2AvaliacaoBiologiaChico3Tri1EMGABARITOMogi

Propaganda
Pré-vestibular
Ensino Médio
Ensino Fundamental
Educação Infantil
MOGI GUAÇU
2ª Avaliação de Biologia - GABARITO
1º Ano E.M.
Valor:
Prof.: Chico
3º Trimestre 2014
10,0
Nome:
Nº:
Instruções para a prova:
1. Leia todas as questões atentamente. Evite rasuras.
2. A interpretação das questões faz parte da avaliação.
3. Utilize caneta azul ou preta para as respostas e lápis para os cálculos.
4. Todas as questões que possuem cálculos deverão ser justificadas e serão consideradas erradas se
apresentarem apenas a resposta.
01) [1,00 ponto] Nos últimos 10.000 anos, o nível de evaporação da água do Mar Morto tem
sido maior que o de reposição. Dessa forma, a concentração de sais tem aumentado, já que o
sal não evapora. A principal fonte abastecedora do Mar Morto é o Rio Jordão. Com a
salinidade tão alta, apenas alguns micro-organismos são capazes de sobreviver nesse
ambiente. Quando um peixe vindo do Rio Jordão deságua no Mar Morto, ele morre
imediatamente.
a) Quando um peixe é exposto a um ambiente com alta salinidade, ocorre um grande aumento
da concentração de sais nos seus fluidos extracelulares. Esse aumento provoca a formação
de um gradiente de concentração, em que o meio intracelular apresenta-se hipotônico em
relação ao meio extracelular (hipertônico). O que acontece com as hemácias nessa situação?
Qual o nome do transporte celular envolvido?
b) Uma característica exclusiva dos peixes ósseos é a presença de uma bexiga natatória. Em
alguns peixes, essa bexiga está ligada ao sistema digestório, conferindo uma vantagem
adaptativa. Descreva as funções da bexiga natatória.
a) As hemácias perdem água e murcham. O transporte celular é a osmose.
b) A bexiga natatória ajuda na flutuação do animal, permitindo que ele mantenha o equilíbrio
em diferentes profundidades. A vantagem adaptativa de a bexiga natatória estar ligada ao
sistema digestório é que o peixe pode enchê-la tomando ar pela superfície da água.
02) [1,00 ponto] No ano de 2011, um novo ataque de tubarão voltou a acontecer com um
surfista que desobedeceu aos avisos que proibiam a prática do esporte em uma praia do
Recife. Sobre esses animais, considere as afirmações seguintes e diga se são verdadeira (V)
ou falsas (F).
(
) São animais triblásticos, deuterostômios, metamerizados, com sistema digestório
completo e presença de tubo nervoso dorsal durante o desenvolvimento embrionário.
(
) Pertencem ao filo dos protocordados, pois apresentam coluna vertebral cartilaginosa e
não óssea como os demais vertebrados.
(
) Pertencem à mesma classe das raias, ambos com sistema nervoso desenvolvido; na
região da cabeça, as ampolas de Lorenzini captam as correntes elétricas das presas.
(
) Apresentam uma nadadeira dorsal proeminente, cauda heterocerca e bexiga natatória
que regula a profundidade na lâmina d’água.
(
) São dioicos com fecundação interna; os machos apresentam um par de “cláspers” que
são introduzidos na cloaca da fêmea para transferência espermática.
V - F - V - F - V.
A folha de resposta é um documento do aluno, portanto este deve se responsabilizar pela mesma.
Os tubarões são animais vertebrados pertencentes ao filo cordados e à classe condrictes, por
apresentar endoesqueleto cartilaginoso. Esses animais não possuem a bexiga natatória,
estrutura comum em peixes ósseos que vivem na coluna d’água. Os tubarões garantem sua
flutuabilidade graças à presença de nadadeiras peitorais largas e um grande fígado rico em
óleos.
03) [1,00 ponto] A flor é um órgão importante para as Angiospermas, na qual são encontradas
estruturas onde ocorrem processos que irão garantir a dispersão e a perpetuação das
espécies. Na figura a seguir, algumas dessas estruturas e desses processos são
evidenciados.
Com base na análise da figura, pergunta-se:
a) Qual o processo representado em 1 e sua importância para as plantas?
b) Quais as estruturas representadas em 2, 3 e 4?
