Fisiologia Comparada dos Invertebrados

Propaganda
Fisiologia Comparada dos Invertebrados
Poríferos
Cnidários
Platelmintos
Nematelmintos
Anelídeos
Moluscos
Artrópodes
Equinodermos
Exemplos
Esponjas
Medusas, águasvivas, hidras,
actíneas ou
anêmonas do
mar, corais
Planárias, tênias,
esquistossomo
Lombriga,
ancilóstomo,
larva migrans,
filaria, oxiúros
Minhocas,
sanguessugas,
poliquetos
Insetos,
aracnídeos,
crustáceos,
miriápodes)
Estrelas-do-mar,
ouriços, pepinodo-mar,
bolacha-dapraia
Nutrição
Digestão
intracelular
Possuem uma
cavidade digestória.
Com apenas uma
abertura (boca)(tubo
digestório
incompleto)
Tubo digestório
completo (boca
e ânus)
Tubo digestório
completo (boca,
faringe, esôfago,
intestino e ânus)
Tubo digestório
completo (boca
e ânus)
Tubo digestório
completo (boca
e ânus)
Respiração
Respiração
cutânea direta
Possuem uma
cavidade
digestória. Com
apenas uma
abertura(boca)(tu
bo digestório
incompleto)
Respiração
cutânea direta
Caracol,
caramujo,
polvo, lula,
lesma,
mexilhão,
náutilo, ostra
Tubo digestório
completo (boca,
estômago,
glândulas
digestórias,
intestino e
ânus)
Respiração
cutânea direta
Respiração
cutânea direta
Respiração cutânea
indireta (o oxigênio
absorvido pela pele é
transportado pelo
sangue para todo
corpo). Nos
poliquetas existem
brânquias)
Traquéias (insetos,
aracnídeos e
miriápodes) e
brânquias nos
crustáceos. Em alguns
aracnídeos existem as
filotraquéias ou
pulmões foliáceos
Brânquias
Circulação
Ausente
Ausente
Ausente
Ausente
Circulação
fechada
(sangue corre
sempre no
interior de
vasos)
Aberta e
lacunar(1 coração
e alguns vasos
que despejam o
sangue em
cavidades ou
lacunas)
Muito
rudimentar, com
um líquido incolor
e suas funções
são substituídas
pelo sistema
aquífero.
Excreção
Ausente
Ausente
Pelas células flama
Há uma célula
grande ou par
de células
alongadas em
forma de saco
(renetes)
Por nefrídeos
ou
metanefrídeos
(rim formado
por tubos) que
retiram
excretas do
celoma.
Pelos túbulos de
Malpighi (insetos,
miriápodes e alguns
aracnídeos). E pela
glândula verde nos
crustáceos. Nos
arcnídeos também
podem haver o que
chamamos de
glândulas coxais.
A excreção é
eliminada pelos
pódios e pelas
pápulas nos pés
ambulacrários
Nos aquáticos é
branquial e nos
terrestres uma
câmara que
funciona
como”pulmão” ou
cutânea
Aberta e lacunar(1
coração e alguns
vasos que
despejam o sangue
em cavidades ou
lacunas). Nos
cefalópodes é
fechada
Por
metanefrídeos
Sistema
Endócrino
Nos invertebrados encontramos diversos hormônios, geralmente ligados à reprodução, ao desenvolvimento e à
regeneração. A maioria deles é produzida e lançada no sangue por células nervosas (células neurorreceptoras)
Sistema Nervoso
Ausente
Sistema nervoso
difuso (não existe um
centro nervoso). É
feito por uma rede de
células nervosas.
Gânglios nervosos
ligados entre si por
dois cordões nervosos
(além da cefalização,
há centralização do
sistema nervosos)
Órgãos dos
sentidos
Ausente
Ausente
Além dos ocelos
(olhos
primitivos)há
quimiorreceptores
que assimilam a
presença de
substâncias
químicas úteis ou
nocivas.
Revestimento,,
sustentação e
movimentos
Epiderme
formada por
camada de
células
(pinacócitos e
porócitos).
Sustentação
por espículas e
espongina.
Na epiderme
estão as células
mioepiteliais
ligadas ao sistema
nervoso e que
agem como
músculos,
provocando
movimentos.
