria gráfica é dividida nos seguimentos de editorial, embalagens,
etiquetas, promocional, mídia exterior, formulários, cadernos, cartões, impressos
fiscais e envelopes. Conforme dados da IBGE, em 2007, o faturamento total do ramo
foi de 17 bilhões. Dentre estes seguimentos, o faturamento maior foi no segmento
de Editorial, em 37,3%. O segmento de etiquetas ficou em terceiro lugar.
Fonte: IBGE-PIA (2007)
Como em todos os ramos de atividade de hoje, este setor possui igualdade de
tecnologia, e modernização rápida. Os investimentos acumulados na tecnologia no
ano de 2008 são de US$1,8 bilhão.
DIAGNÓSTICO DO GRUPO
Visando conceber intelectualmente o mundo das oportunidades e o potencial
da organização, ao mesmo tempo, respondendo e se antecipando as ameaças, o
grupo traz seu diagnóstico para melhoria dos processos e tomadas de decisão.
A percepção do grupo quanto à primeira visita e também quanto ao contato
com a Proprietária foi positiva. Além disso, há o livre acesso dos funcionários às
pessoas que tem o poder de decisão.
A empresa investe atualmente em sistemas integrados que possibilitam a
rastreabilidade de seu processo produtivo. Isso garante a qualidade dos processos,
que como conseqüência fornece qualificação às pessoas e faz com que a LE PRINT
se diferencie da maioria dos concorrentes usufruindo de boa gestão sobre as
informações.
Os números identificados durante a análise do mercado, ilustram de maneira
definitiva o quanto esse mercado é disputado e que é necessário promover ações
que diferenciem e destaquem a empresa em relação à concorrência, já que, o fator
de diferencial na tecnologia já pode ser alcançado e cada vez mais encontram-se
concorrentes.
Assim, identificamos que empresa poderia promover pequenas ações nos
departamentos ( treinamento interno, workshop, melhor integração), e em outros um
novo formato de trabalho ( sistemática de trabalho, metas, maior comprometimento)
e até criação de novas áreas (Marketing, qualidade, RH). Essas mudanças visam
aprimorar as competências de cada área e desenvolver os profissionais que nela
trabalham.
Assim, começando por uma implantação das diretrizes na organização
(Missão, Visão e Valores). Conforme já citadas, colaboraram com a organizaçãoem
concentrar, com base lógica, seus esforços em uma direção comum, estabelecendo
com as áreas, ampla responsabilidade por tarefa dentro da organização, que por
meio destas a empresa possa rumar aos seus objetivos, sua visão. Insistimos que a
empresa deveria analisar nossa sugestão para implementação da missão, visão e
valores, acreditando em nossa proposta.
Principais necessidades:
Foram identificadas as necessidades de criação de três atividades:
 A de seleção, desenvolvimento e gestão de pessoas, recursos
humanos.
 A de divulgação dos materiais e serviços da empresa, Marketing .
 A de controle e desenvolvimento de qualidade dos produtos,
Qualidade.
Analisando que na empresa possui as funções de recursos humanos em
projeto de terceirização e a de controle de qualidade em posse do gerente de
produção, foi identificado que existe maior necessidade no desenvolvimento de
atividades relacionadas ao Marketing, visto que atualmente não existe tal área ou
pessoa responsável para desenvolver esta atribuição.
É grande a oportunidade para a empresa no desenvolvimento de um projeto
com este foco, pois permitirá maior divulgação da marca e possíveis retornos com a
captação de novos clientes e diferencial competitivo, de acordo com a estratégia da
diretoria, já que o Marketing inexistiria sem a estratégia.
“Marketing é despertar nos consumidores suas necessidades reprimidas e
demonstrar com supri-las através de produtos e/ou serviços.”
(NÓBREGA, Moacir, 2008)
O Marketing é a função empresarial que identifica necessidades e desejos
insatisfeitos, define e mede sua magnitude e seu potencial de rentabilidade,
especifica que mercados-alvo serão mais bem atendidos pela empresa, decide
sobre produtos, serviços e programas adequados para servir a esses mercados
selecionados e convoca a todos na organização para pensar no cliente e atender ao
cliente. Portanto, podemos entender que o Marketing torna-se um departamento
essencial para uma empresa que trabalha com vendas.
“Marketing é um processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas
obtêm aquilo de que necessitam e o que desejam com a criação, oferta e livre negociação
de produtos e serviços de valor com outros.”
(KOTLER e KELLER, 2006)
Acreditamos que é necessário investir ou criar possibilidades para a
divulgação do nome e dos produtos da empresa, fazendo com que o mercado tenha