c) Caso haja sucesso no processo 1, o que as estruturas 2, 3 e 4 irão originar,
respectivamente?
a) Polinização. A polinização promove o fluxo de grãos de pólen entre as plantas, favorecendo
a fecundação cruzada e, consequentemente, a variabilidade genética na população.
b)
2—
ovário:
3
—
óvulo:
4—
saco
embrionário.
c) 2— fruto: 3— semente: 4— embrião e endosperma.
04) [1,00 ponto] A anatomia e a morfologia vegetal são importantes áreas da botânica que dão
subsídio na identificação de espécies e grupos vegetais, que por sua vez permitem conhecer
a diversidade biológica e fiscalizar espécies comercializadas. Com base na anatomia e
morfologia de estruturas reprodutivas, como podem ser diferenciadas angiospermas de
gimnospermas?
Pela morfologia de estruturas reprodutivas angiospermas diferem de gimnospermas por
apresentarem carpelos (estrutura que envolve os rudimento seminais ou óvulos), flores e
frutos. Gimnospermas não apresentam essas estruturas, produzindo as sementes sem
A folha de resposta é um documento do aluno, portanto este deve se responsabilizar pela mesma.
nenhum envoltório oriundo do gineceu e, podem apresentar estróbilos. Pela anatomia,
angiospermas diferem de gimnospermas pela composição celular do xilema e do floema.
Angiospermas apresentam elementos de vaso, elementos de tubo crivado e células
companheiras. Gimnospermas apresentam traqueídes, células crivadas e células albuminosas
(Strasburger).
05) [1,00 ponto] Atualmente é possível encontrar variedades de alface, rúcula e agrião
produzidas por meio da cultura hidropônica, técnica que consiste no plantio desses vegetais
sem o contato com o solo, ficando inseridos em canaletas individuais.
a) Em que consiste a hidroponia?
b) A que grupo de vegetais pertencem as plantas citadas? Cite uma característica encontrada
em plantas desse grupo e que não ocorre nos demais grupos vegetais.
a) A hidroponia consiste no cultivo de hortaliças em solução com nutrientes minerais. A
solução em contato com as raízes das plantas deve ficar frequentemente circulando para
permitir a oxigenação das células das raízes dos vegetais cultivados.
b) As hortaliças cultivadas são plantas do grupo das angiospermas. Essas plantas apresentam
flores e frutos, estruturas não observada em outros grupos vegetais.
06) [1,00 ponto] Os anfíbios foram os primeiros vertebrados a habitar o meio terrestre.
Provavelmente, surgiram de peixes crossopterígeos que eventualmente saíam da água a
procura de insetos. Antes de ganharem o meio terrestre, esses ancestrais dos anfíbios
passaram por modificações em sua estrutura e em sua fisiologia.
a) Mencione duas modificações importantes nessa transição.
b) Os anfíbios são classificados em três ordens: Gymnophiona ou Apoda (cobras cegas),
Urodela (salamandras) e Anura (sapos, rãs e pererecas). Mencione uma característica
exclusiva de cada uma delas.
a) Durante a metamorfose sofrida pelos anfíbios ocorre a modificação da respiração branquial
para cutânea e pulmonar. A circulação simples torna-se dupla e o tipo principal de excreta
nitrogenado deixa de ser amônia e passa a ser a ureia. A pele dos anfíbios terrestre possui
glândulas mucosas.
b) Anfíbios apodes não desenvolvem patas. Os urodelos apresentam quatro patas e cauda.
Os anuros adultos são dotados de patas, mas não possuem caudas.
A folha de resposta é um documento do aluno, portanto este deve se responsabilizar pela mesma.
07) [1,00 ponto] Os répteis foram o primeiro grupo de vertebrados a conquistar o ambiente
terrestre de forma plena.
a) Os répteis modernos estão classificados em três principais ordens. Dê um exemplo de uma
espécie pertencente a cada uma dessas ordens.
b) Explique quais foram as adaptações necessárias para que os répteis pudessem viver no
ambiente terrestre.
a) Ordem Squamata – Serpentes e lagartos; Ordem Crocodilia – Crocodilos e jacarés; Ordem
Chelonia – tartarugas, jabutis e cágados.