Nos platelmintos
há a produção de
um muco na
epiderme que
facilita o
movimento. Os
parasitas possuem
uma cutícula
protetora sobre a
epiderme.
É centralizado, com
um anel na região
anterior do corpo,
do qual partem
cordões nervosos.
Possuem uma
cavidade
(pseudoceloma)
corporal,
preenchido por
um líquido, que
sustenta o corpo
do animal.
Corpo coberto
por uma
cutícula.
Formado por dois
cordões nervosos
ventrais, com um
par de gânglios por
segmento. Dos
gânglios saem
nervos.
Formado por
vários pares de
gânglios unidos
por cordões
nervosos.
Células
espalhadas pela
pele que
acusam a
presença de luz.
Polvo e lula
possuem olhos
bem
desenvolvidos
capazes de
formar
imagens. Em
outros, são
mais simples
capazes apenas
de captar a luz.
A massa
visceral é
revestida pelo
manto. Na
epiderme do
manto há
glândulas que
secretam ma
concha calcária.
Epiderme com
uma cutícula
externa e pode
apresentar
cerdas que dão
apoio ao
animal.
A sustentação é
dada pelo
líquido do
celoma, que
funciona como
um esqueleto
hidrostático.
Hormônio
ecdisona nos
insetos
(determina a
ecdise)
Composto por
gânglios
cerebrais unidos
por cordões
nervosos.
Possuem ocelos
que indicam a
direção da fonte
luminosa.
Alguns possuem
Tb olhos
compostos
(formados por
milhares de
receptores)
(omatídeos)
Exoesqueleto
Pouco
desenvolvido
coerente com a
pouca
mobilidade
desse grupo.
Nas pontas dos
braços das
estrelas-do-mar
existem olhos
simples, capazes
de perceber luz.
Além disso,
células táteis e
olfativas estão
espalhadas na
epiderme.
Geralmente
possuem
exoesqueleto,
mas alguns com
endoesqueleto
coberto por
epiderme.
Comparação dos sistemas respiratórios:
Comparação dos sistemas excretores:
Fisiologia Comparada dos Vertebrados:
PEIXES
ANFÍBIOS
RÉPTEIS
AVES
MAMÍFEROS
Características Gerais
Saco vitelino
Ectotérmicos
Saco vitelino
Ectotérmicos
tetrapoda
Saco vitelino, âmnio,
cório e alantóide
Tetrapoda e
ectotérmicos
Saco vitelino, âmnio,
cório e alantóide
Tetrápoda e
endotérmicos
Saco vitelino, âmnio, cório
alantóide e placenta
Tetrápoda e endotérmicos
Tegumento
Inúmeras glândulas
Ósseos: escamas dérmicas
Cartilaginosos: escamas
dermoepidérmicas
Ósseos: boca terminal e ânus
Cartilaginosos: boca ventral, válvula
espiral e cloaca
Branquial (maioria) opérculo (ósseos)
espiráculo (cartilaginosos)
Dipnóicos ou pulmonados: respiração
pela bexiga natatória
Circulação fechada e simples (pois o
sangue passa uma vez pelo coração) e
completa(não há mistura do sangue
arterial e venoso). Coração com 2
cavidades (1 átrio e 1 ventrículo)
Úmido, fino e
permeável
Inúmeras glândulas
Seco, sem glândulas
Camada córnea espessa
Impermeável.
Glândula uropigiana
Penas
Escamas nas pernas
Pêlos,
gls. sudoríparas e gls
sebáceas.
Boca → cloaca
Sem dentes (maioria)
Boca → cloaca
Presença de dentes
(exceto quelônios)
Pulmonar
Boca → cloaca
Ausência de dentes
Papo e moela
Pulmonar
(Pulmões com sacos
aéreos)
Boca → ânus
Ruminantes: estômago com 4
câmaras
Pulmonar (inclusive nos
mamíferos aquáticos)
Diafragma
Coração com 3
cavidades.