acesso a produtos de qualidade e acreditem na LE PRINT como uma parceira para
atender suas necessidades.
O Marketing agirá junto as diretrizes organizacionais e as estratégias traçadas
pela diretoria. Este visará soluções inovadoras e valorização dos produtos e
serviços, rumando a excelência e reconhecimento, sempre trabalhando com
simplicidade, idoneidade e transparência.
“Marketing é a entrega de satisfação para o cliente em forma de benefício”
(KOTLER e ARMSTRONG, 1999).
Para a implementação da estratégia de marketing, é necessário a
concentração na determinação dos mercados apropriados para as ofertas da
empresa e no desenvolvimento do mix de marketing efetivo, levando em
consideração o conjunto, que compõem o Marketing, chamado 4P’s:
 Produto: bem físico ou serviço da empresa
 Preço: o preço do produto oferecido ao público
 Ponto de Venda: lugar onde o produto é vendido
 Promoção: publicidade para vender o produto.
Na LE PRINT, seus produtos tem qualidade e com a implantação do
Marketing permitira o acesso a novos mercados e ter grandes chances de expandir
seus negócios e ampliar a família de produtos.
O preço também está bem definido, visto que sua participação de mercado é
linear, porém, acreditamos que com a aplicação de novas estratégias poderão ser
revistos graças aos valores agregados a empresa e a marca.
Seu canal de venda interno possui uma base estruturada e muito funcional.
Verificamos que é necessário aplicar estratégias na promoção, nos canais de
distribuição. Ações de prospecção de novos clientes e busca por qualidade, tanto na
imagem da marca quanto em seus produtos, torna-se diferencial competitivo,
tornando a imagem da LE PRINT forte no mercado e possibilitando a longo prazo o
crescimento esperado, diferencial na qualidade e novas parcerias e negócios.
Verificamos que a empresa enfatiza a existência de qualidade em seus
produtos e pontualidade na entrega, assim, acreditamos que estes pontos em
destaque podem ser utilizados como ponto de partida para uma estratégia de
divulgação da empresa. Essas ações serão focadas na qualidade dos produtos e
serviços, pontualidade em suas entregas e na confiança que a empresa busca
transmitir aos seus clientes.
Partindo do principio que a empresa adote nossa sugestão e implemente a
área de Marketing, solicitamos que alta Gerencia considere o exposto e defina as
atividades relacionadas à área de Marketing.
Apresentamos uma lista de possíveis atribuições do departamento de
marketing, sem ordem de prioridade ou importância de cada atividade:
1. Reestruturação de todo o site da empresa, considerando as seguintes
alterações:
a. FTP para agilizar transferência de dados;
b. Expansão da tela do Site;
c. A tela atual é fixa, tem que ser móvel;
d. Mudança de alguns ícones focando o padrão de mercado;
e. Atualização das imagens utilizadas;
f. Criação do ícone “Fale Conosco” ou “Contatos” (atualmente, o ícone que
dá acesso à contato é o “Orçamento” o que pode inibir solicitação de
informações);
2. Criação de materiais segmentados para divulgação através de e-mail: o
material pode ser desenvolvido pela funcionária de marketing em parceria
com o arte finalista da empresa e o envio através de meio eletrônico não
representa despesa para a empresa;
3. Envio de mensagens via e-mail em datas especiais:
a. Aniversário do comprador;
b. Natal;
c. Dia do Comprador;
d. Outras ocasiões especiais;
4. Criação de uma “news letter” mensal a ser enviada por e-mail para todos os
clientes; novamente, por ser utilizada mão de obra interna e envio através de
e-mail, não representaria custos para a empresa;
5. Inserção de “releases”, gratuitos, em revistas especializadas: a maioria das
revistas especializadas publica gratuitamente notas ou matérias enviadas,
desde que seja de interesse da área de atuação da publicação ou
representem uma “novidade” no mercado;
6. Inserção de “releases”, gratuitos, em sites especializados: da mesma forma
que em revistas, estes sites publicam quase todo material enviado,
gratuitamente;
7. Realização de pesquisas de satisfação de clientes:
a. Ativos;
b. Orçamentos perdidos: satisfação quanto ao atendimento junto a
clientes que não confirmaram pedidos (esta avaliação pode nos ajudar
a direcionar melhor nossas vendedoras):
c. Prospectos: satisfação quanto ao atendimento junto a clientes
prospectados e medição da lembrança do cliente em relação ao
contato;
8. Busca de listagens de clientes por segmentos de atuação, através de
sindicatos, associações de classes ou outras entidades; esses materiais são