b) Os répteis desenvolveram epiderme queratinizada, revestida por escamas ou placas
ósseas, que evita perdas de água pela pele, pulmões bastante eficientes nas trocas gasosas
com o ambiente aéreo, ovos amnióticos protegidos por uma casca membranosa ou calcária e
embriões que desenvolvem estruturas extra-embrionárias (saco vitelínico, âmnio e alantoide),
permitindo o seu desenvolvimento fora da água.
08) [1,00 ponto] Uma dona de casa, querendo preparar uma caldeirada de frutos do mar,
obteve uma receita que, além de vegetais e temperos, pedia a inclusão de cação, camarão,
lagosta, mexilhão e lula. Ela nunca havia preparado a receita e não conhecia os animais. O
filho explicou que esses animais eram: um peixe cartilaginoso (cação), crustáceos (camarão e
lagosta) e moluscos (mexilhão e lula).
a) Indique duas características exclusivas dos moluscos que poderão permitir sua
identificação pela dona de casa.
b) Ao comprar o peixe, a dona de casa não encontrou cação e comprou abadejo, que é um
peixe ósseo. Além da diferença quanto ao tipo de esqueleto, indique outras duas diferenças
que os peixes ósseos podem apresentar em comparação com os peixes cartilaginosos.
a) Características exclusivas dos moluscos: presença de rádula (ausente nos mexilhões e
lulas), corpo mole, viscoso e não segmentado recoberto por concha calcária. Corpo dividido
em cabeça, pé e massa visceral. Na maioria dos moluscos a massa visceral é recoberta cor
uma prega epidérmica carnosa chamada manto ou pálio, responsável pela produção da
concha calcária.
b) Quadro comparativo entre peixes cartilaginosos (Chondrichthyes) e peixes ósseos
(Osteichthyes):
Peixes
Peixes
cartilaginosos
ósseos
Boca
ventral
anterior
Brânquias
sem opérculo
com
opérculo
bexiga
ausente
presente
natatória
Cloaca
presente
ausente
09) [1,00 ponto] Atualmente, o Brasil está na corrida pela segunda geração do etanol, o álcool
combustível, produzido a partir da cana-de-açúcar, tanto do caldo, rico em sacarose, quanto
do bagaço, rico em celulose. O processo para a produção do etanol é denominado
fermentação alcoólica.
O milho é outra monocotiledônea que também pode ser usada na produção de álcool. Cite
duas características das monocotiledôneas que as diferenciem das dicotiledôneas, atualmente
denominadas eudicotiledôneas.
A folha de resposta é um documento do aluno, portanto este deve se responsabilizar pela mesma.
Monocotiledôneas
Nervuras paralelas
Flores trímeras
1 cotilédone
Folhas invaginantes
Feixes vasculares dispersos no caule
Sistema radicular fasciculado
Fruto com 3 lóculos
Eudicotiledôneas
Nervuras reticuladas
Flores tetrâmeras ou pentâmeras
2 cotilédones
Folhas pecioladas
Feixes vasculares dispostos em único circulo
Sistema radicular pivotante
Frutos com 2 ou 5 lojas/lóculos
10) [1,00 ponto] Em uma aula de Biologia Vegetal, a professora tratou sobre características
gerais e evolutivas das Pteridófitas, Gimnospermas e Angiospermas.
Sobre os três grupos vegetais, julgue as afirmativas e diga se são verdadeiras (V) ou falsas
(F):
(
) Pteridófitas apresentam os traqueídes como células responsáveis pelo transporte de
água.
(
) Gimnospermas conduzem os produtos orgânicos através dos elementos de tubo
crivados.
( ) Angiospermas, assim como gimnospermas, formam tubo polínico e produzem sementes.
( ) Angiospermas possuem dupla fecundação e podem apresentar polinização pelo vento.
( ) Gimnospermas possuem flores dioicas em seus estróbilos masculinos e femininos.
V – V – V – V – F.
As plantas classificadas como gimnospermas não formam flores ou frutos.
A folha de resposta é um documento do aluno, portanto este deve se responsabilizar pela mesma.
Download
Random flashcards
paulo

2 Cartões paulonetgbi

paulo

2 Cartões oauth2_google_ddd7feab-6dd5-47da-9583-cdda567b48b3

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Estudo Duda✨

5 Cartões oauth2_google_f1dd3b00-71ac-4806-b90b-c8cd7d861ecc

Matemática

2 Cartões Elma gomes

Criar flashcards