Circulação fechada,
dupla e incompleta(pois
ocorre mistura do
sangue)
Rins mesonefros
ureotélicos
Circulação fechada dupla
e incompleta
Coração com 4 cavidades
incompletamente
separadas
Coração com 4 cavidades
totalmente separadas
Circulação fechada dupla
e completa
Aorta para direita
Coração com 4 cavidades
totalmente separadas
Circulação fechada dupla e
completa
Aorta para a esquerda
Rins metanefros
uricotélicos
Rins metanefros
Ureotélicos
10 pares de nervos
cranianos, 2 côndilos,
ouvido interno e médio,
pálpebras, órgão de
Jacobson (olfato)
12 pares de nervos
Rins metanefros
Uricotélicos
Ausência de bexiga
urinária
12 pares de nervos
ouvido interno médio e
externo
1 côndilo occipital
cerebelo desenvolvido
visão desenvolvida
Sistema Digestório
Sistema Respiratório
Sistema Circulatório
Sistema Excretor
Rins mesonefros - Ureotélicos
Peixes marinhos excretam sais pelas
brânquias
Sistema Nervoso
10 pares de nervos cranianos
sem côndilos no occipital
ouvido interno apenas
Linha lateral – pressão e vibrações
Ampola de Lorenzini (tubarões) detecta
estímulos eletromagnéticos
Larvas: branquial
Adultos: Pulmonar,
cutânea
ouvido: interno, médio e
externo
1 côndilo occipital
fossetas loreais (cobras
peçonhentas)
12 pares de nervos cranianos
três ossículos no ouvido
(martelo, bigorna e estribo)
2 côndilos occipitais
Reprodução
Ósseos: Fec. externa (maioria) larva
(alevino)
Cartilaginosos: Fec. interna (claspers),
sem larvas (maioria ovovivíparos)
Fec. externa com cópula,
desenvolvimento
indireto (girino e
axolotle) exceto em
cobras cegas.
Ovíparos (maioria)
Fec. interna
Cobras peçonhentas
(ovovivíparas)
Ovíparos
Fec, interna
Prototérios: ovíparos
Metatérios: (marsupiais –
placenta primitiva)
Eutérios:placenta verdadeira
Anexos embrionários:
Sistema digestório:
Cloaca- abertura comum ao sistema
reprodutor, digestório e excretor.
(ovo de galinha)
Nas aves há a presença do papo (onde o alimento é amolecido) e da moela
(substitui a falta de dentes, moendo completamente o alimento
com a ajuda de pedras e areia que o animal ingere).
(“ovo” de cobra cega)
Nos ruminantes (depois de ingerir o alimento, este é regurgitado para a boca, onde é novamente mastigado (ruminado) e deglutido), a digestão ocorre em 4 câmaras. Essa divisão em
compartimentos permite um melhor aproveitamento da celulose presente nos vegetais ingeridos, que constituem um nutriente importante na dieta desses animais.
Comparação dos sistemas circulatórios dos vertebrados:
Sistema Excretor nos vertebrados:




Embora quase todos os animais tenham na urina uma mistura de uréia, amônia e ácido úrico, em geral uma dessas substâncias predomina, o que depende da quantidade
de água disponível tanto durante a vida embrionária como na fase adulta do animal;
Amônia (+ tóxica), uréia e ácido úrico (- tóxicos)
Animais aquáticos (muitos peixes, invertebrados e larvas de anfíbio) podem excretar diretamente a amônia, pois, apesar de ser bastante tóxica, também é muito solúvel
em água.
Os Animais terrestres teriam de gastar muita água para excretar a amônia, correndo risco de desidratação. Então,
Anfíbios adultos, peixes cartilaginosos (tubarão e raia) e mamíferos – transformam boa parte da amônia em uréia (São os animais UREOTÉLICOS)
Já o embrião dos animais ovíparos e terrestres (maioria de répteis e aves) não dispõem de meios de eliminar as excretas, uréia, através da casca do ovo e acabaria por
intoxicá-lo. Assim, em vez de eliminar uréia, produzem ácido úrico, que é insolúvel na água e pode ser acumulado em um compartimento separado do embrião. São os
URICOTÉLICOS. Nos mamíferos não ocorre esse problema pois o embrião lança no sangue materno a uréia produzida.
Na fase adulta os répteis e aves continuam a excretar ácido úrico, o que possibilita a economia de água. Esse ácido úrico sai na forma pastosa, com as fezes (é a mancha
branca que pode ser vista nas fezes da galinha e dos passarinhos.
Download
Random flashcards
A Jornada do Herói

6 Cartões filipe.donner

Criar flashcards