disponibilizados gratuitamente em sites e podem ser utilizados sem qualquer
custo. Essas listagens podem ser entregues à equipe comercial para
prospecção via telefone ou utilizados para envio de e-mail marketing;
9. Criação de material promocional para divulgação em feiras e eventos: a ser
produzido internamente, o custo seria mínimo, representado apenas pelo
cyrel e pela matéria prima a ser utilizada;
10. Envio de malas diretas por correio;
11. Administração do e-mail [email protected]
12. Compra de catálogos e mailings para utilização da equipe comercial na
prospecção de novos clientes;
13. Criação de novos folders, com imagens mais atuais;
14. Anúncios em revistas especializadas. Algumas sugestões:
a. Pack – Dirigida a empresas fornecedoras, convertedoras e usuárias de
embalagens, bem como, prestadores de serviços relacionados à
logística, design e todos os processos relacionados a indústrias de
embalagem. Tiragem de 10.000 exemplares.
b. Embalagem Marca – Dirigida a profissionais envolvidos com o
desenvolvimento de embalagens e com poder de decisão nas
indústrias de bens e consumo, como alimentos, bebidas, cosméticos e
medicamentos. Tiragem de 15.000 exemplares.
c. Embanews – Dirigida ao segmento de alimentos, bebidas, brinquedos,
cosméticos, embalagens, farmacêuticos, químicos e afins. Tiragem de
15.000 exemplares.
d. Adesivos & Selantes
– Dirigidas às indústrias fabricantes e
consumidoras de adesivos, selantes e colas, como indústria gráfica, de
calçados, embalagens, móveis, transportes, plásticos, descartáveis,
construção
civil,
etiquetas
e
rotulagens.
Tiragem
de
10.000
exemplares.
e. Anuário da ABIA (Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação)
– Destinada a profissionais das indústrias de alimentos e bebidas,
embalagens para indústria alimentícia, ingredientes e insumos, aditivos
e coadjuvantes de tecnologia, máquinas, equipamentos, suprimentos e
serviços para a indústria alimentícia. Tiragem de 20.000 exemplares.
15. Inserção de materiais promocionais em revistas especializadas;
16. Participação em feiras;
17. Permutas com editoras, revistas e rádios para divulgação da empresa;
18. Pesquisa de mercado para divulgação de produtos segmentados, de acordo
com o interesse da empresa e disponibilidade de máquinas. Exemplos:
a. Impressão no liner
b. Resseláveis
c. Ribbons
d. Rótulos
e. Etiquetas brancas
19. Personalização dos carros da empresa;
20. Inserção do logo da empresa nos orçamentos;
21. Identificação de expectativas e envio de brindes especiais para clientes A;
22. Levantamento do índice de retenção de clientes;
23. Implantação do CRM;
24. Divulgação dos aniversariantes do mês;
25. Pesquisas de satisfação dos colaboradores;
26. Implantação de mural para divulgação de ações de marketing e novidades do
mercado gráfico;
27. Implantação de show room na recepção da empresa;
28. Campanhas de ação social que envolvam os colaboradores;
29. Desenvolvimento e implantação da intranet;
30. Criação de vídeo institucional;
31. Criar ações motivacionais entre os colaboradores (prêmios, campanhas,
workshops e integrações).
RECEITA DE SUCESSO
Baseando-se em todas as informações coletadas e analisadas, identificamos
como sugestão para melhoria dos resultados da empresa Le Print a implementação
de uma área de Marketing, direcionando ações planejadas para divulgar o nome da
empresa (comunicação). tais como: inserção de propagandas em revistas
especializadas de alguns segmentos (farmacêutica, química, cosméticos etc.);
buscar no mercado pesquisas prontas e realizar novas, identificando possíveis
necessidades de clientes não atendidos com qualidade; e-mails eletrônicos de
divulgação; levantamento de feiras e eventos; possíveis parcerias com fornecedores
de etiquetas com o logo da LE PRINT.
Na criação da área de Marketing, faz-se necessário identificar um profissional
com experiência para atuar e executar o planejamento estratégico focado no
marketing para a empresa.
Competências
O profissional da área de marketing deverá analisar o mercado alvo, definir
novos produtos e preços, divulgação de produtos, relacionamento e fidelização,
imagem institucional e sistema de inteligência de marketing, além de outras
sugeridas anteriormente
Alinhamento da Visão, Missão e Valores
Sugerimos que a LE PRINT utilize como referência para sua atuação no
mercado a visão, missão e valores sugeridos na pag.8 para a implementação e
conscientização de seus colaboradores, fornecedores e clientes. Desta forma o
profissional da área de Marketing estará alinhado com os objetivos da empresa.
Passos para implementação:

Análise do Mercado

Definição de produtos e serviços

Canal de Distribuição

Identificação e atuação no mercado alvo

Divulgação de produtos

Relacionamento e Fidelização de clientes

Imagem institucional

Sistema de Inteligência de Marketing
Descrição das fases
- Análise do Mercado: A analise interna acima comentada pelo grupo é
complementada com a analise externa, observando o ambiente do mercado no que
tange a fornecedores (produtos e serviços substitutos, tecnologia, fatores
ambientais, relacionamento), concorrência (quem são, como posso aumentar minha
vantagem competitiva), Clientes (o que vão consumir no futuro, como atender
melhor, perfil e expectativas). A empresa deverá buscar informações no mercado,
sendo esta analise o grande norteador para o sucesso de seu planejamento.
- Definição de produtos e serviços: deve-se conhecer o mercado e
disponibilizar produtos e serviços economicamente viáveis para um determinado
segmento, buscando como foco desenvolver produtos e mercados que melhor
assimilem seu produto e preço.
- Canal de Distribuição: Neste momento precisa-se definir de que forma o
cliente terá acesso ao fornecedor, a venda deverá ser executada por canal direto
(equipe de vendas interna) e representantes externos. Gerenciado por uma única
pessoa, evitando que ocorra conflitos entre as áreas externas e internas.
- Identificação e atuação no mercado alvo: Conhecer o perfil do publico é
crucial para atingir o cliente certo, portanto, a empresa devera buscar no mercado
cliente que tenham um perfil similar ao da Le Print. Clientes que exijam qualidade,
prazo e flexibilidade, com certeza serão atendidos de forma exemplar e se tornarão
fieis a empresa.
- Divulgação de produtos: A Le print poderá desenvolver várias formas de
propaganda, o ponto principal é não pensar em Marketing e sim em propaganda. No
mercado em que atua, sugerimos direcionar a divulgação para seu publico da
seguinte forma.

Folhetos informativos (data sheets);

Mala direta e por e-mail;

Propaganda em revistas especializadas;

Brindes de final de ano;

Brindes promocionais (camisetas, bonés, canetas)
- Relacionamento e Fidelização de clientes: A partir do momento em que o
cliente descobrir a empresa Le Print e iniciar uma parceira comercial. Deve-se
considerar que este cliente é a razão de ser da empresa, superando suas
expectativas e necessidades, “surpreende-lo é a missão”. Criar indicadores de
satisfação interno e externo permitindo avaliar a satisfação dos funcionários da área
comercial e de seus clientes. O objetivo principal é o cliente satisfeito, gerando como
conseqüência a fidelização.
- Imagem institucional: A empresa tem por obrigação saber que, para
manter seus atuais clientes e captar novos, deverá estar comprometida com o
cliente, oferecendo preços competitivos e de qualidade, além de, estar alinhada com
o mercado e suas tendências, e, que tem total condição de continuar operando por
um longo tempo. O cliente não gostaria de arriscar e comprar de uma empresa sem
estabilidade e com possível encerramento de suas atividades.
Aconselhamos que a venda para clientes em potencial deve ser divulgada,
como um meio de propaganda, gerando vendas por referência.
- Sistema de Inteligência de Marketing: O mercado esta em constante
evolução, a criação do “SIM” permitirá o constante monitoramento das mudanças,
analisando as oportunidades e ameaças e o impacto das mudanças no
planejamento da empresa.
 Onde buscar a informação: Clientes, Fornecedores, concorrentes
 Informações que deve monitorar:
- registros internos: pedidos, vendas, preços, custos, níveis de
estoque, etc
- pesquisa de marketing: conhecer nichos de mercado e
aprofundar o conhecimento em mercados em atuação
- simular cenários.
Face a proposta de divulgação do nome “Le Print“ por meio de brindes,
folhetos, anúncios, etc sugerimos que se crie um budget, com base na receita das
vendas totais de cada mês.
Aconselhamos um percentual de 1,25% sobre esta venda e com este recurso,
administrar os investimentos.
Pelas informações que coletamos, a receita de
vendas é superior a R$ 500.000,00/mês; desta forma o valor a ser provisionado será
em torno de R$ 6.000,00/mês. Trata-se de um valor relativamente baixo diante das
grandes possibilidades de investimento na área, entretanto, a medida que existir
retorno das ações tomadas, a alta gerencia poderá definir maiores valores para
investimento.
O futuro de novas ações de médio e longo prazo, estão diretamente ligadas
ao sucesso das de curto prazo.
CONCLUSÃO
O sucesso deste trabalho esta relacionado a implementação, execução e
controle desta proposta. Tendo como objetivo principal o crescimento na
participação de mercado no segmento que atua, os resultados coletados se positivos
possibilitarão novas ações a médio e longo prazo. Identificamos ainda que se faz
necessário com o objetivo de melhoria para a empresa, a criação de outros dois
departamentos, conforme segue:
CONTROLE DE QUALIDADE
Em fabricação controle de qualidade e a engenharia da qualidade estão
envolvidos no desenvolvimento de sistemas os quais asseguram que os produtos ou
serviços são projetados e produzidos para ir ao encontro ou superar as expectativas
dos usuários. Estes sistemas são freqüentemente desenvolvidos em conjunto com
outras disciplinas de negócios e engenharia usando uma abordagem de referência
cruzada.
Atualmente, a responsabilidade pelo controle de qualidade de todos os itens
produzidos na empresa recai apenas sobre o gerente de produção.
Com o investimento em marketing, deve aumentar potencialmente o número
de pedidos, especialmente do produto rótulo, que exige um maior rigor no controle
de qualidade de todo o seu processo.
Assim, entendemos que, a médio prazo, torna-se indispensável à contratação
de um profissional para desenvolver esta atribuição.
RECURSOS HUMANOS
A gestão de recursos humanos é uma atividade executada pelo departamento
de recursos humanos com a finalidade de selecionar, gerir e direcionar os
colaboradores na direção dos objetivos e metas da empresa.
Para que todos os colaboradores do nível tático possam estar disponíveis e
focados em suas atividades principais, acreditamos que é necessária a contratação
de um profissional focado em recursos humanos.
Este profissional, além de coordenar todo o processo de contratação de
novos colaboradores, deverá ser o responsável pela integração desses profissionais,
a elaboração de cartilhas para treinamento, contratação de cursos, organização de
eventos e palestras motivacionais.
Também sugerimos a aquisição de um data show para utilização em
reuniões, palestras e treinamentos.
Bibliografia
KOTLER, Philip. Administração de Marketing. 10 ed. São Paulo: Prentice-Hall, 2000.
HAJJAR, Dagoberto et al.. Planejamento de Marketing. CRN Brasil, Capa: Em Troca
de Estação, São Paulo: ed. 286, 1ª quinzena de abr. 2009.
CERTO, Samuel; PETER, J. Paul. Administração Estratégica. São Paulo : Makron
Books, 1993.
Download
Random flashcards
modelos atômicos

4 Cartões gabyagdasilva

paulo

2 Cartões paulonetgbi

A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

teste

2 Cartões juh16

Criar flashcards